Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
#1214408 por Bárbara Fabris
31 Ago 2016, 22:58
wesleyciolline escreveu:Barbara , acompanhando o relato, pretendo fazer quase mesma rota, com alguns dias a +, Valeeu pelo relato, deixa te perguntar o que você achou de Lima? , pretendo ficar 2 dias, pq la tem alguns restaurantes que tenho me dar ao luxo de ir, mais a cidade em si e bem atrativa?


Eu gostei bastante Wesley! Acho que vale a pena conhecer. Eu mudei muito a minha ideia do Peru depois que eu fui para Lima. É uma cidade super moderna. Eu inclusive super moraria lá :D O básico e mais atrativo de Lima é o centro histórico e Miraflores. Isso você consegue ver em 2 dias tranquilo e ainda aproveita os restaurantes rsrs :wink: Se você puder conhecer, vá que é uma cidade muito bonita!

rodrigo.viana escreveu:Bárbara... Sensacional seu relato!!!

Assim como o do Rodrigo está me ajudando muito... E graças a vc Huaraz entrou no meu roteiro! hahaha
Estou programando fazer em abril 2017.

Acompanhando... ::otemo::


Que bom Rodrigo! O objetivo é conquistar vocês igual Huaraz me conquistou rsrs :D Não deixe de incluir no seu roteiro mesmo que é imperdível.

Jaq Silva escreveu:Ufaa...passei o dia lendo sobre a sua viagem Barbara, muito bacana o relato e as fotos, dá para morrer de vontade de ir fácil fácil. Pretendo em Março 2017 conhecer a Bolívia e Chile ou Bolívia e Peru pois é oque o dinheiro vai permitir fazer.
Ja salvei algumas dicas que você deu, parabéns e continuo acompanhando...


Uhul Jaq! Fico feliz em ter despertado essa vontade em você :D E março é uma boa época para ir, os preços costumam ser mais vantajosos hehe.

#1215889 por Fernandaj
08 Set 2016, 01:31
Oi Barbara. Me da uma ajuda?
No quesito roupa, você indica levar uns 2 shorts e camisetas? Ou melhor camisa de manga curta e só 1 short? Tava pensando nos lugares que fariam calor em proporção aos mais frios e acho que tem mais lugares frios. Vou passar pelas mesmas cidades que você e to com uma pequena dificuldade de decidir as roupas. Já ate arrumei as roupas que separei pra levar no mochilão, mas ele ficou um pouco abarrotado hahaha
#1216728 por Bárbara Fabris
11 Set 2016, 21:41
luan.dv escreveu:Lagunaaa 69 Barbaraa ::hahaha:: ::hahaha:: hahahaha

faltam 25 diasss ::tchann::

beeijo


Ai meu coração!!!
Falta pouco hein Luan ::hahaha::

Paulinha.Lima16 escreveu:Aguardando
Bom D+ viajar na viagem das outras pessoas antes da nossa [REVOLVING HEARTS]


Que bom que estou te levando junto nessa viagem Paulinha rsrs ::otemo::

Fernandaj escreveu:Oi Barbara. Me da uma ajuda?
No quesito roupa, você indica levar uns 2 shorts e camisetas? Ou melhor camisa de manga curta e só 1 short? Tava pensando nos lugares que fariam calor em proporção aos mais frios e acho que tem mais lugares frios. Vou passar pelas mesmas cidades que você e to com uma pequena dificuldade de decidir as roupas. Já ate arrumei as roupas que separei pra levar no mochilão, mas ele ficou um pouco abarrotado hahaha


Oi Fernanda!
Eu acho que seria bom você levar 2 shorts e algumas camisetas porque em muitos lugares faz calor também e essas roupas não ocupam tanto espaço na mala quanto as roupas de frio. É bom porque caso você deixe 1 shorts para lavar, você tem um outro reserva entende? Eu levei um jeans e um de tecido bem fininho, praticamente nem ocupou espaço na mochila. Eu inclusive aproveitava e usava esse de tecido para dormir quando fazia calor :D
Eu acho melhor levar mais roupas de calor do que de frio, porque você sempre acaba usando por baixo essas blusas de manga curta. Eu levei pouca roupa de frio porque sempre ia por cima e ocupava mais espaço. Você pode ver que na minha lista de coisas que eu levei, foram 10 blusas de manga curta e só 2 blusas de manga cumprida.
Com essa sua dúvida, até vou incluir no primeiro post do relato algum vídeo do youtube que ajude as pessoas a organizar as roupas na mala de modo que não ocupe tanto espaço :wink:
#1217068 por Paulinha.Lima16
13 Set 2016, 07:46
Oiiii Barbara,

