Ir para conteúdo

Trem da Morte


Naja

Posts Recomendados

  • Colaboradores
luis eboli: recomendo que leia bastante os fóruns, pois você está totalmente perdido. Primeiro Machu Picchu não fica na Bolívia, depois o trem da morte não chega até lá e muito menos saí de Ribeirão Preto.

 

Fivetech Brasil: duvido que essas empresas tenham site. Na verdade os ônibus saem do Puerto Quijarro, próximo da estação de trem, todos os dias, a partir das 16h.

Resolveu refazer visitar a Bolívia e o Peru de novo? Abraços!

 

 

hehehe. Resolvi sim, vou voltar a Bolivia pois o pais eh muito legal de se curtir.

kero levar a patroa no deserto e no downhill. E ao Perú tenho que retornar pois não cheguei a conhecer Machu Picchu na época da enchente que aconteceu em Aguas Calientes e Cusco.

 

Queria ir no trem mas sabe quanto tempo leva a viagem de trem???

 

Vlws povo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Ah é cara, lembrei do seu relato agora. Vá mesmo, Machu Picchu é o ponto máximo da viagem.

Cara, ano passado eu fui no pullman, que gasta 21 horas de viagem e voltei no superpullman, mais ou menos 16h. Esse ano eu fui no Ferrobus, são 12h de viagem.

Pra sentir mesmo o que é o trem, tem que ir de superpullman ou pullman, o ferrobus é praticamente para turistas e bolivianos com um pouco mais de dinheiro, você pega o trem as 18h, já a noite, vê alguns filmes, janta e dorme. Quando acorda já está chegando em Santa Cruz. No pullman é outra estória, rs! Sem ar condicionado, vai o povão mesmo. Isso que ainda tem uma categoria abaixo, a primeira, que tem aquelas cadeiras duras, tipo de metrô. No pullman entra gente, galinha, porco, papagaio, rs! Gente vendendo comida a todo momento e o trem simplesmente para em qualquer lugar onde alguém fizer sinal para ele parar. O superpullman tem ar condicionado e não para tanto. Só entra gente vendendo comida uma ou duas vezes e só para nas estações. Por isso a viagem é mais rápida. Já o Ferrobus tem apenas dois vagões. Só para em algumas estações. Não entra gente vendendo nada. O conforto é o mesmo do superpullman, só que vai mais rápido e tem janta e café da manhã incluídos na passagem.

Abraços!

 

Abraços!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Olá pessoal, não acho suspeito a reserva por e-mail, eu fiz isso quando peguei o trem e na verdade consegui uma pessoa por acaso que se ofereceu a fazer a reserva pra mim. Foi um funcionário da ferroviária oriental, que me deu informações por e-mail e fez a reserva, chegando lá na estação estava tudo certo e só paguei no local.

 

 

Olá Eliza,

 

vc ainda tem o contato da ferroviária oriental? O site está fora do ar.

 

Valeu!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Galera... Me esclareçam entao..

VOu chegar em Corumbá por volta de 15h..

Então nao conseguirei para trem da morte.. ´Somente para o dia seguinte.... Se eu descartar trem na ida posso ir de onibus...

Há diversos onibus q saem após esse horário com destino santa cruz???? Ou é só um? Quais são os horários?

 

abrax

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Galera,

 

as informações a respeito de ônibus Puerto Quijarro x Santa Cruz ainda são poucas. Pouca gente por aqui se aventurou neles. Em julho, uma galera que conheci na imigração boliviana, não conseguiu passagem para o Trem e foram de ônibus, encontrei eles em Santa Cruz e disseram que a viagem foi tranquila e o ônibus até que era bom. O que sei é que existem algumas opções, porém não sei dizer o nome da empresa nem horário. Sei que começam a sair todos os dias após as 16h do terminal rodoviário de Puerto Quijarro, que fica bem próximo a estação de ônibus. Sei também que boa parte dos bolivianos estão utilizando os ônibus, já que são mais baratos e rápidos que o trem. Até onde sei ainda existem 40km de estrada de terra, o resto é afasto e a estrada é boa, quase toda plana.

