Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

Jakelline, espero poder ter ajudar com suas dúvidas. Vamos lá:

 

Uma outra opção de hospedagem que você pode ver, bem em conta, é o Guanaaní Hostel, no Centro de Vitória (www.facebook.com/guanaanihostel). Os preços lá são de R$35 a R$45 e o lugar é muit bem avaliado. Uma amiga já se hospedou por lá e elogiou bastante. Se preferir hotel, dê uma pesquisada no Champagnat Hotel, que fica na Praia da Costa, é muito bem localizado e tem preços bem em conta.

 

Em Pedra Azul, fazer a visita guiada ao parque estadual é obrigatório. Entre em contato antes para agendar (http://www.pedraazuldoarace.com.br/index.php/parque-estadual-de-pedra-azul). Sempre tem algum outro grupo indo e eles te encaixam. Da última vez que fui, se não me engano, eles cobravam uma taxa de R$10 por pessoa. Você consegue chegar lá fácil de ônibus, o parque fica às margens da BR-262, que liga o ES a MG e é bem movimentada. Você vai saltar na rodovia e caminhar até o centro de visitantes do parque. Deve dar uns 3km, mais ou menos, nada muito absurdo. Nessa estradinha, Rota do Lagarto, tem vários restaurantes e lojinhas, talvez até role uma carona.

 

Para voo de parapente, realmente a opção mais fácil é o Morro do Moreno, que fica em Vila Velha, com acesso fácil. Também tem em Alfredo Chaves, Santa Teresa e outros municípios, mas você teria que se deslocar. Para esse voo, indico o Geison (https://www.facebook.com/geison.alvim). Ele organiza várias atividades radicais aqui na cidade, então com certeza ele vai ter dar alguma boa opção. Pode combinar com ele que é sucesso.

 

O Convento da Penha e a Fábrica da Garoto é bem tranquilo de visitar, em meio dia você faz isso. Importante: agende a visita na fábrica, pois lá sempre é muito cheio. No convento é de boa, só chegar e subir, a pé ou com as vans que fazem o transporte. O Projeto Tamar na Praça do Papa também é tranquilo, cobram uma pequena taxa, mas é só chegar. Dá uma conferida antes nos dias e horário de visitação (http://www.tamar.org.br/centros_visitantes.php?cod=24).

 

Ir a Guarapari também é fácil. Tem ônibus toda hora saindo de Vitória. Na rodoviária, procure o guichê da viação Alvorada. Esse passeio eu recomendo se você estiver com tempo sobrando, afinal o forte lá é praia, que você também pode pegar por aqui.

 

Sobre outras opções, posso indicar o seguinte: Na capital, rodar pelo Centro Histórico de Vitória é um ótimo programa. Há uma visita guiada gratuita aos monumentos, de terça a domingo, o dia todo. Pesquise sobre a programação do Centro Cultural Sesc Glória, reaberto recentemente. Sempre há uma exposição famosa e bacana em cartaz por lá, vale a visita. A Ilha das Caieiras é o local para experimentar a famosa moqueca capixaba, imperdível. É legal visitar o Galpão das Paneleiras, em Goiabeiras. Tem também o Parque da Fonte Grande, Parque da Pedra da Cebola e Praia de Camburi, onde dá pra fazer o passeio de escuna pela Baía de Vitória, que dura mais ou menos 3h e vai até o Museu Vale, passando por baixo da 3ª ponte, Porto de Vitória, etc. Há o passeio do “Trem das Montanhas Capixabas”, que sai de Viana (região metropolitana) e vai até Araguaia, em Marechal Floriano, um trecho ferroviário de 46 quilômetros que chega ao destino a uma altitude de 530 metros. Durante o percurso, dá pra apreciar paisagens de serra, do mar e da Mata Atlântica, com pontes, túneis e cachoeiras. Se quiser agito, a região do “Triângulo das Bermudas” é a melhor opção de noite em Vitória. Muitos bares, restaurantes, casas noturnas. Tem pra todos os gostos. Tem também a Rua da Lama, perto da Universidade Federal, frequentada por um público mais alternativo. Em Vila Velha existe o “Triângulo Canela Verde”, no mesmo estilo, com bares, restaurantes e boate todos bem juntos.

