Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Respostas 642
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Pessoal,   Estou indo prá Fortaleza na próxima semana... até já conheço, inclusive, Jeri (apenas 2 dias).   Estou querendo ir prá DESCANSAR e pretendo ficar todos os meus 9 dias em Jeri... será mu

Fui pra Jeri de carro. É muito tranquilo ir com carro próprio até Jeri. Fui com 1.0 alugado. Tem asfalto até a praia do Preá. Do Preá até Jeri são uns 15 km de estrada de chão que beira a praia, com a

ola, irei passar o réveillon em Jeri, nunca viajei sozinha, primeira vez, mas ja vi outros comentários e dissera que e bom o lugar, bem movimentado. Estou indo dia 28/12. qualquer coisa podemos nos fa

Posted Images

  • Membros

Pessoal, sabem de alguma empresa que faça transfer de Fortaleza pra Jeri à noite e volta de manhã ou à noite tb?

 

Seguinte, vou sozinha, e meu voo chega às 22h.

A FretCar só tem até 18h30. Acho q vou ter q esperar o das 8h da manhã seguinte e perder metadee de 1 dia :-(

Mas na volta to preocupada, pq com certeza eles tem volta de jeri pra 14h e pouco, mas chega depois do horário do meu voo,q é 20h...

Volta de manhã eles só saberão se tem no começo de dezembro. (Vou passar o Natal lá).

 

Portanto, sabem alguma empresa em que eu pague até uns 200 reais o trecho com horários melhores de ida e volta no meu caso?

Link para o post
  • Membros

Te recomendo aguardar o inicio de DEZ e ver o que a FRET CAR tem a oferecer.

Um transfer FOR-JERI ou JERI-FOR, fica em torno de R$ 450,00 – independente se for para uma ou quatro pessoas. Se tiver mais gente para dividir essa despesa contigo blz! Senão aguarde um pouco mais, que com certeza o período que vc vai é alta temporada e vai ter gente interessada. Entretanto, DEZ é alta temporada e com certeza esse preço deve subir. Veja se o custo X beneficio, vale a pena.

 

Estou indo para lá dia 02/11, posso verificar se existe uma outra possibilidade e te informo.

 

Abraço,

 

William

Link para o post
  • 1 mês depois...
  • Membros

Oi gente! Estou querendo ir pra Jeri em Dezembro ou Janeiro e ficqr 10 dias! Gosto de lugares calmos, e por isso nem vou ficar nenhum dia em Fortaleza. Vocês acham que valea pena Passat os 10 dias em Jeri? Procuro descanço. E outra, em relação a segurança em Jeri, pra sair a noite ou mesmo de manhã muito cedinho para ir ver o nascer do sol, é seguro? Pois irá eu e um amugo apenas!

Link para o post
  • Membros
Oi gente! Estou querendo ir pra Jeri em Dezembro ou Janeiro e ficqr 10 dias! Gosto de lugares calmos, e por isso nem vou ficar nenhum dia em Fortaleza. Vocês acham que valea pena Passat os 10 dias em Jeri? Procuro descanço. E outra, em relação a segurança em Jeri, pra sair a noite ou mesmo de manhã muito cedinho para ir ver o nascer do sol, é seguro? Pois irá eu e um amugo apenas!

 

 

Olá Lorena!!

Eu particularmente acho 10 dias em Jeri muito tempo, mas como vc quer descansar, talvez vc goste. Qdo fui fiquei 4 dias.

O mínimo pra ficar lá são 3 dias (tem 2 passeios que ocupam quase o dia inteiro, e deixa um pra relaxar lá)... eu iria para outros lugares, mas aí vai de gosto pra gosto. E se vc quer descansar MESMO, Jeri é o local certo..muita paz!!!

 

Com relação a segurança, pelo menos no tempo que fiquei lá (Janeiro desse ano) eu não vi nada...nada mesmo!!Pode ir tranquila...o lugar é muitooooo zen...

**Não deixe de ir na Padaria Santo Antônio (que abre todo dia 2.a.m), pão deliciosooo!! Vá sem medo e curta demais esse paraíso lindo!! Não perca o passeio das lagoas tb, achei o melhor!! E claro, o por do sol na duna...mágico!

