Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0
Sergio Maggessi

Alguém com menos de 3 dias pra viagem falou com a Decolar?

Pergunta

Bom dia.

Tenho uma reserva pra Los Angeles pro dia 08/05.  Desde o início, a Decolar sugere que aguardemos até 3 dias antes pra alterar qualquer coisa porque as condições podem mudar.  No meu caso tão mudando pra muito pior.  Semana passada simulei uma alteração na reserva e tavam me cobrando 280,00.  Hoje fiz a mesma simulação e já tá em 374,00.  Queria saber se alguém conseguiu falar com eles 3 dias antes da data pra viajar e qual foi a postura da Decolar pra alteração.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Posts Recomendados

  • 0
2 horas atrás, skiheid disse:

Eu tinha um vôo pela Airchina marcado para Fevereiro, comprado na Viajanet. Em janeiro prevendo essa treta toda pedi o cancelamento dessa passagem e peguei outra pela Turkish Airlines, afim de escapar da china. Detalhe, tanto o pedido de cancelamento quanto a confirmação de que havia sido pedido aconteceram ANTES da MP que dava um ano para as companhias efetuarem o reembolso.

Infelizmente você está numa situação ainda pior do que os colegas.

Você tem ainda menos direitos do que eles, pois o seu pedido de cancelamento foi antes da MP quando ainda valiam as regras antigas.

E pelas regras antigas, quando o pedido de cancelamento parte do passageiro, valem as regras do momento da compra da passagem, e por estas regras, as passagens promocionais não tem direito nenhum a reembolso, ou então é cobrada a multa de cancelamento, que pode ser metade do valor pago pelas passagens.

No seu caso, se a sua passagem original previa multas ou se nem permitia rembolso, qualquer coisa que você receba alem do que estava nas regras originais da passagem, seriam generosidade da Air China, pois como o pedido de cancelamento partiu de você , antes da MP, o que valem são as regras da passagem original.

Na verdade a única coisa que você estaria em melhor situação do que os colegas, é que por o seu pedido de cancelamento ter sido feito antes da MP, o prazo de reembolso seria o antigo, de no máximo 30 dias, mas isto só se a sua passagem original previa algum tipo de reembolso, e receber o reembolso antes de 1 ano, seria o único direito que você teria, seria isto que você poderia cobrar.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0
Em 29/07/2020 em 14:05, poiuy disse:

Infelizmente você está numa situação ainda pior do que os colegas.

Você tem ainda menos direitos do que eles, pois o seu pedido de cancelamento foi antes da MP quando ainda valiam as regras antigas.

E pelas regras antigas, quando o pedido de cancelamento parte do passageiro, valem as regras do momento da compra da passagem, e por estas regras, as passagens promocionais não tem direito nenhum a reembolso, ou então é cobrada a multa de cancelamento, que pode ser metade do valor pago pelas passagens.

No seu caso, se a sua passagem original previa multas ou se nem permitia rembolso, qualquer coisa que você receba alem do que estava nas regras originais da passagem, seriam generosidade da Air China, pois como o pedido de cancelamento partiu de você , antes da MP, o que valem são as regras da passagem original.

Na verdade a única coisa que você estaria em melhor situação do que os colegas, é que por o seu pedido de cancelamento ter sido feito antes da MP, o prazo de reembolso seria o antigo, de no máximo 30 dias, mas isto só se a sua passagem original previa algum tipo de reembolso, e receber o reembolso antes de 1 ano, seria o único direito que você teria, seria isto que você poderia cobrar.

 

No caso, a minha compra previa cancelamento com multas, claro. MAS, no momento da solicitação a Viajanet garantiu o reembolso integral, inclusive da taxa dela, devido à adversidade trazida pelo Corona.

Mas até agora, nada mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
13 horas atrás, skiheid disse:

No caso, a minha compra previa cancelamento com multas, claro. MAS, no momento da solicitação a Viajanet garantiu o reembolso integral, inclusive da taxa dela, devido à adversidade trazida pelo Corona.

Mas até agora, nada mesmo.

Pelo que você falou, esta promessa de reembolso integral mesmo sem ter direito a isto, infelizmente foi feita ainda em fevereiro, quando não se tinha noção do tamanho da encrenca que viria e as empresas ainda estavam sendo bem generosas e oferecendo mais benefícios que você tinha direito.

Se algum dia cumprirem a promessa, ótimo! Mas com o tamanho da crise que veio depois de fevereiro, não tenha muita esperança de que esta promessa seja cumprida, é bem possível que eles se mantenham dentro das condições originais da passagem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
Pessoal, eu vi que esse tópico envolve a AirChina então achei melhor postar a minha experiência pois pode ajudar outras pessoas (apesar de não resolver nada haha).
Eu tinha um vôo pela Airchina marcado para Fevereiro, comprado na Viajanet. Em janeiro prevendo essa treta toda pedi o cancelamento dessa passagem e peguei outra pela Turkish Airlines, afim de escapar da china. Detalhe, tanto o pedido de cancelamento quanto a confirmação de que havia sido pedido aconteceram ANTES da MP que dava um ano para as companhias efetuarem o reembolso.
Primeiro a Viajanet me pediu 60 dias de prazo para o reembolso. Claramente nada aconteceu.
Depois eles pediram para aguardar até a fatura de junho, e, caso não aparecesse, para eu enviar as faturas para eles resolverem junto à Airchina. Até agora eles só me enrolam falando que o setor responsável conversou com a Airchina mas ainda não obtiveram resposta.
Neste meio tempo eu tentei os canais mais "agressivos" de atendimento para ver se resolvia o problema, Reclame Aqui e Consumidor.gov. Sabonetaram em ambos.
No Consumidor.gov até invocaram o direito de reembolso dentro de um ano, mesmo o meu pedido sendo efetuado antes.
 
Agora tentei o Procom, e eles sabonetaram mais ainda com um documento jurídico se defendendo, falando que a Viajanet não passa de um Google, que só oferece os resultados dos pacotes aéreos e de viagem mas a responsabilidade mesmo é da Cia Aérea... mas que, por boa vontade, eles atuaram junto da AirChina e confirmaram o pedido de reembolso, mas com prazo de 1 ano, claro. 
 
Ou seja, é uma grande sinuca de bico. A agência vai se defender ao máximo porque ela não tem dinheiro pra bancar o reembolso, e a Airchina deve estar se desviando das agências do lado dela, esperando ter dinheiro pra bancar os reembolsos ou até mesmo vai dar de louca e não vai reembolsar nunca. Afinal, quem vai obrigar ela a cumprir qualquer acordo?
To quase desistindo já e contando que perdi essa bolada :(

Eu tbem já estou contanto como 2.300 reais perdidos a não ser que ajuize algo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×
×
  • Criar Novo...