 

Enfim, é isso. Espero ter ajudado. Se precisar de algo mais ou algum socorro enquanto estiver por aqui, pode entrar em contato pelo whatsapp, meu número é (27) 99805-7498. Vai ser um prazer ajudar.

Compartilhar este post


Link para o post

Salve Galera, enfim consegui montar um roteiro, baseada no que me responderam aqui e na leitura de outros topicos indicados, desde ja muito obrigadaaaa ::otemo::::otemo::

 

Agora com toda a experiência que possuem e conhecedores da região, :D gostaria que avaliassem se tá legal o roteiro e se rola fazer nessa sequencia ::sos:: ahh uma ajudinha com linhas de onibus, valores e tempo aproximado ate o destino vai super bem para eu ter noção de tempo e distâncias, rsrs... Vou estar sozinha e com muita disposição e energia, descansar só quando voltar, quero mesmo é aproveitar o máximo ::lol3::::lol3::::lol3::

 

Vila Velha – Hospedar: Hostel Dina (Bairro Cristóvão Colombo) esse bairro é seguro? É legal?

1º 29/04 Manhã - Praias Vila Velha, Itapoã, Itaparica e a Praia da Costa

2º 29/04 Tarde - Fábrica Garoto, agendado para 14h

3º 29/04 Tarde- Convento da Penha, 16h

4º 30/04 (Depende Do Clima/Reservar Uma Manhã): Pedra Azul trilha das piscinas 09:30 e salto de parapente em Venda Nova do Imigrante. Onibus: Aguia Branca 07:20h até Fazenda do Estado.

5º 30/04 – Volta: Venda Nova do Imigrante à Guarapari - Qual ônibus pegar? Tem ônibus direto para Guarapari?

Tarde: Praia Setiba, Lagoa dos Carais (mirante), se der tempo passar pela Praia dos Padres, por do sol em Guarapari. Voltar para Vila Velha, qual ônibus? Qual o horário máximo indicado para não correr risco?

 

Vitória – Hospedar: Onça da Praia Hostel (Jd da Penha)

01/05 – Manha: 1º Parque Estadual da Fonte Grande 07:30h. Como chegar de onibus?

01/05 – Manha: 2º Voltas pelo Centro, monumentos e etc, dá para ir a pé entre eles?

01/05 – Manha: 3º Projeto Tamar – Vale a visita? Ou pode ser trocado pelo Parque Pedra da Cebola? Como chegar de ônibus?

01/05 – Tarde: 4º Ilha do Boi, Curva da Jurema, Praia do Canto e Camburi, ver por do sol e jantar em Ilha das Caieira. Como chegar de ônibus? E como voltar para Jd Penha/Hostel? Qual horário mais tarde indicado?

 

Qualquer coisa podem falar comigo no whast 62 8512-8864 ou no facebook/jakellinebatista

Valeu e muitxoooooooooo obrigada ::otemo::::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Jakelline, espero poder ter ajudar com suas dúvidas. Vamos lá:

 

Uma outra opção de hospedagem que você pode ver, bem em conta, é o Guanaaní Hostel, no Centro de Vitória (http://www.facebook.com/guanaanihostel). Os preços lá são de R$35 a R$45 e o lugar é muit bem avaliado. Uma amiga já se hospedou por lá e elogiou bastante. Se preferir hotel, dê uma pesquisada no Champagnat Hotel, que fica na Praia da Costa, é muito bem localizado e tem preços bem em conta.

