Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0

Canais do Youtube sobre viagens?


Pergunta

Posts Recomendados


  • 0
  • Colaboradores

Tem o meu aí... pequeninho, novinho... começando mas faço com muito amor!!

Convido a galera a se inscrever e prestigiar... a cada dia melhorando um pouco:

https://www.youtube.com/channel/UCY-UVhB03VVj0XctO7iKTwQ?sub_confirmation=1

  • Gostei! 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

olá, eu tenho um canal que mostro minhas viagens passo minhas experiências, se quiser pode seguir lá será muito bem vindo!

Mas eu também sigo muitos canais de viagem, como o Vivendo mundo afora, Travel and Share, Por onde fui, Diario de motochileiro, Louco por viagens, Vira volta.

 

 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores
Em 22/07/2019 em 17:10, Rogerio K C disse:

Quais os canais do youtube (sobre viagens, turismo) você gostam de ver?

não necessáriamente de viagem, mas onde os donos estão frequentemente perdidos pelo mundo, geralmente comendo, eu acompanho estes:
https://www.youtube.com/user/vivendomundoafora/videos
https://www.youtube.com/user/BackpackingTravelTV/videos
https://www.youtube.com/user/Twizzlerpack54332/videos
https://www.youtube.com/channel/UCZ4hZoV-OOUo14Qm7aQE6zA/videos
https://www.youtube.com/user/LuisitoComunicaa/videos
https://www.youtube.com/user/canalnomundo/videos
https://www.youtube.com/user/MikeyChenX/videos

 

4 horas atrás, Rafael_Salvador disse:

?sub_confirmation=1

Na boa... link direto para tentar fazer otário se inscrever? cliquei e assim nem deu vontade de ver nada! fechei a janela ao invés da pergunta...

 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores

@renata83 não é para "Otario" se inscrever rs. A pessoa cai na página de inscrição e tem duas opções. 

Quem tá começando um canal sabe as dificuldades para formar audiência, muitas impostas pela própria plataforma. É apenas uma estratégia de marketing que enfatiza a inscrição. Você nao clica no link e automaticamente está escrita... Aí sim seria fazer as pessoas de otario. 

Infelizmente, a cultura do Brasil é beber da fonte, não se ligar que está bebendo agua limpa de graça e sequer pensar em contribuir com um mero "like". Quantos bebem aqui do Mochileiros e depois que fazem sua trip retornam para dar um feedback ou um apoio? Tem ideia do custo de manter um site desses?

A pessoa vem aqui e sai com um roteiro mastigado, pronto... Na hora de comprar a merda de um seguro viagem, fazer uma reserva de hospedagem... É incapaz de ter a consciência e usar o link do fórum para de alguma forma, indiretamente, ajudar na manutenção dos custos da sua fonte de informações! 

- A cultura tupiniquim: "Não, eu sou esperto! Eu só faço minhas reservas direto na companhia"... Não seria essa uma postura de "fazer os outros se otario"??? Ou até mesmo de fazer a si próprio de otario? Se a sua fonte de informações não se mantém sustentável, você perde a possibilidade de ter as informações que precisa de forma gratuita. 

Aí o cara sai daqui e vai p o booking, Skyscanner, viator, seguros promo, etc., etc. e etc... Todos intermediários... Remunera mega empresas que contribuem muito pouco com o roteiro da sua trip, mas não dá uma força, mesmo sem ter que pagar um centavo a mais, para as suas fontes de conteúdo! 

Grandes revistas, canais de televisão, canais onde são injetados milhares de Reais as pessoas seguem, compartilham, curtem e inconscientemente "viajam" dentro de um padrão de turismo imposto, engessado e muitas das vezes completamente fora da realidade. Muitas vezes deixando de valorizar um canal pequeno, sem grandes produções (pq N tem grana p isso) mas que te traz um visão realista da coisa! 

Vejo artigos em blogs aí, que só pela leitura tenho absoluta certeza que o autor NUNCA colocou os pés na cidade sobre a qual escreve... Muito, Mais do mesmo... E cheio de "robozinho" ou, como você chamaria (RS), otarios, seguindo as dicas e achando o máximo.. . 

Já teve a experiência de assistir canais ou ler blogs sobre viagens estrangeiros? Sentiu alguma diferença na essência da coisa? Faz um teste com algum destino must go a exemplo de uma Saint Tropez da vida p ver... 

Anyway... É conceitual a questão, é contextual, acima de tudo cultural e em alguns casos... Pontual! 

Desculpem o desabafo, mais leio e assisto muita coisa na web (lixo?). Tenho visto "dicas" de arrepiar os cabelos... E motivado por isso, tomei a iniciativa p contribuir de alguma forma com os apaixonados por viagens como eu. 

Bjs. 

