Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados


  • Respostas 21
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Olááááá queridos viajantes e mochileiros.😁   Não iria escrever pois existem diversos relatos de viagem para este destino, maaaaaaaaaaas, fui encorajada e intimada a relatar os meus 25 dias p

RETORNO 21/11 (Lá Paz/ Santa Cruz) Cheguei em La Paz as 15:00 e já comprei a passagem para Santa Cruz com saída as 19:30 por 80 bolivianos. BOLIVIANOS 96,50 > (R$53,02) ALIMENTA

PERU 08/11 (Arequipa/Ica) Saímos para Arequipa as 8:50 e chegamos as 15:50. A passagem pela fronteira foi a mais tranquilo de todas, só atrasamos na chegada pq no ônibus tinha atletas mirim,

  • Membros

CHILE

05/11 (San Pedro)

Após atravessarmos a fronteira da Bolívia (e ser assaltada por policiais --') fomos para a fronteira do Chile (é NOTÓRIO como é diferente, a estrutura, Duana... TUDO) enfim, como o meu pacote do Salar já estava incluso o transfer para SPA atravessamos a fronteira de boa. 

Ficamos aguardando +/- 1:45 nossa vez para passarmos, o motorista nos ajudou a preencher toda a papelada para dar entrada no país, assim como nos orientou sobre as coisas que NÃO PODERIA ENTRAR, tais como, qualquer tipo de fruta, ervas, carnes, artesanatos feitos com madeira, etc.   

Passando pela revista e seguimos viagem, cerca de 1:30 até SPA. Nos deixaram perto do cemitério 😳 😅maaaaas,  pra minha sorte tínhamos conhecido dois chilenos no Salar e eles estavam conosco na van. Seguimos para o centro de SPA para procurar nosso hostel e cambiar monei-monei.

DICA: caso vc seja deixado neste mesmo local, siga até umas lojinhas a sua esquerda (pra quem é SP, de longe parece uns camelozinhos, mas são restaurantes kkk) você ira avistar um corredor coberto cheio de banca de artesanatos e no final, tcharam, o a praça central. Lá vc encontrá, em suas travessas, INÚMERAS agências de passeios, casas de câmbio e alguns restaurantes. Mas lembra das lojinhas que eu disse antes  que parece uns camelozinhos? Poisé, lá será o local onde vc encontrara as refeições mais baratas, menu completo (entrada+prato principal) por apenas 4.000 pesos chilenos. 😘

Troquei a grana  na Casa de Cambio Gambate, naquele dia era a melhor cotação: 1,00 = 180 pesos. Troquei inicialmente R$300,00 pois não sabia ainda ao certo o que faria. Depois de trocar a grana fui almoçar naqueles restaurantezinhos  topezeras por 4.500 com bebida com meus amigos chilenos.

Depois fui procurar o hostel (LASKAR - 10.000 pesos a noite)  fechar os passeios (AREVO TRAVEL) e cotar a passagem de ida para Arica.

 

Optei por fazer o seguintes passeios: Tour Astronômico, visitar o Valle de La Luna e de La Muerte de bike e fazer o Salar + Altiplanicas + Pedras Rojas. 

 O Tour Astronômico é 20.000 pesos, mas como fechei todos os passeios na mesma agência, ganhei descontinho e saiu por 18.000 pesos + 3.000 pesos pela foto (opcional).

O Valle de La Luna /de La Muerte optei por fazer de bicicleta no meu ritmo e no meu tempo: Bike por 6 horas foi 3.000 pesos + entrada no Valle de La Luna 3.000 pesos.

Salar + Altiplanicas + Pedras Rojas = 38.000 pesos (taxa parque altiplanicas 5.500 pesos)  

 

Tudo resolvido, ai fui jantar, tomar um banho e correr para fazer o tuor.

OBS: GENTE COMO O PESO NOS CONFUNDE, fui jantar em um local indicado pelo nosso amigo RAD e na hora da fome não pensei e nem converti os preços pra saber se o jantar era justo ao meu bolso 💔 aff, paguei 40,00 temmer em duas fatias de pizza e uma coca, me senti enganada pela minha emoção de estar em SPA rs.

