Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

casal100

Caminho Religioso da Estrada Real a pé (CRER ) - Janeiro de 2016

Posts Recomendados

Realizamos no período de 01 a 30 de janeiro de 2016 o CRER, foram mais de 800 quilômetros de caminhada.

 

O circuito começa no morro da piedade a uns 15 kms de Caeté -MG e termina no santuário de Aparecida no estado de São Paulo.

 

Esse circuito ainda está em fase de implantação, no escritório da igreja da piedade não disponibilizam nenhuma informação sobre o roteiro.

Fornecem somente um pequeno mapa de uma parte do roteiro, não consta nele nenhuma informação sobre hospedagem, refeições, quilometragem.......

Tem que seguir os marcos , que em alguns lugares foram destruídos dificultando sobremaneira o prosseguimento.

Mais de 80% deste roteiro seguem o mesmo percurso da Estrada Real, no nosso caso ajudou bastante, pois em caso de dúvida seguíamos os da ER.

 

Esse é uma demonstração de parte do CRER.

20151231_180529_zpst4lgd2ax.jpg

Em algumas cidades tem essas placas informativa sobre o caminho CRER

20160101_121443_zpswq2ymrzv.jpg

Essas placas informam as distâncias entre cidades..

20160107_095524_zpsvpkrptmx.jpg

O morro da piedade é aquele morro no fundo da foto, é ali que oficialmente começa do caminho CRER

20151231_112543_zpsiivnwsx6.jpg

Essa é a portaria que dá acesso a igreja da Piedade início oficial do CRER

20160101_070330_zpsxvtaihu8.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CHEGADA A CAETÉ -MG, CIDADE BASE PARA INÍCIO DESTE CIRCUITO.

 

Chegada a BH às 07 horas da manhã.

Pegamos metro  ($1,80) até estação lagoinha. Fomos cafeteira tomar café espresso ($3,50 cada).

Uso banheiro rodoviária central $0,50.

Ônibus circular (executivo com ar condicionado) para Caeté próximo plataforma A da rodoviária central de BH $9,65 por pessoa - de hora em hora. Fomos no das 09:30hrs.

Na estação São Gabriel do Metro sai ônibus urbano a +- $7,00 para Caeté.

Restaurante Marina em Caeté $21,90 kg comida simples mas ótima Próxima igreja matriz.

Hospedagem: Hotel GT perto rodoviaria limpo..camas boa. .tv..ar condicionado, wifi, $100,00 casal com café da manhã.

Açai  400 ml por $9,00.

 

Água + doce.+ fruta + geléia = $20,00

 

À noite comemos linguiça frita no bar do Tunico ($7 + $25), pois devido Ano novo os restaurantes estavam fechados.

 

Algumas fotos:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1° dia - 01.01.2016 - sexta- feira

 

Saída de Caeté e chegada à portaria de ônibus,  subida a pé até igreja.

Saída da igreja Da Piedade e chegada a Matriz de Caeté

+- 22 kms em aprox. 04:30 horas

 

Ontem dormimos antes da virada do ano. Acordamos antes das 06 horas pois o ônibus saia às 06:40hrs da rodoviária de Caeté para morro da piedade(linha Caeté  x Belo Horizonte). 

Gentilmente o hotel fez o café antes pra nós.

Embarcamos na rodoviária no ônibus das 6:40hrs ($7,25 cada ) depois de uns 20 minutos chegamos à portaria.

 

A portaria do parque abre as 07 horas e o escritório pra retirada manual somente as 08 horas.

São +- 5kms entre portaria x igreja,  fizemos a subida até igreja em 01:30 hora. Trecho serpenteando encostas com subidas fortes e algumas leves. TRECHO LINDO com lindas flores roxas!

1720msnm na igreja da piedade.

 

No complexo do morro da Piedade(fica no topo) tem hospedagem a $150,00 por pessoa com pensão completa . Buscam na portaria se virem de ônibus.

Café : $4,00 espresso

Tem lanchonete completa, banheiros.

 

Saímos do santuário com o sol a pino. Depois de uma hora chegamos à portaria. Viramos à direita na estrada asfaltada com pouco movimento devido ao feriado e, enfrentamos muitas curvas fechadas e descidas fortes, até matriz de Caeté foram +- 12 kms entre portaria x igreja matriz Caeté fizemos esse trecho em 2 hora e meia.