 

Joaoeler, vai chegar de ônibus ou avião em Corumbá? Se for de ônibus não conte muito com o horário de previsão de chegada, pois o ônibus sempre atrasa, principalmente os que vem de São Paulo e Rio de Janeiro.

 

Abraços!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Gente,

Com relação ao TREM DA MORTE.

Vocês poderiam me falar quanto custa?

Por exemplo ouvi muito "80bols", e que tem tipos de confortos, mas esse valor é de onde pra onde?

 

Pois sei que, o Trem sai de Puerto Suarez e vai até La Paz, passando por várias cidades.

 

TREM DA MORTE de Puerto Suarez até La Paz\; quanto custa em reais e em boliviano?

TREM DA MORTE de Puerto Suares até Santa Cruz: quanto custa em reais e em boliviano?

 

Obrigada.

 

Ju-Sarinha Oliveria ::dãã2::ãã2::'> ::hein:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • Membros

Pessoal,

 

Estou em La Paz e vou chegar amanha em Santa Cruz lá pelas 15 horas, pelo menos foi o que disse a menina da Trans-Copacabana.

Estamos indo pela estrada velha. Alguém ja viajou pela estrada velha até Santa Cruz?

Gostaria de saber como faco para voltar para o Brasil.

A minha idéia é pegar o TREM DA MORTE. Queria saber se o trem sai da rodoviária mesmo?

Abracos

Ju-Sarinha Oliveira ::grr::::dãã2::ãã2::'> ::essa::

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 semanas depois...
  • Membros

Gente, quero só contar minha experiência com o trem da morte aqui, porque foi muito engraçado! Minha amiga e eu estamos fazendo um mochilão pela América do Sul e estamos agora na Bolívia.

 

Chegamos por Corumbá, passamos pelas imigrações brasileira e boliviana (demoramos mais de uma hora em cada uma delas) e fomos tomar o trem da morte. Primeiro tomamos o expreso oriental até San José de Chiquitos, porque queríamos conhecer as reduções jesuíticas existentes lá. Fomos de classe Super Pullman e pagamos 108 bolivianos cada (cerca de 31 reais). Foi ótimo! Nem achamos que era trem da morte, achamos que era mais parecido com um trem da vida mesmo! rs

 

O hilário aconteceu quando resolvemos tomar o trem de primera clase, de San Jose de Chiquitos até Santa Cruz de La Sierra. Compramos nossas passagens no dia anterior, por 23 bolivianos cada (cerca de 6,50 reais). No dia seguinte fomos para a estação de trem às 22:00, pois o nosso trem (que vinha de Puerto Quijarro) passaria em San Jose às 23:00. Quando chegamos na estação sentamos nos banquinhos para esperar e começamos a reparar que uma galera enorme estava pulando nos trilhos e entrando num vagão solto que estava parado por ali. Achamos aquilo muito estranho. Pensamos que eram pessoas procurando abrigo para passar a noite por causa do frio. Mas aí começamos a notar que havia gente entrando lá com vááárias bagagens!!!rs Pulavam no trilho do trem, o cruzavam e entravam no vagão com mala e cuia!!! rs Falei então brincando com a minha amiga que aquele era o nosso trem e pedi para ela ir tentar descobrir do que se tratava aquilo enquanto eu ficava com as nossas mochilas. Ela volta morrendo de rir e eu já entendo logo de cara: AQUELE ALI ERA REALMENTE O NOSSO TREM!!! Estava escrito com todas as letras: PRIMERA CLASE B-105. Exatamente o nosso!!! rs

 

