Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados


  • Respostas 29
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Em setembro de 2018, fizemos uma viagem ao Chile e Peru. Roteiro - 24 dias São Paulo > Santiago > Valparaíso > San Pedro do Atacama > Tacna > Arequipa > Cusco > Ollantay

TACNA > AREQUIPA Embarcamos no ônibus da Oltursa das 13:30, na ampla e iluminada rodoviária de Tacna rumo a Arequipa, numa viagem que levaria 6 horas. O conforto do ônibus e a quantidade reduz

Parte 2 Sitios Arqueológicos de Cusco   Para visitar os sítios arqueológicos, é essencial não fazer de Cusco um local de breve passagem. O contrário do que fizemos. Cusco era das última

Posted Images

  • Colaboradores

@Trip-se! Tenho saudades de 2011 e 2015 quando fiz essa viagem. 

Mas os táxis coletivos são a maneira mais simples que há de passar essa fronteira. Só sai quando há 5 pessoas e em Chile não há plantações de coca,sim em Peru,o que torna o seu receio inócuo. Nem sabia que havia ônibus nesse trecho. 

Perdeu o monastério de Santa Catalina,minha opinião,junto com os museus de Sican e Sipan,além da cidade perdida de Chan Chan,são os mais interessantes do país. 

Esperando a continuação para matar a saudade de Machu Pichu.

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

@Trip-se! animal essa viagem!!! fui ao peru em 2016 mas não passei por tacna -nunca tinha nem ouvido falar- e nem por arequipa e agora fiquei na vontade de conhecer essas cidades. também fiquei doido de vontade de comer esse burguer de cordeiro!!!!!

@D FABIANO amigo acho que mulheres ficam mais ressabiadas com esses taxis coletivos ainda mais na madrugada e em outro país, pra cruzar fronteira então!!!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

@Torres Rafa Todos andam com eles,são carros antigos de 5 lugares e só sai cheio.É desconfortável, mas há uma cooperativa de motoristas.É como em Chile,os colectivos que são opacas reformados ou Venezuela que também o serviço de perto é feito em carro. Equador também é assim.Comum em muitos países,esses conheço, mas tem outros. Se eu contasse o que presenciei na volta de Puerto Ordaz a Roraima você veria como são honestos e salvam as pessoas quando surge a dificuldade. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

@D FABIANO O Monastério Santa Catalina realmente deu uma dorzinha no coração de não termos tido a paciência de lidar com a imensa fila, ainda mais que era um dos lugares marcados em nosso caderninho. Mas Arequipa é uma das cidades onde queremos voltar e aí não perderemos a oportunidade de conhecê-lo, assim como Cânion del Colca. 2 dias não foram suficientes para tanto que gostaríamos de conhecer. Falta tanta coisa do Peru. Chan Chan, Nazca, Puno, Trujillo, Iquitos.

@Torres Rafa Foi isso mesmo. Nos sentimos inseguras por ser a primeira vez ali, por ser madrugada, e por sermos mulheres, o que infelizmente nos coloca numa posição de alerta constante. 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

@Trip-se! Fui a isso tudo menos Iquitos.Falta Chiclayo nesta lista,lá está os museus dos Senhores de Siicán e Sipán.Pouquissimo divulgado por aqui,fiquei sabendo da existência pelo amigo @Humberto Antonio Siqueira,que tinha parentes e foi lá.Escreveu um relato aqui justo na época em que fui e adorei,apesar do norte de Peru ser muito pobre.

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

CUSCO

Parte 1

De Arequipa seguimos para Cusco.

A partir dali até Machu Picchu, o clima e a altitude não são mais tão delicados com a raça humana. O céu azul é invadido por uma névoa baixa no fim da tarde, e o frio vai se tornando bastante cruel com o passar das horas do dia. Como vínhamos do Atacama, não sofremos de soroche — o mal de altitude, uma sensação de mal-estar ao sairmos do nível do mar para uma altitude alta. Mas nem por isso deixamos de seguir bebendo chá de coca todos os dias. Dica preciosa: balas toffee de coca. Não são as balinhas duras nem os caramelos, são as balas toffee!

coca-toffees-scaled.thumb.jpg.4ded18f4d13994e5f7eabc29190651f2.jpg

 

Fomos direto para San Blas, onde ficaríamos pelos próximos dois dias. San Blas é um bairro agradável e silencioso. O Mercado de San Blas não é muito grande, mas é um local bem interessante, com simpáticas mulheres fazendo sucos e sanduíches bem gostosos. Além da comida, o papo também é muito bom por lá. O bairro abriga uma pracinha com feira de artesanato local e artistas com trabalhos bastante especiais.