 

Como era feriado todos restaurantes estavam fechados.

Tivemos que comprar algumas coisas no supermercado e improvisar $57,00.

2 pedaços de linguiça  $6,00

 

Rodoviária Caeté : 980 msnm

 

Hospedagem : o mesmo do dia  anterior (hotel GT) - telefone: (031) 3651-0347 $100,00

 

Algumas fotos:

Igreja da Piedade, início do CRER

20160101_085642_zpsvakuv6wc.jpg

Subindo o morro pra chegar ao início do CRER

20160101_073257_zps2vyg2ky0.jpg

Chegada a Caeté-MG

20160101_113629_zpsy68edhue.jpg

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

2° dia - 02.01.2016 - Sábado

 

Saída de Caeté e chegada a Sabará -MG

+- 32 kms em aprox. 7 horas

Acumulado: 54 kms

 

Novamente o hotel disponibilizou café da manhã antes da 06 da manhã.

Saímos bem cedo. ..Pegamos uma subida fortíssima até a saída da cidade. Após descida forte...passamos embaixo da ferrovia num pequeno viaduto.

Começa outra subida forte e longa  com lindo visual de montanha e dos viadutos da estrada de ferro.

No topo começa outra descida fortíssima até Morro vermelho.

De Sabara até morro vermelho são aproximadamente 12 kms.

 

Depois de morro vermelho o trecho é praticamente reto. ..com subidas/descidas pequenas. ..uns 8 kms de Sabará descida fortíssima até trevo da cidade.

Calor infernal, por isso resolvemos, no terminl de ônibus, encerrar por ali.

Pegamos um ônibus até o centro ($3,10 cada).

Self-service perto da pousada (restaurante do Jacaré ) $27,90 kg - boa comida

A tarde compramos nosso jantar no supermercado  $23,00 mais algo pra café da manhã do outro dia.

 

Centro de Sabará : 770 msnm

 

 

Hospedagem: pousada vila real fone (031) 3671-2121 centro, camas ruins, ventilador, frigobar,  piscina, tv, wifi...preço  $130,00 casal com café da  manhã.

 

Acum.: 54 kms

 

Algumas fotos:

Igreja Morro Vermelho

Um desperdício de dinheiro, uma quantidade enorme de marcos juntos(prá quê isso!), era só pintar uma seta indicativa no marco da ER

20160102_070328_zpspjlff68y.jpg

Grande viaduto da estrada de ferro

20160102_070416_zpsd3dmo97b.jpg

Igreja Morro Vermelho

20160102_075626_zpsfpxt41jy.jpg

Grande viadutos, forte calor

20160102_112454_zps1hzqchww.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

3° dia - 03.01.2016 - Domingo

 

Saída de Sabará e chegada a Rio Acima - MG

+-37 kms em aprox. 10:30 horas

Acumulado CRER : 91kms

 

Templo nublado com pouquíssimo sol.

 

Acordamos às 04:30 horas, gentilmente o hotel deixou o café pronto pra nós.

1ª Etapa: Sabará x Raposos - 12,30 kms em aprox. 04:05 horas

Trecho com alguma dificuldade, pois tem subidas/descidas fortes com pedras soltas, riachos para atravessar, sol forte, não tem muita sombra pra proteger...

 

2ª Etapa: Raposos x Honório BICALHO-MG - 13,50 Kms em aprox. 04:15 horas

Trecho dificilimo, principalmente nas trilhas, subidas/descidas fortíssimas, com muitas valas, pedras soltas, riachos para atravessar, mata fechada, marcos fora do lugar, sol forte, ingredientes que dificultou muito. Esse trilha é tão difícil que treinam motocross lá.....TENSO VIU!!!! sorte que levamos rapadura.....kkkkk -

 

3ª Etapa: Honório Bicalho x Rio Acima-MG - 09,63 kms em aprox. 02:05 horas

Trecho bem fácil e curto, mas com algumas subidas/descidas fortes mas curtas.....tranquilo!

 

Compramos 2 ótimos picolés de açai($1,75 cada) em h.b.

