Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Posts Recomendados

Esse relato é dividido em cinco partes:

.da página 1 até a 7 refere-se a viagem realizada entre dez/2007 e fevereiro/2008 de carro;

.a partir do final da página 7 refere-se a viagem que começa no final de dez/2008 até final de fevereiro/2009 de carro.

.a partir da pag. 15 - viagem a Torres del paine, carretera austral ..........viagem realizada de dez/2009 a fevereiro/2010.

.a partir da pag.19 - viagem ao Perú e Equador ....vigem realizada de dez/2010 a fevereiro/2011.

.a partir da pag.23 - viagem venezuela, amazonas, caminho da fé.... realizada entre dez/11 a fev/12.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beier escreveu:

Depois da reportagem que fizeram a Zerao Hora e o Clarin parece que deram uma acalmada...mas convem não bobear

 

Por aqui as estradas de um mode heral são boas, claro que existem exceções. A BR 290 que liga Porto Alegre a Uruguaiana está em bom estado a exceção de um pequeno trecho de cerca de 10/20 km antes deSão Gabriel que tem alguns buracos. A BR 116 que vai para Chui está boa.

 

O norte do Chile/Argentina é bem diferente do sul, tudo muito seco e mais pobre mas mesmo assim o visual é bonito. Quando fui em janeiro passado não fiz reservas e não tive problemas para conseguir hospedagem. Na Argentina paguei em torno de A$ 90,00 a hospedagem já o Chile ficou mais caro, na média, ficou em USD 90,00. Em San Pedro especificamente paguei USD 65,00 a diária. Esses preços eram para apartamento triplo.

 

Essa viagem pelo norte é um pouco sofrida devido as elevada altitudes que se pega. As pessoas e o carro sofrem com a falta de ar. O carro perde potência e aumenta o consumo e as pessoas podem ter náusea, dor de cabeça e falta de ar.... mas isso varia de pessoa para pessoa, Uns podem não sentir nada outros passam muito mal.

Mas com tudo isso é uma viagem linda os Andes nessa parte é muito diferente e belo.

 

 

 

Beier, vc sabe como está a estrada entre São Borja e Uruguaiana?

 

Os Hotéis que vcs ficaram são bons?

 

O carro sente o problema do ar rarefeito, tirando o filtro de ar, o rendimento nao melhora?

 

No norte da Argentina as cidades sao distantes uma da outra?

 

As estradas sao boas, tem muitas curvas, quantos kms +- sao dificeis, devido à altitude?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

marioluc,

 

São Borja-Uruguaiana a tempo atrás estava horrível mas não sei como está a situação agora.

 

Os hoteis que ficamos foram:

Resistência - Colon Apart Hotel = A$ 70,00 - +/-

Salta - Marilan Apart Hotel = A$ 110,00 - bem localizado e bom apart.

San Pedro - Inti Killa - US$ 65,00 - um pouco afastado do centro mas tem estacionamento fechado e garante água 24 horas p/dia.

Iquique - Hotel Charlie Inn - USD 80,00 - a uma quadra da praia, bom hotel

Antofagasta - Hollyday Inn - USD 85,00 - a beira da praia, ótimo hotel

Santiago - Apart Los Españoles - USD 90,00 - bairro providencia, ótimo hotel.

 

Houveram outros ao longo do caminho mas que não vale a pena citar...hehehe.

 

Cara, tirei o filtro de ar também mas a melhora não foi muito grande não.

Não sei qual o seu carro mas o meu, Fiat Stilo, sofreu muito mesmo, após a aduana do Paso de Jama a coisa ficou crítica, teve momentos que o carro ia virando roda em primeira. O carro começou a falhar um pouco antes da Cuesta del Lipan, onde tem uma placa indicando a altitutde de 4.100 msnm, e foi até perto do Vulvão Licancabur quando vc começa a descer em direção a San Pedro. Não sei ao certo quantos quilometros isto dá. Pelo menos a estrada desde Salta até San Pedro ótima.

 

Uma dica muito importante é NÃO ESQUEÇA DE ABASTECER EM SUSQUES pois é onde tem o último posto antes de San Pedro. Depois serão cerca de uns 370 km sem nada a beira da estrada a não ser deserto e salares e lembre-se, na altitude o consumo de combustível é maior.