IMG_5834.thumb.JPG.d5c306468ace5fc7b3aa9d25f81d31ab.JPG

IMG_5833.thumb.JPG.ace5b355cf7f9c23bfdab4533ac26370.JPG

 

Cusco, “umbigo do mundo” em quechua, é cheia de praças, algo bastante providencial, pois é uma cidade em que estamos constantemente cansados. Muitas ladeiras e a brusca diferença de altitude nos deixa ofegantes a cada leviano passo mais rápido. O corpo começa a ser atingido e é muito necessário respeitá-lo. Parar, beber água e chá de coca, descansar, para poder seguir adiante com olhos e ouvidos atentos.

A antiga capital do Império Inca vai, aos poucos, revelando a grande mistura religiosa e cultural em que se transformou após a invasão espanhola. A arquitetura colonial sobre antigos arcos de pedra confundem os olhos, e não sabemos ao certo como apreciar algo que nos parece tão violentamente imposto.

IMG_1068.thumb.JPG.6059f331589c2f4bc48bc7e93f7aed46.JPG

IMG_8192.thumb.jpeg.c103c1863ebc681db5394fa8ac8127d9.jpeg

IMG_5831.thumb.JPG.03c790187089a040b6833d9fdbc2d1d5.JPG

 

A Plaza de Armas é um imenso respiro entre ruelas e calçadas estreitas. Enorme e toda rodeada pelas ruas de paralelepípedo do centro histórico, a praça tem duas imponentes igrejas com grande semelhança arquitetônica, ambas construídas sobre palácios incas e, diz-se, com pedras roubadas dos templos. É um certo alívio, portanto, ver a estátua de Pachacutec, o mais importante imperador Inca, no topo da fonte, fazendo o equilíbrio tão necessário com os arredores. Naquele ponto zero ensolarado e sedutor, é possível passar boa parte do dia nos bancos, observando a força de uma civilização que se recusou a ser esquecida.

IMG_1070.thumb.JPG.679166b033a69cd51b56ac0f53ed3c35.JPG

IMG_1073.thumb.JPG.f7e9bf41c1457d622fe2ac42dbaa366a.JPG

IMG_8223.thumb.jpeg.10394ad55ac24bce4914b262d9cebfe1.jpeg

 

O Mercado Central de San Pedro é uma bagunçada preciosidade. É enorme, com dezenas de corredores e todo tipo de tudo à venda. O único problema dali é também o que faz o mercado prosperar: nós, humanos, em excesso. Mas, como sempre, a visita ao principal mercado da cidade é a melhor forma de entendê-la em minúcias.

Resquício do muro de um dos antigos palácios incas, a pedra de doze ângulos costuma estar constantemente com turistas tirando fotos. Mas a paciência e a resiliência em voltarmos até ela em diferentes momentos, na tentativa de ouvir com as mãos uma história que foto nenhuma poderia contar, e no nosso tempo, compensaram cada investida frustrada. A perfeição dos entalhes e a precisão de cada encaixe nos fazem divagar se seres de carne, osso e sangue seriam realmente capazes de realizar tamanho primor. E essa foi uma sensação crescente e latejante em cada minuto seguinte dessa viagem.

IMG_5832.thumb.JPG.f18cfbb38475cb62294bdb5aab8acd77.JPG

 

- Onde ficamos:

Ficamos num Airbnb em San Blas. Quarto duplo, chuveiro quente, quintal para relaxar e lavar roupas, e casal anfitrião gentil e amável. Café da manhã simples. Bom custo-benefício.