Ainda sem acreditar que a gente teria que entrar naquele vagão solto, fui perguntar para o guardinha que estava lá. Ele confirmou, disse que era aquele trem sim. Perguntei se a gente já podia entrar e ele me olhou com uma cara estranha do tipo "Óbvio, tá esperando o quê?". Disse que a gente podia entrar sim!!! rs Começamos a chorar de tanto de rir, mas entramos no clima, pulamos nos trilhos e nos mandamos para cima do vagão!! rs

 

Entrando lá, milhaaaaaaares de crianças deitadas pelo chão, bagagens de todos os tipos por todos os lados, a maior movimentação!! A cada passo, tínhamos que tomar cuidado para não esmagar nenhuma criança, nem sermos esmagadas por uma caixa que poderia cair nas nossas cabeças. Fomos nos espremendo com as nossas mochilas até chegarmos nos nossos assentos (sim os assentos são marcados!) e como somos muito sortudas, ficamos bem com o único assento quebrado de todo o trem!!!! Ahahahaha!!! E fomos as únicas que viajamos de costas porque nosso assento, além de quebrado, também não virava para a frente!!! rs Em resumo, viajamos 7 horas num banco que não inclinava (pelo menos não eram duros como os de metrô!), quebrado, de costas, com a janela entreaberta (porque ela também estava quebrada e não fechada completamente), num super frio, com todo tipo de sons que algumas dezenas de crianças são capazes de fazer juntas, num trem que chegou em San Jose de Chiquitos com 2 horas de atraso!!!

 

Pois é, mas ainda assim digo que valeu a experiência!!! Nunca nos esqueceremos dessa viagem!!! rs

 

Estamos com um blog que conta todas as nossas experiências nesse mochilão pela América do Sul. Para quem tiver interesse, segue o link: www.maetobem.blogspot.com

 

Abraços!!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Silnei changed the title to Trem da Morte

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por Yara Almeida
      Ei, tudo bem?
      Alguém sabe me dizer como está Machu Picchu para 2021? Digo com relação à liberação do Parque e etc. Obrigada! Uma amiga e eu estamos nos organizando para irmos em Julho, caso tenha mais alguém, entre em contato pra gente combinar um comboio legal rsrs. 
    • Por HugoNuary
      Então galera, pretendo sair agora día 4 ou 5 de outubro, e fazer a rota: SP rumo a Campo Grande ou Corumba - MS (a rota que ficar mais em conta) seguir para Puerto Quijarro depois tomando o trem da morte rumo a Santa Cruz de la Sierra. Sendo meu destino final Lima. Tenho 30 dias para seguir essa rota, e tentando gastar o mínimo possível durante toda viagem. Meu maior temor é quanto aos valores dos transportes da Bolivia rumo ao Perú, onde se hospedar por la num preço legal. E onde consigo fazer câmbio de Real para BOB e para SOL. 
    • Por HenriqueSantos
      Mochileiros, estou planejando uma viajem, começando dia 2 de janeiro em Campo Grande - MS, até Machu Picchu. Preciso de conselhos e dicas sobre o que posso melhorar no meu roteiro.
      Posso estender a viagem por alguns dias, mas tenho que chegar até dia 18 em Campo Grande.
      Planejo gastar cerca de R$ 2.500,00, mas tenho mais grana pra imprevistos. E a ideia seria ir sem gastar muito com luxo, ao mesmo tempo visitando alguns pontos turísticos interessantes, como o Lago Titicaca, Machu Picchu e Lima. Estou aberto a qualquer tipo de sugestão. Por enquanto eu pretendo ir sozinho, mas aceito companhia
      Valeu!

      Roteiro
      Viagem de Ida
      02/12/19 Campo Grande – Corumbá. Ônibus (6,5h)
      Sair de ônibus a noite de Campo Grande e chegar de manhã em Corumbá. A passagem de ônibus para Corumbá custa cerca de 130 Reais.
       
      03/01/19 Dourados - Pt Quijarro – Santa Cruz.  Trem (17h).
      Chegar em dourados, ir para Pt Quijarro cedo, de ônibus municipal ou taxi, e comprar ticket do trem da morte. O trem sai 13:00h (Horário Local). Arranjar almoço e café da manhã pela região mesmo, antes de pegar o trem.
       
