Ir para conteúdo
Mochileiros.com
Alcides

La Paz - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

Alcides    0

La Paz é uma cidade intrigante. Há pessoas que numa primeira vista a acham um horror, e há outras que a acham incrível. Eu faço parte deste segundo grupo. A cidade esta situada numa grande depressão e há um contraste grande entre as casas sem reboque e o Illimani (pico nevado que domina a cidade) ao fundo.

 

As atrações mais tradicionais e conhecidas ficam nas redondezas da cidade e são:

. Sítio arqueológico de Tiwanaku - passeio de meio dia, leva umas 2 horas para chegar lá e mais umas 2 ou 3 horas para conhecer tudo. Vc pode ir por uma agência turística ou por conta. Pela agência sai uns 20 dólares. Por conta vc gasta a metade disso.

. Nevado Chacaltaya - passeio de meio dia (geralmente saindo as 9 da manhã). Leva umas 2 horas para chegar lá e custa de 40 a 60 bolivianos (cerca de 6 dólares) - este passeio geralmente é vendido junto com o Vale da Lua, o qual é bem menos interessante, mas válido por percorrer a parte baixa da cidade.

. Passeio de Bike La Paz - Coroico - leva um dia inteiro e você desce desde La Cumbre (4.700 m) até Coroico (1.800 m) em 4 horas de bike. Muito legal este passeio. Custa cerca de 35 dólares.

. Na cidade você pode ver um show de penha folclórica na Calle Sagárnaga ou imediações (cerca de 20 bolivianos), também pode fazer um city tour a pé, visitando as igrejas, ruas de pedestres, palácio do governo, mercado das bruxas, etc.

. Copacabana é uma opção mais distante e que já tem suas próprias atrações.

 

Há passeios não convencionais, como escaladas e ascensões a

picos nevados, como o Huayna Potosi 6.088 m e outros.

 

Uma agência legal e que me deu bons descontos e bons serviços foi a Alberth Tour, que fica na Calle Illampu, em frente ao Hostal Copacabana (o qual tbém é bom, cobrando cerca de 30 bolivianos por pessoa - negociáveis como tudo em La Paz)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
rogdias    0

Estando em La Paz, veja se não há espetáculo do Ballet Folclórico. É imperdível. Além de bonito fica-se aparvalhado com o fôlego dos dançarinos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MariaEmilia    0

oi,

 

De La Paz vc tem duas opções para atravesar a fronteira para o Peru.

1ª opção - mais cara

Copacabana - nessa cidade vc pegar um taxi para ir até Kasani (fonteira Bolivia/Peru) e de lá tomar um ônibus rumo a Puno-Peru ou comprar uma passagem para Puno diretamente nas agências - o que é um pouco mais caro.

2ª opção - mais barata

Em La Paz vá para o cemitério, de onde saem as van com destino a Desaguadero (fronteira Bolivia/Peru), chegando a Desaguadero, faça os tramites nas duas aduanas e depois siga em frente na mesma avenida e ira achar um terminal de ônibus, de onde saem o transporte para várias partes do Peru - a fronteira em Desaguadero é mais perigosa - mas nada que o brasileiro que vive mas cidades grandes não possa contornar.

 

Boa viagem

MAria Emilia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vareja    0

Concordo com a Maria Emília...

 

Se sua intenção é chegar logo no Peru vá por Desaguadero. Passei por lá sozinho. É mais perigoso mesmo, não me sentia confortável até o momento em que entrei no ônibus e segui para Puno. Mas compensa.

 

Em todo caso, se tiver tempo, recomendo passar 1 dia em Copa.

 

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Albatt    0

Uma que ja fui varias vezes é a Alberth Tours (www.hikingbolivia.com). O dono chama-se Juan (e sua esposa que tbem trabalha ai é a Miroslavia) e é muito gente boa. Ao menos no meu caso sempre cumpriu com o prometido e sempre foi bastante responsável. Busca os clientes no aeroporto e nao cobra nada por isso. Uma vez passei mal na noite anterior a um trekking (diarréia brava e vomitos!) e ele me levou em seu medico pessoal e com seu proprio carro sem me cobrar nada. Depois remarcou o passeio e foi tudo bem. Os precos sao mais ou menos os mesmos em todos os lados.

 

O que acho interessante é que ele tem um livro onde cada cliente poe suas reclamacoes, seus elogios e suas impressoes dos passeios. Ha muitos de brasileiros e isso acaba dando mais credibilidade ao servico.

