Ir para conteúdo

Eurotrip Econômica de 28 dias: Paris/Londres/Bruxelas/Amsterdam/Fussen/Hallstatt/Itália/Grécia/Lugano e Lisboa (Relato + Fotos + Gastos) - Junho/2018


Posts Recomendados

  • Membros
47 minutos atrás, Talita Peixoto disse:

Oi Cris, parabéns elo relato tão rico de detalhes, isso faz a diferença!!

Você trocou real por euro onde? Você levou tudo em espécie?

Os Hostels você reservou algum ou foi todos na hora ?

Olá Talita, td bom? 

Então, todos hostels eu reservei antecipadamente e com isso consegui bons preços. Eu sempre focava mais na localização, pois acho essencial pra economizar com transporte. 

O dinheiro troquei em uma casa de câmbio aqui do Rio mesmo, mas troquei 2x e acho legal vc ir trocando aos poucos pra não perder muito. Muita gente falou que não era bom levar tudo em espécie, mas levei e usei doleira que comprei pelo mercado livre, da deuter, usava ela o tempo todo e levava o passaporte, cartões e dinheiro pois pra mim deixar no hostel era arriscado. Foi bem tranquilo, doleira te dá segurança e apesar de ver muitos golpes por lá, com a gente não aconteceu nada (amém) rsrs... esteja sempre ligada em tudo!

Que bom que esta gostando do relato. Qualquer dúvida só falar!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Opa, encontrei alguém como eu!!!

Sempre começo a planejar/monitorar preços com bastante antecedência.

E foco as experiências culturais, e não conforto de hospedagem e/ou ficar comendo.

Ainda não li todo o post, mas percebi que me ajudará bastante na minha próxima viagem à Europa!