Link para o post
  • 3 semanas depois...
  • Membros

Oi, gente!

 

Acabei de voltar de viagem. Vamos às minhas impressões sobre esta segunda vez a Jeri.

 

COMO CHEGAR

A princípio, eu havia programado ir de ônibus da Fretcar como a maioria das pessoas aqui. Houve um erro de programação. O nosso voo chegaria às 17:00 e iríamos pegar o ônibus da Fretcar das 18:30 no aeroporto. Dias antes descobrimos que o ônibus das 18:30 sai da rodoviária e NÃO passa no aeroporto nem em Meireles. Fizemos uma superoperação de não despachar bagagens, rezar para o voo não atrasar. Deu tudo certinho! Quando chegamos no guichê da Openpoint tur, um rapaz ofereceu um transporte de Hilux 4x4 para Jeri por R$ 500 o carro fechado. Já havia um casal e nós eramos duas pessoas. A promessa era de chegar em Jeri em 4h. Entre pagar R$ 58 e chegar por volta de uma da manhã e pagar R$ 125 e chegar às 22:00, preferimos a segunda opção. Mas ficam as dicas:

(a) O ônibus da Fretcar das 08:00 e 16:00 passam no aeroporto e na praia do Meireles (além da rodoviária, claro). Somente o ônibus das 18:30 é que sai da rodoviária direto para a estrada.

 

(b) Programe-se, hein! Segundo o rapaz da Fretcar, o táxi do aeroporto para rodoviária João Thomé pode levar de 15 a 30 minutos dependendo do trânsito;

 

© Se estiver em grupo (4 pessoas ou 6 pessoas), principalmente tendo idosos e crianças, acho uma boa ideia fechar o 4x4. A viagem não foi cansativa. Este valor na baixa temporada do transfer varia de R$ 400 a R$ 500. Saindo de Jeri, conseguimos a R$ 350 o carro para 3 pessoas.

 

(d) Tem a opção de fechar o 4x4 saindo de Fortaleza de manhã e passando pelas praias, chegando em Jeri à noite. Eu gostei desta opção mas devido ao custo um pouco mais alto, minhas amigas não quiseram bancar mas é uma boa para quem tem pouco tempo em Fortaleza e quer ter uma noção das praias.

 

(e) A primeira vez que fomos a Jeri, deixamos o carro em Jijoca no estacionamento da pousada Sol Nascente (hoje o nome da pousada é Sol Poente). Em Jijoca, pegamos a D-20 para Jericoacoara. Na entrada de Jijoca há um posto de informaçõe turísticas. Muito cuidado! Em 2010, nós paramos no posto para pegar mais informações e em vez de dar a informação correta que é o que o turista precisa, a atendente logo trouxe um guia mirim que se ofereceu para nos guiar até Jeri. Eu já sabia desta história do guia mirim e recusei veementemente. Na volta da viagem, na locdora de veículos, soubemos pelo atendente que estes mesmos guias mirins que prometem te ajudar a te guiar até a entrada de Jeri, ganham dinheiro fotografando os carros que ficam andando pelas dunas. E para quem alugará carro em Fortaleza, veja lá no Contrato em letras miúdas que é proibido dirigir o carro na areia.

 

(f) Ainda falando sobre chegar em Jeri de carro: não se pode entrar na cidade de carro. Você é obrigado a deixar seu carro em um estacionamento. Não sei dizer se é pago.

 

(g) Sobre o ônibus da Fretcar: para no ponto final, na rua do Forró em frente a agência Global Travel Connection. Não pára em outros pontos. Você terá que caminhar com sua bagagem. Mas há táxis-buggies pelo vilarejo.

 

(h) Contatos dos transfer 4 x 4: Cleuson Turismo (88- 9648-1200/1211 e 8871-6922 Jijoca) e Marcelo (88 9990-5676 Jericoacoara). Carro: Hilux SW4 (todos os dois contatos).

 

DURAÇÃO DA VIAGEM

4 noites. O dia da ida e o da volta não contam. Aí, é um dia para fazer o passeio para as Lagoas Azul e Paraíso (Lagoa de Jijoca), um dia para conhecer Tatajuba e outro dia livre, onde você pode ir à praia de Jeri, praia da Malhada, caminhar pela Pedra Furada, etc. Apreciar o pôr-do-sol na Duna do pôr-do-sol você pode fazer qualquer um dos dias.