      IMPORTANTE: Ir para a fronteira cedo para evitar fila. Tem que entrar na Polícia Federal do Brasil e a aduana boliviana, DUAS FILAS que podem ser demoradas. Verificar onde trocar reais por bolivianos. A comida e água do trem é cara, levar comida e água. E comprar a passagem do trem o mais cedo possível. Levar um livro para a viagem do trem, são =~18h de trem. Corumbá tem 1h a mais que Pt Quijarro.
       
      04 e 05/01/19 Santa Cruz - La Paz - Copacabana. Ônibus (=~25h).
      O trem chega dia 04 em Santa cruz, por volta das 5:40 da manhã.
      Opção 1 (Preferida): Comprar passagem completa com viagem de Santa Cruz a Copacabana. =~250 B, 25h no total.
      Procurar ônibus direto de Santa Cruz a Copacabana. Tem ônibus ao preço de 250 Bolivianos. A viagem dura cerca de 25h no total. Não há muita diferença de preço entre as opções, mas tem diferença de tempo de duração.
      Opção 2: Comprar passagem para La Paz e (180-220 B, 18h), de lá, para Copacabana (35 B, 4h).
      Importante: A indicação de tempo é a de duração de viagem. Não há garantias que conseguirei ônibus com horário colado um no outro. O mais provável é que tenha que esperar algumas horas pelos próximos ônibus.
      Tem que procurar passagem para La Paz na rodoviária, talvez tenha que fazer uma escala em Cochabamba. A duração da viagem varia entre 18 e 24 horas, dependendo da presença de escala ou não. O preço do ônibus para La Paz varia entre 180 e 220 Bolivianos.
      Chego em La Paz e procuro passagem de ônibus para Copacabana. A viagem dura cerca de 4 horas e tem passagens por 35 Bolivianos. Ao que parece, o último ônibus barato sai as 13:30h. Achei outros ônibus depois disso, mas todos estavam bem caros.
       
      05/01 Copacabana e 06/01 Copacabana – Cusco. Ônibus (12h).
      Chego em Copacabana no meio da tarde do dia 05/01, ou início da noite. Durmo num Hostel local, tem Hostel mais barato, por cerca de 60 Reais. A média de preço na região é por volta de 100 Reais.
      No dia seguinte (06/01) procuro viagens à noite para Cusco, e passo o dia conhecendo o lago Titicaca.
      Têm várias Ilhas turísticas no lago, Isla del Sol e Isla Luna são destinos famosos. O barco para levar até as ilhas custa por volta de 30B, assim que chegar na ilha um guia deve aparecer e oferecer um tour por ela. Comida custa mais caro nessas ilhas. Gasto esperado pelo passeio todo: =~ 150 B.
      A passagem para Cusco de Copacabana custa cerca de 150 B, e a viagem dura 12h. Para ganhar tempo e economizar uma grana é bom dormir no ônibus para Cusco.
      A noite pego o ônibus para Cusco.
       
      07/01/19 – Cusco.
      Assim que chegar devo procurar um hostel em Cusco. Tem alguns baratos, na faixa de 70 Reais, ao que parece.
      Comprar o ingresso para Machu Picchu no Museu, negociar um pacote de viagem para o dia seguinte à Hidrelétrica, incluindo a volta, alguns hosteis oferecem esses pacotes e ele custa por volta de 70 Soles (=~ 80 Reais). A tarde devo ter tempo visitar a cidade.
      O ingresso para Machu Picchu custa 152 Soles, aproximadamente 170 Reais (1,12 Reais o Sole). Compro a entrada para o dia 09/01.
      Comprar o ingresso no Museu Casa del Inca Garcilaso de la Vega (Rua Calle Garcilaso, s/n. A um quarteirão da Praça de Armas de Cusco, na esquina com a Plaza Regocijo).
      Na manhã seguinte pego a van para a hidrelétrica.
       