 

PESOS : 51.850 > (R$288,05)

ALIMENTAÇÃO 13.850

HOSPEDAGEM 20.000 pesos

PASSEIO/OUTROS 18.000 pesos

 

SALDO DA VIAGEM: R$ 2.317,91

 

06/11 (San Pedro/Valle de La Luna)

Dia amanheceu lindo☀️  fui explorar a cidade, trocar mais dinheiro e  comprar minha passagem de ida para Arica (13.000 pesos).

Depois fui fazer os passeios de bike, aluguei a minha (Rutas Atacama) e fui kkkkkkkkk mas como nem tudo são flores, não consegui fazer os dois valles. Eles ficavam em sentidos opostos e da cidade até a entrada do parque La Luna era +/-  10km, o percurso do parque tem 14km. 

Conclusão? Não consegui fazer os dois  pq o sol era muito forte, digno de um deserto hahahaha 😅  me lambuzei de protetor mas esqueci de passar nas mãos e queimou absurdamente kkkk. Voltei feliz e muito cansada por conta da maratona de bike, cheguei no hostel acabada, tomei banho, comi o que tinha e capotei.

PESOS :  20.700 > (R$117,34)

ALIMENTAÇÃO 1.700  pesos

PASSEIO/OUTROS 19.000 pesos

SALDO DA VIAGEM: R$ 2.435,25

 

 07/11 (San Pedro/Altiplanicas)

 Último dia em San Pedro, acordei bem cedinho e deixei minhas coisas arrumadas para ir embora assim que chegasse do passeio. Comprei lanchinhos para o dia e partimos. A galera neste passeio era 98% brasileira 🤩 o que fez o passeio mais animado. Nossa guia Carol (se não me engano) era a pessoa mais amável do mundo, que deixou o tour mtt alegre.

**é necessário pagar a taxa de 5.500 no salar de SPA**

Peguei o ônibus para  Arica as 19:45, cheguei em Calama as 21:20 e troquei de buses, peguei o outro para Arica as 22:15 ( o valor pago em SPA era para os dois ônibus).

 

PESOS :  59.000 > (R$333,33)

ALIMENTAÇÃO 2.500  pesos

PASSAGEM 13.000 pesos

PASSEIO/OUTROS 43.500 pesos

SALDO DA VIAGEM: R$ 2.768,58

 

 08/11 (San Pedro/ICA)

Cheguei em Arica as 06:00 da manhã, aguardei abrir os guichês e comprei a passagem para Tacna com saída as 8:00 por 2.000 pesos, e de Tacna para Arequipa por 6.000 pesos.

Comprei lanche e água com o restante dos pesos que me sobrou.

Na rodoviária mesmo já cambiei um pequeno valor de soles para a viagem.

 

PESOS :  12.550 > (R$70,90)

ALIMENTAÇÃO 4.550  pesos

PASSAGENS 8.000 pesos

SALDO DA VIAGEM: R$ 2.839,48

  • Gostei! 3
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

PERU

08/11 (Arequipa/Ica)

Saímos para Arequipa as 8:50 e chegamos as 15:50. A passagem pela fronteira foi a mais tranquilo de todas, só atrasamos na chegada pq no ônibus tinha atletas mirim, o que demorou muito por serem de menor e blá blá blá. Mas deu tudo certo 😃

Cheguei e já comprei a passagem para Ica, saída as 17:50 (empresa Wayra) por 50 soles + 2 taxa do terminal.

SOLES :  56 > (R$39,20)

ALIMENTAÇÃO 4 soles

PASSAGENS 52 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 2.878,68

 

09/11 (Ica/Paracas/Huacachina)

Chegando em Ica, tive a felicidade de conhecer um taxista que também trabalhava em uma agencia de passeios. O mesmo nos levou até um cambista para trocarmos dinheiro (1,00 real = 0,78 soles) e como não iria ficar mais de um dia nesta cidade, aproveitei e fechei o passeio por Paracas e Huacachina com ele mesmo. (táxi 7 soles /2)

Paracas não estava em meu roteiro,mas fiquei feliz, muito feliz em ter o acrescentado 😍 o passeio saiu por 55 soles + 22 taxa, das 8:00 as 17:30.