 

Nas imediacoes ha muitas agencias de mesmo nivel. Tambem tem o fato de muitos passeios tradicionais (chacaltaya/vale de la luna, tiahuanaco, baixada em bici a Coroico, etc) eles juntarem um pouco de gente de cada agencia de turismo,,, e ai, vale mesmo o menor preco, porque acaba sendo tudo mais ou menos igual.

 

O que penso é que temos que perguntar direitinho como sera o passeio para nao haver "surpresas". A primeira vez q fui ao Chacaltaya fui com uma agencia (q nao lembro o nome agora) e eles disseram que era um veiculo 4 x 4 que levaria. Na hora H era uma van bem detonada e que nao chegou ao refugio devido ao mau estado do veiculo.

 

Bom,, é isso. Abcs. ::carai::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MariaEmilia    0

Mochileiros,

 

Em La Paz, na viagem do ano passado (agosto 2008) utilizei os serviços do Mateu, que trabalhava na recepção do Hotel Torino, mas internediava a compra de passeios com as agências e tudo o que compramos - Tiwanaku e Chacaltaya e Valle de la Luna foi cumprido a risca com o prometido.

 

Este ano (maio) como foi aberta/reaberta a agência do Torino e ele esta trabalhando lá, então compramos alguns passeios diretamente na agência com ele, outra vez foi cumprido tudo conforme o prometido.

 

Então só tenho a recomendar a Agência Torino, anexa ao Hotel Torino e o funcionário Mateu. ::otemo::::otemo::::otemo::

 

Maria Emilia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Alexmelo    0

Esta Alberth Tours que o ABJ falou é muito boa.

Em 2004 fiz alguns passeios com eles, e até mesmo um que não faríamos que foi até Copacabana, Ilha do Sol e dali para Puno. Pensava em fazer sozinho, mas o Juan como guia foi fantástico (não sei se é o mesmo que é dono hoje).

Também com eles fomos a Tiahuanaco (que vale fazer com guia para entender melhor o que tem ali) e Chacaltaya.

 

Se você buscar de 2004, talvez ache algum comentário meu hehehe

 

Já era muito bons no serviço em 2004, e se continuam bem até hoje é sinal que realmente vale a pena...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ploc-afta    0

Eu estive la ano passado e depois de pesquisar em varias agencia na Calle Sagarnaga, encontrei por 50 bls. Alias tiwanaco e Chalcantaya custaram 50 bls cada.

Fui por uma agencia que nao tinha sido citada aqui no forum mas foram otimos. Se chama Cade tour, fica no comeco da Sagarnaga no lado esquerdo dentro de um shoppingzinho.

 

Se fechar os dois tours da ate pra conseguir um desconto.

 

vale a pena

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MariaEmilia    0
Galera,

 

 

1) Chego em La Paz no dia 26 de dezembro a noite. Apesar de todos dizerem que é melhor chegar sem reserva e procurar o hostel que mais agradar, estou um pouco apreensivo de chegar numa cidade desconhecida a noite e num dia que será bem morto. Será que corro o risco de dar com algumas portas fechadas em virtude do feriado ou por estar lotado?

 

Em La Paz você sempre encontra vaga, pode ir sem medo, pesquisa aqui as hospedagens.

 

2) Como todo mundo falou que em La Paz as coisas são muito baratas, estou deixando pra fazer várias compras importantes por lá (inclusive uma mochila nova, fleece e anorak). Porém, pelo meu planejamento, o dia das compras seria dia 27 de dezembro, um domingo emendado do natal que será na sexta. Alguém que já esteve por lá nesse período sabe se o comércio abre aos domingos e feriados? Alguém que já esteve no Natal sabe se a cidade funciona normalmente? Na pior das hipóteses, será que na segunda (28) o comércio reabre normalmente? Aliás, as lojas ficam abertas a noite?

 

O comércio em geral tanto na Bolivia como no Peru fecha nos domingos e feriados, mas na segunda (28) já deverão estar abertos normalmente.

 

Na Calle Illampu onde fica a loja daTatto, tem outra duas lojas quase em frente que também vende artigos out door, mas não tão técnicos como na primeira.

 

Na calle Comercio, que é um rua de pedestre que começa na Plaza Murillo e vai até a passarela que cruza a Mariscal Santa Cruz, tem um comércio ao ar livre, que funciona a partir das 17 horas, 365 dias do ano e onde se vende de tudo.

