Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

luizh91

CHILE em 10 dias bem aproveitados (Santiago, arredores e Deserto de Atacama) - ABRIL/2019

Posts Recomendados

Olá mochileiros!

Mais uma vez esse fórum me ajudou muito e minha viagem de 10 dias pelo Chile foi excelente, graças às ótimas dicas adquiridas por aqui. Nada mais justo que retribuir escrevendo meu relato, não é mesmo? Vou tentar detalhar o máximo possível todas as informações, pois é sempre bom ter novas atualizações sobre como andam as coisas em terras chilenas. A viagem foi realizada entre os dias 19/04/2019 e 28/04/2019 e fomos em duas pessoas, então alguns gastos serão colocados de forma individual e outros para duas pessoas.

Primeiramente, gostaria de agradecer aos membros que responderam minhas dúvidas em alguns tópicos que criei pedindo ajuda, e alguns relatos que foram fundamentais para ajudar na montagem do meu roteiro.Em especial @filiperocha, @karinerribeiro e @Elder Walker, muito obrigado, seus respectivos relatos ajudaram muito.

A viagem não foi a mais econômica, mas também não foi a mais cara. Estou de férias e não estava disposto a abrir mão de alguns confortos e apreciar uma boa comida típica (adoro experimentar a gastronomia local dos lugares), então seria possível sim fazer uma viagem mais barata. 

Uma breve introdução, eu marquei minhas férias em novembro do ano passado para abril deste ano e já comecei a pesquisar um destino para ir. Geografia e História são duas coisas que me fascinam desde criança e durante o Black Friday surgiu uma promoção de passagens para Santiago. Pensei: Por que não conhecer o país mais sísmico do mundo, poder ir a Cordilheira dos Andes e esticar até o Deserto de Atacama, que é geografia pura? Não deu outra: Comprei duas passagens, para mim e meu companheiro. A partir daí, começou o planejamento de roteiro, busca a hospedagens, leitura de relatos e uma ansiedade total para chegar logo o dia da viagem. Dividi a quantidade de dias de maneira justa e foi ótimo, pois conseguimos aproveitar bem os locais de maneira plena. Vamos aos detalhes!

PASSAGENS

Paguei R$ 645,00 em cada passagem com taxas para o trecho SP - SANTIAGO - ida e volta, no Black Friday (antes disso estava por volta de R$ 800,00), com a GOL.

As passagens para Calama preferi comprar a parte, pois a opção múltiplos destinos encarecia muito o valor total. Os trechos entre Santiago e Calama sairam por R$ 225,00 ida e volta (tinha mais baratos, até por R$ 145,00, mas não atendia aos horários que eu queria) com a Latam, ou LAN CHILE.

DICA: Compre as passagens para Calama diretamente no site da Sky Airlines Chile ou da LAN CHILE, pois são mais baratos que se compradas nos sites brasileiros das companhias. A única diferença é que o cartão de crédito usado na compra deve ser internacional obrigatoriamente e não é possível parcelar. O valor é à vista.

DOCUMENTOS

Muita gente tem dúvida sobre a entrada nos países somente com RG. Bom, não levei passaporte, fui apenas com RG e deu tudo certo, mas uma coisa é fato: a foto tem que estar reconhecível. Na imigração em Santiago perguntaram apenas o motivo da minha ida ao Chile e o local da hospedagem em Santiago. De resto, não houve qualquer problema com RG, peguei voo interno somente com ele e foi tranquilo. 

HOSPEDAGENS

As hospedagens em Santiago são bem caras. Cotei alguns hostels e hotéis antes e os preços estavam além do que eu estava disposto a pagar para duas pessoas. Eis que surge a ideia de pesquisar no Airbnb e fechamos um apartamento no centro, próximo a maioria dos pontos turísticos, casas de cambio, restaurantes e mercados. Saiu R$ 607,00 para duas pessoas por cinco dias (R$ 60,00 a diária p/p). Apartamento confortável, com utensílios básicos de cozinha, recepção 24 horas. RECOMENDO pesquisar Airbnb antes de fechar hotel em Santiago.