voltando com dúvidas rsrs
este total de 1.446 dólares foi entre você e sua irmã ou apenas você?
Eu vou em abril, e pelos relatos já vai ter esfriado, então acredito que nâo preciso me preocupar com camisetas e shorts certo?
Super beijo e obrigada :-)
#1217118 por Rubens Sabbadini
13 Set 2016, 11:44
Oi Bárbara!
Muito bom relato, parabéns!

Estou programando meu mochilão, Bolívia, Peru e Chile pra janeiro de 2017 e queria sua opinião por favor.
Também estou me baseando pelo relato do Rodrigovix e agora pelo seu, mas estou pensando em fazer o caminho contrario, chego em Santa Cruz e sigo para La Paz, Tititaca, Cusco... Pensei nesse trajeto mais por uma questão financeira, pra ficar tranquilo nos passeios em La Paz e Machu Picchu e se tiver que economizar no fim da viagem cancelar alguns passeios no Atacama e no Salar.
O que você acha desse trajeto inverso?
#1217590 por Bárbara Fabris
15 Set 2016, 09:11
Paulinha.Lima16 escreveu:Oiiii Barbara,

voltando com dúvidas rsrs
este total de 1.446 dólares foi entre você e sua irmã ou apenas você?
Eu vou em abril, e pelos relatos já vai ter esfriado, então acredito que nâo preciso me preocupar com camisetas e shorts certo?
Super beijo e obrigada :-)


E ai guria!
Esse gasto total foi apenas meu. Não somei aos gastos da minha irmã :wink: Tentei deixar apenas os gatos individuais para todos terem uma ideia, até porque muita gente viaja sozinha. E porque eu estava com a minha irmã sim, mas cada uma tinha o seu dinheiro rsrs.

Sobre o clima, por mais que você vá no outono, é bom você levar alguma roupa de calor, até porque tem lugares que fazem calor mesmo nessa época. O Atacama, por exemplo, é sempre quente. Até venta um pouco, mas não chega a ser frio. Então acho bom você levar nem que seja só 1 shorts e 1 ou 2 blusas de manga curta. Não ocupa muito espaço e evita que você venha brigar comigo depois falando que passou calor rsrs ::mmm:

Rubens Sabbadini escreveu:Oi Bárbara!
Muito bom relato, parabéns!

Estou programando meu mochilão, Bolívia, Peru e Chile pra janeiro de 2017 e queria sua opinião por favor.
Também estou me baseando pelo relato do Rodrigovix e agora pelo seu, mas estou pensando em fazer o caminho contrario, chego em Santa Cruz e sigo para La Paz, Tititaca, Cusco... Pensei nesse trajeto mais por uma questão financeira, pra ficar tranquilo nos passeios em La Paz e Machu Picchu e se tiver que economizar no fim da viagem cancelar alguns passeios no Atacama e no Salar.
O que você acha desse trajeto inverso?


Oi Rubens!
Muito obrigada pelo elogio ::otemo::
Eu acho viável fazer o roteiro inverso. Como você disse, é uma forma de garantir os passeios em La Paz e Machu Picchu mesmo e se essas forem as suas prioridades, é uma boa fazer isso :wink: Para mim tanto faz a ordem, porque no fim dá na mesma. A única observação que eu tenho a fazer é que do Atacama para o Salar sai um pouco mais caro do que ir do Salar para o Atacama, até porque você paga em pesos e acaba saindo um outro valor, diferente daquele que você pagaria em Uyuni mesmo. Mas fora isso, não vejo nenhum problema em fazer o roteiro inverso :D Dá para fazer da forma que você quiser que você não sai prejudicado rsrs. Só avaliar o money e as suas prioridades ::otemo::

jéssica.lessa escreveu:Aguardando os demais capítulos!