 

3) Gostaria de ter uma idéia dos preços do que preciso comprar por lá. Alguém se lembra de alguma loja grande que eu consiga talvez encontrar um site para poder ter uma estimativa? Alguma indicação de loja de artigos esportivos em La Paz? E eletrônicos? Qto aos locais, parece que o melhor comércio é perto da R. Sagarnaga, é isso?

 

Quanto aos preços dá uma pesquisada aqui

 

 

Espero ter ajudado um pouco

Maria Emilia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mercado das Bruxas em La Paz

 

Esse mercado é uma das principais atrações de La Paz e todo mundo já ouviu falar dos famosos fetos de lhama. Mas eu só fui descobrir pra que eles servem lá, conversando com a bruxa. Ela disse que as pessoas compram os fetos de lhama e enterram no terreno onde vão construir suas casas, para trazer boa sorte. Mas esse mercado é só para turista ver. O rituais xamãnicos de verdade acontecem na cidade de El Alto, por onde se passa a caminho do Chacaltaya.

 

20091011143256.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MariaEmilia    0

 

.............. Mas esse mercado é só para turista ver. O rituais xamãnicos de verdade acontecem na cidade de El Alto, por onde se passa a caminho do Chacaltaya...............

 

Realmente é em EL Alto que acontecem os rituais e um dos lugares é o dessa foto, um "beco" cabuloso que fica localizado depois da feira popular e próximo de um mirante com uma vista espetacular, mas que estava fechado quando fui lá e tb. sem placa de identificação. Há ia esquecendo de falar, nesse local turista não é muito bem vindo.

 

IMG_20170806_135123126.thumb.jpg.3fd6adee03e168a086db7ea838c59550.jpg

 

Maria Emilia

598d9e6f2b564_Bolivia(265).JPG.b9421183d45751c90d439fbf0cf921b8.JPG

598d9e6f2fb44_Bolivia(268).JPG.03a6a52a1f6a65d59156779e6e570aca.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Fred.    0

recomendo no caso de um dia com ceu limpo uma visita no Valle de la Animas... ou então o povoado de Palca, caminho para o illimani...

as trilhas

Takesi

Yunga Cruz

 

 

20091023142257.JPG

 

esse é uma parte do valle das animas... todo esse vale é o q separa o illimani de La Paz... parece perto vendo de la paz...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MariaEmilia    0

[align=justify]Amigos,

 

Estou editando aqui algumas dicas que postei no tópico Mochilando com crianças, lá tem fotos dos locais descritos.

 

 

:arrow:La Paz = essa cidade é uma festa para a garotada, as praças são simplesmente divinas, com todos os brinquedos em perfeito estado de funcionamento (ao contrário do brasil e eu que diga de cuiabá), tem praças em todos os bairros, dos mais ricos aos mais pobres, vou citar algumas :

 

::cool:::'> Plaza Eduardo Avaroa, entre os bairros de San Pedro e Sopacachi, há duas quadra para oeste da Plaza Isabel la Catolica.

::cool:::'> Plaza Sucre, no bairro de San Pedro, em frente a praça fica o Cárcel de San Pedro, uma construção imponente.

::cool:::'> Plaza España, no bairro Sopocachi, na realidade são duas praças anexas e mais um mirador, a outra é a Plaza Jose Carlos Trujillo Oroza (uma homenagem as desaparecidos políticos da Bolívia)

::cool:::'> Plaza Murillo (essa não tem brinquedos, mas tem os pombos que encantam a criançada)

::cool:::'> Plaza de San Francisco, muito boa para sentar no chão e apreciar a vida paceña e os gringos.

::cool:::'> Plaza Riozinho, no centro quase em frente a calle Jaen, que é considerada a rua dos museus, aos domingos, sempre tem alguma feira folclórica com muitas danças e comidas típicas do altiplano.

::cool:::'> El Prado, corta a cidade no sentido sudeste e compreende as avenidas Mariscal Santa Cruz, 16 de julio e Arce, é um bulevar arborizado e sempre tem alguma novidade acontecendo ao seu longo, é onde esta localizada a Plaza del Estudiante e no final a Plaza Isabel la Católica, onde fica um posto de Informações Turísticas.

 

 

Os parques são locais muito agradável para toda a família e sempre se encontra alguma chola vendendo algo de comer.

::cool:::'> Parque Urbano Central, na Avenida Ejercito, antes do Parque Mirador Laikakota, de lá saí a Via Balcon, uma imensa passarela que leva até o Mirador.

::cool:::'> Parque Mirador Laikakota, a meio caminho do estádio de futebol Hernando Siles, e depois do Parque Urbano Central, no final da Via Balcon, é uma imensa área verde com muitos brinquedos.