Em San Pedro de Atacama ficamos no Hostal Mamatierra (indicação do Filipe aqui no fórum): RECOMENDO, tão bom que parece até hotel. Café da manhã bem servido, camas confortáveis, staff atencioso, água disponível o dia todo (uma grande economia no deserto), chuveiros quentes, limpeza nota 10. Ressalto que hospedagem no Atacama, assim como tudo por lá, é caro devido a localização em uma região bem inóspita. Não lembro o valor total da hospedagem, mas não foi dos mais baratos.

SEGURANÇA

Li muito antes de ir sobre os famosos furtos em Santiago e os golpes de taxistas. Não usei taxi em nenhum momento justamente para prevenir. Sobre os furtos, em nenhum momento de senti inseguro em Santiago. Lógico que estive sempre de olho em meus pertences, mochila na frente, dinheiro e documentos na doleira, enfim, o negócio é não dar bobeira. Santiago é uma cidade grande e não ter acontecido comigo, não quer dizer que não ocorram casos de furtos. San Pedro de Atacama é um sossego total, andavámos tarde da noite pelas ruas e não vimos nada suspeito.

TRANSFER PARA O SAN PEDRO

Outro tópico que me deixou em dúvida. Li muitas reclamações sobre as empresas de transfer em relação ao cumprimento de horários. Várias pessoas se queixando que a empresa não passou no horário combinado no retorno a Calama, ou simplesmente passou antes, enfim, fiquei bastante preocupado porque meu voo de volta para Santiago no dia 28 era bem cedo (08:15) e depois do almoço já tinha meu voo de volta para o Brasil também (14:20). Acabei fechando aqui no Brasil com a Transfer Pampa e RECOMENDO. Cumpriram os horários com pontualidade e as vans eram confortáveis.

O QUE LEVEI?

Em uma viagem para o Chile deve-se levar um pouco de tudo, principalmente por conta do clima. No Atacama é tudo muito extremo e muda muito rápido, o frio de manhã e a noite é grande e durante a tarde o sol queima com facilidade. Em Santiago o clima estava fresco, com manhãs frias e tardes agradáveis. Resumindo, usei casaco todos os dias (mas repare que estou falando do clima especificamente de outono. Para o Atacama creio que sirva para o ano todo).

  •  1 casaco grosso (usei muito)
  •  1 blusa de moletom
  •  1 jaqueta (tipo aquelas pretas de motoqueiro, bom para usar em final de tarde no Atacama)
  •  1 fleece (SUPER ÚTIL no passeio dos geiseres e lagunas antiplânicas)
  •  2 calças jeans
  •  1 calça de moletom
  •  2 calças de tactel (SUPER ÚTEIS nos passeios com muita areia, como o Valle de La Luna ou algum trajeto de bike)
  •  7 camisetas, sendo 3 dry fit (boas no deserto, pois são frescas)
  •  2 bermudas (uma jeans, que nem usei, e uma de tactel, que usei para pedalar)
  •  Meias e cuecas (quantidade vai de cada um)
  •  Luvas, cachecol, touca
  •  Protetor de rosto (ÚTIL, pegamos uma ventania no Valle de La Luna e isso que nos protegeu da areia)
  •  Boné
  •  Pasta para documentos
  •  Bolsinha de remédios (sempre levo de prevenção, usei eparema e neosaldina apenas)
  •  Sorine ou Rinosoro (necessário, tanto Santiago quanto o Atacama estavam bem secos)
  •  Protetor Labial e protetor solar (MUITO necessários, até agora minha boca está ferrada por causa da secura)
  •  Colirio (levei e nem usei. Leve apenas se tiver problema com olho seco)
  •  Itens de higiene pessoal
  •  Garrafinha de água de 1 L (no mínimo)
  •  Adaptador universal (importante, pois o carregador da minha câmera era com entrada diferente e tive que procurar um adaptador lá)
  •  Doleira
  •  Bota (comprei uma da timberland e super me atendeu).