- Onde comemos:

  • Justina Pizza y Vinos - Calle Palacio 110

Nessa primeira etapa em Cusco, não comemos muito bem, nada que valha ser mencionado, a não ser a Justina, que tem uma pizza bem saborosa. Voltamos pós Machu Picchu e aí sim, descobrimos delícias. Daremos as dicas no post que falarmos desse retorno.

- Onde fomos:

  • Plaza de Armas - Calle Plateros 326
  • Plaza Regocijo - Plaza Regocijo
  • Plazoneta San Blas - Cuesta de San Blas
  • Mercado San Blas - Pumapaccha 231  
  • Mercado San Pedro - Thupaq Amaru 477
  • Pedra dos 12 ângulos - Calle Hatunrumiyoc 480

 

No próximo post falaremos dos passeios que fizemos nos sítios arqueológicos de Cusco e arredores e o que sentimos em cada um deles.

 

Próximo post: Parte 2 - Sitios arqueológicos de Cusco.

https://www.instagram.com/trip_se_/

 

 

  • Gostei! 4
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei featured this tópico

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por leonardo_baptistella
      Olá pessoal, pretendo ir para o Parque Nacional do Itatiaia em março de 2021 (ou quando a pernoite no parque for reaberta), saindo de São Paulo e indo de ônibus até a cidade de Itatiaia.
      Segundo relatos eu vi que a maioria dos tranfers até a portaria da parte alta (portaria do Marcão) saem da cidade de Itamonte. 
      Gostaria de encontrar algum contato de transfers que saem de Itatiaia.
    • Por lochetti
      Alguém conseguiu entrar no Chile, indo do Brasil, somente como turista (sem vistos especiais) nesses tempos recentes? Outubro ou Setembro de 2020? Estou pensando em ir para lá em Março de 2021 e estou querendo mapear como está o cenário com o Coronavirus por lá, em especial a respeito de ser possível ou não entrar no país via vôo do Brasil
    • Por Juliana Dassoler
      Pessoal, alguem ficou hospedado dentro do parque nacional huascaran no Peru ao inves de ficar em Huaraz? 
      Vale a pena? 
      Abs, 
    • Por ms.priscila
      ROTEIRO CHILE (11 DIAS)
      INFORMAÇÕES GERAIS

      Visto: dispensa de visto por até 90 dias
      Passaporte:  deve ser válido no momento de entrada; permitida entrada com RG
      Vacinas: não há exigências
      Quando ir: funciona bem para visitar todo o ano, se a sua preferência for neve (jun-set), calor (dez-mar) ou temperaturas mais amenas (mar-jun e set-dez)
      Capital: Santiago
      Moeda: PESO CHILENO ou CLP ($)
      Idioma oficial: castelhano
      Cod. telefone: +56
      Padrão bivolt: 220V
      Tomadas: C, L


      Chile é um país que encanta e o que mais me chamou a atenção foi a poesia de Pablo Neruda, inscrita na história do país. Por isso, não deixe de conhecer todas as casas localizadas em Santiago, Valparaíso e Isla Negra.
       
      ROTEIRO DIA A DIA

      DIA 01
      Chegada e descanso

      Dia 02
      Passeio pago – Cajon del Maipo

      Dia 03
      Palacio de La Moneda, Plaza das Armas, Catedral Metropolitana de Santiago, o Museu Histórico Nacional, Museu de Arte Precolombino, o Edifício dos Correios, Paseo Ahumada

      Dia 04
      Cerro San Cristóbal (ou Parque Metropolitano de Santiago), Casa Museo La Chascona (a primeira casa de Pablo Neruda), mercado central (Don Augusto), Museo de Bellas Artes, Sky Costanera (por do sol)

      Dia 05
      Cerro Santa Lucia, Centro Cultural Gabriela Mistral, Templo Bahai de Sudamerica

      Dia 06
      Vinicola De Concha y Toro

      Dia 07
      Aluguel de carro e Isla Negra; a noite chegada em Val Paraiso

      Dia 08
      Tour gratuito por Val Paraiso, Casa La Sebastiana, Museu Naval e Maritimo e fim de tarde no Muelle Baron

