Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

Salve!

 

Alguém sabe dizer se tem em CDE alguma loja de esportes de aventura?

abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem uma sim, que fica na rua da Monaliza (não a avenidona, a outra rua.

 

É uma loja grande, com artigos e pesca, acampamento, etc.

 

Porém os preços não são convidativos e não recordo o nome da infeliz!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Labar...

Voces estarao em 4 pesssoas. se for possivel distribua as mercadoria de forma que cada uma fique, com 300 dollares.

Porem acho isso meio dificil, pois cada um ira gastar mais do que 300 dollares, portanto estarao com bastante mercadoria e podera chamar a atenção da receita federal.

Ser parado eh muito relativo....mas tem uma GRANDE chance ser serem parado em algum lugar da estrada.

Ex. Semana passada sai de Foz a SP....passei pelo barracão que voltou a funcionar e NAO fui parado, mas na estrada ate SP fui parado duas vezes pela policia rodoviaria, fiscalizaram a bagagem e passei sem problema.

Como disse o Mauro....se te pegarem e vc nao tiver declarado.......Perde SEM CHANCE de reaver. e se for grande quantidade....vc perde o carro tbm....

mas pelo que vc disse....serao apenas "algumas" lembranças.....nesse caso nao tem o porque se preocupar.

alguma dicas.:

Maquina fotografica......nada de profissional...nada de caixa ou manual....pois turistas..SEMPRE tem maq fotogr.

Roupa....sem etiqueta e junto com a mala e outras roupas.........sem problema

Tenis....va para foz so com um (velho de preferencia)....e volte como se o tenis fosse seu....sem caixa e sem etiqueta.

Perfume....va para foz sem perfume e volte com uns dois.....

peça de computador.......ai eh complicado....se for um pendrive.....blz......mas se for uma placa mae...ae nao tem desculpa.

 

enfim...tente parecer um turista e NAO SACOLEIRO.....ae se for parado....nao tem pq se preocupar,,,,,

eu nao declaro coisas pequenas...se eu perder...nao terei muito prejuizo.

 

Porem se vc decidir comprar um unico produto de alto valor.....declare o produto...assim nao tera prejuizo. Ex. placia mae, maq fotogr.acima de 10mp, PStation,

Lembre-se que a receita federal esta a tras de sacoleiros...e nao de turista.

 

 

 

ps. A receita Federal esta fazendo fiscalização padrao...como protesto por melhores salarios....isso quer dizer que HOJE a fiscalização esta bem rigorosa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Boa noiteeeee

 

Preciso de ajuda sobre compras no Paraguai..

 

1. Qual a melhor forma de ir? Partindo de SP = de carro, onibus, ou aviao?

 

2. Hospedagem em Foz e travessia de onibus na ponte ou hospedagem no PY?

 

3. Faremos uns 2 dias de compras, é tranquilo para atravessar SEM declarar os excedentes? Compraremos somente para uso pessoal (roupas, relogio, perfumes, tenis, oculos, cremes, etc) sem eletronicos...

 

Obrigada!

 

Jussara

 

Boa noite, Jussara, bem vinda ao Mochileiros.com.

 

Partindo de SP, tem gente q vem das três forams citadas, depende de seu t e de seu dinheiro.

 

Carro facilita as coisas se vc for conhecer a cidade de Foz e arredores.

 

Hospedagem eu sugiro que fiques em Foz, e atravesse a ponte de taxi ou ônibus Paraguaio que atravesse a ponte, (cuidar porque tem ônibus que não cruza a fornteira). Parainformações e dicas sobre hospedagem em foz, Clique aqui.

 

Se fizeres compra além da cota, vc será convidada a declarar a sua bagagem, Vc fará a chamada "Declaração de Bagagem Acompanhada", que precisa ser preenchida e vc colocará teu RG, o que só te permite voltar até ali após 30 dias, ou seja, nada de voltar no outro dia pra "pegar" alçgo que tenha esquecido porque se vc for declarar denovo, certamente parará na vistoria.

Os itens que vc citou todos devem ser declarados, entrando na DBA como itens de Bazar. Se vieres cheia de sacolas de compras, mesmo estando no ônibus, eles te pedem pra sair, se vieres com pouca coisa nem tem problema.

 

Abraços e boa trip

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Labar...

Voces estarao em 4 pesssoas. se for possivel distribua as mercadoria de forma que cada uma fique, com 300 dollares.

Porem acho isso meio dificil, pois cada um ira gastar mais do que 300 dollares, portanto estarao com bastante mercadoria e podera chamar a atenção da receita federal.

Ser parado eh muito relativo....mas tem uma GRANDE chance ser serem parado em algum lugar da estrada.