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros de Honra
Em 22/07/2019 em 21:10, Rogerio K C disse:

Quais os canais do youtube (sobre viagens, turismo) você gostam de ver?

O único canal que eu sigo que está de alguma forma relacionado com o assunto viagens é "cheapRVliving". https://www.youtube.com/channel/UCAj7O3LCDbkIR54hAn6Zz7A/featured

É mantido por um americano que vive numa van, viajando os eua. Mas ele não menciona destinos turísticos. Prefere dar ênfase nos aspectos práticos de viver na estrada e também publica entrevistas com outras pessoas que vivem em todo o tipo de veículos: vans, motorhomes, trailer, carros, tem de tudo até combinação motocicleta + barraca. Alguns vivem sobre rodas para poder viajar bastante e realizar o sonho de visitar todos os parques nacionais americanos, enquanto outros estão nessa vida por falta de opção mesmo. É um canal fascinante para ver o lado prático e menos glamour da #vanlife. O apresentador é um sujeito simpático que sempre conversa com seus entrevistados com curiosidade, muita empatia e sem julgamentos. Recomendo para quem tem qualquer interesse na vida sobre rodas. 

Cheguei no cheapRVliving depois de assistir um documentário : "without bound - perspectives on mobile living" (a música de fundo é horrorosa mas o conteúdo foi bem interessante). https://www.youtube.com/watch?v=Lg37Cbx-kak

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por losestradeiros
      Olá!
      Nós somos Los Estradeiros, dois grandes amigos viajando das mais diversas formas por esse Brasil afora. As vezes de fusca, as vezes de moto, as vezes de a pé e por ai vai. Viajamos SEMPRE com pouca grana, SEMPRE em busca de novas experiências, aprendizados, bons momentos, enfim tudo que a vida tem de bom pra nos mostrar. Temos um sonho de cair na estrada para viver uma longa aventura sem data para terminar. Nos ajude nessa, se inscreva no nosso CANAL NO YOUTUBE, somos meio malucos, mas muito divertidos  https://www.youtube.com/c/LosEstradeiros  SPOILER: Em nosso canal você vai encontrar VLOG's das nossas viagens, desafios em viagens (como: viajar de apé, viajar de bike), e uma série de comédia, onde nós somos 2 personagens vivendo as situações mais absurdas que você pode imaginar, cinemão de comédia mesmo. Enfim, tem muita coisa boa lá, não deixe de se inscrever 
      Acesse nossas outras redes sociais: linktr.ee/losestradeiros
      Nossos relatos são DIÁRIOS das nossas viagens, ricos em detalhes das nossas EXPERIÊNCIAS pessoais, perrengues, momentos divertidos e também informações dos lugares que passamos e os CUSTOS da viagem.
      O relato de hoje vai ser sobre uma viagem que fizemos de FUSCA pela Serra da Canastra MG, nessa viagem conhecemos:
      - Paraíso perdido;
      - Capitólio;
      - Cachoeira Casca D'anta (parte alta e parte baixa);
      - Piscinas naturais da região;
      - Cachoeira do grotão.
      Ao todo percorremos 906km pela região, GASTAMOS UM TOTAL de R$ 844,20 (Sendo: $400 com gasolina, $78,2 com pedágios, $116 com mercado, $150 com camping, $80 no paraíso perdido e $20 na casca d'anta).
      Para garantir o melhor custo dormimos alguns dias em postos de gasolina e outros em um camping em São José do Barreiro MG, fizemos nossa comida todos os dias.
      Nessa playlist estão os 4 episódios dessa viagem: 
       
      DIA ZERO (19/07/19)
      Tivemos um dia cheio, Gabriel em seu último dia de trabalho pré férias e eu passei o dia organizando as coisas da viagem e o logo do canal "Los Estradeiros", até aí tudo correndo como planejado. Bom, vou começar a nossa história indo direto para o final do dia. Por volta de 19:30, fui para casa do Gabriel buscá-lo, na volta estávamos indo em direção ao posto de gasolina, ainda perto da casa do Gabriel eis que a gasolina do Billy (o fusca) acaba (isso porque na hora estávamos falando sobre gasolina, coincidência ou não, não sei). Bom, tivemos que dar um jeito de voltar pra trás, Gabriel pegou sua moto e foi até o posto buscar gasolina.
      Depois de muito esforço finalmente conseguimos abastecer. Fomos para casa, chegando lá, mais um perrengue, a gasolina vazou por cima do tanque, tivemos que tirar um pouco em um galão para parar o vazamento. Feito isso organizamos as coisas no carro, jantamos e por volta de 1 am finalmente dormimos.

