Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0
Entre para seguir isso  

Pergunta

Galera, estou precisando de uma ajudinha! Tinha um roteiro pronto onde sairia de Paris e passaria 02 noite em Ghent (14/08 a 16/08) e 02 noites em Bruxelas (16/08 a 18/08). Entretanto venho lendo muiiiiiiiiiiitos comentários negativos sobre a segurança de Bruxelas (principalmente em blogs internacionais) e estou seriamente decidido a anular esta cidade do meu roteiro, e aí vem o problema!

1 - As passagens de Paris-Ghent já estão compradas para o dia 14/08 e a hospedagem em Ghent está paga e não é reembolsável. 

2 - A minha namorada retornará ao Brasil exatamente via Bruxelas em um voo que saí de lá as 10:45 a.m. dia 18/08, desta forma teremos que estar no aeroporto (BRU) na pior das hipóteses  as 08:45 a.m. já que ela fará um voo domestico ate Madri.

Então vem a pergunta: Alguma sugestão de Cidade na Bélgica ou redondezas em que fosse possível passar duas noites e no terceiro dia chegar ao aeroporto BRU as 08:45 a.m.?

Já pensei em ficar somente Ghent e além do bate volta a Bruges que já esta planejado, fazer mais um até Antuérpia... Mas queria ver outras possibilidades.

A proposito, tem como ir de Ghent diretamente ao aeroporto de Bruxelas (BRU)? Em quanto tempo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

4 respostass a esta questão

Posts Recomendados

  • 0

Eu estive em Bruxelas por 3 dias em Set/2017, e não vi nada de anormal, na verdade até achei mais seguro do que Paris, e  muito mais seguro do que Curitiba que é onde moro atualmente.

Fiquei hospedado perto da estação Gare du Midi, no hotel Floris Ustel Midi. 

Não fiquei andando sozinho de madrugada, mas todos os dias eu voltei para o hotel lá pelas 22:00, caminhando a pé vindo dos pubs que ficam na região da Grand Place, e em nenhuma ocasião vi algo de anormal ou suspeito, e nem me senti inseguro.

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0

Segurança em Bruxelas?? Fui há uns dois anos e achei tranquilo, ainda mais para quem sai do Brasil. Em Bruxelas tem muitos imigrantes,  mas em momento algum achei inseguro. Um dia em Bruxelas é suficiente, conhecer a Grand Place, tomar cerveja e comer batata-frita e waffle.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

Alguns dos trens que vem de Ghent passam na Gare du Midi em Bruxelas e depois seguem para o aeroporto, mas não são todos os trens não.

Pegando o trem das 07:02 na estação Gent Sint-Pieters, você chega no aeroporto BRU as 08:05.    O trem das 07:12 também é direto, mas não é um trem expresso como o anterior, e vai chegar as 08:42 no aeroporto.

Vindo de Anterpia Centraal, o trem das 07:48 também é direto e chega no aeroporto as 08:25, ou então o das 06:48 também é direto.

Mas eu chegaria com mais de 2 horas de antecedência no aeroporto de Bruxelas. Não sei se eles ainda estão fazendo isto, mas em setembro eles estavam fazendo teste de explosivos em todo mundo ainda fora do aeroporto, e em alguns momentos a fila era bem grandinha antes mesmo de entrar no aeroporto.

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0

Eu gostei muito de Liège, cidadezinha universitária a cerca de 100km de Bruxelas. Mas com relação a questão dos horários de transporte vc tem que verificar. Acredito que haja muitas opções.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Conteúdo Similar

    • Por Jonatas Elias
      Relato da viagem pela França
       
      Relato da viagem pela Itália
       
      CONTINUAÇÃO DO RELATO
      DIA 20 – ROMA/AMSTERDAM
      DIA 21 – AMSTERDAM
      DIA 22 – AMSTERDAM
      DIA 23 – AMSTERDAM
      DIA 24 – AMSTERDAM
      DIA 25 – AMSTERDAM
      DIA 26 – AMSTERDAM/SÃO PAULO
      RELATO EM CONSTRUÇÃO
    • Por Jonatas Elias
      Relato da viagem pela França
       