Ex. Semana passada sai de Foz a SP....passei pelo barracão que voltou a funcionar e NAO fui parado, mas na estrada ate SP fui parado duas vezes pela policia rodoviaria, fiscalizaram a bagagem e passei sem problema.

Como disse o Mauro....se te pegarem e vc nao tiver declarado.......Perde SEM CHANCE de reaver. e se for grande quantidade....vc perde o carro tbm....

mas pelo que vc disse....serao apenas "algumas" lembranças.....nesse caso nao tem o porque se preocupar.

alguma dicas.:

Maquina fotografica......nada de profissional...nada de caixa ou manual....pois turistas..SEMPRE tem maq fotogr.

Roupa....sem etiqueta e junto com a mala e outras roupas.........sem problema

Tenis....va para foz so com um (velho de preferencia)....e volte como se o tenis fosse seu....sem caixa e sem etiqueta.

Perfume....va para foz sem perfume e volte com uns dois.....

peça de computador.......ai eh complicado....se for um pendrive.....blz......mas se for uma placa mae...ae nao tem desculpa.

 

enfim...tente parecer um turista e NAO SACOLEIRO.....ae se for parado....nao tem pq se preocupar,,,,,

eu nao declaro coisas pequenas...se eu perder...nao terei muito prejuizo.

 

Porem se vc decidir comprar um unico produto de alto valor.....declare o produto...assim nao tera prejuizo. Ex. placia mae, maq fotogr.acima de 10mp, PStation,

Lembre-se que a receita federal esta a tras de sacoleiros...e nao de turista.

 

 

 

ps. A receita Federal esta fazendo fiscalização padrao...como protesto por melhores salarios....isso quer dizer que HOJE a fiscalização esta bem rigorosa.

 

Valeu, Sergio.

 

Então, de equipamento pesado mesmo to pensando em trazer uma camera DSLR e montar um PC pra editar vídeo HD. Esses dois itens, se comprados pelo Mercado Livre, vai dar uma diferença de quase 2k. Fora as tranqueiras que vou ter que trazer pra patroa, já que ela não vai. Tipo perfume, maquiagem, tenis. Vou acabar comprando pra mim tb umas bibidinhas, chuteiras e o que mais compensar lá... Ao todo devo acabar gastando uns 4k.

 

O problema é que até então tava fechado de ir no meu carro, que é um gol. Mas aí meu tio animou e botou a caminhonete dele pra jogo. Só que ele tá dizendo que vai querer trocar os 4 pneus. Já tá com esquema de trocar em Foz mesmo, sem ter que atravessar com a caminhonete e trocar lá. Meu medo é pararem a gente na estrada, embaçar por causa dos pneus e por tabela embaçar com toda a muamba... Imagino que caminhonete chame muita atenção. E parece que tem uma atenção especial a quem troca pneus de carro lá. Já ouviu algo a respeito?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Labar se pegarem com pneu novo eles seguram e tiram os pneus. Procure perto da ponte estacionamento do Tatu ele traz o pneu e vc coloca no Brasil. Considerando balanceamento troca etc não sei se vale a pena eu não arrisco.

 

 

Tavares é o mesmo caso negocie para entregar lente no lado do Brasil o cara vai de moto boy e vc vai também, não vejo vantagem passar com a tua câmera.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
A mulher da loja falou que a opção mais segura.. seria ela fazer uma nota um pouco abaixo do valor do produto... o flash custa 490 dolares.. ela faria por 400 - 380 na na nota... e eu pagaria a diferença na hora de declarar...

 

o que acham?

 

 

As notas do Paraguai não tem muita validade no Brasil. O pessoal da fiscalização olha mas se desconfiarem do preço eles consultam a tabela deles e é aquele preço que será considerado na hora de pagar o imposto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mauro, o valor legal da nota é zero. Entretanto, das vezes que em passei para fazer a declaração os fiscais sempre pediram para mim a nota de compra do produto da loja. E de todas as vezes, com excesão de uma, o valor utilizado como base de cálculo para pagar o imposto foi o valor apresentado na nota da loja do Paraguai (detalhe: as notas sempre estiveram com o valor real dos produtos).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

::hahaha::::hahaha::::hahaha:: eles vão na expepriência o resto está no sistema em todo o Brasil.

 

Eu trabalho na região e vou a Foz todo mês, raras vezes passo para o Paraguai acho que lá só tem porcaria, nem pneu eu compro lá. Também arrisco dizer que o Sérgio que mora na Fóz também quase não vai lá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então Mauro, eu compro numa loja do paraguai a muito tempo ... porém sempre entregaram direto na minha casa aqui em sampa.. porém no feriado estarei indo para foz visitar as cataratas.. ai queria aproveitar visto que a loja é confiavel e o flash é metade do preço do que no brasil ...

