Ir para conteúdo

Patagônia Norte Argentina no verão: Bariloche, El Bolsón, Villa La Angostura e San Martin de los Andes sem neve (só nos picos das montanhas)


Posts Recomendados

  • Membros
8 horas atrás, Hugo Henrique disse:

Que relato maravilhoso!

Há alguma diferença da estrutura dos locais? Pretendo ficar proxima a Colonia Suiza...

As trilhas são bem demarcadas ou precisaram de GPS?

 

Valeu Hugo!!! Todas as trilhas que fizemos estavam super bem.demarcadas, e em todas tinha gente fazendo, então qualquer dúvida era só perguntar. Mas não precisamos não.

Em relação a se hospedar perto da Colônia Suiza, eu achei a região linda, mas não tem muitos serviços...na Colônia em si tem lojinhas, restaurantes, mas nem sei se fica tudo aberto.fora de temporada...agora mercado, farmácia, essas coisas básicas não tem...recomendo bastante a região que fiquei (perto do.km 13), passa ônibus na Av Bustillo,se não estiver de carro.

  • Gostei! 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
1 hora atrás, Felypez disse:

Muito bom o relato, vou deixar salvo aqui pq essa é minha próxima parada, talvez daqui 1 mês. 

Ah e uma pergunta, vc viu artesãos e artistas de rua? Será que é um lugar tranquilo pra trabalhar assim?

Valeu, Felipe! É uma região linda demais! Vou terminar o relato logo mais!!

Tem bastante gente vendendo artesanato sim! Galera de motorhome expondo produtos pra seguir viagem, pessoal do.macramê, músicos, malabares. Não sei se existe algum tipo de fiscalização, mas na Colônia Suiza foi o lugar de Bariloche que mais vi , e também.nis faróis da cidade. 

Não sei se pretende ir a El Bolsón...la tem.yma feira regional e de artesanías bem grande, muito artista de rua na região da plaza pagano ( a praça central),  lá creio que não teria problema pra isso.

  • Gostei! 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Silnei featured this tópico
  • Membros de Honra
50 minutos atrás, JanaCometti disse:

Continuando mais um pouco...

Dia 5 - Acordamos cedo, fomos tomar o desayuno no albergue, 1500 pesos o café com duas tostadas, mermelada e manteca. Já arrumamos as malas e deixamos no carro (o que eu não recomendo porque tem alguns alertas por aí de arrombamentos de carro pra pegar malas, casacos, NUNCA deixe nada visível dentro do carro em Bariloche, se for deixar, que seja no porta malas). Nesse dia fizemos a trilga para o mirador do Glaciar Castanho Overa. Essa trilha requer registro de treking no site do parque http://www.nahuelhuapi.gov.ar/, na lateral direita onde diz "registro de trekking", lá vc ve se a trilha que quer fazer está habilitada e se registra, é um controle deles, já houve casos de pessoas perdidas nas trilhas então seria para ajudar eles a localizarem. Pode fazer o registro 48h antes. Eu deixei pra fazer na hora no posto do guardaparque (unico lugar com internet em Pampa Linda), mas no dia a internet não estava funcionando...então, faça antes se possível... me orientaram a deixar um papel com nossos dados e a trilha que faríamos por baixo da porta do guarda (que estava fechado), e foi o que fizemos. A trilha tem um total de 14 km, cerca de 2h30min cada perna, nós fizemos em menos tempo. A trilha é autoguiada, está impecável, no começo é um caminho bem aberto, passa uma ponte linda, daí fecha, tem vários cortes de caminho indicados com placas de animais da região. A vegetação é lindíssima, tipo bosque da Chapeuzinho Vermelho, árvores centenárias gigantescas. Quando falta uns 10 minutos pra chegar vc já começa a ver as cachoeiras e o glaciar, é imponente, jurássico, emocionante. Chorei. Exploramos o local, tiramos fotos, comemos lanchinhos e começamos a voltar, demoramos 1h45 min na volta, em ritmo acelerado. A trilha é longa mas não tem grandes subidas. Almoçamos na hosteria de Pampa Linda, comemos milanesa com papa frita, uns 2400 pesos, e um strudel de manzana com doce de leite e creme maravilhoso, 1000 pesos. 