SEGURO VIAGEM 

Fiz por prevenção, mas felizmente não precisamos usar. Mondial, R$ 199,00 para duas pessoas.

AGÊNCIAS PARA PASSEIOS

Outro ponto que me preocupou bastante. Acho que todo mundo que faz uma viagem para um lugar mais distante não quer passar por perrengue em passeios, então pesquisei bem as agências para evitar qualquer tipo de estresse. Contratei passeios em 3 agências em Santiago e no Atacama e todas foram ótimas. Ressalto que no Atacama priorizamos os passeios mais clássicos, e foi um acerto, pois saímos bem satisfeitos com tudo. O Salar de Tara gostariamos de ter feito, mas a agência foi bem clara ao dizer que ele estava fechado e o passeio não estava sendo feito de forma completa. As lagunas que flutuam não eram prioridades, apenas se sobrasse tempo. Segue feedback:

SANTIAGO - AGÊNCIA 321 CHILE: Fizemos com eles o passeio Cajon del Maipo/Embalse el Yeso e RECOMENDO. Preço justo, bom guia, picnic completo.

ATACAMA - AGÊNCIA 123 ANDES: Fizemos todos os passeios no Atacama com eles. Havia pesquisado algumas antes, lido avaliações no Trip Advisor, mas essa foi a melhor que nos atendeu. RECOMENDO. Bons guias, vans novas, preço justo, pontualidade, café da manhã e almoço bons.

ATACAMA - AGÊNCIA TIME TRAVEL ATACAMA: Fizemos o tour astronômico com eles. Cheguei a pesquisar a SPACE, mas não tinha mais vagas. No mais, RECOMENDO MUITO a Time Travel. Ótimo tour astronômico, pontuais, vou detalhar mais a frente. Mas adianto que foi sem dúvida uma das melhores experiências que já tive na vida.

ROTEIRO

Depois de muitos ajustes, assim ficou o roteiro final:

19/04/2019 - Chegada a Santiago e conhecimento da área

20/04/2019 - Centro de Santiago e Cerro San Cristóbal

21/04/2019 - Vinícola Undurraga

22/04/2019 - Cajon del Maipo/Embalse el Yeso

23/04/2019 - Valparaíso e Viña del Mar (se arrependimento matasse, tinha ido para o Atacama nesse dia)

24/04/2019 - Ida ao Atacama e agendar passeios

25/04/2019 - Lagunas Antiplanicas/mirador Piedras Rojas/Salar de Atacama

26/04/2019 - Geisers del Tatio, Valle de La Luna/La Muerte, Tour Astronômico

27/04/2019 - Pukará de Quitor, descanso a tarde.

28/04/2019 - Retorno ao Brasil

Agora sim, vamos ao relato!!!

(Juro que vou tentar escrever um tópico por dia kkkkkkkkkkk)

20190422124756_IMG_0460.thumb.JPG.6082138f14ce2a28dbecf680019e6680.JPG

20190425100824_IMG_0619.thumb.JPG.4f72f9c4553742ff138439400c5ae679.JPG

20190427122138_IMG_1100.thumb.JPG.2b552c3966d2b0ee8184271dbf69634d.JPG

20190425105724_IMG_0649.thumb.JPG.0f9e4bab9cedff36ba4340d7fadfe24e.JPG

 

  • Gostei! 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 19/04/2019 - CHEGADA A SANTIAGO E CONHECIMENTO DA ÁREA