muito tri!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por Lizandrablank
      Oi pessoal!
      Estou programando 10 dias em Amsterdam no início de 2022, sabe como tem sido a questão da Covid-19 pra viajantes totalmente vacinados? E todos os protocolos no aeroporto?
      Aceito dicas e companhia!!! 
      Boa viagem 🛩️
    • Por EletricFeel
      Oi, gente. Tudo bem?
      Nunca viajei por conta própria então tô arrancando minha cabeça de tanto coçar, cheia de dúvidas kkk
      Eu planejo ficar 24 dias na Grécia, entre jun/jul de 2022 (claro que isso é só se a pandemia estiver controlada)
      Meu desejo é ficar alguns dias em Atenas, Tessalônica, Milos, Santorini e nos meus últimos 4 dias, passar em Istambul.
      Quero muito conhecer Delfos também e queria passar pela ilha de Delos (existe alguma forma de ir sem ser saindo de Mykonos?)
      Em Tessalônica eu não terei gasto com hospedagem nem transporte, pois vou ficar na casa de alguns parentes (e acredito que ficarei 1 semana em média com eles, pois eles planejam fazer alguns passeios comigo)
      Eu não ligaria de cozinhar minha própria comida nos hostels, mas quero experimentar a comida local em alguns restaurantes bem típicos (típico mesmo, onde os locais costumam comer)
      Eu não tenho um roteiro muito certo, mas Atenas, Tessalônica, Milos, Santorini, Istambul e Delfos e Delos precisam estar nele
      O problema é que vou ter apenas 12 mil reais, vocês acham que dá? Que roteiros vocês me sugerem? Dicas pra economizar, etc?
      PFVR gente, eu me sinto muito perdida kkk 
    • Por Jonatas Rossi
      Fala pessoal, gostaria de compartilhar com vocês viajantes minha experiencia e aventura que tive em 25 dias pela Grécia afim de ajudar outras pessoas com meu roteiro também. Bom comecei então a aventura por Atenas, não fiquei muitos dias pois o foco da minha viagem era mais as praias paradisiacas gregas, então fiquei apenas 1 dia inteiro para fazer o Acropolis e também rodar ali pelo centro. Fui na parte da manhã apesar de muitas pessoas dizerem que enfrentam filas foi bem tranquilo. Foi um dos melhores sorvetes que tomei em Atenas e também um dos melhores Gyrus(uma comida tipica) que comi na grecia. Em seguida minha aventura continuou pelas ilhas Jônicas, peguei um voo para Kefalonia. Bom Kefalonia foi a ilha que mais gostei e a ilha com mais praias lindas que ja visitei, além de ser uma ilha barata, pois não tem muito turismo, aluguei um carro para poder explorar bem a ilha, me virei tranquilamente com o gps do google, uma coisa que achei interessante que foi muito tranquilo alugar carro, não precisei deixar calção e a diaria foi muito barato 30 euros o dia. Fiz três bases uma na capital em Argostoli, outra la em cima em fiskardo que é uma cidadezinha muito linda, gostei bastante e a ultima no extremo sul perto do porto de Pessada. Fiz em um dia um lado da ilha subindo até fiskardo, passei por varias praias lindas como "Fteri Beach" e a mais linda "Myrtos Beach" até chegar em Fiskardo já a noite, no dia seguinte voltei para "Myrtos" pois no dia anterios cheguei no final da tarde e não peguei aquela cor sensacional do mar, pois conta muito a posição do sol, o ideal é na parte da manha dai o mar está perfeito e fiquei nas praias ali pela parte de cima, detalhe que existem muitas praias, todas lindas, algumas você não ve nem no gps, como estava de carro conseguia ir curtindo um pouco em cada. No terceiro dia eu fui descendo kefalonia pela parte da direita e passei pela caverna das ninfas "Melissani Cave" que segundo a lenda vivia Melissanthi, ninfa que acabou com a própria vida e caiu no lago após a decepção do amor não correspondido pelo Deus Pan, lugar sensacional, desci até a parte sul então onde iria passar a noite, pois no dia seguinte pegaria o ferry para Zakinthos, detalhe que peguei o carro no aeroporto e combinei com o cara que iria entregar la no porto de Pessada, quando cheguei de manhã no porto mandei mensagem o dono do carro pediu para eu tirar umas fotos do carro e deixar a chave no pneu, fiquei pasmo com a confiança do pessoal. Bom em Zakinthos fiquei 2 dias inteiros, fiquei hospedado na cidade de Laganas, que é uma area bem badalada de Zakinthos, porém como eu estava no inicio de outubro o turismo já não estava muito badalado, mas gostei bastante do lugar. Fui um dia na cidade de Zakinthos o centro é muito mais animado, mas não rodei muito, só