Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Colaboradores
Bah tonelato, vc ajudou um bocado já. thank's mann!

última pergunta com relação a isso: se vou com o bus direto até quijarro, meu passaporte carimbo

por lá mesmo, ou tenho que ir até suarez pra isso?

noiscasa comentou num post sobre xerox, não me ficou claro... é um xerox

do tal documento verde, eu levo o original ou levo o xerox??

 

outra coisa gente: não vejo ninguem falando nada sobre a viagem do trem da morte

valer por conta das paisagens, me importo mto com isto... a natureza!

é bonito ou não esse passeio?

 

ou só eh fedido, calorento e demorado!? kkkkkkkkkkkk ::lol4::

 

abraSOM

João Neumann - Blumenau - SC

 

 

Joao!!!!!! falo rapaz!!!!

 

tava relendo ai os ultimos posts... vamos ver se eu ajudo vc!

sobre os valores do trem... nao é em dolar e sim em bolivares!!!

os preços em bolivares que eu peguei no site:

Súper-Pullman parte Terça, Quinta e Domingo as 16:00 preço 127 bolivares, chega as 08:00 em santa cruz

Ferrobus parte Segunda, quarta e sexta-feira as 18:30 preço do assento cama 257 bolivares e semi-cama 222 bolivares, chega as 07:55 em santa cruz.

quando fui eu fui de ferrobus, mas achei horrivel ainda mais pelo preço (convertido em reais da epoca daria uns 70 reais), comida fria, ar condicionado forte pra karamba... tipo creio que fui um dos poucos que ja foi nele e seguindo o que todo mundo pega que é o super-pullman se vc vai seguir de trem pegue esse que dizem ser melhor...

 

dinheiro: leve sempre dolares! jamais reais! o dolar no brasil ta barato e la na bolivia é meio que congelado, deve estar valendo uns 7 bolivares por dolar (alguem ai me corrija se eu estiver errado), o real nao vale muito la, é como normalmente se cambia o dinheiro na rua mesmo o dolar vai tornar a sua vida mais facil... entao faz assim pra saber o preço em real, cambia os bolivares pra dolar e dpois pra real usando essa media de 7 bolivares por 1 dolar ok!?

 

outra coisa, vc nao precisa de passaporte pra rodar pela maioria dos paises da america do sul, tem um acordo que vc so precisa usar o RG, mas tem q estar em bom estado e com foto recente (tipo o cara vai olhar e ver q é vc mesmo!), eles te daram uma tarjeta verde, q vc tem q devolver quando for sair do pais, (caso vc use o RG vc tera q tirar um xerox desse papel pra ficar contigo qndo sair do pais e pensar em voltar (tipo vai pro peru e dpois volta pra bolivia) pra nao fazer e pagar tudo dnovo tendeu?), senao eles cobram uma multa de vc, qndo eu passei ali por porto quijarro eles pediram propina de 10 reais, nada de mais, paguei e o cara no fim agilizou pra mim... tipo nao morri de fome por isso,

 

sobre as citys, corumba é fronteira com puerto aguirre/quiraro (tudo a mesma city no fim - nao se preocupe), quando vc sai de campo grande pegue o ultimo bus da Andorinha com destino a corumba, pq ele atravessa a fronteira, vc so desce do bus faz o tramite (paga a propina) e volta pro bus q ele te deixa no terminal de trem sim! vi gente fazendo isso e ha relatos q funciona! eu nao fiz pq passei a noite em corumba... horrivel! mas se nao rolar pega um taxi e uns 15/20 bolivares te levam ate ela... o ruim desse bus é q vc vai ter q esperar o trem ate o final da tarde... e la nao tem muito o q fazer... exceto se acostumar pq tudo é muito diferente daqui...

 

pra comprar passagens é relativo a época... na alta temporada (fim de ano) é mais complicado, no mais é tranquilo... mas pegando o bus vc chega bem cedo na estaçao entao deve encontrar tickets com mais facilidade... eu nao precisei recorrer a ninguem e comprei bem cedo e com tranquilidade...

 

sobre a paisagem... rapaz posso dizer q apesar d toda a merda q rolou comigo nesse trem isso acabou me propiciando uma coisa boa... (por causa do ar condicionado forte e forte é forte mesmo!) eu fiquei acordado a noite toda... e como a lua tava cheia no dia eu pude contemplar a paisagem linda do lugar.... montes, montanhas, pinaculos e varios tipos de formaçoes.... qndo amanheceu tudo tinha mudado, mas valeu a pena e muito!