 

No norte da Argentina o trecho mais crítico é quando vc atravessa a Região do Chaco que é uma longa reta com muitos bichos soltos à beira da estrada e a cidades ao longo do caminho não animam muito. Essa estrada tem uma parte que não está em muito bom estado, apresentava muitos buracos, se não estou enganado é entre Pampa de Los Guanacos e Monte Quemado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só para completar...a respeito do problema do carro na altitutde...mandei um e.mail para Fiat e eles responderam que o carro não foi projetado para rodar em altitudes superioress a 3.000 msnm sendo, portanto, normais os sintomas apresentados nessa situação.

 

Como as pessoas, carros diferentes reagem difente à altitude pelo que pude ler em diversos relatos.

Falo da experiência que vivenciei, talvez outros não tenham tido tantas dificuldades com o carro na altitude.

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beier, muitíssimo obrigado!!! vc é dez! :)

 

Mais algumas dúvidas:

 

 

.Vcs fizeram os passeios com seu carro? se sim, as estradas como sao, dá para ir de boa?

 

.vcs foram ao salar de Uyuni? como foi?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Marioluc

 

Não, os passeios fizemos sempre por agências. As estradas são muito ruins então preferimos preservar o carro.

 

Não fomos p/Uyuni

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

beier e todos,

 

estou em jujyu, desde hoje de madrugada, fiz uma viagem tranquilo, somente pegamos alguns trechos de estrada ruim no chaco... depois conto mais, pois estou saindo agora para passar o paso de jama, vou ver o que està me esperando.......

 

 

CUIDADO COM A POLICIA ARGENTINA, NO CHACO, ESTÁO COM TUDO..... UNS CARROS BRASILEIROS COM CATARINENSES, FORAM PARADOS E EXIGIRAM LENCOL BRANCO PARA MORTO, COMO NAO TINHAM, QUERIAM MULTÀ-LOS, EM 500 PESOS, AI "NEGOCIARAM" EM 300 PESOS...............

OUTRA COISA, EH MELHOR COMPRA O KIT PRIMEIROS SOCORROS AQUI NA ARGENTINA, NAO ACEITARAM UM QUE ESTAVA INCOMPLETO, E MULTARAM TAMBÈM......................

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

desculpem-nos,

 

mas, infelizmente nao conseguimos atualizar essa pasta, em virtude de alguns fatores,............

mas se alguém tiver alguma dúvida daqui, fiquem aa vontade para perguntar.

 

Chegamos hoje do salar de UYuni, passeio maravilhoso, depois conto com mais detalhe, estamos saindo amanha cedo para santiago e sul do chile.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nao conseguimos fazer o relato online, portanto na medida do possìvel vamos atualiza-lo.

 

PRIMEIRO DIA - 28/12/2007 de Brasilia aa Prata-MG

(saída Brasilia as 16:20 hs, chegada Prata-MG âs 22:00 hrs.

 

Saída de Brasília-DF âs 16:20hs, com intençao de dormir em Uberaba-MG, por orientaçao de um frentista de posto em Uberländia, resolvemos mudar os planos e dormir na cidade de Prata-MG.

 

 

Estrada: de Brasília â Luziänia-DF, pista dupla em bom estado de conservaçao, mas muito transito principalmente na saìda de brasilia e na cidade de Valparaiso; de Luziänia a Uberländia, pista simples, em boas condiçoes, cuidado somente com as curvas entre cristalina e Uberlandia, e alguns trechos com asfalto gasto; de Uberländia a Prata, pista simples em ótimas condiçoes.

Total de Kms no dia: 523 kms;

Preço gasolina: R$2,63 em media;

Hospedagem: Hotel RPH - Ramada Hotel Prata-MG, preço R$24,00 por pessoa (Localiza no trevo da cidade, bom hotel, o problema que náo tinha ar condicionado e passamos um calor do caral..., café da manha muito bom, pricipalmente com o famoso pao de queijo mineiro.

 

 

SEGUNDO DIA - 29/12/2007 de Prata-Mg â SantaTerezinha de Itaipu-PR

(saída Prata-mg as 09:45, chegada santa terezinha âs 20:15hrs.

 

Fiz revisao geral do carro, mas esqueci de trocar o óleo, portanto tive que trocar em Prata, depois de resolvido, partimos com a intençao de dormir

em Puerto Iguzu na argentina, mas dormimos antes de foz.

