Ir para conteúdo

Leis de trânsito América do Sul (Argentina, Chile, Uruguai, Bolívia, Peru, Colômbia)


@mateusmaps

Posts Recomendados

  • Colaboradores

Excelente dicas. Apenas duas vezes me pediram algo além do que você citou como obrigatório e curiosamente foi a mesma coisa:

- Em 2012 na região de Jujuy, um policial da caminera pediu o "certificado de la revision tecnica" e um adesivo no vidro do carro com a data dessa revisão. Como eu sabia que não era obrigatório para carros estrangeiros, falei isso e depois mostrei o adesivo da troca de oleo e o manual do carro com a data da revisão. O policial nem insistiu e me liberou.

- Em 2016 na viagem ao Peru, voltando de Lima, na região de Asia, o policial parou e pediu a mesma coisa. Falei que o carro era brasileiro e não precisava disso, ele olhou com uma cara de interrogação, mas liberou em seguida.

Normalmente ao demonstrar conhecimento das normas e equipamentos obrigatórios, além mostrar respeito e tranquilidade durante a abordagem, eles acabam liberando sem maiores problemas. 

  • Gostei! 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Boa tarde Mateus.

Saberia dizer-me sobre as faixas refletivas que muitos dizem ser obrigatório, inclusive aquelas com 100 ou 110Km/h, coladas atrás do veículo. 

Já fui 2 vezes para a Argentina uma delas indo até Santiago (Cl) e sempre coloquei aquelas porcarias:

1) Curitiba - Uruguaiana - Las Lenhas - Mendoza - Curitiba (julho. 2017)

2) Curitiba - Uruguaiana - Mendoza -  Santiago (Chile) - Mendoza - São Borja (SC) - Curitiba (janeiro 2018)

Obs: percebi que vc vai para Bariloche na mesma época que nós - Julho 2019 (que data vc irá ?) 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
8 horas atrás, Andre Luiz Mylonas Martins disse:

Boa tarde Mateus.

Saberia dizer-me sobre as faixas refletivas que muitos dizem ser obrigatório, inclusive aquelas com 100 ou 110Km/h, coladas atrás do veículo. 

Já fui 2 vezes para a Argentina uma delas indo até Santiago (Cl) e sempre coloquei aquelas porcarias:

1) Curitiba - Uruguaiana - Las Lenhas - Mendoza - Curitiba (julho. 2017)

2) Curitiba - Uruguaiana - Mendoza -  Santiago (Chile) - Mendoza - São Borja (SC) - Curitiba (janeiro 2018)

Obs: percebi que vc vai para Bariloche na mesma época que nós - Julho 2019 (que data vc irá ?) 

Boa noite André, realmente para veículos de passeio não são obrigatórios.

Saio de viagem dia 13 de Julho, vai estar por lá tbm? Abraços.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
2 horas atrás, Andre Luiz Mylonas Martins disse:

Saímos de Curitiba dia 12/07 por volta das 06:00h. (01 Pajero Dakar: eu a esposa e 3 filhos (11, 8 e 3 anos) e uma Touareg com 3 adultos (meu vizinho, esposa e sua filha de 21anos)

Caminhonete (Pajero Dakar) precisa das placas reflexivas?

Que bacana, sairemos de São Miguel Arcanjo interior sul de SP em 3 carros com 4 pessoas cada;Toyota Corolla, Volkswagen Virtus e Hyundai HB20 sedã. Quem sabe não nos encontramos por lá.

Não precisa das placas de velocidade na Pajero, abraços.

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
4 minutos atrás, Juliana Champi disse:

Vcs estão falando do Atacama @Andre Luiz Mylonas Martins e @@mateusmaps ?

Nós partiremos de Londrina-PR dia 6, mas vamos dar um tempo no norte da Argentina e chegar no Atacama 13 de julho. Quando chegam lá?

Juliana, estamos falando de Bariloche, saio dia 13 e chego dia 15.

Esse do Atacama deve ser show o road trip tbm, manda aí seu relato pós viagem, quem sabe próximo ano faço esse tbm, abraços.