      Dia 09
      Tour por Viña del Mar

      Dia 10
      Dia livre

      Dia 11
      Retorno ao Brasil
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       

      SANTIAGO
      Cerro San Cristóbal (ou Parque Metropolitano de Santiago)
      Endereço: Calle Pio Nono, 450, Bellavista
      Horário: seg, das 13-20h; ter a dom (e feriados), das 10-20h
      Preço: consulte o valor no site

      Casa Museo La Chascona (a primeira casa de Pablo Neruda)
      Endereço: Fernando Márquez de la Plata 192, Bellavista
      Horário: ter-dom, das 10-19h
      Entrada: $7000/R$50 para visitas guiadas em espanhol 
      Como chegar: metrô Baquedano, Parada Turistik
       
      Casa Museo La Chascona

      Mercado Central
      Endereço: San Pablo, 967, Centro
      Horário: Diariamente, das 8 às 19h
      Metrô: Puente Cal y Canto, linha 2-amarela. Parada Turistik
       
      Restaurante Donde Augusto (um dos mais recomendados)

      Plaza de Armas
      Endereço: entre as Ruas Catedral e Compañia de Jesus

      Catedral Metropolitana
      Endereço: Plaza de Armas de 9-19hs
      Entrada gratuita

      Museu Histórico Nacional
      Endereço: Plaza de Armas, 951, Região Metropolitana
      Horário: ter-dom das 10-17h30h
      Entrada gratuita

      Museu de Arte Precolombino
      Endereço: Bandera 361, Região Metropolitana
      Horário: ter-dom, das 10-18h
      Preço: consulte o valor no site

      Palacio de La Moneda
      Endereço: Moneda S/N, Región Metropolitana
      Horário: visitas guiadas de seg-sex às 9:30h, 11h, 15h e 16:30h (necessário agendamento)
      Obs.: às 10h há troca de guardas.
      Entrada gratuita

      Museo de Bellas Artes
      Endereço: Paque Forestal S/N, Santiago, Región Metropolitana
      Horário: ter-dom de 10-18:45h
      Entrada gratuita

      Cerro Santa Lucia
      Endereço: Avenida Bernardo O’Higgins 499, Barrio Lastarria
      Horário: Diariamente, das 9-19h
      Entrada gratuita

      Centro Cultural Gabriela Mistral
      Endereço: Av Libertador Bernardo O’Higgins 227, Barrio Lastarria
      Salas de exposição abertas de ter-sab das 10-20h; dom das 11-20h; visitas guiadas com agendamento prévio
      Entrada gratuita

      Calle Lastarria – de qui-sab há uma feirinha de antiguidades das 10-20h; escolha um restaurante para jantar em alguma noite da sua estada

      Templo Bahai de Sudamerica
      Endereço: Diagonal Las Torres, 2000, Peñalolen
      Horário: ter-sex de 17-21h; sab-dom de 9-19h; não abre às segundas
      Entrada gratuita

      Vinícola Concha Y toro
      Endereço: Avenida Virginia Subercaseaux, 210, Pirque
      Entrada: $18000/R$128 a $22000/R$156; é necessário fazer a reserva da visita no site
      Horário: Diariamente (exceto feriados), das 10-17h
      Transporte: por conta própria, vá de metrô (linha 4-azul) até a estação Las Mercedes; lá tome o ônibus MB 72 ou um táxi (10 minutos). De transporte público, 1h30min desde o centro
       
      Vinícola Concha y Toro

      ISLA NEGRA
      Depois de alugarmos o carro para seguir para Valparaíso e Viña del Mar, optamos por parar em Isla negra, onde está localizada a casa de praia de Pablo Neruda, assim chamada por conta de suas rochas escuras. Sem dúvida alguma, foi um dos pontos altos da viagem. A poesia está impressa em cada manifestação da vida dessa poeta e as casas exalam esse atmosfera. Isla Negra, sem sombra de dúvida, é a mais bonita de todas.
      As estradas são boas, mas a sinalização não o é. Isla Negra está localizada na comuna de El Quisco, a cerca de 114km de Santiago pela rota 68 (1h33 de carro).