 

Estrada: de Prata até a cidade de Fronteira-MG em boas condiçoes, salvo um pequeno pedaço de náo mais de 500 metros, antes de chegar â ponte sobre o rio grande(TOMEM MUITO CUIDADO NESTE TRECHO), está ruim mesmo; alguns trechos no estado de sao paulo requer algum cuidado, pois o asfalto està um pouco gasto, com alguns buracos; no estado do Paraná a estrada está ótima, o problema é o preço do pedágio.

 

Total de Kms.: 1050 kms.

Pedágios: No estado do Paraná morremos em R$35,00 em 5 pedágios(UM ROUBO, estrada simples, náo tem nem pista dupla nas subidas, daí o trafego de caminhoes atrapalha muito o desenvolvimento do carro).

Preço da Gasolina: abasteci somente em Pirapozinho-SP, R$2,40 o litro,

Hospedagem: Praia Sol Hotel - em santa terezinha do Itaipu, uma cidade antes de fóz do iguassu, bom hotel, com ótimo cafè da manha, R$30,00 por pessoa no mesmo quarto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desculpem, mas esta dificil atualizar esse relato, acho que vou esperar chegar ao Brasil para fazer.

Cheguei hoje em buenos aires, depois de passar por atacama, salar de uyuni, salta, rioja, mendoza, santiago, pucon, llaima, puerto varas, frutillar, ilha de chiloe, s.m. los andes, bariloche, el bolson, esquel, punta arenas, torres del paine, el calafate, el chalten, san julian, PUERTO madryn, buenos aires........... ate agora foram quase 14.500 kms.

 

ALGUMAS INFORMAÇOES IMPORTANTES:

 

1. Muitas cidades argentinas, estao sofrendo com a falta de combustivel, as distribuidoras nao estao entregando o produto, nao sei o motivo..... portanto, quem estiver vindo para ca, fiquem atentos, nunca deixem o tanque com menos de meio tanque, sempre abasteça, quase fiquei sem combustivel, entre esquel e comodoro rivadavia.

 

2. NA REGIAO DE SALTA, ESTA DEBAIXO DÁGUA, LITERALMENTE, ENTAO QUEM FOR PARA AQUELA REGIAO, SE INFORME SOBRE AS CONDIÇOES METEREOLOGICAS. A COISA REALMENTE ESTA FEIA POR LA.

 

3. QUEM ESTIVER INDO PARA O CHILE, CUIDADO, O INDICE DE ASSALTOS ESTA ATORMENTANDO AS AUTORIDADES, EM PUCON FIQUEI SABENDO DE VARIOS ASSALTOS CONTRA TURISTAS.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Priscila Carreiro
      Olá,
      Li relatos de cidades do Mato Grosso fronteiriças com Bolívia. Sou do Rio de Janeiro. Pensei em fazer passeios no Pantanal que saem de Cuiabá e começar meu mochilão de lá. Logisticamente, é uma boa ideia?
    • Por Biasalmeida
      Pessoal, visito na primeira semana de outubro a laguna humantay e a rainbow mountain. Queria saber da experiência de vocês qual o tipo de vestimenta adequada.
      E em relação a marcas, se uma quechua dá conta ou se preciso investir em columbia ou acima.
      Quanto ao calçado preciso de ajuda também 
    • Por Juana Carvalho
      VIAGEM PARA O PERU – VANI E JU
      OS PREÇOS PODEM VARIAR PARA MAIS OU PRA MENOS*
       
