Ir para conteúdo

Partir, com pouco dinheiro +obter experiência X Esperar, com +dinheiro e sem experiência.


Ir para solução Solucionado por casal100 ,

Posts Recomendados

  • Membros

Olá, sou o Maurício, tenho 24 anos.

ensino médio completo e trabalho como autônomo quando necessário.

Trampei por um bom tempo em várias áreas, mas nunca me adaptei ao cotidiano mecânico do dia a dia comum. Mas sempre fui interessado em fazer dinheiro de forma autônoma, e ser bom ou ruim nisso é apenas consequência do seu esforço e cara de pau.

Queria a opinião de vocês que tem experiência na vida Mochileira ou Nômade. Me encontro no impasse entre: Ficar na minha zona de conforto e conseguir mais dinheiro para melhor tranquilidade para começar, porém sem experiência, ou partir para a aventura com pouco e tentar fazer dinheiro na estrada?

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Depende o quanto você aguenta de porrada da vida. Eu tomei a decisão de "sair da zona de conforto" muito cedo e tomei tanta porrada que é difícil de contar.  Me arrependo? Não, em nenhum momento. Porém poderia ter sido menos pesado do que foi, principalmente pelos pontos tocados pelo @StanlleySantos. Ter experiência profissional e acadêmica faz muita diferença e torna o caminho menos dolorido.

O mundo e os lugares do mundo não sairão de onde estão. Claro que de tempos em tempos alguns países desaparecem, outros aparecem e algumas coisas mudam. Mas o que são 10 anos na história? Absolutamente nada. Assim, esteja certo que tem muito ainda pela frente.

Não acredite muito na falácia ou glamour que falam sobre a vida nômade. Pode apostar que para cada um que alcança o "sucesso" com isso, centenas ficaram no meio do caminho e tiveram que voltar com o rabo no meio das pernas.

  • Gostei! 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Já passou da idade de estudar?Não, está em plena idade,pois para conhecimentos não existe velho ou novo,mas para trabalhos que exigem físico e não pagam bem, sim.Dito isso, quem dera eu voltar aos 24 anos. Enganava na universidade, pois cuidava da minha mãe que exigia tudo e eu atendia, em troca da vida boa que ela me dava.Como errei, hoje carrego a mesma doença dela nas pernas, é hereditária, é muita frustração por não ter chegado ainda a fama, mas só vou desistir quando a vida terminar ou chegar onde quero. Em resumo:vá estudar para não virar um mais um nessa vida e,sim,obter destaque. 

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Em 04/12/2022 em 07:49, casal100 disse:

Maurício, o que você pode fazer é mesclar os dois: trabalhar na sua cidade para capitalizar e nos finais de semana/feriados, ir fazer uns roles por aí e já adquirir experiência na futura "nova" vida.

Numa sexta-feira feira vc sai de casa somente com o dinheiro dos ônibus (ida/volta), e tem que gerar renda para se alimentar/divertir. Quando conseguir ter resultado vai aumentando o esforço, sai só com o dinheiro de ida..... no outro sai sem nada...... 

Acredito ser a forma mais concreta de saber se aguentará o rojão quando sair definitivamente, pois saberá onde o calo vai doer. 

Boa sorte! E, se fizer isso, volte aqui para nos contar a sua experiência. 

Muito obrigado casal100! realmente é uma forma de aprender, e me conhecer melhor, sabendo do que eu sou capaz, e do que eu posso melhorar para ser capaz. Vou me lembrar deste post quando eu estiver me aventurando. E sim, vou compartilhar aqui o resultado.

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Em 05/12/2022 em 12:00, StanlleySantos disse:

Vc é jovem e ainda tem muita estrada pela frente. É um dilema e tanto a forma como usar seu tempo único na vida. E o mochileiros tem todo tipo de perfil, logo é bem provável que haja respostas diversas para sua dúvida.

Do ponto de vista da minha realidade, acredito que é importante que vc "engula o sapo" de ficar na zona de conforto por mais uns anos, mas use esse tempo para adquirir experiência profissional e acadêmica. Já que vc citou que tem interesse em virar um "nômade" e ganhar seu sustento de forma autônoma, busque formação, estude o mercado, e obtenha em primeiro lugar essa experiência. Com uma base forte, e uma grana guardada (e aplicada, se possível), aí vc pode planejar sua aventura no mundo. 

