Ir para conteúdo

CICLOVIAGEM AMÉRICA DO SUL, DICAS PARA PRIMEIRA VIAGEM?


Ir para solução Solucionado por casal100 ,

Posts Recomendados

  • Membros

Bom dia, Boa tarde ou Boa Noite! 
Pessoas, fev/2024 irei fazer mochilão de bicicleta na américa do sul junto a um amigo meu. Sairemos de Estância Velha/RS com destino ao Ushuaia, iremos passar por diversas cidades antes de chegar ao destino. O percurso, a princípio, levará 7.000 quilômetros de ida, e como vai ser nossa primeira viagem, agradeceríamos de receber algumas dicas em relação a dinheiro, acampar, alimentação, cuidados, o que levar/não levar, COMO DEIXAR AS ROUPAS LIMPAS?!!, etc.  
Serão 120 dias pedalando, passando desde Punta del Este, Buenos Aires, Villa Epecuén, Futaleufú, Rio Baker, Río Gallegos até chegar ao Ushuaia. 

Agradeço desde já,
Bons ventos!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
4 horas atrás, D FABIANO disse:

Futaleufu é Rio Backer é Chile. Seu caminho é a ruta3,direto de Buenos Aires,não Chile. 

Ruta 3 vai direto a Ushuaia. Iremos passar em outros locais antes, Ushuaia é o destino FINAL!!!
Depois de chegarmos em Bariloche iremos descer até Esquel, onde vamos adentrar no Chile pela ruta 259 e, depois, pela ruta 7 até Puerto Bertrand. Somente depois disso pegaremos a ruta 40 em direção ao Río Gallegos, após isso vamos pela ruta 3 direto ao destino final.
 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra
  • Solução
10 horas atrás, BrunoCardoso disse:

Bom dia, Boa tarde ou Boa Noite! 
Pessoas, fev/2024 irei fazer mochilão de bicicleta na américa do sul junto a um amigo meu. Sairemos de Estância Velha/RS com destino ao Ushuaia, iremos passar por diversas cidades antes de chegar ao destino. O percurso, a princípio, levará 7.000 quilômetros de ida, e como vai ser nossa primeira viagem, agradeceríamos de receber algumas dicas em relação a dinheiro, acampar, alimentação, cuidados, o que levar/não levar, COMO DEIXAR AS ROUPAS LIMPAS?!!, etc.  
Serão 120 dias pedalando, passando desde Punta del Este, Buenos Aires, Villa Epecuén, Futaleufú, Rio Baker, Río Gallegos até chegar ao Ushuaia. 

Agradeço desde já,
Bons ventos!

Bruno, muito bem-vindo!

Quando viajava de carro/mochila pela america do sul, levava Dólares, cartão de crédito e cartão pré-pago(hoje tem mais opções, aqui no fórum tem tópico a respeito desse assunto).

Nunca acampei nas estradas, mas em duas oportunidades dormi no carro nos estacionamentos dos postos, acredito ser o local mais seguro para pernoite, em vários lugares terá Wi-Fi free, noutros banheiros para um banho.

Sobre alimentação, leve frutas/castanhas/cereais/sopa em po/miojo.. alimentos calóricos para energia, e vai comprando nos supermercados das cidades do percurso, leve um fogareiro a gás, que resolverá essa questão numa boa. não esquecer da água.

Cuidados, os mesmos de sempre, andar devagar e sempre atento aos carros, na patagônia tem um grande problema: o forte vento, tem que tomar muito cuidado mesmo.

Roupas limpas,  leve sabão e lave nas paradas e vai secando ao vento quando estiver pedalando. Nas cidades tem lavanderias com bons preços.

Sobre ferramentas, pneus/câmaras reservas, peças sobressalentes..., tem que estudar direito para não ficar na estrada.

 

Editado por casal100
  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Oi, Bruno! 

Quando viajava de bike carregava um pequeno kit de ferramentas, kit reparador, câmara e alicate que na realidade nunca usei. Em compensação, a linha encerada consertava tudo. Podia cair a bicicleta, mas a linha encerada continuaria lá! Rsrs

Outra coisa que definitivamente fez diferença foi a fita antifuro de silicone pra colocar entre a câmara e o pneu. Hoje dá pra encontrar por R$70 o par no mercado livre já com a taxa de entrega. Meu pneu nunca furou. Pra não dizer que nunca, uma vez estourou NA CALÇADA de uma bicicletaria em Alto Paraíso e os donos remendaram pra mim na mesma hora de graça. Diria que achei suspeito demais aquele arame na guia da calçada deles onde geral parava a bike pra calibrar o pneu... 

Mas tirando esse causo, nunca furou. E olha que rodei. 

Também recomendo o canal 'Coragem na Bagagem' e o canal do 'Olinto e Rafaela Cicloturismo' (Mestre dos Mestres dos cicloviajantes e eles têm vários circuitos mapeados por onde está pensando em ir), ambos no YouTube. 

Brilha!