 

O QUE LEVAR

Roupas simples e um par de chinelos. Para a mulherada que adora encher as malas com um monte de roupas: o estilo aqui é simplicidade. As ruas são de areia fofa, não adianta trazer salto e sapatos fechados. Ah, melhor trazer mochila ou trazer uns trocados a mais para bancar o "táxi".

 

OS PASSEIOS

(a) Lagoas Azul e do Paraíso - A natureza é algo extraordinário. Nós nos espantamos com as lagoas Azul e do Paraíso. Como estão vazias! Aí, conversando com os nativos, eles falaram que não chove pra valer desde 2009. Em 2010, a lagoa da duna do Funil estava seca. Nesta mesma época, chegávamos a Lagoa Azul de balsa. Que espanto quando vimos que o bugue chega no ponto de apoio da Lagoa Azul. Quem deve ter ido pela primeira vez, talvez tenha se decepcionado um pouco pois está bem diferente das fotos que a gente vê pela internet. Quem puder escolher um período e que não seja praticante de kitesurf e windsurf, recomendo ir entre junho e agosto. Espero que o próximo inverno traga bastante chuva para Jijoca, para que as lagoas encham. Preço do passeio: R$ 160 o bugue. Se forem 4 pessoas, sairá R$ 40 para cada um. Peça para o bugueiro te deixar no Restaurante do Paulo: menos muvucado e comida excelente.

 

Se quiser um modo rápido e barateiro de ir para Lagoa do Paraíso, vá de D-20. Eles saem da rua São Francisco. Preço: R$ 10.

 

(b) Tatajuba - Está ventando muito! Chega a doer a areia batendo no rosto por causa da velocidade do vento. Quando for fazer o passeio de bugue para Tatajuba, tente se proteger com uma canga. Ah, a dica para mulherada que está indo agora é não usar biquíni de cor clara na Lagoa da Torta, ela está meio barrenta (mas continua uma delícia deitar naquela rede) e está manchando um pouco os biquinis. O passeio continua ótimo! Preço: R$ 170 o bugue. O prato com lagosta com baião de dois e farofa está custando R$ 50 para uma pessoa. Outros preços na lagoa da Torta: caiaque 3 pessoas R$ 20, 2 espetinhos de queijo coalho R$ 5 e cocadas por R$ 3 a unidade ou 4 por R$ 10.

 

© Quando for caminhar pela Pedra Furada, pergunte na pousada se dá para ir pela praia (dependerá da maré). A volta pode ser pelo Serrote. Você pode ir a pé, a cavalo ou de charrete (R$ 20 por pessoa).

 

(d) Praia de Jeri: na primeira viagem não conhecemos direito e do pouco que vimos não entendemos o porquê de no passado ter sido escolhida como uma das 10 mais bonitas do Brasil. Desta vez, passamos um dia muito agradável por lá. Maré baixa e se formaram várias piscinas. Recomendo! Não deu para conhecer a praia da Malhada porque o vento estava imposssível! Preços dos ambulantes: R$ 10 (4 bolinhos de bacalhau), R$ 3,50 o pastel, R$ 3 uma cocada, R$ 3 o refrigerante, R$ 3 uma água, R$ 3 uma fatia de torta. Tudo muito bom :wink: O aluguel de 2 cadeira e um guarda-sol: R$ 5 a hora ou R$ 25 o dia todo (pechinche!)

 

(e) Com certeza, acho que a maioria das pessoas que conhece a praia de Jeri dirá que conheceu praias mais bonitas. O melhor de Jeri é o clima do local, é um conjunto de coisas. É o charme da iluminação das casas e estabelecimentos comerciais, aquela coisa bem rústica e tão diferente das grandes cidades que moramos. A primeira vez aqui eu me apaixonei pelo lugar e agora na segunda vez, na hora de ir embora, é sempre uma tristeza deixar este lugar. Há preços para todos os bolsos e gostos.