Huacachina por 35 soles + 3,60 taxa - das 17:40 as 19:00. Pôr do sol ❤️

Fizemos o passeio com esse nosso amigo, que nos deixou na rodoviária (free), jantamos por 13 soles, compramos as passagens para Lima por 30 soles com saída as 21:30. 

SOLES : 162,1 > (R$126,43)

ALIMENTAÇÃO 13 soles

PASSAGENS 33,5 soles

PASSEIOS 115,60 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 3.005,11

 

10/11 (Lima/Huaraz)

Cheguei em Lima as 2:00 da manhã, como bom mochileiro, dormi da rodoviária até o amanhecer, depois fui procurar casa de câmbio para trocar o monei pois já haviam me informado que a melhor taxa era lá (encontrei na rua miraflores por 1,00 real = 0,86 soles). Depois peguei um táxi (10 soles), voltei para a rodoviária e comprei a passagem para Huaraz, saída as 9:00  por 35 soles (Zbus).

Chegamos em Huaraz  as 20:00 e partimos de táxi (2 soles) para o famoso hostel aqui do grupo Scheler ❤️ 

Fechei 3 dias de hostel (compartilhado e sem café) por 45 soles + o passeios: Pastoruri, laguna Paron e 69 por 135 soles (este favor é apenas para quem se hospedam com ele. 

SOLES : 199,30 > (R$171,39)

ALIMENTAÇÃO 17,30 soles

PASSAGENS/TAXI 47 soles

PASSEIOS 135 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 3.176,50

 

11/11 (Huaraz/ Glacial)

Uma das melhores escolhas que fiz foi fechar com esta empresa recomendada aqui no grupo, Cesar foi muito atenciosa e prestativo agendando os passeios de forma que me preparasse para a tão sonhada laguna 69. Sendo assim no primeiro dia ele me agendou para o Glacial Pastoruri que possui menos km de caminhada porém com a maior altitude para ver como meu corpo iria reagir. RECOMENDO ELE 100% 

Então, primeiro dia comprei lanchinhos, um mimo, soroche pill + folha de coca pra ajudar na altitude e não passar mal igual no salar e partimos para o passeio. Taxa para entrada no parque é de 30 soles.

SOLES : 74,50 > (R$64,07)

ALIMENTAÇÃO 11,50 soles

PASSEIOS/TAXA 30 soles

OUTROS 33 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 3.240,57

 

12/11 (Huaraz/ Paron)

Segundo dia fomos para a Laguna Paron, taxa de entrada é de 5 soles. 

A noite fomos comer pizza com as brasileiras que conhecemos no passeio.

SOLES : 31,85 > (R$27,39)

ALIMENTAÇÃO 25,35 soles

PASSEIOS/TAXA 5 soles

OUTROS 1,50 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 3.267,96

 

13/11 (Huaraz/ 69)

Terceiro dia fiz a laguna 69 (a TÃO SONHADA). 💘💘💘💘 Taxa de entrada 30 soles.

Chegamos no hostel tomamos banho e já partimos rumo a Lima/Cusco. Pegamos o Zbus novamente por 53 soles com saída as 22:30.

SOLES : 105 > (R$122,09)

ALIMENTAÇÃO 15 soles

PASSEIOS/TAXA 30 soles

OUTROS 5 soles

PASSAGENS/TAXI 55 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 3.390,05

 

14/11 (Huaraz/Lima)

Chegamos em Lima as 5:30 e compramos a passagem para Cusco com saida as 13:30 (agencia Flores) por 100 soles.

SOLES : 114 > (R$98,04)

ALIMENTAÇÃO 14 soles

PASSAGEM 100 soles 

SALDO DA VIAGEM: R$ 3.488,09

 

15/11 (Huaraz/Cusco)

Chegada em Cusco 12:00 logo na rodoviária fomos abordados por varias agencias de passeios, foi ai que conheci o Marlons Tour. Ele cobriu os preços que eu tinha e ainda me deu um dia free no hostel.