      ITINERÁRIO
      IDA DIA 04/05/2019 – VOLTA 15/05/2019
      CUSCO X ÁGUAS CALIENTES (MACHU PICCHU)
      > PASSAGEM: CUSCO X RJ IDA E VOLTA
      ·       VALOR TOTAL PARA DUAS PESSOAS VOO NOTURNO COM UMA PARA EM LIMA: R$ 3.200,00 – LATAM
      >  HOTEL COM CAFÉ DE MANHÃ:
      ·       CUSCO 5 A 15: 10 DIÁRIAS = R$913,00 (Aparthotel alugado pelo Airbnb, próximo a praça das armas)
      ·       ÁGUAS CALIENTES 7 A 8 (MACHU PICCHU): 1 DIÁRIAS R$116,00 (Booking)
      ·       TOTAL: R$ 1.029,00
      ROTEIRO
      1.     Dia 05/05 - Domingo
      Chegada à CUSCO!
      Chegamos à cusco por volta das 6:10 da manhã (MUITO FRIO), pegamos um Taxi (15 soles) até o hotel (Recoleta, Cusco 08000 - Urbanizacion Zaguán del cielo F8 a espaldas de la cervecería hay un letrero de salón de eventos y clínica odontologics vitalis), o taxista (Whatsappp - 51973182684) foi indicado pelo dono do Aparthotel.
      No nosso primeiro dia conhecemos um pouco da cidade de Cusco, para nos acostumar com a altitude da cidade que é de 3.399 metros. É importante beber muito líquido nessas primeiras horas por lá, tomar cházinho clássico de coca e dedicar esse meio dia para adaptação. Vamos até a Plaza de armas para conhecer essa tão famosa praça, e lá perto vamos encontramos a loja da CLARO e compramos o chip (10 soles) e fizemos o plano de  5 GB por 30  dias (30 soles). Compramos também o nosso bilhete turístico completo em Av. El Sol 103, no centro de Cusco, que custa S/. 130 por pessoa (válido para todos os lugares nos três circuitos, em um período de 10 dias). Para não perder tempo já fomos na agencia da INCA RAIL para pegar o nosso bilhete de trem para machu picchu que compramos na internet uns 3 meses antes no proprio site da INCA RAIL, importante falar que também tem a empresa PERU RAIL que possui alguns trens que também fazem o mesmo caminho pra Machu Picchu, vale a pena pesquisar antes e ver qual sai mais em conta.Visitamos as feiras livres como o Mercado Central de San Pedro (Cusco 08002, Peru), Centro Artesanal de Cusco (Ele fica no final da Calle el Sol, em frente à grande fonte pintada e ao Sonesta Hotel), e a Feira Gastronômica da Praça San Francisco que é organizada pela prefeitura de Cusco e acontece aos domingos, tudo muito simples e com preços econômicos. A feira começa bem cedo e vai até a noite. Aí há também jogos, música e apresentação de artistas de rua dos mais variados. Tudo ocorre na praça a céu aberto, ao lado da igreja e em frente ao Colégio Ciências. Almoçamos no Restaurante Fusi Chicken & Grill Restobar (https://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g294314-d6383528-Reviews-Fusi_Chicken_Grill_Restobar-Cusco_Cusco_Region.html), e foi a minha primeira experiência comendo o delicioso prato chamado SOLTADO DE ALPACA (Me da Água na boca só de lembrar). 
       
      2.     Dia 06/05 - Segunda-feira
       
      Seguindo a programação da Peru Grand Travel (Bilhete TOTAL), este dia foi dedicado para passear pela cidade e  conhecer os melhores lugares em Cusco. Resolvemos contratar o taxista que deixou a gnt no aeroporto para fazer o City Tour Cusco (60 soles), com os seguintes sítios arqueológicos que estão incluídas no valor do Boleto Turístico, e você não paga nada mais pela visita. Ufa! A portaria de todos os sítios funcionam das 7h às 18h:
      Tambomachay, um conjunto de ruínas de antigos terraços e banhos fica a 7.7 km de Cusco.
       
      Pukapukara, um antigo quartel e local de hospedagem para os Incas.

       
      Q’enqo, outro antigo lugar de culto, hoje em ruínas, que fica a 4km de Cusco; 

       Sacsayhuaman, ruínas de um antigo templo, que muitos acreditam ter sido uma antiga fortaleza Inca. Fica a 6 km da cidade. (O MELHOR LUGAR SEM DÚVIDAS)


      Lá fica a estátua do Cristo Branco, e temos uma vista linda de Cusco;

      E uma vista panorâmica incrível da Cidade de Cusco.