 

COMES E BEBES

rua Principal: *restaurante Rústico e Acústico (bons preços e boa comida). * Barraca da dona Bentinha (em frente a loja Pé na Areia): torta e coxinha a R$ 3,50 cada. * Casa de Pedra (crepes a R$ 18 - massa fina e recheio caprichado).

Praça de Jeri: sorveteria Gelato Grano (sorvete com duas bolas a R$ 7). Ótimo sorvete!

rua do Forró: restaurante Marisol (PFs a R$ 10 e R$ 12).

Lagoa do Paraíso: restaurante do Paulo (espaguete a matriciana por R$ 30).

 

SEGURANÇA

Nossa, é tranquilo demais! A gente andando lá para depois da meia-noite e as pousadas abertas... Coisas na base da confiança... Que bom que existam lugares assim!

 

HOSPEDAGEM

Ficamos na Pousada da Renata. Muitos elogios no Booking e no Trip Advisor porém eu não posso concordar com a maioria das opiniões. A pousada é superaconchegante, a proprietária e o Bené, que está com a gente no café, são simpáticos e a decoração rústica tem tudo a ver com o vilarejo. Os pontos negativos: o café da manhã não é farto como dizem e a distancia da pousada até a praça de Jeri é de 15 minutos andando na areia fofa. A relação custo/benefício para apartamento duplo também não é boa: R$ 150, o mesmo preço de um triplo. E uma outra coisa que me desapontou foi não ter TV (a pousada não tem culpa, estava nos comentários do Booking e em nenhum momento disseram que teria). Na verdade, a TV não fez falta mas eu não sabia que ainda havia pousadas que não disponham de TV. De qualquer forma, a Renata falou irão colocar. Falta também colocar uma tampa de filó nos pratos do café da manhã para proteger a comida das moscas. Lá é usado um pano feito de crochê. Não é recomendável para idosos (por causa da distância ao Centrinho).

 

RELATO DE VIAGEM

Aqui tem vários relatos de viagem sobre Jericoacoara mas um especialmente completo e que ao ver as fotos dá vontade de ir correndo pra lá é o relato do Nilson Jr. Veja o link: minha-viagem-a-jericoacoara-ce-t83492.html

 

POR ÚLTIMO MAS NÃO MENOS IMPORTANTE

Tensão: 220V, DDD: 88

 

VOLTARIA NOVAMENTE A JERI?

Claro que sim! O clima da cidade é muito agradável porém voltaria em uma época com as lagoas cheias, com menos vento e naquele período em que durante o por do sol, o sol se encaixa no buraco da Pedra Furada. Espero que seja ano que vem, pois pretendo fazer a Rota das Emoções.

 

UMA OBSERVAÇÃO NÃO IMPORTANTE

Inveja da polícia cearense andando com Pajero e Hilux hein!

Link para o post
  • Membros

Galera, uma dica:

 

No transfer de Fortaleza p/ Jeri eu fui por uma empresa que chama Velas Tur.(joga no google que acha o site)

Sai de um hotel em Fortaleza e leva até a sua pousada (já esquematizado com a Jardineira etc) em Jeri.

Acho que paguei (não me recordo ao certo) 120,00 ida e volta, micro onibus com guia...super tranquilo...

E na volta de Jeri para Fortaleza eles fazem uma parada na Lagoa Azul e fica ali para almoço (umas 3 horas - cortesia).

 

Recomendadissimo.

Link para o post
  • Colaboradores

(a) Lagoas Azul e do Paraíso - A natureza é algo extraordinário. Nós nos espantamos com as lagoas Azul e do Paraíso. Como estão vazias! Aí, conversando com os nativos, eles falaram que não chove pra valer desde 2009. Em 2010, a lagoa da duna do Funil estava seca. Nesta mesma época, chegávamos a Lagoa Azul de balsa. Que espanto quando vimos que o bugue chega no ponto de apoio da Lagoa Azul. Quem deve ter ido pela primeira vez, talvez tenha se decepcionado um pouco pois está bem diferente das fotos que a gente vê pela internet. Quem puder escolher um período e que não seja praticante de kitesurf e windsurf, recomendo ir entre junho e agosto.

 

Pat Alves, muito bom mesmo seu relato. Na verdade o estado do Ceará passa por uma seca bem forte, já que é o segundo ano de chuvas fracas. O mar não seca, já as lagoas....