 

se quiser pegar alguma info do meu relato acho q deve ajudar um pouco... é "meio" longo... mas o pessoal gostou...

http://www.mochileiros.com/bolivia-peru-mp-argentina-uruguai-24-dias-videos-fotos-t38172.html

 

abraços!

noiscasa voltando a ativa!!!

e louco pra viajar!!!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 714
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Olá Patrícia, Pq vc não aconselha a andar no trem da morte? Fiz Puerto Quijarro-Sta. Cruz e a viagem foi muita boa e por mim, recomendo sim! Eh uma excelente forma de imersão na cultura boliviana. A

Na real, entra vendedor em todas as classes, eu fui de primeira, que de primeira só o nome,hehehe. É um pouco perigoso pq tu acaba dormindo e nao cuida a tua bagagem e o pessoal vai pulando do trem e

Acho que tem que ver os dois lados da moeda, tem a parte boa e a parte ruim de pegar o trem, mas com certeza é uma super experiencia, se tu ta disposto a se aventurar o trem é uma ´´otima pedida.

Posted Images

  • Membros de Honra

Os preços que estão no site:

 

http://www.ferroviariaoriental.com/

 

é DOLAR!!!

 

A classe Super-Pullman está por 58! Pra mim é Dólar! Esse povo vive viajando, se esse preço for em "bolis" seria um caós, mais do que já é, viajar dentro da Bolívia! Todos os ônibus que peguei, sempre estavam tooooooooodos lotados!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Tonelato

O preço é em Bolivianos 58 é até Rivero Torrez, para Sta. Cruz é 127, U$58,00 é uma fortuna para aquele povo.

Abraços

 

o Colla esta certo, é bolivar e nao dolar!

se fosse dolar so qm usavaria o trem sao turistas e olhe la! imagina vc pagar 58 dolares por um trem em q mal o banheiro funciona? ::mmm:

 

mesmo pq seria meio estranho um site boliviano estar mostrando preços em dolar e nao na moeda local!? se mostra-se os 2 ai tudo bem... mas so um!?

 

pode parecer estranho pra qm olha pq quando convertemos os preços fica muito barato ate pros nossos padroes (por exemplo a primeira classe do regional custaria algo como 5 reais ate rivero), mas nao é! na bolivia é tudo muito barato pra nos, mas caro pro proprio povo! igual aq em relaçao aos europeus.

 

abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Galera, eu li esse tópico inteiro e não achei respostas pras minhas perguntas. Se puderem me ajudar, ficarei mtoo grata!!

 

É mais comum chegar pra comprar a passagem no dia e todas as classes estarem lotadas ou as que costumam tar esgotadas são as mais altas, tipo pullman e superpullman?

 

Eu, particularmente, acho uma puta sacanagem comprar passagem pro trem da morte com o tal no Ney, reservando antes, pq esse tipo de atitude, além de ferrar as pessoas que chegam pra comprar na hora e ser uma especie de comercio com cambista (daqueles mesmos que compram ingresso pro show do paul mccartney ou pro jogo final da libertadores e não te sobra nenhum pra comprar, a não ser que seja da mão deles, 200% mais caro), não me parece uma atitude propria de mochileiro, essa coisa de reservar tem mais a ver com avião, né? Mas enfim, eu queria saber de todo mundo que deixou pra comprar na hora, se rolou ou se tavam sempre esgotadas todas as classes.

 

Vi uma galera recomendando ir de superpullman, mas achei que talvez possa ser um pouco de exagero, minha curiosidade é sobre a primeira e a segunda classes. Alguém já foi nelas? No site http://www.boliviaentusmanos.com/trenes-bolivia/f_oriental.php não achei horarios de partida da segunda classe, nem os dias da primeira. Alguém sabe me indicar um outro site com essas infos?

 

Beijos e abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

 

É mais comum chegar pra comprar a passagem no dia e todas as classes estarem lotadas ou as que costumam tar esgotadas são as mais altas, tipo pullman e superpullman?