Dali fomos para El Bolsón, quase 3 horas de viagem, respeitando o horário de volta da estrada (das 16 as 19h), quase duas horas de rípio até chegar na Ruta 40. Ah, a Ruta 40!! Uma paiasgem maravilhosa a cada curva, aliás muitas curvas e descidas dali até El Bolson. Chegamos na nossa hospedagem, uns chalés um pouco fora do centro, Maranatha Bolsón, lá pelas 19 h. Mercado, cerveza artesanal e pizza na Plaza Pagano, não lembro o preço mas coisa de uns 2000 pesos a pizza de 8 pedaços, a cerveza meio "tabelada" a 700 pesos a pinta (500 ml).

IMG_20230114_104336559_HDR.jpg

IMG_20230114_113055848.jpg

IMG_20230114_115839057.jpg

IMG_20230114_122014758_HDR.jpg

IMG_20230114_124645751_HDR.jpg

IMG_20230114_134947956_HDR.jpg

IMG_20230114_132453594_HDR.jpg

IMG_20230114_181629999_HDR.jpg

IMG_20230114_211124151_HDR.jpg

IMG_20230114_214900959.jpg

IMG_20230114_151005142_HDR.jpg

Que ótimo relato de viagem, Bariloche é muito mais que esquiar e ver neve. Região lindíssima. 

  • Gostei! 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
3 horas atrás, casal100 disse:

Que ótimo relato de viagem, Bariloche é muito mais que esquiar e ver neve. Região lindíssima. 

Obrigada!!! Sim, tem tanta coisa linda pra ver por lá!! E o brasileiro só vai no inverno! Que deve ser lindo também, mas que não dá pra aproveitar esse lado das trilhas e lagos...

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

@JanaComettiEu prefiro San Martín a Bariloche e no outono,pois até o começo de maio não neva e as árvores estão com as folhas amarelas ou vermelhas, porém acho que nunca mais vou,pois o foco são viagens mais longas.Porém, surgiram 2 dúvidas aqui:Foi a Colônia Suiza de bicicleta? Havia um micro que ia lá, se não me falha a memória o número 10.Outra é a subida ao Tronador que havia horário.Pela manhã só subia e a tarde só descia, não existe mais essa restrição? 

Aguardando a continuação do relato. 

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
12 horas atrás, D FABIANO disse:

@JanaComettiEu prefiro San Martín a Bariloche e no outono,pois até o começo de maio não neva e as árvores estão com as folhas amarelas ou vermelhas, porém acho que nunca mais vou,pois o foco são viagens mais longas.Porém, surgiram 2 dúvidas aqui:Foi a Colônia Suiza de bicicleta? Havia um micro que ia lá, se não me falha a memória o número 10.Outra é a subida ao Tronador que havia horário.Pela manhã só subia e a tarde só descia, não existe mais essa restrição? 

Aguardando a continuação do relato. 

D Fabiano, se quiser faço um roteiro de 1 mês pra vc só na região de Bariloche, aproveita enquanto ainda é de graça kkkk, brincadeira, é que tem MUITA coisa pra fazer na região, sem dúvida daria um mês de roteiro. 

Eu TB amei San Martin de los Andes, mas eu acredito que a impressão que se tem de Bariloche é diferente dependendo do bairro em que se hospeda. O meu parecia bem cidadezinha do interior e minha casinha estava a dez minutos a pé da praia, Bem delícia!

Acho que Bariloche é incrível o ano todo, tudo depende do que quer fazer lá. Para passeios de contemplação tenho certeza que o outono e o inverno são os mais lindos. Mas para curtir os lagos e trilhar, que era meu objetivo, sem dúvida o verão é melhor.

E em relação ao Tronador, sim, esses horários valem desde Los Rápidos até Pampa Linda. Só subida das 10:30 as 13:30 e só descida das 16 as 19h. Mas de Pampa Linda até a base do Tronador pode subir e descer a qualquer hora (dá 8 km esse trajeto).

  • Gostei! 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...