E chegou o grande dia da viagem. Saímos bem cedo do litoral de São Paulo rumo ao aeroporto de Guarulhos, pois nosso voo sairia as 10:15 da manhã. Chegamos ao aeroporto bem antes do horário, imprimimos as passagens e fomos tomar um café da manhã. Logo depois já fomos para a sala de embarque e o voo saiu pontualmente as 10:15. Assim que entramos no avião, já alteramos o relógio, pois o Chile está no que é chamado de "horário de inverno", em que os relógios são atrasados uma hora em relação ao Brasil. A Gol oferece um almoço em seus voos internacionais, no nosso caso foi arroz, frango (que estava cru 🤢), um pão com manteiga e uma sobremesa. Ah, um detalhe: Antes de embarcar, temos que passar pelo famoso raio-x. Eu não tinha me atentado que o frasco de protetor solar tinha 125ml, e o limite permitido era 100ml. O resultado é que o pessoal do raio-x simplesmente pegou o meu protetor solar que estava lacrado (foi o item mais caro de higiene pessoal kkkkkkkkk) e jogou fora. Fiquei reclamando o dia todo kkkkkk. Enfim, o voo foi tranquilo, faltando uns 40 minutos para pousar avista-se a Cordilheira dos Andes e seus picos nevados (maravilhosa) e chegamos em Santiago por volta das 13:20 (hora local). Nessa viagem não despachamos nenhuma bagagem, fomos na sorte com as mochilas e mala de mão e deu tudo certo. Desembarcamos, passamos na imigração tranquila e fomos direto para o portão 4. Quando ainda estava no Brasil, pesquisei opções para ir do aeroporto de Santiago para o apartamento. Táxi estava fora de cogitação e pensei no transfer da Transvip, mas foi aí que uma colega do serviço passou o contato de um motorista em Santiago que faz o trajeto pelo mesmo preço dos transfers. Entrei em contato com ele e combinei de encontra-lo no portão 4 após o desembarque. Se chama GERMAN e RECOMENDO. Cara honesto, gente boa, cobrou 32.000 pesos ida e volta para duas pessoas (mesma coisa da Trasnvip) e nos buscou no horário combinado. Quem quiser o contato dele depois, avisa por mensagem.

Chegamos ao apartamento por volta das 14:40, o anfitrião nos recebeu muito bem e deu algumas dicas sobre restaurantes, acesso a alguns pontos e nos deixou bem a vontade. Depois de instalados, fomos fazer o primeiro conhecimento de área e ver o que tinha por perto, já que ainda estava claro. O apartamento ficava bem próximo a estação de metrô e era possível ir ao centro de Santiago a pé. Nossa primeira parada foi o Barrio Paris-Londres, local charmoso com arquitetura que realmente lembra a Europa, cheio de cafés, casarões e ruas de pedra. Bom local para fotos de álbuns. Registramos algumas imagens do local e fomos em direção ao Cerro Santa Lucía, local bem bonito e ideal para apreciar um bom pôr-do-sol em Santiago com uma vista ampla da cidade. Aliás, a capital possui vários locais bons para tal. Após o pôr do sol, passamos no mercado TOTTUS para comprar algumas coisas para deixar no apartamento. Aqui uma ressalva: comida foi o item que achamos mais caro no Chile. Muitos dias compramos coisas no mercado e cozinhamos no apartamento mesmo. Alguns dias que estávamos na rua procurávamos um restaurante que tivesse o "menú do dia", em que é oferecido a entrada + prato principal + sobremesa por um preço mais acessível. No Atacama só comemos em restaurantes mesmo, pois cozinhar lá era mais complicado (falo mais a frente). Depois do mercado voltamos ao apartamento, jantamos e descansamos para no dia seguinte começarmos a desbravar o Chile de vez.

20190419135149_IMG_0075.thumb.JPG.b0833162445d3310c9ac660bb477697a.JPG

20190419135759_IMG_0082.thumb.JPG.1213fbef5c89ae0343a51f3f74db8b9a.JPG

20190419180935_IMG_0096.thumb.JPG.53126d689065ffca064c23d590fd30ab.JPG

20190419181621_IMG_0108.thumb.JPG.ad0250f9ebbecab4359ff30a8c6e8190.JPG

20190419183050_IMG_0115.thumb.JPG.b289359f1cc52a804dfe0a1048e38a55.JPG

20190419185200_IMG_0141.thumb.JPG.c0379d7e856e21495fe1d0f7dc9a768c.JPG

  • Gostei! 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Juliana Champi disse:

Acompanhando! Essas fotos me deixam cada vez mais ansiosa tb, faltam 2 meses pra minha! :)

Juliana, você vai amar. O Chile é um país incrível e o Atacama mais ainda. Um lugar único.