::cool:::'> Parque Bartolina Sisa, depois dos bairros Obrajes, Calacoto e mais alguns, para chegar lá você deve pegar o minibus "amarillo" nº 11 que vai para a Zona Sur e Mallasa e pedir para o motorista parar na entrada do parque.

 

 

Os miradores também são um bom local para levar as crianças, pois próximo ou anexos a eles também tem praças.

::cool:::'> Mirador Killi Killi, no bairro Villa Pabon, depois do estádio Hernando Siles.

::cool:::'> Mirador El Montículo, no bairro Sopocachi, anexo as praças España e Jose Carlos Trujillo Oroza.

 

Zona Sul

No bairro de Mallasa, onde esta localizado o Valle de la Luna (15 bolivanos), fica o Zoológico Municipal (3,5 bolivianos) com muitos animais e aves diferentes, quase em frente ao Zoológico fica o Parque Nacional Mallasa Valle del Sol (3,5 bolivianos), esse é um parque imenso, com brinquedos, quadras de esporte, quiosques para parrilladas (churrascos, é só agendar e levar os ingredientes), trenzinho, e até piscinas, nos finais de semana, no lado externo, em frente ao ponto final dos ônibus, tem uma feira onde vende comidas (durante a semana não tem muita opção, então é melhor levar algo para comer), pela parte dos fundos do zoológico tem umas cholas que alugam motos, quadriciclos e cavalos para passeios pelo bairro.

 

Na Mallasa você tem a impressão de que esta longe de La Paz, pois o clima é totalmente diferente e a altitude também.

 

 

Para se chegar na Zona Sul ou Mallasa, deve-se tomar o minbus amarelo nº 11 no centro e descer no ponto final que é em frente a feira/comedor e ao zoo.[/align]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
cmcf    0
Pessoal,

 

Após passar a noite na Isla del Sol retorno para Copacabana por volta de 11h-12h. Duvidas :?::?::?:

 

:arrow: Consigo transporte de Copacabana x Tiwanaku facil ou preciso contratar uma agência? Chego a tempo de visitar o local?

:arrow: É melhor seguir para La Paz e dia seguinte retornar a Tiwanaku?

:arrow: Qual tempo de percurso - Copacabana x Tiwanaku x La Paz ?

 

Agradeço o apoio de todos, ::otemo::

 

Forte Abs,

 

Imagino que deve ter onibus direto sim, mas não saberia te informar agora. De qq forma, vc pode ir pra La Paz (se não me engano, o trajeto é entre 2h e 3h, mas é bom verificar se não me está traindo a memoria) e voltar no outro dia que é tranquilo. Tiwanaku é pertinho e basta vc ir até o cemitério que lá partem vans a cada tanto que te levam até lá, tranquilo e sem precisar de nenhuma agencia. Chegando lá, recomendo contratar um guia pra curtir melhor o lugar e te explicar tudo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Mi_GR    0

j vedder, vc vai encontrar passeios que fazem chacaltaya e tihuanaco no mesmo dia. Só que chacaltaya nem tem muita neve mais, não sei como vai estar lá.. Se vc quer mesmo ver neve, vai pra Potossi. :)

 

Joww, rola o downhill todo dia! Sempre vai chover independente da época pq o trecho é úmido ainda no início.

Potossi, que eu saiba não tem restrição, nunca li nada por aqui. Mas como não fui, não tenho propriedade para dar certeza. Se vc leu isso em algum lugar, posta aqui pra gente depois!

 

bjsss

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
joww    0

Valeu Mi!

 

O time esta animado pra fazer o downhill e eu e um brother estamos planejando o Huayna Potossi ja faz algum tempo...

o que sei sobre a montanha, é que a melhor época não é essa de Janeiro, mas li alguns relatos do pessoal que subiu nessa época e foram bem sucedidos! acho que não encontraremos problemas pra conseguir uma agência..... espero q não!

 

A maior duvida era Coroico mesmo, no rough guide da Bolivia (publifolha), tem um trecho na pág.105, sobre Coroico:

 

"Vale lembrar que, entre os chuvosos meses de dezembro e janeiro, os passeios de montain bike são suspensos."

 

Não sei dizer o quão atualizado é esse guia, mas sempre me pareceu confiável! haha..

Entretanto não imagino mesmo que essas atividades sejam suspensas! Da-lhe Coroico então!!!