Uhul Jéssica!
Essa semana vou liberar a Laguna 69 :wink:
#1217949 por Paulinha.Lima16
16 Set 2016, 15:21
Barbara....

tirando a limpo quesito money rsrs ***ansiedade ***
neste valor total você incluiu passagens ou não?
Vou ficar viajando por 13 dias (que serão apenas no Peru)... então quero ter uma ideia de quanto vou precisar.
Alguns relatos o pessoal cita que perdeu muito tempo aguardando a van, etc.. principalmente em Huaraz... então estava considerando fazer tour privado (mas o valor fica mais salgadinho)
Aguardando ansiosa cenas do próximo capitulo ::hahaha::
#1217997 por nay.oliveira
16 Set 2016, 19:23
Olá, Bárbara! Vou fazer meu mochilão agora em novembro, será praticamente igual ao seu. Queria uma dica tua em relação a grana...vc levou tudo em espécie? Vejo algumas pessoas falando que levam tudo...vc achou seguro? Já comprei minha money belt ::lol4:: Se levar em cartão é fácil achar lugar para sacar? Ansiosa aqui...hahahaha ::mmm: ::essa::
#1218510 por Débora L Souza
19 Set 2016, 10:48
Barbara e pessoal que ta aqui acompanhando, vou adiantar um pouco mas estou precisando de uma info. Estou comprando os bilhetes dos trens pra Águas Calientes e to com uma duvida. Vou chegar lá um pouco tarde, tipo umas 21:00, e quero subir pra Machu Picchu no primeiro horário. Eu consigo comprar o ticket dos onibus (que sobem pra MP) a noite quando chegar ou pela manha (bem cedo) antes de subir?
Obrigada!
#1218603 por letícia.amorim
19 Set 2016, 15:21
Débora L Souza escreveu:Barbara e pessoal que ta aqui acompanhando, vou adiantar um pouco mas estou precisando de uma info. Estou comprando os bilhetes dos trens pra Águas Calientes e to com uma duvida. Vou chegar lá um pouco tarde, tipo umas 21:00, e quero subir pra Machu Picchu no primeiro horário. Eu consigo comprar o ticket dos onibus (que sobem pra MP) a noite quando chegar ou pela manha (bem cedo) antes de subir?
Obrigada!


oieee!
A cabine de venda da passagem de bus fecha as 21h!
Mas é de boa comprar de madrugada! Nós fomos em alta temporada e, mesmo assim, meu amigo comprou e conseguiu pegar o primeiro horário ::otemo::
(Mas as 4h e pouquinho ele já estava na fila)
#1218982 por Bárbara Fabris
20 Set 2016, 22:00
15º Capítulo - O ápice da viagem, a incrível Laguna 69

18/01/16

Finalmente chegamos na minha parte preferida da viagem ::hahaha:: Sei que muitas pessoas estavam tão ansiosas quanto eu por esse capítulo, já que não temos muitos relatos aqui no Mochileiros.com sobre essa incrível belezura. Até sinto uma pequena responsabilidade rsrs. Mas eu espero que eu consiga transmitir um pouquinho do que esse lugar pode mostrar porque foi a paisagem mais linda que eu já vi :D Então sem mais delongas, vamos ao que interessa ::otemo::

Acordamos às 4:50 para dar tempo de tomar banho, comer e esperar o micro ônibus no horário combinado. Fizemos o check-out e perguntamos para a dona querida se podíamos deixar as mochilas ali. Ela permitiu sem termos que pagar e ainda nos deixou tomar banho antes de voltar para Lima quando voltássemos para buscar as mochilas ::love:: Deixamos então as mochilas em um depósito dela e fomos comer.

Sobre a dica fashion, recebi muitas mensagens perguntando o que eu acho melhor usar nesse passeio, então resolvi dar uma atenção maior nesse tópico (literalmente maior) ::mmm:
A minha dica fashion para esse passeio é uma roupa básica de trekking. O ruim desse passeio é que ele começa frio e termina quente ::mmm: Como a gente faz esforço físico, chega uma hora que o corpo esquenta e a gente quer tirar tudo rsrs. Então tem que ir com uma roupa que dê tanto para as horas quentes quanto para as horas frias :D Eu acho que seria bom ir com uma legging/calça mais larguinha, uma blusa/camiseta de manga curta, uma blusa quente de manga cumprida por cima ou uma jaqueta, e claro, um sapato super confortável. Eu dei uma exagerada e fui de manga cumprida, uma ''chompa'' e a jaqueta ainda. Não acho que precise de tudo isso, até porque eu só fiquei com a blusa de manga cumprida durante grande parte do passeio e só coloquei a jaqueta de volta quando chegamos na Laguna 69, onde estava bem frio. O lugar em si é frio então para quem for muito friorento, pode levar uma blusa reserva na bolsa, além da jaqueta, como eu fiz, porque quando paramos a caminhada, esfria ::sos:: Mas vá com uma blusa fresca por baixo para a hora da subida, porque esquenta 8)