passei de carro. Bom em Zakintos aluguei um carro também, combinei de pegar o carro logo que chegasse no porto de Agios Nikolaos, também não precisei deixar calção, paguei a vista no cash e a diaria foi 40 euros, um pouco mais caro que Kefalonia, combinei que iria entregar o carro no aeroporto. Bom dali mesmo logo que peguei o carro eu ja aproveitei para pegar o passeio de barco que faz "Blue Caves" e também "Navagio Beach" tem alguns passeios de barco de alguns portos que ele não faz "Blue Caves" pois é caminho saindo de dali para Navagio, foi muito legal, mas confesso que navagio é muito mais bonito visto pelo View Point, confesso que me emocionei demais quando vi aquilo, que energia surreal daquele lugar, logo que voltei de barco, peguei o carro e fui para a view point. Outras praias que gostei bastante foi o "Porto Limnionas" que água surreal e também para uma praia "Xigia" que tem um cheiro forte de enxofre a água é medicinal. Bom de Zakinthos eu peguei um avião que fez conexão em Atenas e minha próxima parada era a ilha de Creta que tem 2 aeroportos mas minha chegada foi na cidade de Chania que é o lado praiano da ilha, destaque para "Lagoa de Balos" que foi um lugar que parecia escultura de quadro, gostei bastante também da cidade de Chania, lembra muito aquelas cidadezinhas da Italia, também aluguei um carro em Creta, peguei no aeroporto e combinei de entregar no porto de Heraklon, fui um dia para Heraklon para conhecer o palacio de Knosso que é onde surgio a lenda do labirinto Minotauro, como não tenho ingles fluente, não consegui um guia para ir contando as historias e lenda, que deve ser muito mais legal, para mim apesar de ter lido a história antes mas acabava que era so pedras e esculturas, mas gostei bastante também. Bom dormi em Heraklon e no dia seguinte sai para Santorini. Chegando em Santorini também optei por alugar um carro, fiquei hospedado em Oia, fiquei 2 dias inteiros em Santorini, é um lugar que é famoso pelo seu por do sol belissimo, mas as praias não gostei muito depois de ter passado por varias praias paradisiacas, pode ser que foi por isso, mas confesso que foi o lugar depois de Atenas que tomei o sorvete mais gostoso da Grecia em Thira, também fiz o passeio saindo de Thira para o vulcão que encontra- se ativo, você até ve saindo umas fumaças achei bem legal, visto que a ilha de Santorini foi dividida depois do vulcão ter entrado em erupção. O resto, visitei mais umas 2 praias de carro, esses 2 dias inteiro foram mais do que ideais. A próxima ilha que fiz do lado de Santorini foi a ilha de "Milos" essa sim foi a minha segunda ilha queridinha da Grécia, que lugar sensacional, cada praia também uma mais linda que a outra, nossa o ferry que foi para Milos ele corria mais que um carro de corrida nunca vi isso, foi com emoção, chegava saltava nas ondas do mar, fiquei hospedado na cidade de Adamas, fiquei 3 dias inteiros em Milos, como iria fazer o passeio de barco em 1 dos dias, optei por pegar 2 dias de aluguel de carro, e lá é uma porrada de praias também, fiz de carro "Paliochori", "Agia Kyriaki", "Fyriplaka" que curti demais, "Tsigrado", assisti o por do sol de Plaka e foi tão bom quanto o de Santorini, foi muito lindo. No dia seguinte fui para "Mandrakia", "Alogomantra", "Sarakiniko" (uma das praias mais bonita de Milos, curti muito), "Mytakias", no ultimo dia fiz o passeio de barco, que eu queria indicar vocês fazerem com o instagram.com/milosoneiro o passeio dele é diferenciado, ele está em numero 1 no trip, pois ele entra dentro das cavernas com a galera, tem paciencia, muito gente boa, passamos o dia todo em alto mar em Milos onde ele vai pra um dos lugares mais lindos que ja fui "Kleftiko". Bom tive um imprevisto, de Milos a ideia era ir para Mykonos de ferry, mas como estava quase no final de outubro, os ferrys diminuem muito e para minha infelicidade já não estava tendo ferry para Mykonos, tive que improvisar um para Santorini, saindo de madrugada, chegando em Santorini e esperando horas para poder ir para Mykonos, nosssa esse dia fiquei tão esgotado que dormi no chão do ferry e no banco do porto de santorini quando cheguei kkkkkk mas foi muito legal. Bom Mykonos é conhecido por seus famosos Beach Clubs e como cheguei no final de Outubro, todos já estavam sendo desmontados, consegui pegar um dia no Tropicana onde tinham alguns pingados de gente ainda fazendo uma farra, também aluguei