 

 

Ana,

é +/- assim, sao 3 diferentes trens,

o regional - extremamente barato e sem nada, basicamente so pra populaçao em geral pq os outros sao caros dmais pra eles,

o expresso oriental - o q tem a classe superpullman q é o q a galera mochileira normalmente pega, com preços razoaveis e um pouco mais rapido q o regional e super recomendado pela galera,

e o ferrobus - caro, desconfortavel mas muito rapido - eu sei pq foi o q eu peguei...

 

so na segunda feira saem 2 trens - o regional e o expresso,

 

dpois so sai um trem por dia e é sempre um diferente do anterior,

 

use esse link aq e veja qual o trem q vai sair no dia em q vc chegar ok!?

 

http://www.ferroviariaoriental.com/Pasajeros/Itinerariosytarifas/tabid/59/Default.aspx

 

porem cabe uma observaçao, a procura de passagens muda conforme a época do ano - temporada alta-baixa,

 

qndo estive la o ferrobus saiu cheio, mas pela manha - do dia em q eu peguei o trem - ainda tinha passagens tranquilamente,

 

porem nao é raro o expresso oriental acabar rapido, ja q ele no custo-beneficio é o melhor e logico mais procurado, ou seja pra comprar no dia vc tem chegar muito cedo na boleteria ok!?

 

se for na alta temporada e dependendo do trem q vc qr pegar é melhor usar contatos dq ficar preso la um dia amais! la nao tem absolutamente nada pra fazer....

 

 

Eu, particularmente, acho uma puta sacanagem comprar passagem pro trem da morte com o tal no Ney, reservando antes, pq esse tipo de atitude, além de ferrar as pessoas que chegam pra comprar na hora e ser uma especie de comercio com cambista (daqueles mesmos que compram ingresso pro show do paul mccartney ou pro jogo final da libertadores e não te sobra nenhum pra comprar, a não ser que seja da mão deles, 200% mais caro), não me parece uma atitude propria de mochileiro, essa coisa de reservar tem mais a ver com avião, né? Mas enfim, eu queria saber de todo mundo que deixou pra comprar na hora, se rolou ou se tavam sempre esgotadas todas as classes.

 

 

concordo contigo, porem a maioria das pessoas nao pensa assim, e infelizmente se tivesse algo pra se fazer por la ninguem reservava, infelizmente nao é esse o caso, por isso todo mundo qr sair logo de la! ahahahha ::lol4::

 

 

Vi uma galera recomendando ir de superpullman, mas achei que talvez possa ser um pouco de exagero, minha curiosidade é sobre a primeira e a segunda classes. Alguém já foi nelas? No site http://www.boliviaentusmanos.com/trenes-bolivia/f_oriental.php não achei horarios de partida da segunda classe, nem os dias da primeira. Alguém sabe me indicar um outro site com essas infos?

 

Beijos e abraços

 

recomendaçao por recomendaçao eu diria pra vc ir pra santa cruz de aviao! tirando a paisagem q vc tem durante a noite o trem nao é lá essas coisas...

 

a primeira classe no regional é a segunda classe e o pullman é a primeira classe ::hahaha::, mas nenhum deles tem o minimo de conforto pelo q dizem ::mmm: , bancos 90º de madeira, sem praticamente nada, lento.... chega a gastar quase 24 horas pra chegar em santa cruz... dizem ser um tormento... nao sei se realmente compensa independente do motivo... mas ja ouvi gente comentar q qeria contato com o "povao" entao se for isso é a pedida!

 

espero ter ajudado

 

abraços!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

noiscasa, você voltou mesmo, legal.

Acho que a pior época é dezembro, eu fui com meu amigo a 1º vez e os cambistas queriam B$250,00 pela passagem, não quisemos pagar, depois resolvemos que seria melhor pagar do que ficar na cidade só que já era tarde não tinha mais, eu tinha lido na net esse lance dos cambistas mas vendo pessoalmente foi terrível eles cortam a fila e quando o pessoal vai reclamar os guardas os protegem, então fomos para um hotel, depois o hotel ficou lotado porque o trem não iria partir devido a alagamentos.Se tivéssemos comprado só receberíamos o valor oficial.Resultado: chegamos domingo e só saimos na terça à noite de avião. Se não for em dezembro e chegando em uma terça ou quinta que têm 2 trens é tranquilo.Concordo com você sobre as paisagens, é uma área plana só se vê árvores, de vez em quando abre um pouco mas montanhas, rios, nada.Só mais uma dica,peça a passagem para o coche S301, que é mais novo e as poltronas são melhores.

Abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
noiscasa, você voltou mesmo, legal.

Acho que a pior época é dezembro, eu fui com meu amigo a 1º vez e os cambistas queriam B$250,00 pela passagem, não quisemos pagar, depois resolvemos que seria melhor pagar do que ficar na cidade só que já era tarde não tinha mais, eu tinha lido na net esse lance dos cambistas mas vendo pessoalmente foi terrível eles cortam a fila e quando o pessoal vai reclamar os guardas os protegem, então fomos para um hotel, depois o hotel ficou lotado porque o trem não iria partir devido a alagamentos.Se tivéssemos comprado só receberíamos o valor oficial.Resultado: chegamos domingo e só saimos na terça à noite de avião. Se não for em dezembro e chegando em uma terça ou quinta que têm 2 trens é tranquilo.Concordo com você sobre as paisagens, é uma área plana só se vê árvores, de vez em quando abre um pouco mas montanhas, rios, nada.Só mais uma dica,peça a passagem para o coche S301, que é mais novo e as poltronas são melhores.

Abraços

 

caramba colla q doideira!!!!!!! ::dãã2::ãã2::'>

 

por isso e por outro motivos eu sempre dou a sugestao dq a nao ser q vc tenha pra si q o trem é indispensavel, vá de aviao!

 

esse negocio dos cambistas é mais q manjado, e a "ajuda" dos guardas é pq obviamente eles levam parte dos lucros ne!? haahhaah

 

e realmente tem mais isso em dezembro-janeiro, chuvas!!!! eeeeee as historias de trem descarilando nessa epoca sao bem maiores... ops vou assustar a galera! haahahhaha

 

realmente eles colocaram um trem novo na ferrovia - um novo ferrobus - eu tava lendo no site da ferrovia... mas como boliviano normalmente é pequeno este trem deve ser um aperto danado... eu sofri pacas nos trens por la por isso! sou um cara big size!!!!

 

Ana,

 

pelo q me lembro as boleterias abrem la pelas 7, mas posso estar enganado, pela data vc chega no dia em q sai o ferrobus, deve ser mais tranquilo, devido aos preços q sao mais caros nele, mas se nao conseguir e vc queira ficar um dia por la, no dia seguinte tem o super-pullman.

 

lembre-se q é alta temporada agora em dezembro e janeiro,

 

e a nao ser q o trem seja indispensavel pra vc veja se compensa ir de aviao direto pra santa cruz - eu sei q é chato ir de aviao e tal, mas normalmente como o cronograma das viagens da galera é apertado, vc ganha dias pra aproveitar em outros lugares q vc vai qerer ficar mais tempo...

 

- opiniao minha claro, e vc pode descarta-la ok!?

 

abraços!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei changed the title to Trem da Morte

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por Yara Almeida
      Ei, tudo bem?
      Alguém sabe me dizer como está Machu Picchu para 2021? Digo com relação à liberação do Parque e etc. Obrigada! Uma amiga e eu estamos nos organizando para irmos em Julho, caso tenha mais alguém, entre em contato pra gente combinar um comboio legal rsrs. 
    • Por HugoNuary
      Então galera, pretendo sair agora día 4 ou 5 de outubro, e fazer a rota: SP rumo a Campo Grande ou Corumba - MS (a rota que ficar mais em conta) seguir para Puerto Quijarro depois tomando o trem da morte rumo a Santa Cruz de la Sierra. Sendo meu destino final Lima. Tenho 30 dias para seguir essa rota, e tentando gastar o mínimo possível durante toda viagem. Meu maior temor é quanto aos valores dos transportes da Bolivia rumo ao Perú, onde se hospedar por la num preço legal. E onde consigo fazer câmbio de Real para BOB e para SOL. 
    • Por HenriqueSantos
      Mochileiros, estou planejando uma viajem, começando dia 2 de janeiro em Campo Grande - MS, até Machu Picchu. Preciso de conselhos e dicas sobre o que posso melhorar no meu roteiro.
      Posso estender a viagem por alguns dias, mas tenho que chegar até dia 18 em Campo Grande.
      Planejo gastar cerca de R$ 2.500,00, mas tenho mais grana pra imprevistos. E a ideia seria ir sem gastar muito com luxo, ao mesmo tempo visitando alguns pontos turísticos interessantes, como o Lago Titicaca, Machu Picchu e Lima. Estou aberto a qualquer tipo de sugestão. Por enquanto eu pretendo ir sozinho, mas aceito companhia
      Valeu!