Se quiser alguma dica ou tiver dúvida, só falar :)

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá!!! Estou indo em novembro para o Chile! Estou super ansiosa!!! Vou começar a acompanhar aqui para ter dicas! Estou vendo uma empresa p fazer alguns passeios. 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, luizh91 disse:

Juliana, você vai amar. O Chile é um país incrível e o Atacama mais ainda. Um lugar único.

Se quiser alguma dica ou tiver dúvida, só falar :)

Obrigada! Eu vou de carro assim como o @Elder Walker (que de fato escreveu um relato inspirador) mas infelizmente não vou passar por Santiago. No entanto, sou muito fã de airbnb e pretendo em breve conhecer a capital do Chile, depois você pode informar o link da hospedagem escolhida por lá? :)

  • Gostei! 1
  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que saudades do Atacama!

Bom saber que pude ajudar na organização de uma viagem inesquecível dessas! Um abraço!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 20/04/2019 - Centro de Santiago e Cerro San Cristóbal

Neste dia acordamos cedo para aproveitar ao máximo nosso primeiro dia "completo" em Santiago. Por volta das 08:00 já estávamos de pé, tomamos café da manhã no apartamento, preparamos alguns lanches para deixar na mochila e saímos para a rua. Uma sugestão para quem quiser economizar com comida no Chile, além de cozinhar na acomodação, é levar algum lanche com frios, barras de cereais e chocolates para os passeios que sejam de dia e deixar para jantar "comida" em algum restaurante que seja um pouco mais caro. Indo em direção ao centro da cidade, nossa primeira parada foi na Rua Agustinas para fazer câmbio. Aqui um detalhe importante: apenas troque no aeroporto o necessário para o primeiro dia caso chegue após o horário comercial, pois a cotação de lá é sempre péssima. Trocamos 200 reais a 156 pesos no aeroporto (horrível) e o restante trocamos na Rua Agustinas a 167 pesos (não muito bom também, mas foi a melhor cotação que encontramos durante nossa estadia por lá, por incrível que pareça). No Atacama a cotação é ainda pior: chegamos a ver 1 real por 140 pesos 😣 Então se não passar por Santiago, leve dólares para o deserto, o prejuízo talvez seja um pouco menor.

Site para verificar o câmbio no Chile: https://www.cambiosantiago.cl/

Na rua Agustinas sempre estará nessa média do site ou pouco maior que isso. As melhores casas de câmbio estão entre os pasos Bandera e Ahumada. Seguimos nosso rumo e paramos no paso Bandera, famosa rua de Santiago que possui várias artes coloridas e alguns artistas de rua tocando música, exibindo quadros, muito legal e diferente, vale a visita. Fomos ao Palacio de La Moneda, que é a sede do governo chileno. Muito bonito e imponente, naquele dia não haveria a famosa troca de guarda. 

20190420111413_IMG_0198.thumb.JPG.c2afa856294013e271d914e132593814.JPG

20190420105528_IMG_0182.thumb.JPG.25c642fb732f7c113931d2eff55ad80f.JPG

Seguimos adiante e paramos na Plaza de Armas, que é o marco zero da capital e possui uma série de edifícios históricos ao seu redor, incluindo a belíssima catedral de Santiago. Há alguns museus e locais com exposições culturais também, mas não entramos devido estarem fechados. Entramos na catedral e estava sendo rezada uma missa, então sentamos por cerca de meia hora e ficamos acompanhando um pouco. Não sou religioso, mas acho interessante vivenciar a vida de cada lugar, incluindo nessa âmbito. 