      Casa Museo Isla Negra
      Horário: ter-dom de 10-18h
      Preço: $7000/R$50
       

      VALPARAÍSO
      A distância entre Valparaíso e Viña Del Mar é cerca de 20 minutos de carro. Por isso, se você não deseja se deslocar entre as duas cidades, no que diz respeito à hospedagem, escolha Valparaíso (que é a primeira delas) como sua base.

      Free Tour Valparaiso
      Endereço: ponto de encontro Plaza Anibal Pinto
      Horário: seg-dom de 10-15h (inglês, espanhol e português)
      Obs.: Somente buscar aos guias com camisas vermelhas com as palavras FREE TOUR

      Ascensor Artilleria
      Endereço: Artillería 199

      Paseo 21 de Mayo

      Museo Naval y Maritimo
      Endereço: Paseo 21 de Mayo Nº 45 – Cerro Artillería – Playa Ancha
      Horário: ter-dom das 10-17:30h
      Preço: $3000/R$22
      Obs.: aqui se encontra a cápsula usada para resgatar os mineiros soterrados em 2010.
       
      Museo Naval y Maritimo

      Plaza Sotomayor
      Endereço: Prat, Valparaíso

      Museu La Sebastiana (casa de Pablo Neruda)
      Endereço: Ferrari, 692, Cerro Florida
      Horário: ter-dom das 10-18h 3 mil pesos (R$ 10,40)
      Preço: $7000/R$50

      Muelle Baron
      Endereço: Av. España

      VIÑA DEL MAR
      Relógio de Flores
      próximo à Playa Caleta Abarca, bem no final da Av. España
      Entrada gratuita
       
      Relógio de Flores

      Castelo Wullf
      Endereço: Av. Marina, 37, Vina Del Mar, aos pés do Cerro Castillo
      Horário: ter-dom das 10-13h30h e das 15-17h30h

      Playa Miramar
      Obs.: almoçar no Divino Pecado – San Martín 180, Viña del Mar

      Museo Fonck
      Endereço: 4 Norte, 784, Viña del Mar
      Horário: seg de 10-14h e 15-18h; ter-sab de 10-18h e nos dom de 10h-14h
      Preço: $3000/R$22

      Playa Renãca
      7 km ao norte de Viña

      Parque Quinta Vergara
      Endereço: Av. Errázuriz 596

      Casino Viña Del Mar (entrada R$ 15,20; 24hs)
      Av. San Martín, 199, Valparaíso

      Jardin Botanico
      Endereço: Caminho El Olivar s/n El salto
      Horário: seg-dom de 9-18:30h; visitas guiadas gratuitas sab-dom as 11:30 e 15h
      Preço: $2000/R$15
    • Por roteiroviagemdemochileiros
      A Cidade de Machu Picchu já está aberta pra visitações. Mas primeiramente você precisa responder essa pergunta: Você quer somente visitar a cidade de Machu Picchu ou quer também subir alguma das montanhas do Parque??? Essa resposta é importante pra definir que tipo de ingresso você irá comprar, pois existem três tipos de entrada/ingresso. Lembrando que fica inviável subir as duas montanhas no mesmo dia. 
      Cidade de Machu Picchu  Montanha Machu Picchu + Cidade Machu Picchu Cidade de Machu Picchu + Montanha Huayna Picchu  Lembrando que não é necessário escalar essas montanhas para tirar aquela foto clássica que estamos costumados a ver na internet. 😉
      Se você quiser visitar a cidade de Machu Picchu em 2020 ou reservar para 2021, ainda no Brasil é muito importante reservar Online. A necessidade de comprar com antecedência é que o número de visitantes por dia na cidade já era limitado antes da Pandemia do Coronavírus, agora foi mais reduzido. Acesse a informação no blog sobre o (Editado pela administração) e também vai encontrar dicas sobre: As duas Montanhas de Machu Picchu, o Passeio pelo Vale Sagrado, Ruínas de Moray & Salineras de Maras, City Tour & Roteiro a pé no Centro Histórico de Cusco, Boleto Turístico de Cusco e Curiosidades sobre Cusco e Machu Picchu. 
       

×
×
  • Criar Novo...