      Roteiro
      Viagem de Ida
      02/12/19 Campo Grande – Corumbá. Ônibus (6,5h)
      Sair de ônibus a noite de Campo Grande e chegar de manhã em Corumbá. A passagem de ônibus para Corumbá custa cerca de 130 Reais.
       
      03/01/19 Dourados - Pt Quijarro – Santa Cruz.  Trem (17h).
      Chegar em dourados, ir para Pt Quijarro cedo, de ônibus municipal ou taxi, e comprar ticket do trem da morte. O trem sai 13:00h (Horário Local). Arranjar almoço e café da manhã pela região mesmo, antes de pegar o trem.
       
      IMPORTANTE: Ir para a fronteira cedo para evitar fila. Tem que entrar na Polícia Federal do Brasil e a aduana boliviana, DUAS FILAS que podem ser demoradas. Verificar onde trocar reais por bolivianos. A comida e água do trem é cara, levar comida e água. E comprar a passagem do trem o mais cedo possível. Levar um livro para a viagem do trem, são =~18h de trem. Corumbá tem 1h a mais que Pt Quijarro.
       
      04 e 05/01/19 Santa Cruz - La Paz - Copacabana. Ônibus (=~25h).
      O trem chega dia 04 em Santa cruz, por volta das 5:40 da manhã.
      Opção 1 (Preferida): Comprar passagem completa com viagem de Santa Cruz a Copacabana. =~250 B, 25h no total.
      Procurar ônibus direto de Santa Cruz a Copacabana. Tem ônibus ao preço de 250 Bolivianos. A viagem dura cerca de 25h no total. Não há muita diferença de preço entre as opções, mas tem diferença de tempo de duração.
      Opção 2: Comprar passagem para La Paz e (180-220 B, 18h), de lá, para Copacabana (35 B, 4h).
      Importante: A indicação de tempo é a de duração de viagem. Não há garantias que conseguirei ônibus com horário colado um no outro. O mais provável é que tenha que esperar algumas horas pelos próximos ônibus.
      Tem que procurar passagem para La Paz na rodoviária, talvez tenha que fazer uma escala em Cochabamba. A duração da viagem varia entre 18 e 24 horas, dependendo da presença de escala ou não. O preço do ônibus para La Paz varia entre 180 e 220 Bolivianos.
      Chego em La Paz e procuro passagem de ônibus para Copacabana. A viagem dura cerca de 4 horas e tem passagens por 35 Bolivianos. Ao que parece, o último ônibus barato sai as 13:30h. Achei outros ônibus depois disso, mas todos estavam bem caros.
       
      05/01 Copacabana e 06/01 Copacabana – Cusco. Ônibus (12h).
      Chego em Copacabana no meio da tarde do dia 05/01, ou início da noite. Durmo num Hostel local, tem Hostel mais barato, por cerca de 60 Reais. A média de preço na região é por volta de 100 Reais.
      No dia seguinte (06/01) procuro viagens à noite para Cusco, e passo o dia conhecendo o lago Titicaca.
      Têm várias Ilhas turísticas no lago, Isla del Sol e Isla Luna são destinos famosos. O barco para levar até as ilhas custa por volta de 30B, assim que chegar na ilha um guia deve aparecer e oferecer um tour por ela. Comida custa mais caro nessas ilhas. Gasto esperado pelo passeio todo: =~ 150 B.
      A passagem para Cusco de Copacabana custa cerca de 150 B, e a viagem dura 12h. Para ganhar tempo e economizar uma grana é bom dormir no ônibus para Cusco.
      A noite pego o ônibus para Cusco.
       