 

vou pensar direitinho o que fazer.. qualquer coisa compro coisas mais baratas e deixo para comprar e mandar entregar no brasil mesmo..

 

vlw

 

P.s... outra duvida.. digamos que eu peça para a mulher da loja fazer uma nota com valor mais baixo.. do que vale.. tipo o flash é 490.. ela faça a nota com 400.. e eu tentar pagar em cima desse valor.. se eles não aceitarem o que acontece?.. eu vou ter de pagar a diferença sobre o excedente somente ?

 

como seria?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Anderson Paz
      Para quem acha que o Paraguai é só para compras está muito enganado. Além de um povo extremamente simpático e de ser um país barato para se viajar, e Paraguai tem outros atrativos. Segue algumas dicas de locais interessantes para conhecer no país, a partir de uma viagem pelo país em fev/2011 com amigos.
       
      Ciudad del Este
      - A cidade, na parte mais próxima da fronteira, é uma grande feira de importados. Fazer compras em Ciudad del Este é muito estressante! Não dê atenção às pessoas que te abordam para te levar em lojas. Elas ficarão no seu pé e acharão ruim
      - De Ciudad del Este, é possível ir às atrações de Itaipu sem ter pagar nada, enquanto que o custo das atrações do lado brasileiro é meio carinho.
      - Saltos del Monday: a 4 km de Ciudad del Este e aproximadamente 20km da fronteira com o Brasil, encontram-se belas cataratas. É possível chegar por ônibus público.
       

       
      Reduções Jesuíticas
      - La Santísima Trinidad de Paraná: a 380 km (5 h) de Foz do Iguaçu está a mais completa das reduções jesuíticas; lindíssima! Tivemos sorte de ir em uma dia que havia visita guiada à noite, com um espetáculo de som e luz. Vale a pena! No dia seguinte ainda fizemos ainda a visita guiada diurna. Ambas as visitas foram muito bem guiadas pelos guias locais. Depois do passeio diurno, fomos com a guia ao local de onde tiravam rochas para serem usadas na construção da redução. Esse passeio porém é dispensável.
       


      - Jesús de Tavarangue: a apenas 12 km de Trinidad. Redução jesuítica também bastante imponente e interessante. Há um ônibus entre as duas localidades.

       
       
      Assunção
      - Em Assunção, conhecemos basicamente o centro histórico, que achei muito bonito, e a estação ferroviária abandonada.
      - Nos hospedamos em uma boa e econômica pensão familiar de uma senhora super atenciosa: Pension Da Silva (Eligio Ayala 843). Recomendo-a bastante.
       

       
      Conhecemos duas cidades nos arredores da Assunção: Areguá e San Bernadino.
       
      Areguá
      À 29 km de Assunção. Cidade bem agradável, com alguns prédios históricos. Sua maior atração é o Cerro Koi, que fica um pouquinho afastado do centro, que é um sítio com formações geológicas de pedra arenisca hexagonal, presente somente nesse local, no Canadá e na África do Sul.
       


      San Bernadino
      À 50 km de Assunção. Cidade balneário às margens do Lago de Yparacarai, charmosa e com algumas discotecas e diferentes opções de bares e restaurantes. É muito movimentada durante dezembro e janeiro, porém como fui em meados de fevereiro estava bem pacata e a maior parte dos estabelecimentos estava fechada.


       
       