       Depois desse passeio incrivel pedimos pro taxista deixar a gente na praça das armas e fomos andando até o Bairro San Blas para almoçarmos no Restaurante Pachapada, comemos um prato de Trucha (Salmão), não lembro o nome certinho mas segue a foto  (UMA DELICIA), pagamos 45 Soles sem bebida.
      Depois fomos visitar alguns museus que estão incluídos no bilhete turístico como : Museu de Arte Contemporânea, Museu Histórico Regional, Museu de Arte Popular, Museu de site Qoricancha. Só faltou visitar o Qoriqancha, ou Templo do Sol, hoje nomeado de Convento de Santo Domingo – A entrada custa 10 soles, e as fotos são permitidas apenas no pátio central do templo. (NÃO FOMOS INFELIZMENTE  ). As demais atrações do City Tour de Cusco ficam nos arredores da cidade.
      3.     Dia 07/05 - terça-feira
      Após o café da manhã, fomos separar a roupa pra levar pra Machu Picchu (uma mochila para cada pessoa está de bom tamanho), e ainda de manhã as 11:00, pegamos O TREM  THE 360 da empresa Inca Rail para águas calientes. Chegando la fomos direto pro Hotel fazer o chekin, e deixar as mochilas e fomos conhecer essa cidade aos pés de Machu Picchu ( que é um encanto por sinal). Compramos a passagem do Ônibus para a subida à Machu picchu fica bem pertinho da feira de águas calientes só que do outro lado da ponte, fácil de encontrar. O bilhete do trem por pessoa foi 22 dólares ida e volta (em media 185 reais por casal), uma facadinha linda, mas vale a pena. O bilhete para entrada de Machi picchu compramos uns 3 meses antes pelo site do governo peruano, custou 152 soles por pessoa (Cerca de 182,00 reais por pessoa), vale a pena comprar no site do governo peruano, pois agências cobram bem mais caro. De noite fomos tomar uma cervejinha cusquenha e comer pizza em um restaurante que não lembro o nome em frente ao rio.
      4.     Dia 08/05 Quarta-feira
      O GRANDE DIA!
      Já que estávamos na cidade de Águas Calientes (ponto de encontro para subir o Machu Picchu), fica fácil de acordar cedinho e seguir até a estação de ônibus para fazer a viagem.  Contratamos um guia na entrada de Machu Picchu e falamos que queríamos o guia em grupo para sair mais em conta, em media está 40 soles por pessoa. Ficamos caminhando por Machu Picchu (Foto abaixo), energizando o corpo e mente, comprei o bilhete das 8 horas, é importante chegar lá pelo menos 1:00 antes.

      É inexplicável a sensação de estar em Machu Picchu.
      Após a visita, fomos até o Hotel/Hostel fazer o checkout e pedimos para deixar as mochilas na recepção (é uma pratica comum la). Após almoçarmos em um restaurante em frente a estação de trem por 30 soles (entrada + prato principal + suco), Fomos direto para águas termais tomar aquele banho tradicional (foto abaixo), depois seguimos de trem para Cusco.

       
      5.     Dia 09/05 Quinta-feira
      Como estávamos mortas, fizemos um passeio mais perto de Cusco. Fomos conhecer o Pantanal de Huasao: Groot e o Senhor dos Anéis em Cusco, A poucos quilômetros de Cusco, há um parque temático onde os personagens dos ‘Guardiões da Galáxia’ e ‘O Senhor dos Anéis’ foram desenhados em madeira. O pantanal de Huasao é um ambiente natural, onde pode-se estar longe da cidade e desfrutar da natureza..
      Esta atração está localizada no distrito de Oropesa. A uma curta distância de lá, há um parque jurássico ideal para visitar com os pequenos. Você também pode desfrutar do famoso ‘Pão chuta’ e ‘Lechón al horno’.
      Como chegar lá? – Da cidade de Cusco, os ônibus são direcionados para Oropesa na Avenida de la Cultura. A viagem leva aproximadamente 30 minutos. Ou pode pegar um táxi como fizemos que custou 30 soles a ida e 15 a volta.
      Quanto custa? – A entrada para o Pantanal de Huasao é de 1.50 soles (0.5 dolares)

      6.     Dia 10/05 – Sexta-feira
      Fizemos o passeio do Vale Sagrado, em média custa 30 soles por pessoa com van e guia incluso mais buffet, o passeio de um dia começa em torno das 9h e segue até às 19h. O passeio do “Vale Sagrado” inclui a visita aos parques de Pisac, Ollantaytambo e Chinchero que estão inclusos no boleto turístico. 
      O primeiro parque visitado no tour é Pisac (foto abaixo), mas antes são feitas algumas paradas em centros de artesanatos. Uma dica importante, escolha sentar do lado esquerdo do ônibus/van na ida.


