Ir para conteúdo

Alguém que ja foi pra Macchu Picchu recomenda fechar pacote de trilha lá (localmente)? Ou é muito arriscado?


Ir para solução Solucionado por Camilabrazao ,

Posts Recomendados

  • Membros

Comprei lá e valeu muito mais a pena.  Fiz pela hidrelétrica em 2019.  Tem muitas agências no centro de Cuzco, ou vc pode fazer como eu e fechar direto na hospedagem.  No meu caso o dono do hostel fechou tudo pra mim num preço muito melhor do que vi antecipadamente aqui do Brasil.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Quando fui também comprei por lá, sem dor de cabeça, mas hoje limitaram a quantidade de turistas, agora tem horário e rotas específicas, não é mais possível qualquer um ter acesso a todos os lugares em MP, desta forma, se seus dias de viagem estiverem mais tranquilos, recomendo comprar com antecedência.

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Ei Camila,

Eu já fui a MP 02 vezes, uma em 2017, quando fiz a trilha salkantay, e em 2019, pela trilha inca. Existem outras opções, como de trem, de van, trilha inca jungle,  choquequirao a MP, dentre outras.

Não sei se vc está dizendo a trilha salkantay, que passa pela hidrelétrica, mas são ao todo 5 a 7 dias de trilha. No penúltimo dia da trilha vc sobe o morro que leva até a hidrelétrica, e almoça com a visão de machupicchu de longe. Daí vc segue, chega na hidrelétrica e vai andando (ou de trem) por 07 km até Águas Calientes. No dia seguinte vc vai a MP, a pé ou de ônibus. É bem legal. 

Mas há a opção de vans que te levam até a hidrelétrica, e de lá vc anda 7 km até Águas Calientes. De lá vc pode pegar o ônibus até MP ou subir a pé. Mais barato, praticamente sem trilha. Normalmente vc faz em 02 dias. Um dia até Águas Calientes, e outro visitando MP e voltando até Cusco.

E tem a trilha inca tradicional, de 4 dias, ou a curta, de 02 dias. Nela vc vai andando até chegar ao portal do sol, ou Intipunku, e de lá desce até MP, onde faz o passeio. É a opção mais puxada de todas, pois a trilha tem muito sobe e desce em grande altitude. Haja fôlego. No caminho tem uma escadaria que os guias chamam de "mata gringo" que, se vc for, vai entender o porquê. Mas ver MP ao nascer do sol, visto de Intipunku, é muito legal.

Vc deixar para contratar lá sai muito mais em conta. Tipo assim: vc vê o preço no site, se eles cobram 400 dólares (por exemplo), lá em cusco vc acha por 400 reais, às vezes na própria empresa que vc viu pela internet (eu fiz a salkantay 2d/1n pela quechua expeditions. No site o preço era 250 dólares por pessoa. Lá eu paguei 100 dólares por pessoa, com esta mesma empresa). 

Mas vc tem que levar algumas coisas em consideração: 

01 - quando vc vai e quanto tempo tem em Cusco. Com o fim das restrições de viagem, tem muita gente indo a MP. O governo já aumentou de 3500 para 4500 visitantes por dia, mas tem muita gente não conseguindo entrar, fazendo fila na entrada de MP. Se vc tiver pouco tempo em Cusco, pode ter dificuldades para comprar entrada para o período que vc estiver lá. Mas, dependendo da opção, vc mesma pode comprar seu ingresso pela internet, e facilita sua vida. Normalmente as empresas que vendem a trilha até MP incluem no preço o valor da entrada.

02 - em MP existem 02 montanhas: a montanha Machu Picchu, que eu subi em 2019, e a montanha Huayna Picchu, que eu subi em 2017. São ambos passeio muito legais, e eu recomendo, se vc tiver tempo. Porém o número de passeios liberados por dia é pequeno. 100 para Huayna Picchu e 200 para montanha Machu Picchu (era isso em 2019). Os ingressos esgotam com mais de semana de antecedência. Se vc quiser subir em alguma, tem que comprar com bastante antecedência. 

Nos dois casos, eu fechei o pacote no Brasil, porque não tinha muita tempo em Cusco e queria subir as montanhas. Mas, como eu disse, no caso da trilha de 2d/1n que fiz em salkantay (que te leva até à lagoa Humantay) eu contratei lá em cusco mesmo, com 03 dias de antecedência, sem dificuldades.

O fato é, se vc quiser fazer a trilha salkantay, ela não é controlada pelo governo peruano. Vc não terá dificuldades em contratar lá, pois não há limitações quanto ao número de pessoas. E ela acaba com a visita em MP. São 5 a 7 dias de caminhada, com vistas muito bonitas. 