Outra coisa que não pensamos muito, mas eu acho importante mencionar, é a meia :D Nesse passeio eu não tive problema porque usei aquelas meias bem grossas de trekking, mas no Machu Picchu tive até bolha e não é por causa do calçado, é porque o pé se desgasta e se a meia for muito fina, pode machucar de tanto atrito que o pé tem com o calçado, porque temos que lembrar que são horas de caminhada e o pé sua ::mmm: Então para os que tiverem pés de moça iguais os meus 8) , usem uma meia de trekking ::lol3::

Reforço ainda a importância de roupas confortáveis. Eu sei que essas roupas nem sempre são as mais bonitas, mas nesses passeios é importante priorizar o útil e agradável no lugar do bonito hehe ::mmm: Até porque precisa ser algo que não machuque, que te possibilite caminhar, que seja ''flexível'' para subir/descer...

Também recomendo, assim como no Glaciar, levar uma capa de chuva porque se alguém tiver o mesmo azar que eu e pegar uma aguaceira do inferno, vai ser muito util ::otemo::

Sobre equipamentos, eu não precisei de nenhum equipamento, mas vi muita gente levando aqueles bastões para ajudar na caminhada, que é muito útil, mas não necessário. Se você tiver, ótimo! Caso o contrário, não acho que precisa comprar rsrs :D

Dito isso, vamos para o relato...

Tomamos aquele desayuno no Albergue Ishinca de novo, por 5 soles. Acho que tomei 1 litro de chá de coca para já ir se acostumando com a altitude. Depois fomos esperar o micro ônibus que chegou no horário combinado dessa vez, às 6:00. Embarcamos no micro-ônibus e seguimos para o caminho cheio de curvas novamente ::essa::

Antes de irmos à base da Laguna 69, paramos em uma casinha no meio do nada para nos abastecermos. Tinha uma pequena vendinha na frente e atrás um restaurante no meio do jardim. Como tínhamos acabado de tomar café-da-manhã, não estávamos com fome, apenas compramos umas coisinhas para levar na viagem: 1 saco de folha de coca, 1 garrafinha de água, 1 cacho de banana e 1 saquinho com um docinho bem estranho de quinoa :? Tudo por uma bagatela de 3 soles ::otemo::

GOPR1779.JPG
Casinha no meio do nada
GOPR1779.JPG (2.62 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_7888.jpg
Coisinhas para viagem
IMG_7888.jpg (1.28 MiB) Exibido 319 vezes


Ficamos cerca de 1h nesse lugar e depois seguimos para o lindo Parque Nacional Huáscaran. A primeira parada foi na Laguna Llanganuco, mas foi super rápido. A Laguna fica entre montanhas e não tem nada perto, deixando o lugar mais bonito ainda. Até parece de mentira ::mmm: Ficamos 15 míseros minutos ali. O guia disse que estávamos atrasados e tínhamos que correr. Nem deu para tirar foto direito :evil: Só para babar na beleza desse lugar ::mmm:

IMG_6779.JPG
Laguna Llanganuco
IMG_6779.JPG (714.93 KiB) Exibido 319 vezes


IMG_6771.JPG
Laguna Llanganuco
IMG_6771.JPG (1.57 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6789.JPG
Laguna Llanganuco
IMG_6789.JPG (1.34 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6806.JPG
Laguna Llanganuco
IMG_6806.JPG (1.03 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6819.JPG
Tchau Laguna Llanganuco :(
IMG_6819.JPG (827.8 KiB) Exibido 319 vezes


Passados os 15 míseros minutos, partimos rumo à Laguna 69 ::hahaha:: Com frio na barriga, chegamos no local onde íamos começar o trekking porque não chega carro até o topo da montanha, aonde fica a Laguna 69. O guia dá algumas (poucas) instruções sobre o caminho, mas não fala absolutamente nada do quanto é difícil ou quanto dura mais ou menos. Não importa o quanto eu enchia ele de perguntas, ele não me respondia :evil: Deu pra ver o quanto eu gostei desse guia né :? Acho que ele estava querendo me poupar, mas era horrível não saber se estava perto ou longe, se ia ser subida ou descida... Não sabíamos nada!