Rio acima: 790 msnm

 

Chegamos +- 16 horas. .Tivemos que almoçar açai de 500 ml  ($8,00) e algumas linguiças($14,00), restaurantes fechados.

Compramos 2 águas de 1,5 lt para amanhã  ($5,00).

 

Fomos até pousada do Cacau e no maior pouco caso não disponibilizou hospedagem alegando que os quartos estavam sujos......

Em Rio Acima têm 3 pousadas...a do cacau bem simples. ...a pousada dona Eliana.....do mesmo nível. .

E a pousada canto das águas. .apesar de simples cobram $250,00 diária o casal....sem cogitação, pois fica fora da cidade e eu não pagaria esse valor só pra dormir.

 

Hospedagem: hotel dona Eliana (031) 3545-1447, perto posto no centro. Muito simples, camas ruins, tv aberta, ventilador. Preço $90,00 casal com café simples. NÃO RECOMENDO. Como choveu à noite tivemos que aguentar as goteiras, molhou parte da cama.

Ainda por cima teve um hóspede que dormiu com a TV ligada.

 

Acum. : 91kms

 

Algumas fotos:

Saída cedo de Sabará

20160103_051728_zps7464k9qb.jpg

A estrada de terra termina nesta chácara, tem que atravessar e pegar uma pequena trilha à esquerda da casa

20160103_065732_zpsl6r1buve.jpg

Atravessando pequeno riacho, muito barro

20160103_101300_zps2l2kfmk3.jpg

Fortes subidas e descidas...aqui não vimos marcos do CRER

20160103_095624_zpsbpsytx4s.jpg

Atravessando outro riacho com muito barro

20160103_115810_zpscqycc1wh.jpg

Tivemos que apertar o passo pois estava armando um diluvio

20160103_142433_zpsvhxw23bv.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

4° dia - 04.01.2016 - Segunda

 

Saída de Rio Acima e chegada a Itabirito -MG

+- 28,50 Kms em aprox. 06:20 horas

Acumulado CRER: 120 kms

 

Dormimos uma péssima noite (vizinho  do nosso quarto dormiu com a TV ligada). E ainda por cima  choveu até às 08 horas da manhã. Tivemos que sair mais tarde, pra nossa sorte não choveu e o céu ficou encoberto o tempo todo.

OBS.:

Pela primeira vez o CRER foi diferente da ER.... a ER sai de Rio Acima e vai até Acurui e após Glaura.

O CRER sai de Rio Acima e vai até Itabirito.

 

Ficar atento, pois depois da estação ferroviária tem uma esquina com um marco da ER do lado esquerdo antes da rua, sinalizando pra virar a esquerda.

Atravessando a rua vc verá o marco do CRER aí é só seguir sempre reto na rodovia. No início asfalto. .mais a frente estrada de terra, em processo de asfaltamento.

Esse trecho tem algumas subidas/descidas leves e outras fortes e longas, quase sempre ao lado  do rio das velhas.

A chegada em Itabirito eh tranquila apesar que não vimos marcos dentro da cidade.

Mas eh fácil: a estrada de terra termina num viaduto no trevo da cidade,  ali vc passará embaixo dele e seguirá sempre reto até a praça principal da cidade.

Tomamos açai 400 ml $8.00 cada.

Água com gás : $2,80

Refri 600ml: $4,50

Cremes para os pés /band-id: $35,00

 

Hospedagem: Dallas hotel (031) 3561-2500, camas ótimas, tv, ventilador, frigobar,  wifi. Preço: $130,00 casal com bom café da manhã.

Embaixo do hotel tem restaurante com ótima comida a $10,00 à vontade.

 

Algumas fotos:

Algumas partes era dentro de verdadeiras matas

20160104_102532_zpso5xwd4u9.jpg

Caminho com grande subidas

20160104_102615_zpsqjcqvwbx.jpg

Entrada de Itabirito, terra de muito minério

20160104_141650_zpstw0fdubz.jpg

Chegando em Itabirito, terra do pastel de angú

20160104_140817_zpsobgyp0la.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

5° dia - 05.01.2016 - Terça-feira

 

Saída de Itabirito e chegada a São Gonçalo bação -MG

+- 15 kms em aprox. 03:40 horas

Acumulado CRER: 135 kms

 

Gentilmente o hotel serviu o café antes do horário

 

Resolvemos fazer somente um pequeno trecho hoje.