      Depois de Pisac paramos para almoço em um buffet e depois seguimos o passeio com a visita ao parque de Ollantaytambo (abaixo). Que é um cidade incrível.



      Sim é muito lindoooo....  Segundo lugar mais bonito na minha opinião.


      Essa foto acima é o templo do sol, fica na parte mais alta das ruinas, são 6 ernormes rochas monolíticas de granito rosa, colocadas tão perfeitamente unidas que nenhuma folha de papel é capaz de passar entre elas. Sabe o que é mais incrível? Quem disse que aquelas pedras enormes já estavam ali?O lugar mais próximo nas redondezas com granito rosa fica a 4Km de Ollanta, do outro lado do Vale, depois de um rio, no topo de outra montanha, para vocês terem uma ideia estima-se que algumas das pedras do templo do sol pesam mais de 80 toneladas (ISSO MESMO).
      É depois é a vez de Chinchero, esse é o último lugar do passeio.

       
      7.     Dia 11/05 – Sábado
      Nesse dia fomos visitar o Laguna humantay (abaixo), que é aquela bela caminhada de 2 horas subindo (tem gnt que faz em 1 hora e meia), porém não somos fitnes e subimos a Cavalo por 40 soles por pessoa, saiba que é muita adrenalina, mas que no final compensa, o passeio completo com ônibus ida e volta, almoço, café da manha, Guia turístico, etc. esta em média 75 Soles por pessoa. Foi um dos lugares mais cansativo porém o mais lindo depois de Machu Picchu claro.

       
      8.     Dia 12/05 – Domingo
      Esse é o dia para visitar os belos povoados incas com suas casas coloniais, onde é possível apreciar os tesouros que esta terra sagrada esconde em um agradável e singular tour: ATV Maras–Moray–Salineras (foto abaixo). Este é um dos passeios mais clássicos de Cusco e um dos mais fantásticos. Visitamos os terraços agrícolas em forma de círculos, conhecemos a extração de sal em meio às montanhas. Tudo isso sabe de que? Quadriciclo. O passeio em media custa 100 soles por pessoa, incluindo, Traslado de ida e volta de hotéis selecionados, Transporte a partir de Cusco, Quadriciclo por pessoa , Capacete, Combustível, Guia fluente em inglês e espanhol,  porém não inclui. A Entrada opcional ao sítio arqueológico de Moray esta incluso no bilhete turístico,  e a entrada para as minas de sal (10 soles).


      9.     Dia 13/05 – Segunda – Feira
      Esse dia fomos fazer o passeio do vale sul, que não é tão conhecido no turismo de cusco, mas queríamos conhecer.
      Visitamos o centro Arqueológico de Tipon, e admirar o sistema de irrigação Incaico.

      Admiramos as construções de mais de um nível feita com pedras pequenas no parque arqueológico de Piquillacta.

      Depois fomos visitar o Monumento ao Inca Pachacuteq.
      10.     Dia 14/05 – Terça – Feira
      Como foi o meu niver ficamos andando pela cidade de Cusco e descansamos para sair a noite. A noite fomos no La fabrica Sports Bar, que é um Pub americano em cusco. Comemos um hambúrguer (35 soles) que quase não aguentamos hahahahha, e bebemos a Cerveja tradicional Peruana (Cusquenha) 10 soles a garrafa de 600 Ml.

      11.     Dia 15/05 – Quarta - Feira
      A despedida... Dia de acordar, tomar um café da manhã  e se despedir da cidade de Cusco e da vibe incrível do Peru, compramos lembrancinhas no mercado são pedro, é recomendado comprar um pouco afastado do centro (praça) por ser mais barato. Fomos almoçar no restaurante Ceviche Seafood (O MELHOR SEM DÚVIDAS - foto do prato abaixo). Depois fomos na tradicional e maravilhosa sorveteria Qucharitas, um lugar mágico e muito bom para tirar fotos pois o teto é cheio de sombrinhas e eles ainda dão essas folhas para ficar pintando e relaxando, esse foi o segundo dia que fomos nessa sorveteria, mas não lembro qual foi o outro dia. Super recomendo!

      Abaixo um mapa que usamos bastante.

      É assim encerra esse roteiro dessa cidade conhecida como o umbigo do mundo,  vocês sem dúvidas vão querer voltar para lá assim como a gente, espero ter ajudado!


×
×
  • Criar Novo...