carro, nossa la foi o lugar mais chato para alugar, o unico lugar que exigiu calção, fiquei com medo de deixar travado no cartão por alguns relatos que ja tinha lido, então deixei em dinheiro e quando entreguei o carro no aeroporto eles me devolveram, as praias também comparado as outras que visitei são bem mais tranquilas, então fica a dica quando quiser curtir Mykonos é somente no verão, ainda pretendo voltar para pegar uma farra la.... Alguns pratos tipicos muito bom da Grécia que eu gostei Mosaka (que é tipo uma lasanha de berinjela) e o famoso Gyrus que fez parte do meu almoço e janta todos os dias, eu viciei naquilo lá, além de economizar um bocado pois cada Gyrus custa em torno de 3,5 euros na média. Para quem gosta de doces é muito gostoso Baklava mas eu não faço muita questão. Todas as ilhas, principalmente essas menos conhecidas você precisa alugar um carro pois não existe transporte publico e você acaba ficando muito preso somente aos passeios basicos, em Santorini e Mykonos pessoal costuma alugar quadriciclo mas é uma loucura aquilo para estacionar, imagina aquilo em alta temporada, o transporte publico em Santorini também é horrivel não vi um onibus passar. Optei por fazer a viagem do dia 24/09/2019 a 22/10/2019 optei setembro e outubro pois é baixa temporada os preços estão mais abaixo e as águas ainda estão quentinhas do verão. Ainda aproveitei na volta e fiz 3 dias em Roma rs Essa foi minha primeira aventura mochilando, curti demais, gravei bastante stories para quem quiser dar uma olhada mais completo pelo meu instagram https://instagram.com/jonatasrossi e qualquer dúvida se quiserem uma ajuda estou por ai! Que tudo isso termine o mais rápido para podermos voltar a viajar amigos!                                      
    • Por philip_rodrigo
      Fala, pessoal, 
      tudo bem?
      Tenho uma passagem pro reveillon em Portugal pela TAP. Estou em dúvidas sobre a abertura da fronteira, sera que vai rolar? 
      Ja estou vacinado e a França ja anunciou abertura. Caso Portugal nao abra, e eu comprar um trecho de Portugal pra França, será que consigo utiliza-lo?
    • Por Rodrigo Burle
      Este chalé fica em Solčava, Eslovênia (ver foto). Ele são muito populares nas áreas montanhosas, os menores são chamados de "hut" e os maiores "dom" e custam entre 17 e 30 euros, os preços variam de país para país.   Eles estão espalhados por todas as montanhas da Europa, e uma coisa que quase todos os refúgios têm em comum é uma vista espetacular (como este da foto). A estrutura é muito semelhante a um hostel, eles têm quarto privado e quarto compartilhado, estão sempre cheios de montanhistas. Na maioria dos parques nacionais é proibido acampar e isso em toda Europa. A multa é salgada e os rangers ficam o dia inteiro a procura de barracas, inclusive com helicópteros. Se você vai para as montanhas tenha em mente que você terá que dormir nestas refúgios algumas vezes, pelo menos nas montanhas mais altas ou em parques nacionais.   Dica para economizar   Se você vai para as montanhas da Europa, não importa em qual país. Você pode se associar a ao clube de montanhismo e ganhar diversos descontos, inclusive em acomodação. O mais legal é que se tiver o selo de reciprocidade, você pode usar em qualquer país (foto 4 e 5). A maioria dos refúgios que eu fiquei custavam na faixa de 30 euros, com o cartão da associação eu pagava 15.   Se você vai passar uma semana nas montanhas a 30 euros são 180, com o desconto você paga 105. São 75 euros, a anuidade varia de clube para clube (o da Eslovênia foi o mais barato que eu achei), paguei 30 euros. Você economizaria 45 euros. E quanto mais tempo maior a economia, vale a pena. Fora isso, você tem descontos em lojas de roupas e equipamentos entre outras coisas.   O site para se associar a um clube de montanhismo na Eslovênia é: www.pzs.si   Eu já ajudei centenas de pessoas com meu livro Liberdade Nômade, onde eu conto tudo que eu fiz e dou dicas para que você não passe nenhum tipo de aperto em suas viagens aprendendo com meus erros. Eu vou te mostrar que é possível viver viajando, independente do que você faz hoje ou sua idade.   Dê o primeiro passo para a liberdade, clique no link abaixo: https://bit.ly/liberdadenomade2021   Tem um monte de fotos das minhas aventuras no instagram: https://www.instagram.com/rodrigoburle/   E não esqueça, dê o primeiro passo!  Muito obrigado! 




×
×
  • Criar Novo...