Fizemos +- 120 kms em 4 dias, trechos duros, tiramos esse dia pra descansar.

Existem alguns caminhos entre Itabirito x Sg Bação,  depois de perguntar a algumas pessoas qual deles era mais bonito resolvemos ir pelo caminho que passa próximo ao Cristo. .Apesar de ser mais forte, esse caminho tem excelentes mirantes de toda região.

O único porém é que eh uma estrada estreita sem acostamento mas com pouco movimento de veículos.  Somente quando começa uma estrada estadual é que o movimento aumenta.

Algumas subidas/descidas fortes outras leves, mas no geral é muito agradável. Muitos pássaros, micos.....

O único restaurante da cidade estava fechado, aí descobrimos o bar cachoeira (do irmão do tonho  dono da pousada de eng.correia) que tinha pastel de angu DELICIOSOS. Pedimos uma porção de mandioca frita,  esse foi nosso almoço  (pastel $3,50 cada e mandioca $14,50 mais um mate couro de 1 litro. Total $34,00.

Doces + biscoito: $12,00

 

 

Bação é bem pequena tem somente um restaurante, duas pousadas, mercearia e alguns bares.

Altitude : 1020 msnm

 

Hospedagem: pousada do Siri  (031) 99123-0195 e 98563-6215. Na entrada da cidade, a melhor hospedagem da viagem até agora. Camas ótimas,  tv, frigobar, wifi, ventilador. Preço  $100,00 sem café da manhã. RECOMENDO.

 

Algumas fotos:

Grandes subidas na saída de Itabirito

20160105_074630_zpsdvb0nrnf.jpg

Linda estrada...

20160105_080331_zpsbxipikai.jpg

Visual de montanha

20160106_090706_zpsdv3yatia.jpg

Chegada em Bação

20160105_104352_zpsti1ghsrh.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

6° dia - 06.01.2016 - Quarta-feira

 

Saída de São Gonçalo Bação e  chegada a Cachoeira do Campo - MG

+-23 kms em aprox. 06:40 horas

Acumulado CRER: 158 kms

 

O primeiro trecho é entre SG Bação  x Engenheiro correia com +- 8 kms em estrada de terra com subidas/descidas fortes. Tomamos um cafezinho com banana com o Tonho dono da pousada em E.Correia (o cara não queria cobrar) pois já ficamos lá três vezes. Tem cada pessoa especial nestes caminhos.

 

Após, Saímos da cidade e pegamos estrada de terra até Santo Antônio do Leite uns 8 kms com subidas /descidas médias.

O sol deu as caras com toda intensidade.

 

Depois de Santo Antônio do Leite entramos numa estrada asfaltada de uns 8kms com muitas curvas e subidas /descidas fortes.

Um calorão bravo e ainda caminhando no asfalto com muito movimento de veículos.

Chegamos a Cachoeira do Campo na hora do almoço. No posto da BR comemos um Self-service a $21,90 por pessoa à vontade.

Compra frutas /água : $25,50

 

Altitude cachoeira do Campo: 1090 msnm

 

Hospedagem: Pousada bouganville, atrás igreja matriz na subida do centro,  duas senhoras(dona Dirce com 87 anos de idade, um AMOR DE PESSOA), cuidam muitos bem das pessoas,  atendimento familiar. Camas Boas,  tv,  wifi fraca, piscina boa, preço : $140,00 casal com café da manhã.

MENÇÃO: mais uma vez, as pessoas especiais fazem diferente: Hoje a noite perguntei se elas poderiam fazer um cafezinho pra nós mais cedo.

Simplesmente perguntaram: que horas vcs querem e, eu brincando disse às 04 horas da manhã...elas: ok amanhã faremos pra vcs.....O quê!

Será que elas fizeram?

Será que uma senhora de 87 anos de idade ia acordar as 04:30 da matina pra fazer um café pra nós?