 

Em Pedra Azul, fazer a visita guiada ao parque estadual é obrigatório. Entre em contato antes para agendar (http://www.pedraazuldoarace.com.br/index.php/parque-estadual-de-pedra-azul). Sempre tem algum outro grupo indo e eles te encaixam. Da última vez que fui, se não me engano, eles cobravam uma taxa de R$10 por pessoa. Você consegue chegar lá fácil de ônibus, o parque fica às margens da BR-262, que liga o ES a MG e é bem movimentada. Você vai saltar na rodovia e caminhar até o centro de visitantes do parque. Deve dar uns 3km, mais ou menos, nada muito absurdo. Nessa estradinha, Rota do Lagarto, tem vários restaurantes e lojinhas, talvez até role uma carona.

 

Para voo de parapente, realmente a opção mais fácil é o Morro do Moreno, que fica em Vila Velha, com acesso fácil. Também tem em Alfredo Chaves, Santa Teresa e outros municípios, mas você teria que se deslocar. Para esse voo, indico o Geison (https://www.facebook.com/geison.alvim). Ele organiza várias atividades radicais aqui na cidade, então com certeza ele vai ter dar alguma boa opção. Pode combinar com ele que é sucesso.

 

O Convento da Penha e a Fábrica da Garoto é bem tranquilo de visitar, em meio dia você faz isso. Importante: agende a visita na fábrica, pois lá sempre é muito cheio. No convento é de boa, só chegar e subir, a pé ou com as vans que fazem o transporte. O Projeto Tamar na Praça do Papa também é tranquilo, cobram uma pequena taxa, mas é só chegar. Dá uma conferida antes nos dias e horário de visitação (http://www.tamar.org.br/centros_visitantes.php?cod=24).

 

Ir a Guarapari também é fácil. Tem ônibus toda hora saindo de Vitória. Na rodoviária, procure o guichê da viação Alvorada. Esse passeio eu recomendo se você estiver com tempo sobrando, afinal o forte lá é praia, que você também pode pegar por aqui.

 

Sobre outras opções, posso indicar o seguinte: Na capital, rodar pelo Centro Histórico de Vitória é um ótimo programa. Há uma visita guiada gratuita aos monumentos, de terça a domingo, o dia todo. Pesquise sobre a programação do Centro Cultural Sesc Glória, reaberto recentemente. Sempre há uma exposição famosa e bacana em cartaz por lá, vale a visita. A Ilha das Caieiras é o local para experimentar a famosa moqueca capixaba, imperdível. É legal visitar o Galpão das Paneleiras, em Goiabeiras. Tem também o Parque da Fonte Grande, Parque da Pedra da Cebola e Praia de Camburi, onde dá pra fazer o passeio de escuna pela Baía de Vitória, que dura mais ou menos 3h e vai até o Museu Vale, passando por baixo da 3ª ponte, Porto de Vitória, etc. Há o passeio do “Trem das Montanhas Capixabas”, que sai de Viana (região metropolitana) e vai até Araguaia, em Marechal Floriano, um trecho ferroviário de 46 quilômetros que chega ao destino a uma altitude de 530 metros. Durante o percurso, dá pra apreciar paisagens de serra, do mar e da Mata Atlântica, com pontes, túneis e cachoeiras. Se quiser agito, a região do “Triângulo das Bermudas” é a melhor opção de noite em Vitória. Muitos bares, restaurantes, casas noturnas. Tem pra todos os gostos. Tem também a Rua da Lama, perto da Universidade Federal, frequentada por um público mais alternativo. Em Vila Velha existe o “Triângulo Canela Verde”, no mesmo estilo, com bares, restaurantes e boate todos bem juntos.

 

Enfim, é isso. Espero ter ajudado. Se precisar de algo mais ou algum socorro enquanto estiver por aqui, pode entrar em contato pelo whatsapp, meu número é (27) 99805-7498. Vai ser um prazer ajudar.

 

Allan Diego, muito obrigada pelas dicas, baseado nisso fiz o roteiro foram de grande ajuda, postei aqui acha que ficou legal ou sugere alguma mudança?

 

Abraço

Jake

62 8512-8864 whats

Compartilhar este post


Link para o post
Guarapari tem tópico próprio e parque paulo cesar está nele.