Se vc quiser fazer a trilha inca clássica, se for em julho ou agosto, eu recomendo contratar com antecedência, pois cusco enche de gringo neste período, e fica muito concorrido. Se for outro período, como junho ou setembro, que são as outras 02 melhores opões, eu deixaria para contratar lá, a menos que seu tempo em Cusco seja curto (normalmente eu diria menos de 5 dias mas, com os atuais problemas de superlotação, eu falaria menos que 7 dias.) Mas se vc tiver mais de 10 dias disponíveis em Cusco, eu deixaria para comprar lá mesmo.

Quando se vai a Cusco, normalmente se vai no vale sagrado também, além de MP. Uma dica: vá primeiro ao vale sagrado e depois a MP. Depois de MP, o vale sagrado perde um pouco do encanto. 

Se vc estiver em cusco e tiver tempo, pesquisa estes lugares:

01 - lagoa humantay (faz parte da trilha salkantay, mas vc pode ir só nela também);

02 - rainbow mountain (imperdível)

São boas opções, para quem gosta de caminhar.

  • Gostei! 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
  • Solução
Em 05/09/2022 em 15:47, schitini disse:

Ei Camila,

Eu já fui a MP 02 vezes, uma em 2017, quando fiz a trilha salkantay, e em 2019, pela trilha inca. Existem outras opções, como de trem, de van, trilha inca jungle,  choquequirao a MP, dentre outras.

Não sei se vc está dizendo a trilha salkantay, que passa pela hidrelétrica, mas são ao todo 5 a 7 dias de trilha. No penúltimo dia da trilha vc sobe o morro que leva até a hidrelétrica, e almoça com a visão de machupicchu de longe. Daí vc segue, chega na hidrelétrica e vai andando (ou de trem) por 07 km até Águas Calientes. No dia seguinte vc vai a MP, a pé ou de ônibus. É bem legal. 

Mas há a opção de vans que te levam até a hidrelétrica, e de lá vc anda 7 km até Águas Calientes. De lá vc pode pegar o ônibus até MP ou subir a pé. Mais barato, praticamente sem trilha. Normalmente vc faz em 02 dias. Um dia até Águas Calientes, e outro visitando MP e voltando até Cusco.

E tem a trilha inca tradicional, de 4 dias, ou a curta, de 02 dias. Nela vc vai andando até chegar ao portal do sol, ou Intipunku, e de lá desce até MP, onde faz o passeio. É a opção mais puxada de todas, pois a trilha tem muito sobe e desce em grande altitude. Haja fôlego. No caminho tem uma escadaria que os guias chamam de "mata gringo" que, se vc for, vai entender o porquê. Mas ver MP ao nascer do sol, visto de Intipunku, é muito legal.

Vc deixar para contratar lá sai muito mais em conta. Tipo assim: vc vê o preço no site, se eles cobram 400 dólares (por exemplo), lá em cusco vc acha por 400 reais, às vezes na própria empresa que vc viu pela internet (eu fiz a salkantay 2d/1n pela quechua expeditions. No site o preço era 250 dólares por pessoa. Lá eu paguei 100 dólares por pessoa, com esta mesma empresa). 

Mas vc tem que levar algumas coisas em consideração: 

01 - quando vc vai e quanto tempo tem em Cusco. Com o fim das restrições de viagem, tem muita gente indo a MP. O governo já aumentou de 3500 para 4500 visitantes por dia, mas tem muita gente não conseguindo entrar, fazendo fila na entrada de MP. Se vc tiver pouco tempo em Cusco, pode ter dificuldades para comprar entrada para o período que vc estiver lá. Mas, dependendo da opção, vc mesma pode comprar seu ingresso pela internet, e facilita sua vida. Normalmente as empresas que vendem a trilha até MP incluem no preço o valor da entrada.

02 - em MP existem 02 montanhas: a montanha Machu Picchu, que eu subi em 2019, e a montanha Huayna Picchu, que eu subi em 2017. São ambos passeio muito legais, e eu recomendo, se vc tiver tempo. Porém o número de passeios liberados por dia é pequeno. 100 para Huayna Picchu e 200 para montanha Machu Picchu (era isso em 2019). Os ingressos esgotam com mais de semana de antecedência. Se vc quiser subir em alguma, tem que comprar com bastante antecedência. 

Nos dois casos, eu fechei o pacote no Brasil, porque não tinha muita tempo em Cusco e queria subir as montanhas. Mas, como eu disse, no caso da trilha de 2d/1n que fiz em salkantay (que te leva até à lagoa Humantay) eu contratei lá em cusco mesmo, com 03 dias de antecedência, sem dificuldades.