 

Algumas fotos:

Matriz de Santo Antonio do Leite

20160106_094210_zpscacllxwl.jpg

Pé de Carambola pelo caminho

20160107_092352_zpsrf2pc0h2.jpg

Pousada do Dona Dirce

20160106_192544_zpsb1ibfzoe.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

7° dia - 07.01.2016 - Quinta-feira

 

Saída de Cachoeira do Campo chegada a Ouro Preto -MG

+- 37 kms em aprox. 08:10 horas

Acumulado CRER: 195 kms

 

Dona Dirceu de 87 anos acordou 04:30 horas pra fazer o café da manhã pra nós.

Nossa intenção era sair antes do sol nascer, mas tivemos a rara oportunidade de conversar com uma nobre senhora.

 

Saímos às 06:30 hrs com a intenção de dormir em São Bartolomeu. Como chegamos antes das 10 horas, resolvemos dormir em Ouro Preto, quase 23 kms pelo novo caminho  (sem atalho das trilhas). O sol forte dificultou muito, pois era praticamente subidas fortes intercaladas com descidas do mesmo nível e no final 4 kms em asfalto.

Tivemos grandes problemas em seguir os marcos do CRER.

Alguns marcos estão direcionados para lugares indevidos.

No final resolvemos seguir a estrada real pois não sentimos confiança num marco colocado numa virada.

OBS.: o primeiro problema surgiu com os marcos  do CRER quando numa bifurcação ele sinalizava entrada a esquerda  (indo em direção a um "castelo", ficamos em dúvida, seguimos na principal e uns 300 metros vimos outro marco).

Uns quilômetros adiante a mesma situação. Conferi minha bússola e constatei que o melhor era seguir em frente pois encontraríamos os marcos da ER no topo da montanha, e foi o que aconteceu.

Colocaram os marcos mas não elaboraram planilha indicativa.

 

Altitudes:

S. Bartolomeu: 1005 msnm

Topo caminho antes estrada asfaltada: 1.480msnm

Ouro Preto: 1.250 msnm

 

Chegamos em OP deixamos mochilas  no hostel e fomos almoçar num Self-service na praça central a $18,00 p.pessoa à vontade.

À tarde compramos frutas/doces:$36,00

 

Hospedagem: hostel Buenas  Vistas, quarto privado com banheiro fora,  cama ruim, sem tv e ventilador. Preco $110,00 casal com café da manhã e $2 toalha banho cada.

Tem filtro de água.

 

Algumas fotos:

Como ir embora cedo....com uma pessoa maravilhosa dessa(dona Dirce com seus 87 anos de idade)... são pessoas assim que fazem o caminho mais ameno

20160107_063142_zps7lnhtlbd.jpg

Uma raridade: pé de cuia.....

20160107_062452_zpsdldmcasy.jpg

Matriz de São Bartholomeu

20160107_095459_zpslq64pmrm.jpg

Viemos de laaaaaaaaaaaá embaixo, que subida forte viu.

20160107_130413_zpsxkwoc7z0.jpg

Chegando em Ouro Preto, ao fundo Pico Itacolomi, no outro dia passaremos por lá.

20160107_135848_zpsekwwiqvt.jpg

No final ainda tinha essa escada para chegar no hostel

20160107_144104_zpsqwq1r9uu.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por casal100
      Resolvemos, dessa vez, fazer alguns roteiros distintos: beira-Mar, trilhas em montanhas e travessia.
      Começamos por Ubatuba, foram 10 dias de caminhada, por algumas das principais praias; depois pegamos nosso veículo e fomos fazer alguns roteiros em Extrema-MG e, por último,  a grata surpresa: TRAVESSIA DA SERRA DA CANASTRA-MG, que lugar maravilhoso: belas cachoeiras, trilhas fortes, flora e fauna exuberante, povo amigável, queijos deliciosos(alguns entre os melhores do mundo na sua categoria) sem contar a culinária mineira. Tudo de bom.
    • Por casal100
      Fizemos a maioria dos caminhos que passam pela Serra da Mantiqueira(Estrada Real, Caminho da Fé, Crer....), alguns mais de 1 vez.
      É quase unanimidade entre os caminhantes que, indiscutivelmente, a Serra da Mantiqueira têm as mais bonitas paisagens e, nós concordamos integralmente. São caminhos que proporcionam lindas fotos,  clima agradabilíssimo, povo acolhedor e simpático, ingredientes que definiram esse roteiro.
      Foram quase 50 dias e mais de 1.100 quilômetros de muitas alegrias, felicidade e paz,  poucas tristezas e decepções.
      Começamos e terminamos na MAGNÍFICA cidade de Campos do Jordão-SP, depois de rever vários lugares (passei alguns invernos nesta bela cidade, quando eu era "bacana"). A cidade se transformou,  criaram vários roteiros turísticos, belas e caras casas dos novos e velhos "bacanas", ótimos restaurantes, atrações mil,  pousadas e hotéis de todo tipo e preço, tem até o refúgio do peregrino, comércio bom, povo hospitaleiro, clima perfeito e, ainda por cima fomos no verão,  baixa temporada,  onde com facilidade encontramos boa hospedagem com preços menores que muitas hospedagem em cidades pequenas.