20190420114458_IMG_0209.thumb.JPG.9e2c418c9dbef7efb97a7a2a70f5d47e.JPG

Saindo da catedral, fomos ao Mercado Central de Santiago e se você quiser comprar lembrancinhas para levar ao Brasil, aqui é o lugar! Diversos chaveiros, bibelôs, canetas, camisetas a preços bons e com descontos se levados em certa quantidade. Ao lado do Mercado, paramos no Empório Zunino para comer a famosa empanada que é típica de países como Chile e Argentina. Achei parecida com a nossa esfiha 🤣 Mas com a massa um pouco mais seca. Experimentamos os sabores de pino (carne, ovo) e queijo, ambos são bons, mas ainda prefiro a nossa esfiha 🤣🤣 

A essa hora da passava das 13hrs, voltamos ao apartamento para usar o banheiro (os banheiros públicos em Santiago são difíceis de encontrar! Havia alguns no centro, mas todos fechados). Saímos novamente e fomos em direção a estação de metrô Parque Almagro, que era a mais próxima de onde estávamos hospedados. Mais uma ressalva aqui: é muito fácil e eficiente andar de metrô em Santiago. Todos os pontos turísticos são facilmente acessíveis por ele. Ou seja, achei o Uber bem dispensável, a não ser que esteja com crianças pequenas. 

Pegamos o metrô e descemos na estação Baquedano, que é a mais próxima do Cerro San Cristóbal (ou parque metropolitano). Chegamos ao parque pouco depois das 15hrs e estava uma fila enorme para subir o cerro através do funicular, demoraria provavelmente uma hora para que chegasse nossa vez. Se você não fizer questão de subir de funicular, há uma opção mais rápida e barata :D que é pegar o ônibus do parque que parte de 15 em 15 minutos e te deixa no cumbre. Foi o que escolhemos. Os ônibus partem à esquerda da fila do funicular. Pouco mais de 10 minutos depois, chegamos ao cume do cerro. O lugar é lindo! É possível avistar Santiago por completo lá em cima e as cordilheiras. Infelizmente, Santiago é uma das cidades mais poluídas no mundo e quase sempre está com uma fumaça no horizonte chamada "smog", o que impede a visualização completa das cordilheiras. Isso só melhora quando chove.

20190420175254_IMG_0227.thumb.JPG.4efa5696cb0ebe5b62ba76c6293ccee0.JPG

20190420190954_IMG_0251.thumb.JPG.49b56ee184ea5f0f71581664eaeff5b0.JPG

20190420181057_IMG_0238.thumb.JPG.a6e94a1a673883a3af1e0c6de6a09b69.JPG

Ficamos no parque até por volta das 18hrs, quando resolvemos descer, mas dessa vez de teleférico. Vale muuuuuito a pena! O ingresso custou 4.400 pesos para duas pessoas e conseguimos ver o pôr do sol durante a descida, o Sky Costanera imponente sendo a torre mais alta da América Latina e uma visão privilegiada de Santiago. Gratidão!

Ainda demos um pulo no Sky Costanera para vê-lo de baixo (é possível subir, mas não achei que valesse a pena pelo valor cobrado), tamanho impressionante. E voltamos ao apartamento para jantar, descansar e nos prepararmos para o próximo dia, que seria de tour a vinícola. 

20190420193442_IMG_0265.thumb.JPG.d13ca6e3f8d989b3fbaaa3aba73932bf.JPG

20190420191430_IMG_0259.thumb.JPG.85c3d98ae96a53970d4d1f72e3511231.JPG

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, Mirna10 disse:

Olá!!! Estou indo em novembro para o Chile! Estou super ansiosa!!! Vou começar a acompanhar aqui para ter dicas! Estou vendo uma empresa p fazer alguns passeios. 

Oi Mirna, já sabe quais passeios vai fazer? Se for em Santiago, recomendo muito a 321 Chile. Os preços são justos e o serviço é bom. Qualquer dúvida avisa.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...