Muita gente no Brasil tem esse pensamento de viver mochilando e coisa e tal. É até justificável, pois o Brasil, apesar do seu tamanho, é um país favorável para a prática. Só que também precisamos ter a responsabilidade de buscar segurança e uma vida digna. Conheci mochileiros que ficaram presos em Manaus pq não tinham dinheiro para o próximo destino (ou voltar para casa), seja por imprevistos (assalto), ou por falta de planejamento, e beiraram a vida de mendicância, por exemplo. Eu gosto de viajar, mas se tem uma coisa que não iria querer na vida é passar necessidade por aí.

Seja como for, dê tempo ao tempo, e vamos ver como vc reage. Em todo o caso, é quase imperativo que vc tenha uma forma de obter sustento próprio, pois boa parte do mundo funciona num sistema de troca, onde vc precisa oferecer algo, se quiser suporte. É aí que entra sua experiência e formação.

Que Conselho cara! Muito obrigado mesmo! Me senti até mais tranquilo em relação a começar logo, pois quando queremos muito algo, tendemos a fazer as coisas por impulso, e isso na grande maioria das vezes resulta em fracasso! Vou me esforçar para me especializar em algo apesar de não ter o interesse de antes, nem muita grana para investir nos estudos que são caros, porém, a outras alternativas que não são fáceis, mas, possíveis. Muito obrigado de novo, vou levar esse post comigo, onde quer que eu esteja! Espero ter sua experiência e perspicácia um dia!

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Em 05/12/2022 em 12:53, pmichelazzo disse:

Depende o quanto você aguenta de porrada da vida. Eu tomei a decisão de "sair da zona de conforto" muito cedo e tomei tanta porrada que é difícil de contar.  Me arrependo? Não, em nenhum momento. Porém poderia ter sido menos pesado do que foi, principalmente pelos pontos tocados pelo @StanlleySantos. Ter experiência profissional e acadêmica faz muita diferença e torna o caminho menos dolorido.

O mundo e os lugares do mundo não sairão de onde estão. Claro que de tempos em tempos alguns países desaparecem, outros aparecem e algumas coisas mudam. Mas o que são 10 anos na história? Absolutamente nada. Assim, esteja certo que tem muito ainda pela frente.

Não acredite muito na falácia ou glamour que falam sobre a vida nômade. Pode apostar que para cada um que alcança o "sucesso" com isso, centenas ficaram no meio do caminho e tiveram que voltar com o rabo no meio das pernas.

@pmichelazzo Muito obrigado pelo choque de realidade! Eu preciso muito ouvir isso para manter os pés no chão! Tenho a consciência de que não será fácil, pois já passei dificuldades em situações mais confortáveis do que essa! É um tanto desanimador pensar nisso KKK mas acho que o receio é normal, e até importante na jornada! Mostra que temos um pouco de pé no chão e estamos cientes do que está por vir, e principalmente, do que não esperamos está por vir, esse sim, é o verdadeiro perigo. Vou levar seu conselho comigo!

  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
5 horas atrás, D FABIANO disse:

Já passou da idade de estudar?Não, está em plena idade,pois para conhecimentos não existe velho ou novo,mas para trabalhos que exigem físico e não pagam bem, sim.Dito isso, quem dera eu voltar aos 24 anos. Enganava na universidade, pois cuidava da minha mãe que exigia tudo e eu atendia, em troca da vida boa que ela me dava.Como errei, hoje carrego a mesma doença dela nas pernas, é hereditária, é muita frustração por não ter chegado ainda a fama, mas só vou desistir quando a vida terminar ou chegar onde quero. Em resumo:vá estudar para não virar um mais um nessa vida e,sim,obter destaque. 

Muito obrigado @D FABIANOFABIANO Isso me fez refletir sobre o que eu vou fazer se tudo der errado um dia, algo que pode acontecer...

E sobre oque eu tenho hoje nas mãos, e como posso usar minha saúde e juventude da melhor maneira possível! 

Vou ler seu post mais vezes para me manter atento. Tmj buscando nossos objetivos, seja qual for! Bons esforços Irmão! com Deus!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra
2 horas atrás, Maurício Ferreira Santos disse:

Muito obrigado casal100! realmente é uma forma de aprender, e me conhecer melhor, sabendo do que eu sou capaz, e do que eu posso melhorar para ser capaz. Vou me lembrar deste post quando eu estiver me aventurando. E sim, vou compartilhar aqui o resultado.

Vou te falar uma coisa: Vc tem tudo para dar certo, algumas pessoas deram suas opiniões sobre o que vc perguntou, e educadamente respondeu a todas elas.

Para a pessoa realmente dar certo na vida, precisa de alguns atributos importantes, e um deles é ter educação. Pessoas educadas são muito bem-vindas em qualquer lugar, as portas do mundo podem estar abertas para você.

Muito boa sorte mesmo!

  • Gostei! 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...