      Relato da viagem pela Holanda
       
      CONTINUAÇÃO DO RELATO
      DIA 9 – ROMA
      DIA 10 – ROMA
      DIA 11 – ROMA
      DIA 12 – ROMA/VENEZA
      DIA 13 – VENEZA
      DIA 14 – VENEZA
      DIA 15 – VENEZA/MILÃO
      DIA 16 – VENEZA/FLORENÇA
      DIA 17 – FLORENÇA/PISA/LUCCA
      DIA 18 – FLORENÇA/ROMA
      DIA 19 – ROMA
      DIA 20 – ROMA/AMSTERDAM
      RELATO EM CONSTRUÇÃO
    • Por michele.caetano
      Utilizo há anos esse site para pesquisar roteiros de viagens, dicas, custos e, finalmente, venho aqui dar minha contribuição. Trata-se de um relato de uma viagem de um jovem casal apaixonado, em lua de mel, que teve de enfrentar uma cotação de R$ 4,50 a R$ 5,00. Que fase! Com muito planejamento e foco conseguimos fazer uma bela viagem de 23 dias na primavera européia ❤️. 
      Fizemos uma lista virtual de presentes, então boa parte dos passeios que fizemos ganhamos de presente dos nossos queridos amigos e familiares 🥰.
      Roteiro:
      Paris - 5 dias (26/04 - 01/05)
      Praga - 3 dias (01 - 04/05)
      Viena - 2 dias (04 - 06/05)
      Budapeste - 3 dias (06 - 09/05)
      Nápoles - 1 dia (09 - 10/05)
      Sorrento - 2 dias (10 - 12/05)
      Ilha de Capri - 1 dia (12 - 13/05)
      Maiori - 1 dia (13 - 14/05)
      Roma - 5 dias (14 - 19/05)
      Primeira dica: Sempre que pensar no número de dias que quer ficar num lugar acrescente mais 1, porque o dia que você chega e sai da cidade fica bastante comprometido com os deslocamentos. E às vezes algum imprevisto também pode "atrasar" seu roteiro, como um dia inteiro de chuva no dia que tinha planejado várias coisas ao ar livre. Nesse roteiro recomendaria acrescentar pelo menos mais 1 dia em Paris, Praga e Budapeste. E mais 1 em Capri se você estiver com dinheiro sobrando ou pegar um câmbio melhor, rs. 
      Segunda dica: A primavera européia nada tem a ver com a nossa! Pegamos bastante frio, especialmente em Paris e no Leste Europeu. Importante colocar na mala uma blusa e calça térmicas e um casaco mais quentinho. Nesse lugares eu saía normalmente com uma camisa de manga curta, blusa térmica (manga comprida), uma blusa mais grossa de manga comprida, casaco e cachecol. Ah, e calça térmica por baixo da calça jeans.
      Paris
      Hospedagem: Ficamos num apartamento ótimo em Montmartre pelo AirBnB, bem equipado, com uma vista incrível da Torre Eiffel e metrô em frente (estação Pigalle). Única ressalva é pro banheiro que era beeem petite. Mas pra gente isso não incomodou. Foi um bom custo-benefício.
      Apesar de ouvir muita gente dizer que este é um bairro mais perigoso em Paris, tenho que discordar. Havia bastante movimento na rua até tarde, bem iluminado, farto comércio e restaurantes na região. Nos sentimos super seguros lá, inclusive à noite. Adorei! Valor da diária c/ taxas: € 114 (casal).
      Link: https://www.airbnb.com.br/rooms/882192?guests=1&adults=1&sl_alternate_dates_exclusion=true&source_impression_id=p3_1559085549_zGi%2BIA2ncnTDvdEE&check_in=&check_out=&children=0&infants=0
       
      Saindo do aeroporto Charles de Gaulle: Pegamos um trem (€ 10,30 p/ pessoa) até a estação Gare du Nord e de lá pegamos o metrô até a estação Pigalle.
      Transporte: Compramos o combo de 10 tickets de metrô por R$ 14,90. Vale a pena porque paga mais barato no valor unitário da passagem. No total compramos 30 tickets para os 5 dias.
       
      Gastos casal - 5 dias:
      Hospedagem: €572
      Alimentação: €425 - média de €85/dia (contando mercado, restaurante, lanches etc)
      Atrações turísticas: €233 - média de €47/dia
      Transporte: €147 - média de €30/dia
      Paris é uma cidade bem cara. A gente comia no máximo 1 vez por dia em restaurante, almoço ou janta, e ainda assim gastamos bastante com alimentação. Pra economizar, vale a pena ir ao mercado caso tenha cozinha no seu ap. Queijos e vinhos são uma boa pedida. Compramos um ótimo vinho por menos de €5!
       
      Dia 1
      Chegamos antes do horário de check-in. Então, deixamos as malas no apartamento e fomos explorar as principais atrações do bairro:
      Muro Je t'aime, Sacré-Coeur e Place du Tertre
      Muro J t'aime

      Sacre Croeur

      Vista da Sacre Croeur
      Almoço: Na verdade foi um lanche. Comemos baguetes num quiosque que tinha no caminho pra Sacre Croeur: 2 baguetes e 1 coca - €12,30
      Seguimos para o Trocadero pra aproveitar que o dia ainda estava claro e bonito e ver a torre mais de pertinho. Lá comemos nosso primeiro crepe de rua parisiense (eu amo!) - €3,50 cada. Depois de curtirmos um pouco, caminhamos beirando o rio Sena e fomos até a Champs-Élysées e o Arco do Triunfo. Depois dessa bela caminhada voltamos pro ap pra tomar um  banho quentinho e sairmos para o nosso primeiro jantar romântico da viagem.

      Tracadero

      Trocadero

      Champs-Élysées


      Arco do Triunfo
       
      Jantar romântico (um dos presentes de casamento): Restaurante Bouillon pigalle - foi um achado porque jantar em Paris sem gastar uma fortuna é uma missão difícil e o restaurante ficava praticamente do lado do nosso apartamento. 2 entradas, 2 pratos principais, 1 sobremesa e uma jarra de vinho da casa saíram por 50 euros, incluindo uma pequena gorjeta. E não é um menu não, você escolhe seus pratos individualmente. Foi um ótimo custo-benefício! Recomendo a sopa de cebola de entrada e o profiterole de sobremesa. Os pratos principais estavam bons, mas nada que chamasse a atenção. Os parisienses também curtem o local, então é bom chegar cedo porque já começa a ter fila antes das 20h e eles não fazem reserva. 
      E pra finalizar uma foto da sacada do nosso apartamento com uma bela vista da Torre Eiffel. Era incrível acordar e dormir com essa vista!

       
       
       


×
×
  • Criar Novo...