    • Por amochila
      Fala Viajante,
      Quero compartilhar com vocês nossa Trip pelo Paraguay. Muitos viajantes acabam tirando esse país da sua trip por ter poucas informações de viagens e com o objetivo de contribuir aqui e quem sabe, inspirar você a conhecer esse país que é maravilhoso.
      Bom, nossa viagem começou por Foz do Iguaçu (PR) onde alugamos um carro na Localiza. Fizemos um plano que nos permitia sair do país com o carro. É um pouco mais caro, porém é mais vantajoso ir de carro do que ter que depender de ônibus no país, que ainda é meio precário. Como estávamos na fronteira do Brasil com o Paraguay, a nossa viagem pelo país começou por Ciudad del Este (CDE) mesmo.
      Em Ciudad del Este (CDE) tem muita coisa para conhecer além do setor de compras, aliás, se puder, fuja dessa parte da cidade e vá um pouco mais para dentro de CDE. Nossa primeira parada foi no Parque Saltos Monday. Como estávamos de carro, ficou mais fácil, mas dá para ir de táxi também (é bem tranquilo e barato). A entrada do Parque custou G$ 12.000 e lá dentro tem a opção de utilizar o elevador para ir a um ponto e visualizar a queda d'água lá debaixo. Vale super apena para fazer altas fotos e ter a percepção de uma pequena Cataratas só pra você. O custo do elevador foi de G$ 10.000 e pode ser pago diretamente na entrada do elevador. Ah, como estávamos de carro, tivemos que pagar o estacionamento que custou G$ 10.000.
      Se quiser saber mais detalhes sobre como é o Parque dos Saltos Monday, o que dá pra fazer nele, entre muitas outras coisas, lá no Blog da Mochila contamos mais detalhes.
      Em CDE tem um parque aberto no meio da cidade e que vale muito visitar para curtir um belo por do sol.
      De volta à estrada, dirigimos rumo à cidade de Caacupé. Essa cidade é conhecida pela Basílica de Caacupé onde milhares de fiéis paraguaios se dirigem no mês da Padroeira de Nossa Senhora de Caacupé e lotam a cidade. A cidade é pequena e não tem muita coisa para se fazer, mas vale para conhecer a Basília que traz um pouco da história do povo Guarani A Basílica é bem grande, cheia de adornos e vitrais de tirar o fôlego. Foi sem dúvida um dos momentos mais ricos e significativos da nossa viagem. Para os viajantes religiosos, a Basílica proporciona momentos de renovação da fé, mas não se preocupe se você não é nem um pouco religioso, a Basílica tem um lugar muito legal para você conhecer. Além de muitos espaços legais para apreciar um pouco da cultura religiosa do povo guarani, no alto da Basílica tem um Mirador que guarda uma grande relíquia do povo desse país.
      Do momento em que você inicia a subida até a Cúpula da Basílica, é possível se deparar com pinturas feitas nas paredes e que contam um pouco da história do povo guarani. São imagens bem bonitas e ao mesmo tempo, provoca no viajante uma reflexão do quanto o povo guarani sofreu com o processo de colonização e catequização jesuítica. Nas paredes, a história de um povo, de uma cultura única na América Latina. É simplesmente mágico! Para subir na Cúpula da Basília pagamos uma pequena contribuição de G$ 2.000 guaranis.
      Se quiser saber mais detalhes sobre como visitar a Basílica de Caacupé, acesse nosso Blog e aproveite nossas dicas desse lugar fantástico.
      Como nosso objetivo era chegar o mais rápido possível em Asunción, partimos de Caacupé rumo à Tobati que é uma cidadezinha bem ao lado.
      Mas sobre o resto da viagem fica para um próximo Post...
    • Por xmday
      Olá amigos
      Nesse curto post, vou resumir a dica de como fazer a visita à usina de Itaipu pelo lado paraguaio a custo zero, já que eles não cobram absolutamente nada.
      Eu já fiz a visita à Itaipu do lado brasileiro em 2012 (na época 20 e poucos reais) e em 2019 retornei à Foz do Iguaçu. Me assustei com o aumento do preço (42 reais) e resolvi pesquisar como ir na Itaipu paraguaia, já que ia passar um dia em Ciudad del Este.
      É muito fácil ir à Itaipu paraguaia, mas antes pesquise os horários das visitas no site:
      https://cti.itaipu.gov.py/es/node/20
      1. pegue o ônibus internacional que faz Foz do Iguaçu x Ciudad del Este. Desça próximo do ponto final e vá ao micro terminal de ônibus urbano de Ciudad del Este
      O terminal é pequeno e há muitos ambulantes dentro vendendo de tudo, rs.
      https://www.google.com/maps/place/Terminal+Bus+Urbano/@-25.5101438,-54.6162558,16z/data=!4m8!1m2!2m1!1sterminal+ciudad+del+este!3m4!1s0x0:0xd2de0bcc4d38d8f4!8m2!3d-25.5101438!4d-54.6162558
       
      2. pegue um ônibus para Hernandarias. O boleto custa 3000 Gs (cerca de 2 reais). O ônibus vai fazer +/- o percurso abaixo. Calcule pelo uns 45min de deslocamento (ônibus + caminhada) + o tempo de espera do ônibus para Hernandarias.
      Desça no ponto de ônibus do lado oposto ao posto de gasolina da Petropar (o ponto de ônibus da volta fica colado ao posto). Aguardamos uns 10min apenas para pegar o ônibus e o deslocamento durou menos de 30min.
      Ponto onde vc vai saltar:

      E o ônibus segue para Hernandarias....

      3. caminhe 650m até chegar no centro de recepção de visitantes da Itaipu paraguaia
      Só seguir as placas

      Chegamos

      4. Para voltar, pegue o mesmo ônibus no ponto colado ao posto de gasolina Petropar

       
      Aproveito para protestar sobre o alto custo da visita à Itaipu brasileira rssss


×
×
  • Criar Novo...