Os passeios que fechei foram:
Humantay por 80 soles (com taxa de entrada + café da manha + almoço + guia + transfer)

Montanhas Coloridas  por 80 soles (com taxa de entrada + café da manha + almoço + guia + transfer)

Vale Sagrado por 90 soles (café da manha + almoço + guia + transfer) ** é necessário comprar o ticket turístico para estes  passeios, custa 70/150 soles

Machu Picchu por 340 soles (almoço + jantar + hospedagem em águas calientes + café da manhã + ingresso + guia + transfer)

e 3 dias no hostel por 45 soles.

Fui no mercado comprar lanchinhos pros próximos dias e descansar.

SOLES : 668 > (R$574,03)

ALIMENTAÇÃO 27 soles 

PASSEIOS 590

OUTROS 6 soles

HOSPEDAGEM 45 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 4.062,12

 

16/11 (Cusco/Montanhas Coloridas)

Primeiro dia fiz montanhas coloridas, aluguei o bastão (opcional) para a subida 5 soles.

SOLES : 20 > (R$17,00)

OUTROS 20soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 4.079,12

 

17/11 (Cusco/Humantay)

Segundo dia fui para Laguna Humantay anoite fui jantar com os paulistas que conheci la.

SOLES : 16 > (R$13,60)

ALIMENTAÇÃO 16 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 4.092,72

 

18/11 (Cusco/Vale Sagrado)

Terceiro dia fiz o vale sagrado, comprei o ticket turístico de 70 soles. 

Taxa de entrada Salineras 10 soles

A noite fui comprar a passagem para La Paz 90 soles, jantar e comprar mimos.

SOLES : 243,50 > (R$206,97)

ALIMENTAÇÃO 6 soles

PASSEIOS/TAXA 80 soles

OUTROS 63,50 soles

PASSAGENS/TAXI 94 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 4.299,69

 

19/11 (Cusco/Águas Calientes)

Quarto dia saímos rumo a Águas Calientes pela trilha.

SOLES : 15 > (R$12,75)

ALIMENTAÇÃO 15 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 4.312,44

 

20/11 (Cusco/Machu Picchu)

Quinto dia fizemos o passeio em Machu Picchu,  almoçamos e voltamos para Cusco. Pegamos as coisas no hostel e já saímos em direção a Lá Paz as 22:35.

SOLES : 19,50 > (R$16,57)

ALIMENTAÇÃO 16 soles

TAXI 3,50 soles

SALDO DA VIAGEM: R$ 4.329,01

  • Gostei! 4
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

@Damarens Santos Penso totalmente diferente hoje quase morri em La Paz,então não vale a pena ir a esses lugares pobres.Somos de um pais rico,de riqueza mal distribuída é verdade,então quando saímos de casa temos que ir a lugares iguais ou melhores. NA época fiz um relato aqui do que era a verdade dos acontecimentos dos quais não presenciei,pois estava em coma.Só que não acreditaram e me xingaram muito,por isso,apaguei o relato.BOLÍVIA NUNCA MAIS,SÓ PARA QUEM QUER MORRER!Esse é o meu lema.

  • kkkkkkk 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por Mahin
      Oi me chamo Mahin, estou procurando uma cia pra viajar, moro em Salvador e pretendo começar a viagem saindo daqui para Chapada diamantina × Pernambuco e depois percorrer o norte/Nordeste, tudo isso com pouca grana.
      Se sentir interesse manda um email, bjin ✨
      [email protected]
    • Por Piter Nunes
      E ai genteee!
      sou do RS aqui do litoral norte ,estou pensando em fazer meu primeiro mochilão, já vi muitas pessoas saírem por ai sem destino certo e queria fazer parte desse mundo também, sabe visitar lugares conhecer gente nova outras culturas... ( meu sonho seria começar pelo Uruguai)
      mas n faço ideia de:
      por onde começar?
      de quanto dinheiro preciso?
      do que preciso?
      😀contem como foi o primeiro role de vocês se tiveram medo, como fizeram  para sanar a duvidas simples?
      contato: [email protected]
       