      08/01/19 Cusco – Machu Picchu Pueblo (Águas Calientes). Van (8h) e caminhada (3h) =~11h.
      Vou de van, pelo pacote até a hidrelétrica, e faço caminhada até Águas Calientes, 13km a pé, seguindo o trilho do trem. O percurso de Van dura aproximadamente 8 horas e a caminhada pé leva até 3 horas. Devo chegar perto da noite em Águas Calientes.
      Águas Calientes é uma cidade pequena e tem muitos hosteis. Vale a pena pesquisar e achar um hostel barato. Na internet achei vários na faixa de 100 Reais, mas dizem que lá tem outros muito mais baratos por até 30 Reais.
      Passo a noite num hostel local.
       
      09/01/19 Machu Picchu e Águas Calientes
      Acordo cedo para subir Machu Picchu de escada.
      Para subir em Machu Picchu tem um ônibus, que custa 24 dólares ou caminhada de 2 horas, subindo escada, vou de escada por que 24 dólares é muito dinheiro.
      Visito Machu Picchu e passo o restante do dia em Águas Calientes. Volto no dia seguinte, de volta a Cusco.
      Passo a noite num hostel local.
       
      RETORNO
      10/01/19 – Águas Calientes – Cusco - Copacabana. Caminhada (3h) e Van (8h) =~11h.
      Volto de manhã para a caminhada até o posto das vans, na hidrelétrica. É só refazer o mesmo caminho da ida.
      Volto a Cusco com as vans, o pacote comprado em Cusco deve inclui o retorno. Devo chegar em Cusco por volta do fim da tarde.
      Verificar se tem passagem direto para La Paz de lá, o destino final para o dia é La Paz. Mas como é um destino longe, entre países, eu não sei se encontrarei passagem. Se não encontrar passagem direto é melhor passar a noite em Cusco e viajar no dia seguinte cedinho.
      A viagem de Cusco para Copacabana leva cerca de 12 horas. Saindo as 22 horas de Cusco, devo chegar por volta das 10:00 em Copacabana.
       
      11/01 Cusco – Copacabana – La Paz. Ônibus 12h e Ônibus 4h. 12/01 La Paz, 13/01 La Paz - Santa Cruz. Ônibus 18h.
      Em Copacabana procuro passagem para La Paz e parto assim que der. A viagem de Copacabana para La Paz leva cerca de 4 horas e custa entre 17 e 45 Reais.
      Se tudo der certo devo chegar dia 11 (Sexta-feira) em La Paz, perto do fim da tarde.
      Passo alguns dias em La Paz, e parto dia 13 para pegar o trem na segunda, dia 14.
      Fico em La Paz e conhecendo os locais turísticos próximos a cidade até o dia 13. Partindo de volta a Santa Cruz na tarde do dia 13, para chegar dia 14, segunda, de manhã em Santa Cruz e pegar o trem.
      Gastaria com hosteis, turismo e alimentação dos dias extras.
      Esses dias em La Paz também servem de margem para algum possível imprevisto.
       
      14/01/19 Santa Cruz de La Sierra – Pt. Quijarro. Trem (17h).
      Saindo na tarde do dia 13, em La Paz, devo chegar em Santa Cruz dia 14, de manhã, a tempo de pegar o trem. O trem mais barato de Santa Cruz a Pt Quijarro só sai segunda, quarta e sexta, sempre as 13:20h, dia 14 é segunda então partiu Porto Quijarro.
       
      15/01/19 Pt Quijarro - Corumbá - Campo Grande.
      Dia 15 chego em Pt Quijarro na parte da manhã, vou para a fronteira e para rodoviária em Corumbá. De lá, para casa. A passagem de volta, comprada no dia, custa cerca de 170 Reais.

       
       
×
×
  • Criar Novo...