Ultima vez que estive em La Paz [dez 07/jan 08], não deu tempo pra fazer, o destino principal da trip era Machu Pichu, na época só rolou Chakaltaya... dessa vez vamos curtir um pouco mais os arredores de La Paz.........!

 

Valeu pelas infos!

 

Bjo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gente... Pergunta boba mas q está martelando...

 

Em La Paz eu consigo ir a todos os lugares a pé?

 

O Torino é perto da praça, do Mercado etc?

 

E da rodoviaria? Só de taxi???

 

Muito obrigada!

 

 

No centro histórico é tudo bem pertinho, dá para fazer tudo a pé tranquilo.

 

A rodoviária é um pouco mais afastada, mas até dá para ir a pé sim. Mas se você estiver cheia de tralha pega um táxi que é baratinho ::lol4::

 

Só a zona sul que é mais afastada, o que tem lá é o passeio do Vale de La Luna. Quem for por agência vai de carro mesmo, mas quem for por conta própria é melhor ir de táxi.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
lojudice    0

Em La Paz dá pra fazer tudo a pé sim, principalmente se você ficar no Torino. Mas o táxi é tão ridiculamente barato que chega uma hora que você fica com preguiça de subir ladeira naquela altitude. O táxi mais caro que eu paguei foi pra rodoviária a noite por 12 bolivianos (R$ 3), durante o dia fui de novo pra lá e paguei 8 bolivianos (R$ 2). E como eu ainda estava com a namorada o custo era dividido por 2. Por outro lado, teve um dia que estávamos na Calle Llampu morrendo de cansaço quando escureceu, o comércio fechou e começou a chover. Tentamos pegar um táxi, mas paramos uns 10 carros e ninguém queria levar a gente. Tivemos que voltar a pé mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MariaEmilia    0

ChristianBernini

 

Você pode ir diretamente para La Paz, os ônibus começam a sair do Terminal Bimodal em Santa Cruz por volta das 16:30 até por volta das 21 horas.

 

As passagens custam entre 110 bol. e 170 bol. nos semi-cama e bus-cama de três ou quatro fileiras.

 

O Semi-cama de três fileiras das Transcopacabana M.E.M. que sai às 20:30 é muito bom, tem cobertor e aquecimento no pé e custa 130 bol., chega em La Paz por volta de 11 horas da manhã seguinte.

 

Os ônibus de três fileiras tem a vantagem das poltronas serem mais largas do que no de quatro fileiras.

 

Quanto a parar ou não em Cochabamba também é uma questão pessoal. Nas quatro vezes que estive na Bolívia, só passei por essa cidade, mas na próxima mochilada pretendo passar alguns dias para explorar a mesma.

 

MAria Emilia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora




  • Perguntas e Respostas

    • Viagem marcada para novembro. (93) 99186-8859 Valei!
    • Me adicionem: (93) 991868859 Valeu!
    • Segue aqui o link para a segunda parte do relato, onde contei a respeito do restante dessa inesquecível viagem:     
    • A melhor sequencia seria: Recife > Londres > Paris > Bruxelas  > Amsterdam  > Berlin  > Recife, ou então ao contrário, começando em Berlin e terminando em Londres, desta forma poderia fazer tudo de trem, de uma forma mais barata, e sem ter que se preocupar com o limite de bagagem das companhias aéreas e com os contantes atrasos e cancelamentos de voos no inverno europeu devido ao meu tempo. Depende dos seus interesses pessoais, mas pessoalmente eu acho 5 dias em Amsterdam meio exagerado. Amsterdam é uma cidade bem menor e bem mais compacta do que Paris, Londres e Berlin. Já em compensação, eu acho 3 dias em Berlin muito pouco tempo pelo tamanho da cidade. Então eu pensaria seriamente em tirar 1 dia de Amsterdam e passar ele para Berlin.
    • Só complementando... Entre no site ou aplicativo da DB Bahn e anote os horários e números correspondentes dos trens que você pretende  pegar e o nome dos locais onde faz baldeação.  Pois se você for num horário que precise fazer baldeação, na identificação do trem vai ter algum outro destino final qualquer diferente de Füssen, e se você não souber o número do trem, vai ficar complicado achar em qual trem você tem que embarcar lá na estação de Munich. Anotando isto, fica fácil se localizar e não corre risco de pegar o trem errado como eu fiz... kkkkk Eu só olhei o destino final do primeiro trem,  não anotei o nome e nem o número do trem, depois lá na estação eu me confundi com os nomes parecidos dos destinos finais dos trens e acabei pegando o trem errado..  
×