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por filipecristovam
      Fala meus amigos mochileiros como vai a força de vocês? Espero que muito em, vim aqui para compartilhar um pouca da minhas experiencia ao fazer o Circuito O no Parque Nacional Torres del Paine. 
      Assista o Video se inscreva e curta 😊 Vocês são top demais >> 
       
    • Por Yang
      Galera, estou pensando em passar a época de natal em Fortaleza e gostaria de saber como vai estar a região na semana de Natal
      Gostaria de saber quais as suas recomendações do que fazer, locais, atividades e tudo mais.
      Qualquer informação eu agradeço ✌️
    • Por Italotx
      Boa tarde, galera!
      Ano que vem vou fazer um mochilao pra Europa e estou escolhendo uma mochila cargueira para comprar. Estou na dúvida da Forclaz trek 100 easyfit 50L e da gyzmo da nautika 50L. Alguém poderia me dizer qual é melhor e se elas podem levar como bagagem de mão? 
      Elas estão na faixa de 500 a 600 reais, se alguem souber alguma que vale mais a pena nessa faixa de preço eu aceito a sugestão.
      Obrigado!! 
       
    • Por Fora da Zona de Conforto
      Os golfinhos são um dos animais mais emocionantes e interessantes do mundo e vê-los na natureza é uma experiência de tirar o fôlego.
      Há algo verdadeiramente inspirador em ver essas criaturas selvagens, inteligentes e bonitas nadando e brincando em seu habitat natural, e é algo que pode dar os toques finais em qualquer férias.
      Os golfinhos são relativamente comuns em algumas partes do mundo, mas existem alguns locais onde a observação de golfinhos é única. Aqui estão 9 destinos a considerar que quase garantem que você verá golfinhos em estado selvagem.
       
         1. Sul da Califórnia, Estados Unidos
      De acordo com o Dolphin Project, o trecho da costa que vai de San Diego a Santa Bárbara possui a população de golfinhos mais densa do mundo.
      Existem muitas espécies que vivem perto da costa, com golfinhos nariz de garrafa, golfinhos de Risso, golfinhos do lado branco do Pacífico e golfinhos de bico curto, todos regularmente formando “megapods” com fácil acesso à praia.
      Como resultado, este é um local excepcional para ver golfinhos em estado selvagem. Você também pode seguir um pouco mais para as Ilhas do Canal, a resposta dos EUA para Galápagos, para ficar ainda mais perto.
       
      Continue lendo em: 9 Melhores Lugares para Ver Golfinhos ao Redor do Mundo
    • Por Fora da Zona de Conforto
      Para muitas pessoas, fazer uma viagem internacional é algo difícil, afinal, esse tipo de viagem não costuma sair barato.
      Porém, saiba que seguindo algumas dicas é possível sim economizar em uma viagem para fora do país!
      Quer saber como? Então confira as informações que separamos abaixo.
       
       
      Viagem internacional: 9 dicas para você economizar
       
      Dica 1: faça pesquisas pelas passagens com antecedência
      A primeira dica que temos para economizar em sua viagem internacional, refere-se às passagens aéreas.
      Isso porque, elas geralmente têm um custo mais elevado em comparação com os outros itens da viagem.
      Então, para não gastar “rios de dinheiro” neste ponto, comece a pesquisar pelas passagens com antecedência, pelo menos quatro meses antes do período que você pretende viajar.
      Dessa forma, você conseguirá monitorar os preços com mais calma e terá muito mais chances de conseguir uma boa oferta no meio do caminho.
       
      Dica 2: diminua a categoria da hospedagem
      Além das passagens, a hospedagem pode representar uma parcela significativa no seu custo de viagem. Por isso, para economizar, diminua a sua categoria.
      Então, em vez de ficar em um resort badalado ou em um hotel 4-5 estrelas, opte por um lugar mais simples e em conta, como um hostel ou uma pousada.
      Ou ainda, você pode buscar uma acomodação no Airbnb ou utilizar o Couchsurfing.
       
      Dica 3: compre a moeda estrangeira gradualmente (e com antecedência)
      Para poder fazer compras e pagamentos no exterior, você precisará comprar, antes de sair do país, uma certa quantia de moeda estrangeira, por exemplo, em uma casa de câmbio ou com seu banco.
      E para economizar neste item, não compre a moeda de uma só vez.
      Isso porque, o câmbio tem variações regularmente, um dia está mais caro e no outro está mais barato.
      Então, saiba aproveitar isso. Vá comprando a moeda estrangeira gradualmente e com antecedência, pois assim como nas passagens aéreas, você terá mais chances de conseguir um bom negócio tendo o tempo a seu favor.
      Saiba quando, como e onde comprar para fazer o seu dinheiro valer mais.
       
      Continue lendo em: 9 Dicas Para Economizar na Sua Viagem Internacional
×
×
  • Criar Novo...