      Outra coisa que pesou em escolher fazer essa travessia é que a região se assemelha muito com um projeto que temos em mente, que é a travessia entre Punta Arenas x Arica no Chile,  então serviu como treinamento.
    • Por casal100
      ROTEIRO À PÉ:
       
      RIO GRANDE DO SUL:
      Portão
      Bom Princípio
      Carlos Barbosa
      Garibaldi
      Bento Gonçalves - Vale dos vinhedos
      Bento Gonçalves - Pinto Bandeira
      Bento Gonçalves - pela cidade
      Bento Gonçalves - caminho de Pedras
      Caxias do Sul - flores da Cunha
      Caxias do Sul - estrada dos imigrantes
      Nova Petropolis
      Gramado - Natal de Luz
      Canela - Cachoeira do Caracol
      Gramado - pela cidade (parques, centro)
      Santa Maria Herval
      Picada Café
      Ivoti
      Sapiranga
      Três Coroas
      São Francisco de Paula
      São Francisco de Paula  (parques, lagos e pela cidade)
      Tainhas
      Cambará do Sul
      Cambará do Sul - Canyon Itambezinho
      Cambará do sul - canyon Fortaleza
      Torres - praia
       
      SANTA CATARINA:
      Praia Grande - descida Serra do faxinal
      Balneário Gaivota - Praia
      Balneário arroio do Silva - Praia
      Balneário Rincão - Praia
      Balneário corrente - Praia
      Farol de Santa Marta - Praia
      Laguna - cidade histórica + Praia
      Orleans
      Guatá  (distrito de Lauro Muller) pé da serra do Rio do Rastro
      Bom Jardim da Serra
      ROTEIRO DE ÔNIBUS :
      São Joaquim
      Urubici
      Bom Retiro
      Lages
      Fraiburgo
      CONTINUAÇÃO À PÉ SANTA CATARINA:
      Videira
      Treze Tílias
      Água Doce
      Jaborá
      Concórdia
      Seara
      Chapecó
       
      PARANÁ (ÔNIBUS):
      Curitiba
      Paranagua
      Morretes
       
      QUILÔMETROS /DIAS: +- 1.300 kms em 53 dias
       
      PESSOAS:
      No planejamento da viagem nossa preocupação era de como seríamos recebidos nas pequenas cidades, visto que algumas delas não tinham vocação turística, e "mochileiros"poderiam ser "novidade". Mas, essa preocupação foi rapidamente deixada de lado.
      Fomos recebidos muito bem em todos os lugares (exceto dois episódios, que não afetou em nada nossa caminhada).
      Ficamos impressionados com a educação e o acolhimento da população do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, sempre solícitos às nossas demandas.
      Poxa, que saudade de tudo aquilo, em breve voltaremos.
       
      CIDADES:
      Praticamente todas as cidades desse roteiro tinham pousada ou hotel, somente o distrito de tainhas-SC não tem, somente restaurante (mas esse trecho tem serviço de ônibus intermunicipal).
       
      ESTRADAS:
      Optamos em fazer pelas estradas asfaltadas(alguns trechos fizemos em estrada de terra), pois não conseguimos informações sobre estradas secundárias nesta região.
       