  • Amei! 1
  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Ah, e não esquece de manter a saúde da bike em dia! Principalmente em solo arenoso. Um dia sim, um dia não, eu virava as rodas pra cima no fim do dia pra limpar a corrente com uma escovinha de dentes e óleo desses da Elgin mesmo. Tentei a graxa branca por um tempo mas só é boa em lugares úmidos. Ambientes secos, a graxa é uma merda! 

Sempre bom ter um missed link também e uma corrente reserva. Essa usei. Uma vez subindo pelo final da Estrada Real de Paraty para Cunha minha corrente estourou 3x e a corrente reserva salvou com o missed link, mas não deu certo porque minha bike era muito fuleira e a coroa era index, ou seja, corrente nova não casa na coroa e no pinhão já usados mas serve pra você ir pedalando na manteiga numa emergência. 

O Canal 'Chave 15' no YouTube te ensina tudo que precisar sobre manutenção sem firula. Tem o Canal Pedaleria, mas muito Gourmet pro meu paladar. 

 

  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

@BrunoCardosoVocê tem experiência em tanto tempo assim na bicicleta? Disso depende de você, pois fui criado com direito a motorista a qualquer hora e totalmente afastado de exercício. Não sou espelho para nenhum atleta.Porém, mesmo que tenha essa experiência e vá mesmo,há outro problema:O clima,pois eu só ando nessa região por 3 meses, de dez a março. Ir em outro mês, com temperatura possivelmente negativa,acho forçar demais, afinal turismo não é sofrimento e sim desfrutar.

  • Amei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
13 horas atrás, Viviana Ciclobeijaflorismo disse:

Ah, e não esquece de manter a saúde da bike em dia! Principalmente em solo arenoso. Um dia sim, um dia não, eu virava as rodas pra cima no fim do dia pra limpar a corrente com uma escovinha de dentes e óleo desses da Elgin mesmo. Tentei a graxa branca por um tempo mas só é boa em lugares úmidos. Ambientes secos, a graxa é uma merda! 

Sempre bom ter um missed link também e uma corrente reserva. Essa usei. Uma vez subindo pelo final da Estrada Real de Paraty para Cunha minha corrente estourou 3x e a corrente reserva salvou com o missed link, mas não deu certo porque minha bike era muito fuleira e a coroa era index, ou seja, corrente nova não casa na coroa e no pinhão já usados mas serve pra você ir pedalando na manteiga numa emergência. 

O Canal 'Chave 15' no YouTube te ensina tudo que precisar sobre manutenção sem firula. Tem o Canal Pedaleria, mas muito Gourmet pro meu paladar. 

 

Muito obrigado pelas dicas Viviana! Certamente irei carrega-los estrada a fora!
Bons ventos em sua jornada!

  • Amei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

 

14 horas atrás, casal100 disse:

Bruno, muito bem-vindo!

Quando viajava de carro/mochila pela america do sul, levava Dólares, cartão de crédito e cartão pré-pago(hoje tem mais opções, aqui no fórum tem tópico a respeito desse assunto).

Nunca acampei nas estradas, mas em duas oportunidades dormi no carro nos estacionamentos dos postos, acredito ser o local mais seguro para pernoite, em vários lugares terá Wi-Fi free, noutros banheiros para um banho.

Sobre alimentação, leve frutas/castanhas/cereais/sopa em po/miojo.. alimentos calóricos para energia, e vai comprando nos supermercados das cidades do percurso, leve um fogareiro a gás, que resolverá essa questão numa boa. não esquecer da água.

Cuidados, os mesmos de sempre, andar devagar e sempre atento aos carros, na patagônia tem um grande problema: o forte vento, tem que tomar muito cuidado mesmo.

Roupas limpas,  leve sabão e lave nas paradas e vai secando ao vento quando estiver pedalando. Nas cidades tem lavanderias com bons preços.

Sobre ferramentas, pneus/câmaras reservas, peças sobressalentes..., tem que estudar direito para não ficar na estrada.

 

Muito obrigado pelas dicas Casal100! Certamente irei carrega-los estrada a fora!
Bons ventos em sua jornada!

  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
16 horas atrás, D FABIANO disse:

@BrunoCardosoVocê tem experiência em tanto tempo assim na bicicleta? Disso depende de você, pois fui criado com direito a motorista a qualquer hora e totalmente afastado de exercício. Não sou espelho para nenhum atleta.Porém, mesmo que tenha essa experiência e vá mesmo,há outro problema:O clima,pois eu só ando nessa região por 3 meses, de dez a março. Ir em outro mês, com temperatura possivelmente negativa,acho forçar demais, afinal turismo não é sofrimento e sim desfrutar.

Pedalei a vida toda! Desde os 0 °C aos 40°C. Acredito que a temperatura será o de menos para mim! E como irei bem equipado - claro que haverá perrengues pela minha falta de experiência nesse tipo de viagem - creio que em relação ao clima/tempo e esforço físico não será algo que eu não possa fazer, afinal este é meu sonho, e agora com o corpo adaptado e a coragem necessária será possível!!

  • Amei! 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...