Ir para conteúdo

Eurotrip: Imigração


Posts Recomendados

  • Membros

Olá pessoal, irei fazer uma viagem à Europa em abril do ano que vem. Ficarei cerca de 30 dias, a chegada será em Londres e a volta será de Roma. A minha dúvida é sobre a imigração em Londres, eu sei que terei que comprovar questões como dinheiro, hotel etc, mas eles aceitam como comprovante de volta a minha saída por Roma? Ou terei que comprovar a minha saída da cidade de Londres também? Terei que comprovar cada estadia que terei em cada um dos países que eu for visitar?

Talvez essas perguntas sejam bobas, mas sou bem inexperiente XD. 

Desde já agradeço.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Tem a questão do Brexit, que pode acabar agora em Outubro com a saída do Reino Unido da União Europeia sem um acordo, e isto pode mudar tudo em relação a imigração do Reino Unido.

Então por precaução, eu já chegaria no Reino Unido com as passagens indo embora de lá compradas, por que não se sabe como vai ser a questão da imigração se realmente houver um "Hard Brexit"

Tem também a questão dos preços, uma passagem de trem de Londres para Paris custa uns 50 Euros comprando 120 dias antes, mas se for comprar uma semana antes, tem que dar graças a Deus se achar por menos de 200 Euros.

Munich também fica bem longe de Paris e Amsterdam, é bem demorado para se ir de ônibus ou trem, pessoalmente eu iria de avião, para não perder muito tempo na estrada.

A mesma coisa em relação a Roma, fica meio longe demais para se ir de ônibus ou trem, pessoalmente eu também iria de avião.

E passagem de avião é a mesma história da passagem de trem, se deixar para comprar em cima da hora, pode lhe custar 3x ou 4x mais caro do que se tivesse comprado 90 ou 120 dias antes.

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

@Davi Leichsenring @poiuy Sim, eu pretendo comprar as passagens antes. E pretendo ir de Paris para Munich de avião.... e sobre a distancia de Munich para Roma, eu pretendo passar em algumas cidades como Veneza, Milão e Florença. Mas vou verificar qual meio terá um melhor custo beneficio.

Muito obrigado pelas dicas, tudo de bom pra vocês! 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
5 horas atrás, Washington Gomes disse:

@Davi Leichsenring @poiuy Sim, eu pretendo comprar as passagens antes. E pretendo ir de Paris para Munich de avião.... e sobre a distancia de Munich para Roma, eu pretendo passar em algumas cidades como Veneza, Milão e Florença. Mas vou verificar qual meio terá um melhor custo beneficio.

Muito obrigado pelas dicas, tudo de bom pra vocês! 

Os tempo dos trens para esses lugares é mais ou menos:
Munique  - Verona : 7h (Verona porque precisa fazer baldeação nela de qualquer forma)
Verona - Veneza: 1h
Verona - Florença: 1:30
Florença - Roma : 1:30
Verona - Milão: 2h

Eu não recomendo vir pra Milão, a cidade não tem atrativos que não se encontra muito melhor em outras cidades italianas, a arquitetura também não tem nada de especial (e eu acho até feio), e fica fora da sua rota.

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

@Davi Leichsenring Entendi, então acho que vou trocar Milão por Verona, já que é mais conveniente. O Domo de Milão que havia chamado a minha atenção, mas ainda não tinha pesquisado a fundo sobre as atrações de lá. Já que você está sendo tão gente fina em passar as informações vou passar o roteiro que montei, verifica se está Ok, por gentileza.

Londres: 4 dias

Amsterdam: 2 dias

Bruxelas: 3 dias

Paris: 4 dias

Munich: 7 dias (me interessei por algumas cidades próximas, então pretendo fazer uns bate volta)

Itália: 7 dias

(Verona, Veneza, Florença Roma)

*Lisboa: 2 dias

* Como os preços de voos pela TAP estão mais em conta, talvez eu faça um stopover em Lisboa.

Não estou contando com os dias que terei de me deslocar para outras cidades, apenas com os dias que estarei o dia inteiro em cada destino.

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Na minha opinião, eu colocaria um dia a mais para Londres e Paris. Dá pra pegar de Munique.

Bruxelas é uma cidade sem muita coisa pra ver, muita gente acha um tanto sem graça (eu incluso), mas ao menos dá pra fazer um passeio de um dia em Brugges ou Ghent

Munique em uns 3 dias se vê tudo, acredito que as cidades em volta que pretende ir é Fussen (Neuschwanstein Schloss) e Rothenburg ober der Tauber.

Itália em 7 dias dá pra dividir bem nessas cidades, uma ideia, 2 dias Verona (use um dia para ir a Veneza, 1h de viagem de trem), 2 em Florença, 3 em Roma.

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por Italotx
      Boa tarde, galera!
      Ano que vem vou fazer um mochilao pra Europa e estou escolhendo uma mochila cargueira para comprar. Estou na dúvida da Forclaz trek 100 easyfit 50L e da gyzmo da nautika 50L. Alguém poderia me dizer qual é melhor e se elas podem levar como bagagem de mão? 
      Elas estão na faixa de 500 a 600 reais, se alguem souber alguma que vale mais a pena nessa faixa de preço eu aceito a sugestão.
      Obrigado!! 
       