      COBRAS:
      Nunca vimos tantas cobras como na serra Gaúcha, teve dia que vimos umas 5, quase minha esposa pisou numa em uma rodovia asfaltada.
      Elas ficam enroladas na pista de rolamento, é normal vê-las todas esmagadas por veículos, ficam parecendo um desenho no chão (pois vários veículos passam por cima).
       
      ANIMAIS SELVAGENS:
      Outra coisa que nos chamou atenção, vimos muitas espécies(raposa, cobras, tatu, macacos, roedores, porco espinho etc) passando lentamente perto de nós.
       
      PRECONCEITO:
      Tivemos um fato lamentável num hotel fazenda.
      O gerente nos recebeu num descaso tremendo, nem respondia nossas perguntas, foi preciso a intervenção de uma funcionária para resolver a situação (quase mandei o cara a pqp), o infeliz está no lugar errado.
      O outro caso foi mais leve, mas fiquei puto.
      Tirando isso, foi muito tranquilo ser mochileiro naquela região, muito tranquilo mesmo.
       
      PREÇOS HOTÉIS:
      Variou de $25 a 95 por pessoa (mas a crise pegou todo mundo ), em alguns lugares priorizamos ficar em lugares melhores,
      Sempre pechinchamos os preços, na maioria dos casos conseguimos descontos, principalmente à vista.
      Não fizemos nenhuma reserva, foi muito tranquilo.
       
      PREÇOS REFEIÇÕES:
      variou de $10 a $35 por pessoa à vontade.
      Peso : de $20 a $44 o quilo.
      Obs.: em média coloque $22 por refeição sem bebidas.
       
      ABUSO CONTRA TURISTA:
      Só tivemos alguns casos de abuso, mas nada gritante:
      Você chega em duas pessoas e pede somente um cafezinho pequeno, o cara trás dois grandes (claro, mais caro) e na maior cara de pau diz que pedimos dois.
      Isso aconteceu nuns 5 lugares na serra gaúcha, lamentável!
      Obs.: para nos proteger disso, fazíamos assim: chegávamos nos caixas do estabelecimento e pagava antecipadamente, acabou o problema.
       
      CARONA: precisamos pegar carona em algumas oportunidades, e foi até tranquilo conseguir.
      .fomos ao canyon Itambezinho e no Fortaleza à pé, e voltamos de carona, foi tranquilo.
      .quando visitamos uma cachoeira em Cambará do sul, fomos à pé e voltamos de carona ( neste dia pegamos três, cada um nos levou num pequeno trecho).
      .dividimos o trecho entre Seara e Chapecó-SC em dois, como o ônibus demoraria muito, resolvemos ir de carona, demorou uns 40 minutos para aparecer.
       
      SEGURANÇA:
      Em momento algum tivemos problema, somente em Porto Alegre (visita ao mercado central que nos orientaram a ter cuidado), mas os moradores de PA estão preocupados.
      .na saída de Caxias do Sul, saída para estrada dos imigrantes tem um lugar que me pareceu inseguro, mas nada complicado.
       
      NEGOCIAÇÃO HOSPEDAGEM:
      Sempre negocie, em alguns casos conseguimos descontos de 10% abaixo dos sites de hospedagem. Principmente nesta crise, em alguns casos somente nós dois estavam hospedados no hotel.
    • Por casal100
      Realizamos no período de 19 a 28 de julho de 2015, o circuito completo do Vale europeu em Santa Catarina. Foram 10 dias contemplando e vivienciando lugares, pessoas maravilhosas.
      Destaco alguns locais incriveis: Pomerode, blumemau, fazenda campo do zinco e sua maravilhosa cachoeira, lindos mirantes, estradas encantadoras, pessoas hospitaleiras e cordiais. Nāo tivemos nenhum incidente.
       
      Começamos antes do circuito, fazendo o caminho entre blumenau e pomerode a pé, e no final fizemos do mesmo modo a rota enxaimel em Pomerode, por isso o roteiro foi concluido em 10 dias.
       
      Brevemente relato completo.
    • Por casal100
      Realizamos no periodo de 05 a 17 de Julho de 2015 a Volta completa da ilha de florianopolis a pé. Foram 12 dias e 251 quilometros.
      Somente a trilha entre ponta de canas e lagoinha que estava fechada, as outras estavam abertas.
      Em breve relato completo.


×
×
  • Criar Novo...