O fato é, se vc quiser fazer a trilha salkantay, ela não é controlada pelo governo peruano. Vc não terá dificuldades em contratar lá, pois não há limitações quanto ao número de pessoas. E ela acaba com a visita em MP. São 5 a 7 dias de caminhada, com vistas muito bonitas. 

Se vc quiser fazer a trilha inca clássica, se for em julho ou agosto, eu recomendo contratar com antecedência, pois cusco enche de gringo neste período, e fica muito concorrido. Se for outro período, como junho ou setembro, que são as outras 02 melhores opões, eu deixaria para contratar lá, a menos que seu tempo em Cusco seja curto (normalmente eu diria menos de 5 dias mas, com os atuais problemas de superlotação, eu falaria menos que 7 dias.) Mas se vc tiver mais de 10 dias disponíveis em Cusco, eu deixaria para comprar lá mesmo.

Quando se vai a Cusco, normalmente se vai no vale sagrado também, além de MP. Uma dica: vá primeiro ao vale sagrado e depois a MP. Depois de MP, o vale sagrado perde um pouco do encanto. 

Se vc estiver em cusco e tiver tempo, pesquisa estes lugares:

01 - lagoa humantay (faz parte da trilha salkantay, mas vc pode ir só nela também);

02 - rainbow mountain (imperdível)

São boas opções, para quem gosta de caminhar.

Nossa muito obrigada pelo seu relato. De fato, penso na trilha inca de 2 dias que é controlada pelo governo, em último caso faço a da hidrelétrica mesmo, e vou nas minhas férias do trabalho. Só vou conseguir tirar 10 dias, sendo 6 dias para Cusco, então fechar lá a trilha inca é arriscado mas as demais trilhas é ok pelo que entendi então...

Você recomenda ir em dezembro? Qual época você foi? 

Ainda estou em dúvida sobre qual trilha fazer pois me recomendaram fortemente não fazer a trilha inca (mesmo a de 2 dias) pela exigência física. Eu faço academia e aguento trilhas de 10km, porém estamos falando de uma altitude complicada 

Editado por Camilabrazao
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
13 horas atrás, Camilabrazao disse:

Você recomenda ir em dezembro? Qual época você foi? 

Olá, já fui em janeiro, em 2017 era um período menos concorrido, tem mais chances de chuva do que em julho. Mas para a trilha da hidrelétrica fui de boa, choveu um pouco, coloquei a capa de chuva e cheguei em águas calientes, no dia seguinte o tempo amanheceu meio fechado, depois abriu e fechou várias vezes durante o dia, mas deu pra ver tudo tranquilo. Naquela época podíamos ficar o dia todo na cidadela: cheguei 8 da manhã e só saímos na hora de fechar quase 17h. Deixei pra ir embora no dia seguinte.

Águas calientes tem muitas atrações, talvez vale a pena ir em um dia, no segundo visita a cidadela e outro ponto turístico, pra no terceiro dia na hora de ir embora ainda visitar algum outro ponto e depois partir, sei q tem uma trilha de uma cachoeira, um borboletario e as aguas termais, que se vc fizer tudo correndo só vai em machu Picchu mesmo e volta rápido pq não sobra tempo.

 

Abraços 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Em 05/09/2022 em 15:47, schitini disse:

Ei Camila,

Eu já fui a MP 02 vezes, uma em 2017, quando fiz a trilha salkantay, e em 2019, pela trilha inca. Existem outras opções, como de trem, de van, trilha inca jungle,  choquequirao a MP, dentre outras.

Não sei se vc está dizendo a trilha salkantay, que passa pela hidrelétrica, mas são ao todo 5 a 7 dias de trilha. No penúltimo dia da trilha vc sobe o morro que leva até a hidrelétrica, e almoça com a visão de machupicchu de longe. Daí vc segue, chega na hidrelétrica e vai andando (ou de trem) por 07 km até Águas Calientes. No dia seguinte vc vai a MP, a pé ou de ônibus. É bem legal. 

Mas há a opção de vans que te levam até a hidrelétrica, e de lá vc anda 7 km até Águas Calientes. De lá vc pode pegar o ônibus até MP ou subir a pé. Mais barato, praticamente sem trilha. Normalmente vc faz em 02 dias. Um dia até Águas Calientes, e outro visitando MP e voltando até Cusco.