Às 10:00 em ponto começamos a caminhada, a 3.900 metros de altitude. Ou melhor, a sofrência. O trekking é mais ou menos assim: começamos andando à beira de um rio entre as montanhas e depois começamos a subir porque a Laguna 69 fica no topo de uma montanha digamos assim, a 4.600 metros de altitude. Ou seja, subimos 700 metros de altitude ::sos:: Subimos uma montanha, caminhamos alguns quilômetros em uma superfície plana e depois subimos outra montanha em uma espécia de zigue zague. São 14 km no total, ida e volta, mas parece que são 14 km só de ida rsrs. E não tem outra forma de chegar lá que não seja caminhando. Mas o que dificulta mesmo não é a subida e nem a distância, é a nossa inimiga altitude, porque senão fosse em um lugar com uma altitude tão elevada, acho a subida não seria tão hard assim. É uma questão de respirar fundo e ir devagar. Cada um no seu ritmo :D

Antes de subirmos a montanha já comecei a ficar com falta de ar. Comecei a rezar para todos os santos para que eles esperassem para me levar depois que eu visse essa maldita lagoa rsrs. Eu estava tão ansiosa, mas tão ansiosa, que o meu coração tava quase saindo pela boca. Desistir não estava nos planos. Ainda mais depois que começamos o caminho, que é muito bonito e conforme você vai chegando mais alto, a vista só melhora. No caminho têm muitas vacas, tipo muitas mesmo, e elas ficam nos lugares mais bizarros. No topo da montanha por exemplo. Até hoje eu me pergunto como que a vaca chegou lá :?

IMG_6828.JPG
IMG_6828.JPG (1.15 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6825.JPG
Parque Nacional Huáscaran
IMG_6825.JPG (1.75 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6829.JPG
Iniciando a caminhada
IMG_6829.JPG (1.72 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6833.JPG
IMG_6833.JPG (1.63 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6834.JPG
IMG_6834.JPG (953.26 KiB) Exibido 319 vezes


IMG_6837.JPG
IMG_6837.JPG (1.02 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6839.JPG
IMG_6839.JPG (1.64 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6847.JPG
IMG_6847.JPG (1.91 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6852.JPG
Vaca ombré
IMG_6852.JPG (892.61 KiB) Exibido 319 vezes


Começamos então a subida. Nessa primeira montanha eu já estava morrendo, mas ainda respirava. No meio dela o guia já estava falando para eu desistir. Disse que eu não ia chegar a tempo e eu sei que ele não falou por mal, mas eu mandei ele para aquele lugar e continuei. Virou uma questão de honra para mim ::quilpish:: Mais uma vez a minha irmã e o Bruno me ajudaram me motivando, porque senão fosse por eles, eu já teria escutado o guia. A minha pressão caia a cada 5 passos. Quando me faltava muito ar, eu sentava, mastigava folha de coca e bebia muita água. Levantava e andava mais um pouco. Foi assim o trekking inteiro ::mmm:
Obs: para quem achar muito ruim mastigar a folha de coca, nós também colocávamos algumas folhas dentro da garrafinha de água. Ajuda também :wink:

IMG_6858.JPG
Começando a subida
IMG_6858.JPG (1.84 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6864.JPG
Passando mal já nos 5 min do primeiro tempo rsrs
IMG_6864.JPG (1.72 MiB) Exibido 319 vezes


Para vocês terem uma noção da subida, vejam essa foto:

IMG_6876.JPG
IMG_6876.JPG (1.47 MiB) Exibido 319 vezes


Esse rio pequeno no canto direito da foto, é o mesmo rio das fotos anteriores. Ou seja, olha a altura que chegamos, e não estávamos nem na metade :shock:

Eu achava que a Laguna 69 ficava no topo dessa primeira montanha porque o nosso guia querido não queria nos informar, mas quando chegamos lá só vimos mais um riozinho. Então o guia resolveu responder a minha pergunta (por causa do meu estado crítico talvez) e nos disse que estávamos apenas na metade ainda. Eu fiquei tipo: WHAAAAAAAAAT!!!! ::sos:: ::sos:: ::sos:: Na hora eu pensei ''tchau galera, tirem fotos por mim que eu ainda quero viver mais alguns anos''. Vocês não tem noção da minha frustração. Eu estava prestes a largar tudo e voltar, mas mais uma vez a minha irmã me convenceu a continuar. Tive que tirar fôlego sabe Deus da onde. Eu sou a pessoa mais sedentária do mundo, mas aquilo não é de Deus. E para melhorar, começou a chover ::essa::

IMG_6880.JPG
Parte plana, antes da segunda montanha
IMG_6880.JPG (1.25 MiB) Exibido 319 vezes


Na segunda montanha eu fui mais devagar ainda porque estava sentindo mais falta de ar (se é que isso era possível). Uma sensação que eu não recomendo para ninguém, nem para as inimigas de plantão. O que me ajudou muito foi respirar fundo sempre. Não respirar ''rápido'' igual a gente faz quando está cansado, porque como estamos fazendo esforço, a tendência é respirarmos mais rápido mesmo, mas precisa manter a frequência respiratória normalmente, por mais que seja difícil rsrs.

IMG_6878.JPG
Subidinha básica
IMG_6878.JPG (2.02 MiB) Exibido 319 vezes


Depois de 3h30min nós finalmente CHEGAMOS!!!!!!!!! UFA ::hahaha:: ::sos:: ::essa:: ::love:: Exatamente às 13:30. Nós, como legítimos brasileiros, fomos os últimos a chegar 8) Geralmente as pessoas fazem esse caminho em menos tempo, cerca de 2h30min, mas eu com o meu problema de pressão + sedentarismo + mal de altitude, atrasei a galera hehe ::mmm:

O lugar era tão bonito, mas tão bonito, que eu mal tirei foto. Só sentei (porque eu estava morta) e fiquei admirando. Cada gota de suor foi recompensada por essa vista. Que lugar incrível!

IMG_6889.JPG
A incrível Laguna 69, o ápice da viagem!
IMG_6889.JPG (1.76 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6948.JPG
Laguna 69
IMG_6948.JPG (1.8 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6932.JPG
Laguna 69
IMG_6932.JPG (1.45 MiB) Exibido 319 vezes


IMG_6908.JPG
Laguna 69
IMG_6908.JPG (1.41 MiB) Exibido 319 vezes


GOPR1807.JPG
Laguna 69
GOPR1807.JPG (3.18 MiB) Exibido 319 vezes


O guia nos serviu um chá bem quentinho que ele trouxe em uma garrafa térmica e ficamos ali uns 30 min. Cada segundo valeu a pena, apesar de estar bem frio. Diz ele que estava 10ºC quando estávamos lá, mas como estávamos um pouco molhados, a sensação térmica era bem pior. Claro que por mim eu ficaria horas ali, mas tínhamos que voltar e os dedos estavam começando a congelar ::Cold:: Nos despedimos desse lugar mágico e descemos todo o caminho de volta, ainda em êxtase com o que tínhamos acabado de ver.

GOPR1811.JPG
Nos despedindo com uma tempestade de presente
GOPR1811.JPG (2.24 MiB) Exibido 319 vezes


Claro que a volta foi um pouco mais rápida porque era só descida, mas parecia que tínhamos corrido uma maratona. Eu só queria deitar, estava pra lá de Bagdá ::mmm: Quando finalmente chegamos no ônibus, eu me joguei na poltrona e apaguei ::mmm: Retornamos às 16:30 e eu só acordei quando o micro ônibus parou na Plaza de Armas. A primeira coisa que decidimos fazer foi comer. Como tínhamos que ir até o hotel ainda, resolvemos ir no mesmo restaurante do dia anterior, o La Rustika, para não nos atrasarmos e porque ninguém estava afim de ficar procurando outro restaurante :D Pegamos o mesmo prato de pollo con papas fritas e uma inka cola, dando 12,25 soles para cada. Comemos meio correndo e optamos por pegar um táxi até o hotel ::essa:: Pedimos na rua mesmo e não tivemos problemas, mas eu não vi nenhum táxi em Huaraz com placa diferente ou ''desenho'' de táxi, então as vezes é bom pedir para o restaurante chamar algum táxi. Todo cuidado é pouco. Ficou 3 soles do restaurante até o hotel :wink:

Chegamos no hotel e cada um tomou banho rapidinho para voltarmos a ser pessoas normais. Agradecemos imensamente a dona querida do hotel por ter cuidado das nossas coisas e por ter liberado um quarto para tomarmos banho rapidinho, sem cobrar nada ::love:: Depois dessa eu até falei para ela colocar o hotel no TripAdvisor/Booking/Trivago... O hotel é muito bom! Não tive o que reclamar.

A dona querida chamou um táxi para gente e então nos despedimos. O táxi até o terminal da Oltursa deu 5 soles. Tentamos pechinchar, mas não tivemos muito sucesso :cry: Os taxistas de Huaraz não são os mais simpáticos e nem um pouco flexíveis. Mas não custa tentar né, afinal, brasileiro não desiste nunca né e como todos os mochileiros sempre dizem, tente pechinchar rsrs ::lol4::

Enquanto esperávamos o ônibus, que ia sair às 22:00, resolvemos garantir a passagem de Lima para Cusco para o dia seguinte, pela Oltursa mesmo. O primeiro ônibus saía às 14:30. Não sei se é sempre assim, mas para aquele dia não tinha nenhum outro ônibus no período da manhã para tocarmos direto, apenas de tarde e à noite, então pegamos esse das 14:30 mesmo. Íamos ficar algumas (longas) horas em Lima, mas assim daria tempo de almoçar tranquilo e nos preparar para as 22h de viagem. Para quem quiser ver os horários disponíveis, dá para ver no site da Oltursa (https://www.oltursa.pe/) ou da Cruz del Sur (http://www.cruzdelsur.com.pe/), e até comprar online. Pagamos 175 soles no bus-cama (ou Doble-Vip como aparece no site da Oltursa) ::otemo::

Algumas pessoas já me perguntaram se foi muito ruim aguentar 22h de viagem de ônibus e eu digo que foi, mas nem tanto ::mmm: Eu já adianto que foi uma viagem bem tranquila. Eu dormi quase ela inteira. Nem vi as 22h passarem. Só acordava para comer e já voltava a dormir de novo rsrs. Claro que se a passagem de avião compensar, nem pense duas vezes! Economiza muito tempo. Mas se estiver muito caro, igual nós vimos na época, o busão é encarável :D Então desde já, posso afirmar que a viagem foi muito tranquila e que eu não tive nenhum problema. A Oltursa, como eu já disse, superou as minhas expectativas! ::otemo::

Passagem garantida, era hora de embarcar rumo a Lima novamente. ''Despachamos'' as mochilas no guichê e entramos no ônibus. Como eu disse no capítulo anterior, compramos a passagem no ônibus semi-leito, porque a ida foi bem tranquila, entao não fizemos questão de um bus-cama, mas quem quiser encarar as 7h30min de viagem com mais conforto, o ideal é um bus-cama. Ficamos na parte superior do ônibus (a parte semi-leito) e nas poltronas bem da frente para esticar as partes na janela hehe. Não tinha encosto para as pernas, como já imaginávamos, mas tinha coberta e mini travesseiro para ajudar ::otemo::

Assisti o começo do filme Se Beber, Não Case e capotei rsrs. Foram os dias mais legais da viagem, mas também os mais cansativos. Agora era hora de seguir rumo a Cidade Perdida. Partiu Lima-Cusco! ::hahaha::

______________________________________________
Gastos:

5 soles - café-da-manhã
3 soles - lanchinho para viagem
12,25 - jantar no La Rustika
3 soles - táxi até o hotel
5 soles - táxi até o terminal
175 soles - passagem para Cusco

Cotação do dia:
1 dólar = 3, 41 soles
Editado pela última vez por Bárbara Fabris em 20 Set 2016, 22:44, em um total de 2 vezes.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 7 visitantes