Quanto à época, na verdade não há época ruim para ir a Jeri. Mas para quem quer curtir legal as lagoas, melhor mesmo, como você disse, é no meio do ano, porque chove no primeiro semestre. O segundo semestre é a época dos ventos fortes o que, como você também disse, atrai o kitesurf e o windsurf.

 

Inveja da polícia cearense andando com Pajero e Hilux hein!

 

Desde uma grande confusão que houve tempos atrás em Canoa Quebrada, entre bugreiros e um grupo de trilha off-road (só resolvido com a chegada de muitos policiais), que o governo do estado deu uma "dura" na mania cada vez maior dos carros andarem na areia da praia (muitos de forma imprudente). Hoje isso diminui muito. Mas, mesmo em Fortaleza, a turma policial anda de hilux, e no ar-condicionado. É de fazer inveja mesmo.

Link para o post
  • Silnei changed the title to Jericoacoara

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por cricascosta
      Fui conhecer a praia de Águas Belas, sobre a qual havia ouvido maravilhas. E não é para menos: o lugar é realmente lindo!
      Fui com duas amigas de carro a partir de Fortaleza. O percurso demorou cerca de 2h e havia estacionamento gratuito pertinho da praia, mas não é coberto (então o carro vira um forno debaixo do sol). Quando chegamos, começou a chover e pensei que o passeio estaria arruinado, mas o sol logo saiu e curtimos cada segundo. Alugamos um guarda-sol com mesa e cadeiras na areia e pedimos um peixe assado com macaxeira e baião para o almoço.
      O mar estava bem calmo, com temperatura agradável e havia piscinas naturais rasinhas para crianças e turistas que não sabem nadar (oi, tutupom?) poderem se divertir hahahah! Andando alguns minutos chegamos ao local onde o rio se encontra com o mar. Coisa mais linda! Aqui a correnteza era forte, mas deu pra curtir muito! Novamente, havia piscinas naturais rasinhas muito gostosas e nesta parte não havia muito movimento. Bom pra quem quer fugir um pouco da parte mais agitada (com barracas).

      Uma pena eu não ter tirado mais fotos para poder mostrar a beleza do local... 
      Infelizmente, os turistas não contribuem com a preservação do local e vimos latinhas de cerveja pela areia. Inclusive, largaram uma garrafa de refrigerante ao lado do nosso carro, assim do nada.
      Essa praia é tão bela quando o nome promete, talvez até mais. Fico com saudade só de lembrar. Vale muito a pena o passeio, especialmente se você puder ir de carro. O mar calmo e as piscinas naturais são perfeitos para pessoas como eu, que amam praia mas morrem de medo de mar brabo hahaha! E o trecho com o rio é um espetáculo à parte. Só tem que ter cuidado para correnteza não te levar embora.
      O que não gostei: o aluguel da mesa com guarda-sol custou a facada de R$ 50 e o almoço foi mais de R$ 120. Para piorar, o atendimento foi péssimo. O ideal é ir para a praia equipada com um guarda-sol e lanches para se ajeitar ali na areia por conta própria mesmo.
    • Por Francisco Aurélio Alves De Melo Filho
      Não sei para onde ir, mas vou. Estou buscando muito mais que experiências, vivências, aventuras, mas respostas e sentido para viver. Quem quiser me acompanhar, seja bem vindx.
       