      DIA 01 (20/07/19)
      Acordamos as 5:30 am, tomamos aquele café top e as 7h saímos de casa, nosso destino é Paraíso Perdido em MG, após longos 310 km finalmente chegamos, sem nenhum problema com o Billy.
      Ao chegar no paraíso, descobrimos que teríamos que pagar, $40 por pessoa (valor fora de temporada), acabei induzindo o Biel a aceitar, pelo lado financeiro não foi nada bom, vamos ter que apertar os cintos, mas por outro lado, que lugar incrível. Grandes cânions em volta, muitas pedras e água para todo lado, várias quedas d'água, um verdadeiro paraíso.


      No final do dia, por volta de 18h, tomamos um banho e saímos do local, viemos em direção ao posto sul de Alpinópolis MG, e por aqui ficamos, fizemos nossa comida em baixo da janela do banheiro e por aqui dormimos por volta das 22:30.



      DIA 02 (21/07/19)
      Acordamos por volta de 5:30 am, tivemos uma péssima noite, porém dormimos mais do que na noite anterior. O carro é muito apertado, mas conseguimos nos ajeitar. Levantamos, tomamos um café da manhã, usamos o banheiro e as 7h saímos em direção ao nosso camping em São José do barreiro, camping tio zezico.

      Fizemos uma parada no meio do caminho no cânion de Capitólio, mas não sabemos se paramos no lugar certo. Nossa segunda parada foi na cidade de Piumhi para sacar dinheiro, uma cidade pequena mas com uma boa estrutura, porém toda cidade coberta de paralelepípedos. Chegando lá, encontramos um Bradesco e conseguimos sacar. De lá partimos para nosso camping, mais alguns km de estrada asfaltada, após passar por Vargem bonita só terra, estrada toda desnivelada, 20km de terra, após 150km finalmente chegamos no nosso camping, bem próximo a cachoeira casca dantas, um lugar muito bonito.

      O camping é muito simples, diária de 25 reais por pessoa, 2 banheiros (um deles falta telha) e uma grande área para acampar. Paramos o Billy e acampamos ao lado do rio São Francisco. Montamos nossa barraca, fizemos uma cozinha com pedras, pedaços de árvore e um plástico para evitar vento (a ideia mais sem sentido de toda viagem). Depois disso fomos conhecer as piscinas naturais que tem ao lado do camping.

      Passamos o dia mais tranquilos, ao final da tarde tomamos banho, por volta de 20h jantamos um Miojo top, depois jogamos um pouco 21 e logo pelas 22h fomos dormir.

      DIA 03 (22/07/19)
      Planejávamos acordar às 7:30, porém perdemos a hora, acordamos por volta de 9:30. Fizemos um café rápido, tomamos e fomos em direção a cachoeira casca d'anta.

      A cachoeira fica a 2km do nosso camping, fomos de a pé, chegando lá mais uma parte do nosso suado orçamento ficou na portaria, $20 para entrar.
      Fomos em direção a parte baixa da cachoeira, caminhada tranquila, 700m da portaria, um lugar incrível, a cachoeira é muito alta, a mais alta que já vi.


      Saímos de lá após um tempo e fomos em direção a parte alta, e dale subida, 3km só subindo, muita terra, pedra, mato, barro e tudo que mais se pode imaginar.

      Cansamos muito, paramos algumas vezes, escorregando outras, mas após 1h30min chegamos lá, na parte alta um rio se forma antes das quedas, de lá se vê tudo, montanhas, até são José do barreiro se vê, bem pequena a cidade. Vimos até nosso camping, bem pequeno lá de cima.



      Ficamos um pouco por lá, gravamos algumas story no Instagram, para falar da história do nosso projeto (canal no YouTube Los Estradeiros), recarregamos as energias e voltamos.
      Demoramos cerca de 1h para descer, escorregamos algumas vezes, mas não caímos. Após chegar lá em baixo comemoramos muito, mas nossos pés estavam fritando.
      Saímos de lá, tentamos pegar sinal no celular, mas nada, seguimos e já a noite chegamos no camping. Tomamos um banho, jantamos, enquanto jantávamos um rato quase subiu na minha perna, foi tenso. Após isso ficamos um pouco no fusca e por volta das 23h dormimos. Hoje está mais frio.
       
      DIA 04 (23/07/19)
      Acordamos por volta de 9:50, tomamos um café da manhã e fomos andar um pouco pela estrada, pegamos um pouco de internet, publicamos as fotos no Instagram do canal e seguimos pela estrada, mais a frente paramos em uma espécie de mirante e lá ficamos por um tempo, só pensando na vida.
      Passado um tempo um carro parou por lá, eu achei que tinham me chamado e fui até eles, mas eles só estavam vendo a cachoeira, eles riram de mim, o Gabriel riu muito, logo voltamos para o camping.
      Logo depois fomos almoçar. Hoje o almoço demorou um pouco mais, terminamos por volta de 16h. Lá pelas 17h demos um pulo nas piscinas naturais.