    • Por Lizandrablank
      Oi pessoal!
      Estou programando 10 dias em Amsterdam no início de 2022, sabe como tem sido a questão da Covid-19 pra viajantes totalmente vacinados? E todos os protocolos no aeroporto?
      Aceito dicas e companhia!!! 
      Boa viagem 🛩️
    • Por philip_rodrigo
      Fala, pessoal, 
      tudo bem?
      Tenho uma passagem pro reveillon em Portugal pela TAP. Estou em dúvidas sobre a abertura da fronteira, sera que vai rolar? 
      Ja estou vacinado e a França ja anunciou abertura. Caso Portugal nao abra, e eu comprar um trecho de Portugal pra França, será que consigo utiliza-lo?
    • Por Rodrigo Burle
      Este chalé fica em Solčava, Eslovênia (ver foto). Ele são muito populares nas áreas montanhosas, os menores são chamados de "hut" e os maiores "dom" e custam entre 17 e 30 euros, os preços variam de país para país.   Eles estão espalhados por todas as montanhas da Europa, e uma coisa que quase todos os refúgios têm em comum é uma vista espetacular (como este da foto). A estrutura é muito semelhante a um hostel, eles têm quarto privado e quarto compartilhado, estão sempre cheios de montanhistas. Na maioria dos parques nacionais é proibido acampar e isso em toda Europa. A multa é salgada e os rangers ficam o dia inteiro a procura de barracas, inclusive com helicópteros. Se você vai para as montanhas tenha em mente que você terá que dormir nestas refúgios algumas vezes, pelo menos nas montanhas mais altas ou em parques nacionais.   Dica para economizar   Se você vai para as montanhas da Europa, não importa em qual país. Você pode se associar a ao clube de montanhismo e ganhar diversos descontos, inclusive em acomodação. O mais legal é que se tiver o selo de reciprocidade, você pode usar em qualquer país (foto 4 e 5). A maioria dos refúgios que eu fiquei custavam na faixa de 30 euros, com o cartão da associação eu pagava 15.   Se você vai passar uma semana nas montanhas a 30 euros são 180, com o desconto você paga 105. São 75 euros, a anuidade varia de clube para clube (o da Eslovênia foi o mais barato que eu achei), paguei 30 euros. Você economizaria 45 euros. E quanto mais tempo maior a economia, vale a pena. Fora isso, você tem descontos em lojas de roupas e equipamentos entre outras coisas.   O site para se associar a um clube de montanhismo na Eslovênia é: www.pzs.si   Eu já ajudei centenas de pessoas com meu livro Liberdade Nômade, onde eu conto tudo que eu fiz e dou dicas para que você não passe nenhum tipo de aperto em suas viagens aprendendo com meus erros. Eu vou te mostrar que é possível viver viajando, independente do que você faz hoje ou sua idade.   Dê o primeiro passo para a liberdade, clique no link abaixo: https://bit.ly/liberdadenomade2021   Tem um monte de fotos das minhas aventuras no instagram: https://www.instagram.com/rodrigoburle/   E não esqueça, dê o primeiro passo!  Muito obrigado! 




    • Por Rodrigo Burle
      Slovenska Planinska Pot, às vezes também chamada Transverzala, é uma travessia de Maribor até Ankaran. Abrange a maior parte das áreas montanhosas da Eslovênia, incluindo Pohorje, os Alpes Julianos, os Alpes Kamnik-Savinja, os Karawanks e a parte sudoeste da Eslovênia. Distância 617km com nada menos que 37.300 metros de subida acumulada. Umas das mais difíceis trilhas de longa distância que eu já fiz, porém uma das mais belas também. Oficialmente pode ser feita em 37 dias, eu demorei 42. Essa trilha passa pela montanha Triglav, símbolo nacional da Eslovênia (a montanha da bandeira nacional), 2864 metros, ponto mais alto da travessia.
      A Eslovênia é um país lindissímo, com montanhas por todos os lados. O povo é muito hospitaleiro, o que tornou este trekking uma aventura bastante prazerosa. Eles são simplesmente fanáticos por montanhas, é comum ver famílias inteiras escalando, desde o netinho até o avô.
       
      Existe um livro, tipo um passaporte, onde você coleta o carimbo em cada topo de montanha e é bem tradicional. Conversando com um senhor, ele me disse que praticamente todo Esloveno tem esse livro e que é uma tradição coletar todos os carimbos antes dos 50 anos. Ele também me disse que poucos conseguem, eu coletei todos em 42 dias. A maioria das pessoas não consegue não porque é difícil, mas por não ter tempo, o que me lembrou o quanto eu tenho sorte em ter liberdade geográfica e financeira.   Eu comparo esse passaporte com a vida, onde cada carimbo é um sonho que você tem. Quantos carimbos você tem coletado? Comenta aí...   Eu tinha várias desculpas para não realizar meus sonhos, sempre ocupado com trabalho, estudos ou qualquer outra coisa. Somente com 38 anos eu me dei conta que a vida voa e se você não sair do “automático” e começar a viver ela vai passar e você nem vai perceber.   Felizmente nunca é tarde, não importa a sua idade, sua condição financeira, sua experiência, se você quer ter uma vida cheia de momentos incríveis e experiências transformadoras, vá viajar! Nada vai te proporcionar uma vida tão intensa e com propósito.   Se você não sabe por onde começar eu escrevi um livro contanto tudo que eu fiz desde que sai do Brasil quase sem grana até me tornar um Nômade Digital. Acredito que vai te trazer bastante clareza de como é possível viver viajando.   Vou deixar o link aqui: https://bit.ly/liberdadenomade2021   Muito Obrigado!

















      20200904_094216.mp4
      20200906_073409.mp4 20200906_101058.mp4
      20200908_130642.mp4 20200909_074100.mp4










×
×
  • Criar Novo...