      link face add! https://www.facebook.com/piter.nunes.735/?viewas=
    • Por roteiroviagemdemochileiros
      Dicas de Viagem para Índia que Você deve Ler antes de Viajar!
      Vestimenta para as mulheres
      Respeitando as tradições e costumes da Índia, as mulheres devem estar sempre com a região dos ombros coberta. Não é aconselhável usar camisetas sem mangas, bermudas curtas ou calças jeans ou legging. O jeans, apesar de ser uma das vestimentas mais banais no Ocidente, na Índia é ainda considerado super sexy. Em muitos lugares, não é bem visto. Dica, se for usar jeans ou legging, coloca uma bata compridinha. Se for usar camiseta coloca um lenço por cima da camiseta.
      Na Índia: mulher solteira = jeans e mulher casada = roupa tradicional indiana. Para 99,9% dos indianos, mulher que mostra o corpo ou usa roupas justas que marquem o corpo, está pedindo para ser assediada e é um convite aos mais assanhados. Sendo assim, para evitar os olhares de reprovação e comentários alheios recomendo usar calças largas, saias compridas, blusas no estilo de batas. Nos templos sagrados, os visitantes devem estar adequadamente vestidos e todos devem cobrir a cabeça com véus ou lenços.

      Remédios/Higiene
      Na Índia, as farmácias são raras, e para os remédios simples alopáticos, eles pedem receita médica. A medicina comum na Índia é a Ayurvédica. Claro que você poderá experimentar os remédios ayurvédicos, mas para maior segurança aconselho a levarem as nossas medicações ocidentais: Analgésicos, Anti-inflamatório, Antibiótico, Antigripal. E também para dor de garganta, tosse, diarreia e vômitos. É recomendável levar medicamentos para intoxicação alimentar, a maioria dos viajantes tem problemas com comida nas primeiras semanas. Poderá sentir dor de estômago, leve Omeprazol. 
      Sempre leve na sua mochila um rolo de papel higiênico, itens básicos de higiene (álcool gel, pasta de dente, toalha, lenço umedecido, as meninas levar absorvente, etc). É possível encontrar esses itens nas cidades para comprar, mas nem sempre tem o suficiente nos hotéis, hostels, restaurantes e banheiros da Índia. 
      Sempre constatar se as garrafas de água mineral estão seladas com o selo do fabricante, já que alguns comerciantes inescrupulosos chegam a rechear as garrafas com água “torneiral” para revender como se fosse mineral. 
      Dicas de viagem para Índia: Turismo
      As famosas turísticas Cidades da Índia são:
      • Nova Deli (capital de tradição milenar e porta de entrada);
      • Agra (a cidade do Taj Mahal, uma das 7 maravilhas do mundo moderno);
      • Jaipur (a cidade rosa, no Rajastão);
      • Jaisalmer (a cidade dourada, também no Rajastão);
      • Amritsar (cidade sagrada do Sikhismo, 5º maior religião do mundo);
      • Varanasi (cidade sagrada do hinduísmo, 3º maior religião do mundo. Onde rolam as cerimônias no Rio Ganges);
      • Khajuraho (a cidade dos templos com esculturas que lembram Kama Sutra);
      • Rishikesh (conhecida como a capital mundial da Yoga);
      • McLeod Ganj (aos pés do Himalaia, é a cidade onde vive o Dalai Lama e os tibetanos no exílio);
      • Mumbai (centro financeiro e de maior riqueza arquitetônica do país);
      • Calcutá (capital cultural do país com cinco Prêmios Nobel).
      Visto
      Agora pessoas que vão para Índia como turistas podem tirar o visto pela internet. O novo visto eletrônico tem validade de 30 dias e custa 60 dólares. Basta acessar o site visto eletrônico indiano. Quando terminar de preencher tudo, você deve pagar a taxa do visto e só então receberá o ETA (Autorização Eletrônica de Viagem) por email. A taxa deve ser paga no mínimo quatro dias antes da viagem e no máximo 30 dias antes da data da chegada.
      O visto de turismo eletrônico pode ser pedido no máximo duas vezes por ano. Ele não pode ser prorrogado ou convertido para outros tipos de visto. O governo indiano disponibiliza, 24h por dia, um Centro de Apoio de Vistos. O serviço está disponível pelo número +91 11 24300666 ou por email: [email protected]
      Se você pretende ficar mais de um mês, deve seguir o método antigo, através da Embaixada ou Consulado da Índia no Brasil. (nesse caso o visto vale por 6 meses)
      Vacina
      A única vacina obrigatória é contra febre amarela. É preciso ser vacinado no mínimo 10 dias antes de embarcar. Atenção, aquele cartão fornecido pelo posto não serve! É obrigatório apresentar, ao chegar na Índia, o Certificado Internacional de Vacinação, mais conhecido por Cartão Internacional de Vacinação, que é um documento emitido pela emitido pela ANVISA, pois nele comprova que o viajante vacinou-se contra febre amarela. Neste artigo tem o passo a passo de Como conseguir o certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP). Outras vacinas são aconselháveis, embora não obrigatórias. Tétano, raiva, paralisia infantil e hepatite A são algumas delas. 
      Clima