Quais as dúvidas que tem sobre o chocolate garoto e o convento?

 

Fabiano, obrigada olhei o tópico de Guarapari. Sobre a Garoto e o Convento se vale ir lá ou não. Fiz um roteiro prévio, acha que dá de fazer?

Compartilhar este post


Link para o post

Jakelline, seu roteiro está bacana. Apenas algumas considerações:

 

Eu nunca tinha ouvido falar desse Hostel Dina. Nunca mesmo. Fiz uma pesquisa aqui sobre ele, e foi bem difícil encontrar informações. As avaliações que li eram recheadas de críticas. Além disso, o bairro Cristóvão Colombo não é muito indicado pra turistas. É um bairro periférico, você pode ter alguma dificuldade com ônibus e outras coisas. Por que não o Guanaaní? Tem boas referências, é conhecido, fácil de chegar. Ou até mesmo o Onça da Praia. Não há necessidade de se hospedar em dois lugares diferentes. Vitória e Vila Velha são conurbadas, é como se fosse uma cidade só. Se ficar no Guanaaní, pra fazer o passeio pelo Centro Histórico, por exemplo, vai ser tranquilo, já que ele fica praticamente colado.

 

Ir de ônibus a Pedra Azul e Venda Nova é tranquilo, só fica esperta com os horários. Como disse, passam muitos ônibus na BR-262, mas informe-se antes se eles param e tal. Pode ser que sejam linhas diretas que não fazem paradas na beira da estrada. É indispensável se informar sobre isso antes. Não há onibus direto de Venda Nova à Guarapari. Você vai pegar um da Viação Águia Branca até Vitoria, saltar na rodoviária, e de lá pegar um da Viação Alvorada até Guarapari. Pra voltar a Vila Velha vc vai usar a mesma viação.

 

Sobre o ônibus que vc vai pegar pra chegar à Fonte Grande, é melhor se informar no hostel. No Centro Histórico é tranquilo de andar, você consegue mapas e tal. Pode ver mais nesse link http://www.vitoria.es.gov.br/turista/visitar-vitoria

 

Vale a visita sim no projeto Tamar. No parque da cebola, vá se tiver tempo. Pra mim é um parque comum, apenas. Os restaurantes da Ilha das Caieiras não funcionam à noite, abrem apenas para almoço e ficam abertos à tarde. O por do sol é bonito, mas a região é meio perigosa à noite, então fique atenta e não estenda muito a passagem por lá.

Compartilhar este post


Link para o post

Nunca existiu esse ônibus a fonte grande, existia sim, um micro onibus que subia o morro, nem me lembro o número, que nunca pensei em toma lo por ir para uma região de favela.

Compartilhar este post


Link para o post

Allan , boa tarde!

 

Li alguns dos comentários que tem deixado , amei a todos ! Mas confesso que continuo me sentindo perdida rs

Passarei 04 dias em Vitória , de 23/05 a 27/05. Estarei em Lua de Mel , mas não to querendo gastar horrores ( proposto por todos os hotéis cotados)...tenho como foco conhecer a cidade ficando próxima as praias e comer uma boa moqueca.

Não sei onde ficar, guarapari e vila velha parecem uma boa opção...Mas a locomoção de ônibus é acessível ?

 

Alias RESIDENTES DE VITÓRIA : QUE LUGAR COM BELEZA EXCEPCIONAL!!!!! Pena que o turismo não é bem divulgado.

 

Se possível, me ajude =)

Compartilhar este post


Link para o post

Um nascido ali que odeia esta terra, ao contrário de vc, pode lhe dizer que é uma cidade cara, por não ter opção de hotel.Va para guarapari, , entao, o problema é a época, ficará sem ninguém lá, pois é uma cidade de veraneio.

Onibus tem toda hora, e Vv e ao lado, não conheço, então deixo para quem pode te ajudar.

Se quer conversar sobre a zona norte e o centro de vitoria, e aonde perdi 25 anos da vida, o demais, , infelizmente, , não sei.