      As 18h voltamos e fomos tomar banho, depois do banho ficamos no fusca trocando ideia, quando de repente apareceu um cachorro chorando aqui. Passado um tempo projetei a luz da lanterna pela janela para fora do carro para procurar o cachorro e ele estava bem perto da janela, tomei um baita susto, o Gabriel riu muito.
      Após isso fomos jantar, comemos um miojo e voltamos para o Billy, ficamos conversando um pouco, jogamos um 21 e por volta de 22:30 fomos dormir.
       
      DIA 05 (24/07/19)
      Acordamos as 9h, tomamos um café, depois do café fomos arrumar o telhado do banheiro do camping (negociamos com a Neusa, a dona do camping a diária do dia seguinte, pois não teríamos grana para pagar). Logo depois fomos para a estrada pegar um sinal de internet.

      Depois voltamos para o camping e fomos para as piscinas naturais (descobri que o rio que passa ao lado da nossa barraca é o da Lagoinha). Ficamos um tempo na piscina, nadamos um pouco, o Biel ficou peidando na água (fazendo bolinhas), depois de um tempo voltamos para o camping para almoçar.


      Após o almoço arrumamos as coisas no carro e saímos para ver o pôr do sol no mirante.

      Após isso voltamos, tomamos um banho, gravamos o vídeo de apresentação do canal e fomos fazer a janta. No meio da janta o Biel lutou contra dois mosquitos gigantes enquanto eu protegia o molho e as salsichas, após isso ficamos tirando algumas fotos do céu e por volta de 22:30 dormirmos.
       
      DIA 06 (25/07/19)
      Acordamos as 5:30 AM, hoje tivemos um dia cheio. Após acordar arrumamos as coisas, tomamos um café e saímos do camping.
      Fomos em direção a Capitólio, chegando na cidade ficamos um pouco na lagoa principal, logo fomos conhecer a Prainha artificial, porém não é um lugar muito legal, um pouco sujo. Após isso fomos atrás de um adesivo da cidade, mas sem sucesso. Paramos na matriz e procuramos algum lugar para passar o dia, até que encontramos a cachoeira do grotão, que se dizia ser gratuita em um site, fomos até lá, cerca de 18km da cidade, sendo 12 de terra, chegamos lá, a novidade, tinha que pagar $15 por pessoa, ficamos tristes pois não tinhamos a grana, como já estava perto do almoço ficamos na portaria e íamos fazer comida por lá.

      Até que de repente chega um senhor em uma Mobilete (o Pezinho), disse que era o dono, logo começando a conversar com ele, fizemos amizade, expliquei a situação que estávamos sem dinheiro, ele, por ter gostado de nós, liberou nossa entrada de graça.


      Almoçamos por lá, passamos o dia, logo a tarde pezinho voltou, ficou um tempão lá conversando com a gente, muita conversa boa, na despedida ele explicou um caminho melhor para nós e seguimos, no caminho tinham uns bois e vacas na estrada, mas conseguimos passar.
      Paramos no mirante dos canyons de Capitólio (não entramos porque tinha que pagar), de lá fomos até o posto sul (o mesmo que dormimos no primeiro dia). Após um tempo lá resolvemos ir até a loja que tem em frente ao posto, uma loja de doces, queijos, etc Experimentamos uns doces, e TODAS as cachaças q tinham lá, saímos meio bêbados e não gastamos nada. Ficamos no carro conversando até a noite, depois jantamos, comemos uns chocolate e dormimos por volta de umas 23h.

      DIA 07 (26/07/19)
      Acordamos no posto por volta de 5:20, tomamos café, ganhamos um café preto da galera do restaurante. Por volta de 7h saímos. Chegamos em Jaguariúna as 11h.
       
      E assim termina essa longa viagem, foram 7 dias muito intensos pela serra da canastra, dias de novas experiências, de explorar novos horizontes, de fazer novas amizades.
      E assim fica a lição, permita-se, de a você esse presente de viver novas experiências, viver coisas que nunca imaginou, a felicidade está nas pequenas coisas e é isso que levamos dessa vida.
      Até a próxima  






    • Por Birovisky
      Dando uma "zapeada" por alguns vídeos que ainda não foram publicados no canal, me deparei com este, um erro amador da minha parte, ao tentar ir acampar em um local que há tempos não íamos e que praticamente ninguém conhece. Pagamos o pato por confiar em nossos instintos, sequer ligamos ao proprietário para perguntar como estavam as condições do lugar. Confiram como estava... É DE ARREPIAR!

      Confiram o vídeo NÃO COMETA ESSE MESMO ERRO se você vai acampar!
      Bem que desconfiamos do valor da diária estar muito abaixo do que imaginávamos!
      Sempre dê um jeito de descobrir as reais condições do lugar antes de ir beleza galera? Fica a dica!
×
×
  • Criar Novo...