      07/01/19 – Cusco.
      Assim que chegar devo procurar um hostel em Cusco. Tem alguns baratos, na faixa de 70 Reais, ao que parece.
      Comprar o ingresso para Machu Picchu no Museu, negociar um pacote de viagem para o dia seguinte à Hidrelétrica, incluindo a volta, alguns hosteis oferecem esses pacotes e ele custa por volta de 70 Soles (=~ 80 Reais). A tarde devo ter tempo visitar a cidade.
      O ingresso para Machu Picchu custa 152 Soles, aproximadamente 170 Reais (1,12 Reais o Sole). Compro a entrada para o dia 09/01.
      Comprar o ingresso no Museu Casa del Inca Garcilaso de la Vega (Rua Calle Garcilaso, s/n. A um quarteirão da Praça de Armas de Cusco, na esquina com a Plaza Regocijo).
      Na manhã seguinte pego a van para a hidrelétrica.
       
      08/01/19 Cusco – Machu Picchu Pueblo (Águas Calientes). Van (8h) e caminhada (3h) =~11h.
      Vou de van, pelo pacote até a hidrelétrica, e faço caminhada até Águas Calientes, 13km a pé, seguindo o trilho do trem. O percurso de Van dura aproximadamente 8 horas e a caminhada pé leva até 3 horas. Devo chegar perto da noite em Águas Calientes.
      Águas Calientes é uma cidade pequena e tem muitos hosteis. Vale a pena pesquisar e achar um hostel barato. Na internet achei vários na faixa de 100 Reais, mas dizem que lá tem outros muito mais baratos por até 30 Reais.
      Passo a noite num hostel local.
       
      09/01/19 Machu Picchu e Águas Calientes
      Acordo cedo para subir Machu Picchu de escada.
      Para subir em Machu Picchu tem um ônibus, que custa 24 dólares ou caminhada de 2 horas, subindo escada, vou de escada por que 24 dólares é muito dinheiro.
      Visito Machu Picchu e passo o restante do dia em Águas Calientes. Volto no dia seguinte, de volta a Cusco.
      Passo a noite num hostel local.
       
      RETORNO
      10/01/19 – Águas Calientes – Cusco - Copacabana. Caminhada (3h) e Van (8h) =~11h.
      Volto de manhã para a caminhada até o posto das vans, na hidrelétrica. É só refazer o mesmo caminho da ida.
      Volto a Cusco com as vans, o pacote comprado em Cusco deve inclui o retorno. Devo chegar em Cusco por volta do fim da tarde.
      Verificar se tem passagem direto para La Paz de lá, o destino final para o dia é La Paz. Mas como é um destino longe, entre países, eu não sei se encontrarei passagem. Se não encontrar passagem direto é melhor passar a noite em Cusco e viajar no dia seguinte cedinho.
      A viagem de Cusco para Copacabana leva cerca de 12 horas. Saindo as 22 horas de Cusco, devo chegar por volta das 10:00 em Copacabana.
       
      11/01 Cusco – Copacabana – La Paz. Ônibus 12h e Ônibus 4h. 12/01 La Paz, 13/01 La Paz - Santa Cruz. Ônibus 18h.
      Em Copacabana procuro passagem para La Paz e parto assim que der. A viagem de Copacabana para La Paz leva cerca de 4 horas e custa entre 17 e 45 Reais.
      Se tudo der certo devo chegar dia 11 (Sexta-feira) em La Paz, perto do fim da tarde.
      Passo alguns dias em La Paz, e parto dia 13 para pegar o trem na segunda, dia 14.
      Fico em La Paz e conhecendo os locais turísticos próximos a cidade até o dia 13. Partindo de volta a Santa Cruz na tarde do dia 13, para chegar dia 14, segunda, de manhã em Santa Cruz e pegar o trem.
      Gastaria com hosteis, turismo e alimentação dos dias extras.
      Esses dias em La Paz também servem de margem para algum possível imprevisto.
       
      14/01/19 Santa Cruz de La Sierra – Pt. Quijarro. Trem (17h).
      Saindo na tarde do dia 13, em La Paz, devo chegar em Santa Cruz dia 14, de manhã, a tempo de pegar o trem. O trem mais barato de Santa Cruz a Pt Quijarro só sai segunda, quarta e sexta, sempre as 13:20h, dia 14 é segunda então partiu Porto Quijarro.
       
      15/01/19 Pt Quijarro - Corumbá - Campo Grande.
      Dia 15 chego em Pt Quijarro na parte da manhã, vou para a fronteira e para rodoviária em Corumbá. De lá, para casa. A passagem de volta, comprada no dia, custa cerca de 170 Reais.

       
       

×
×
  • Criar Novo...