E tem a trilha inca tradicional, de 4 dias, ou a curta, de 02 dias. Nela vc vai andando até chegar ao portal do sol, ou Intipunku, e de lá desce até MP, onde faz o passeio. É a opção mais puxada de todas, pois a trilha tem muito sobe e desce em grande altitude. Haja fôlego. No caminho tem uma escadaria que os guias chamam de "mata gringo" que, se vc for, vai entender o porquê. Mas ver MP ao nascer do sol, visto de Intipunku, é muito legal.

Vc deixar para contratar lá sai muito mais em conta. Tipo assim: vc vê o preço no site, se eles cobram 400 dólares (por exemplo), lá em cusco vc acha por 400 reais, às vezes na própria empresa que vc viu pela internet (eu fiz a salkantay 2d/1n pela quechua expeditions. No site o preço era 250 dólares por pessoa. Lá eu paguei 100 dólares por pessoa, com esta mesma empresa). 

Mas vc tem que levar algumas coisas em consideração: 

01 - quando vc vai e quanto tempo tem em Cusco. Com o fim das restrições de viagem, tem muita gente indo a MP. O governo já aumentou de 3500 para 4500 visitantes por dia, mas tem muita gente não conseguindo entrar, fazendo fila na entrada de MP. Se vc tiver pouco tempo em Cusco, pode ter dificuldades para comprar entrada para o período que vc estiver lá. Mas, dependendo da opção, vc mesma pode comprar seu ingresso pela internet, e facilita sua vida. Normalmente as empresas que vendem a trilha até MP incluem no preço o valor da entrada.

02 - em MP existem 02 montanhas: a montanha Machu Picchu, que eu subi em 2019, e a montanha Huayna Picchu, que eu subi em 2017. São ambos passeio muito legais, e eu recomendo, se vc tiver tempo. Porém o número de passeios liberados por dia é pequeno. 100 para Huayna Picchu e 200 para montanha Machu Picchu (era isso em 2019). Os ingressos esgotam com mais de semana de antecedência. Se vc quiser subir em alguma, tem que comprar com bastante antecedência. 

Nos dois casos, eu fechei o pacote no Brasil, porque não tinha muita tempo em Cusco e queria subir as montanhas. Mas, como eu disse, no caso da trilha de 2d/1n que fiz em salkantay (que te leva até à lagoa Humantay) eu contratei lá em cusco mesmo, com 03 dias de antecedência, sem dificuldades.

O fato é, se vc quiser fazer a trilha salkantay, ela não é controlada pelo governo peruano. Vc não terá dificuldades em contratar lá, pois não há limitações quanto ao número de pessoas. E ela acaba com a visita em MP. São 5 a 7 dias de caminhada, com vistas muito bonitas. 

Se vc quiser fazer a trilha inca clássica, se for em julho ou agosto, eu recomendo contratar com antecedência, pois cusco enche de gringo neste período, e fica muito concorrido. Se for outro período, como junho ou setembro, que são as outras 02 melhores opões, eu deixaria para contratar lá, a menos que seu tempo em Cusco seja curto (normalmente eu diria menos de 5 dias mas, com os atuais problemas de superlotação, eu falaria menos que 7 dias.) Mas se vc tiver mais de 10 dias disponíveis em Cusco, eu deixaria para comprar lá mesmo.

Quando se vai a Cusco, normalmente se vai no vale sagrado também, além de MP. Uma dica: vá primeiro ao vale sagrado e depois a MP. Depois de MP, o vale sagrado perde um pouco do encanto. 

Se vc estiver em cusco e tiver tempo, pesquisa estes lugares:

01 - lagoa humantay (faz parte da trilha salkantay, mas vc pode ir só nela também);

02 - rainbow mountain (imperdível)

São boas opções, para quem gosta de caminhar.

tanto na trilha inca longa como na curta passam pela porta  do sol?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Vc pode fazer td de forma independente.  Comprar passagem de van+trem, reservar o hostel.

Trens mais a noite são mais em conta.

Chegando em águas Calientes, vá ao centro de informações turísticas, na praça principal e peça para colocar o nome na lista de compra do ingresso. No outro dia, acorde cedo, fique na fila. Antes de abrir o guiche de compras, a fila será ordenada de acordo com o livro  e compre o ingresso.  

Na porta de machu picchu há diversos guias e pode-se negociar o preço para o tour ali na hora.

Não há ingressos disponíveis para determinados circuitos nos pacotes vendidos em cusco e, ainda q faça com agencia, vc vai ter q fazer o esquema da fila pessoalmente. 

Tem um history detalhando td recente no Instagram experienciaseviagens

 

Espero ter ajudado!

Editado por lulyis
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...