Compartilhar este post


Link para o post

Fabiano, numa boa, você é um babaca! Você vive aqui falando que odeia o Espírito Santo, não ajuda ninguém no tópico, só reclama, critica... por que simplesmente não deixa pra lá e vai acompanhar os tópicos dos lugares que você gosta? Larga de ser mala, cara. As pessoas precisam de ajuda, de tirar dúvidas, e você não acrescenta em nada, responde de maneira imbecil e rude. Se liga!

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por tqueel
      Hospedagem no Quality Suites Vila Velha - R$237,30 (desconto);
      Aluguel de carro Movida R$333,00;
      Mercado R$38,00;
      Combustível R$50,00 + R$104,39
      Feirinha R$23,00 + R$10,00
      Tem pedágio para ir até Vila Velha R$2,00 para carros.
      1 Dia
      Acordamos as 08 e tomamos café no hotel, saímos em direção a Coqueiral de Aracruz.
      Voltamos na direção do aeroporto, passamos pedágio de R$2,00 só de ida, na volta para vila Velha ñ tinha.
      Chegamos em coqueiral, bem gostoso, água sem ondas na parte que ficamos, fizemos um lanche e fomos até a praia grande, essa bem movimentada, bastante mesas e cadeiras passamos o restante da tarde ali, depois disso voltamos para Vila Velha e tentamos encontrar a praia secreta, fica no sentido do Farol de Santa Luzia (não paga entrada), a entrada da praia secreta é um buraco na parede que leva ao farol, passamos de carro e ñ vimos, o GPS mandava em outra parte, rsrs A praia secreta é bem bonita também, tava meio lotada pelo tamanho e para finalizar fomos a praia onde tem o letreiro #amor💜es.
      No segundo dia, 
      Saímos em direção a Matilde, passamos por um pedágio R$9,00, um pouco longo o caminho, mas muito bem identificado, não paga nada pra entrar, só difícil vaga, era feriado e tinha bastante movimento.
      Tem a parte do mirante da cachoeira e o mirante mais famoso circular (concorrido, rsrs), após o mirante fomos até a ferrovia, onde seguimos o caminho até o túnel dos escravos, caminhada bem tranquila e com sombras. 
      Guarapari foi nossa segunda parada, tem feirinha de artesanato, praia para todos os gostos, ficamos no mar, orla gostosa, gostei de tudo, final do dia retornamos ao hotel novamente, fica bem localizado na praia da costa, caminhamos a noite para comer, várias opções e bem movimentada a orla, me senti super segura (o que é raro!).
      Terceiro e último dia.
      Pesquisamos e descobrimos que teria música no morro do moreno, onde já tínhamos intenção de conhecer. Massss, acordamos tarde, hahahahaha
      Começamos o dia no convento da Penha, muito lindo lá, queria assistir a missa, mas ñ tínhamos tempo, é realmente muito alto e com uma visão muito maravilhosa da cidade!!! 
      Tem a opção se você quiser subir e descer de van R$5,00 os dois trajetos.
      Depois fomos ao morro do moreno, falaram q o melhor é subir antes das 14, devido a ter polícia, outros horários falaram que é arriscado, quase ñ quis subir, pois faço trilhas de morros em Curitiba e eu não estava de bota, apenas de chinelo, mas criei coragem e fui, qualquer coisa ficaria descalço, mas nossa é uma estrada, ñ é trilha (dizem que tem o outro lado que tem a escalada mesmo), mas BEM TRANQUILO subir e a vista é MARAVILHOSA!!!!
      PS. na volta o Bruno arrebentou o chinelo, rsrs o meu estava intacto.
      Depois disso ficamos na praia da Costa na frente do nosso hotel, tomamos banho e partimos para Vitória. 
      Fomos ao monumento 360*, super bonito, amei!!!
      Enfim Vitória é uma cidade linda, cheia de natureza, morros, pedras, praia. Adorei e voltaria, sem contar que fizemos tudo e de maneira hiper barateza.








×
×
  • Criar Novo...