      Não pense que a Índia só faz calor, tipo de 45°C. A temperatura média varia: De Fevereiro a Maio (verão) de 20°C a 40°C podendo chegar até 45°C. De Junho a Setembro (chuvas frequentes) de 25°C a 38°C. De outubro a janeiro de (inverno) de 15°C a 20°C. 
      Poluição
      Nova Deli, local que mais recebem visitantes na Índia, é considerada a cidade mais poluída do mundo, ultrapassando a super poluída Pequim. A confirmação oficial de que a capital indiana está no topo da lista negra do meio ambiente foi dada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A poluição do ar é um problema de saúde sério na Índia. A estimativa é a de que pelo menos 10.500 pessoas morram todos os anos na cidade indiana em decorrência de doenças provocadas pela péssima qualidade do ar.
      São mais de 400 idiomas e dialetos. O oficial é o hindu, e o inglês é a segunda língua mais usada. A palavra mais conhecida em hindu é: Namastê (Oi – na verdade quer dizer muito mais que isso, mas a ideia é cumprimentar). Não existe rúpia indiana à venda no Brasil, por isso leve dólar, o Real não é bem aceito por lá. É um país de grande diversidade cultural e nesse artigo você vai ficar surpreso com as 17 Curiosidades sobre a Índia que você precisa saber. 
      Ótima Dicas de viagem para Índia né?! Não perca mais tempo, programe agora mesmo sua viagem para conhecer de perto os costumes e curiosidades do povo indiano. 
    • Por Felipe Marques Santana
      Venho aqui compartilhar o meu mochilinha de 27 dias pela Europa. Essa foi a 1ª experiência no continente. Com certeza, voltarei muitas outras vezes.
      Bom, iniciarei pelo planejamento.
      Comprei passagens de ida e volta por Bruxelas, pois tenho uma amiga que mora numa cidadezinha não muito longe de lá: Boortmeerbeek.
      Comprei com muita antecedência, no mês de maio, mas consegui um bom negócio: 2400 reais pela cia Air Europa. Os voos tinham escala em Madri, pois não há, por nenhuma cia, voos diretos até Bruxelas.
      No mês de setembro reservei os hostels em Paris, Amsterdã, Berlim e Londres. E comecei a pensar como faria os trechos internos. Bom, na maioria dos casos utilizei o trem, todos tíquetes comprados com 3 meses de antecedência para pagar um menor valor. Os trechos Bruxelas>Paris e Paris>Amsterdã foram realizados com o Thalys. No primeiro paguei 22 euros e no segundo 29 euros. Já de Amsterdã a Berlim, preferi fazer aéreo, pois o trem demorava 6 horas e além de tudo o preço não era atraente. Acabei comprando a passagem pela Easyjet (60 euros, com direito a despachar uma mala); no trecho Berlim>Londres comprei pela Easyjet também, com o mesmo preço e as mesmas condições. Em Londres queria fazer um bate-volta a alguma cidade do interior, e acabei escolhendo Cambridge pelo preço das passagens de trem (12 libras ida e volta!). Para finalizar, fiz o trecho Londres>Bruxelas de Eurostar, uma facadinha: 60 euros! =(
      Tíquetes de atrações, só comprei 2 de forma antecipada: visita à casa da Anne Frank em Amsterdã (10 euros) e London Eye (24 libras).
      Com tudo certo, só restava viajar!
      E numa data inusitada: 31 de dezembro! Como não ligo muito para Ano Novo, decidi ir nessa data: um dos motivos para as passagens estarem baratas! hehehe
      Fiz o voo de São Paulo a Madri em uma saída de emergência, pois o atendente ao ver a minha altura (1,91m), ficou com pena de mim! O voo foi ótimo! =) A aeronave era um pouco antiga, mas não foi um problema. A comida servida era muito boa! E tinha água e refrigerante no fundo da aeronave à vontade, era só pedir. Uma vez em Madri, esperei cerca de 3h pela conexão, nada que atrapalhasse, mas o aeroporto estava com as lojas fechadas e meio vazio. O segundo voo também foi em aeronave antiga, mas foi tão tranquilo quanto ao outro. Ao chegar em Bruxelas, andei, andei, andei, andei até chegar à área onde estavam as esteiras, peguei a minha mala (ufa, ela chegou!) e esperei a minha amiga chegar para me buscar.
      A casa dela não era muito distante do aeroporto, em cerca de 40 minutos, já estava lá, local que ficaria 4 dias no início da viagem e mais 1 no final.
      Nesse primeiro dia, praticamente descansei, almocei e depois à noite fui até Bruxelas encontrar uma amiga que estava lá por coincidência! =) Para ir até lá, fui de trem. Na Bélgica os trens regionais funcionam bem e quase sem atrasos. As compras podem ser realizadas pelo site da Belgium Rail, ou em máquinas nas estações. As máquinas aceitam cartão e moedas, esqueçam dinheiro!
      Passagem de ida e volta comprada, era só embarcar. De Boortmeerbeek até Bruxelas era mais ou menos 1 hora, com uma troca de trem em Mechelen, uma cidade maior e com mais conexões. Há trens muito antigos, mas também há aqueles modernos, porém vários deles são pichados na parte externa, achei estranho Bom, chegando na estação Brussels Centraal/Bruxelles Central (tudo em Bruxelas é bilingue, inclusive o nomes das cidades!) fui até a Grand Place/Grote Markt de lá, que é um espetáculo à parte. Ainda estava rolando a feira de Natal, além de a cada hora um lindo show de luzes. Quando cheguei encontrei a praça assim:

      Linda, não? É o lugar mais bonito de Bruxelas, sem dúvida! =)
      Encontrando a minha amiga, fomos até ao Bar Little Delirium (não fomos ao grande, por ser muito lotado). Lá pudemos provar vários tipos de cerveja belga (as melhores da viagem) por preços razoáveis. Também aproveitei a ocasião para provar uma daquelas delícias culinárias belgas: o waffle. Esse tinha nutella e morangos! Muita vida! hehehe
      Depois de mais um rolê pela cidade, me despedi dela, pois era tarde e tinha que pegar o trem até Mechelen (ou Malines, em francês), onde a minha amiga e o seu noivo me esperavam, pois não haveria mais trens para Boortmeerbeek. =(
      Eles aproveitaram para me mostrar, de carro, como era a cidade. O lugar mais interessante é a Catedral Metropolitana, que possuía na idade média, uma das torres mais altas da Europa, pois a cidade era um entreposto comercial importante.

      Bom, escrevi bastante. No próximo post continuo o relato. (Obs: pode ser que demore um pouco, tanto pelos detalhes, quanto falta de tempo mesmo! hehehe)
      Até a próxima!
    • Por Batata Chips
      Amizades, to estudando comprar a primeira mochila, porém tenho dúvidas quanto ao tamanho. So:
      Mochila de 40L cabe barraca + saco de dormir contando com roupa pra 1 semana e afins?! 
      Grato!     (Pic chamativa kkkkkkkk)


×
×
  • Criar Novo...