      Conhece o Eduardo Marinho? O rolê é esse. Decidi algumas coisas na minha vida. Uma delas é: não quero ter patrão nem empregado, ter superior ou subordinado, não quero explorar nem ser explorado, oprimir nem ser oprimido, até porque o que quero é harmonia social, felicidade, liberdade, coisas que não tem a ver com essa lógica egoísta e mentirosa, pois ninguém é melhor que ninguém. Quero romper com esse sistema egoísta de vez. Não quero vencer quando uma vitória produz milhões de derrotados, tristeza, fome, miséria. Pra mim isso não é vitória. Em um mundo competitivo, a minha derrota é minha vitória. Eu não quero vencer, eu quero viver. Quero buscar trabalhar e participar na mudança constante do mundo de forma positiva, tendo como horizonte dias melhores. Analisando a nossa realidade atual, vejo que minha missão é gerar consciência, pois meu sonho é mudar este mundo, mas não posso fazer isso sozinho, e é por isso que essa é a missão, porque é necessário mudar as pessoas, pois elas mudam o mundo. Quando o povo tiver a consciência da realidade, da falcatrua de sociedade que vivemos na qual um punhado de gente explora o resto da população, sendo assim eles os causadores de nossas mazelas sociais, somente quando o povo tiver consciência de que para acabar com a exploração é necessário dizer "não" à exploração, simplesmente parar de ser explorado, aí sim teremos mudanças, pois o que nós queremos é ser feliz, paz, um mundo melhor, não este mundo. Só o povo consciente pode mudar sua vida, construir um novo caminho no qual não há pessoas abandonadas, onde há solidariedade, onde a vida é o que temos de mais importante e não o lucro dos multimilionários. É assim que quero participar da vida, da mudança constante.
       
      Quem quiser se juntar para ajudar, seja bem vindx.
    • Por ms.priscila
      Roteiro Jericoacoara (04 dias)
      Jericoacoara está situada a 317km de Fortaleza. Para chegar até lá, pode-se optar por alugar um carro, o que não é recomendável, já que você deverá deixar o veículo em Jijoca de Jericoacoara para, então, atravessar as dunas e chegar até a vila. O transporte mais utilizado, portanto, são os ônibus ou transfer.
      Em 2017, pagamos cerca de R$220,00 em um veículo 4×4 para 06 pessoas, ida e volta, a partir do aeroporto de Fortaleza. Esse foi o contato do nosso transfer: (88) 9979-0127.
      Em Jeri, 04 dias são suficientes para conhecer todas as belezas que a região oferece. Existem basicamente dois passeios de bugre. Um para o lado leste e outro para o lado oeste.
      O passeio do lado leste inclui a Pedra Furada, Árvore da Preguiça, Praia do Preá, Lagoa Azul e a famosa Lagoa do Paraíso. Este passeio se encerra no restaurante Nova Esperança, onde se pode almoçar e aproveitar o restante da tarde.
       
      Árvore da Preguiça

      O passeio do lado oeste inclui o Mangue Seco, onde se pode fazer um passeio de canoa para visualização de cavalos-marinhos (em 2017 pagava-se algo torno de R$20,00 por pessoa), travessia do bugre em um Catamarã em direção à velha Tatajuba, antiga vila soterrada pelas dunas, nova Tatajuba, Duna do Funil (onde se pode praticar esqui bunda) e, por fim, restaurante no Lago da Torta. Pagamos R$90,00 por esse passeio, por pessoa.
       
      Observação de Cavalos-Marinhos
       
      Lago da Torta
       

      Entretanto, para quem não quer pagar pelos dois passeios, pode-se optar por Tatajuba, que é um passeio de dia inteiro e, em outro dia, optar por um transporte público, ao custo de R$50 por pessoa, que te leva até o Alchymist Beach Club, um super restaurante, à beira da Lagoa do Paraíso. Esse passeio te permite aproveitar melhor a lagoa, em uma estrutura com espreguiçadeiras, redes e muito conforto.
       
      Alchymist Beach Club

      No mais, você pode acompanhar a procissão que sai todos os dias, às 16h, em direção à Pedra Furada, e o pôr do sol, na Duna do Pôr do Sol.
       
      Duna do Por-do-sol
       

      No meio do ano, o sol se põe dentro da Pedra Furada. Algo que se guarda para sempre na memória.
       
      Pedra Furada

      Então vamos ao roteiro:
      Dia 01: chegada e pôr do sol na duna
      Dia 02: passeio até Tatajuba
      Dia 03: tarde no Alchymist para aproveitar lagoa e pôr do sol na pedra furada
      Dia 04: praia e retorno à Fortaleza
      Hospedagem: prefira hospedar-se na Rua Principal ou na Rua do Forró, que são as ruas mais importantes e dão acesso ao centrinho de Jeri. Recomendo a Pousada Jeribeka e a Pousada Jericó, onde me hospedei nas duas oportunidades em que estive na vila.
    • Por Eloá Simões
      Alguém indo para O Maranhão e/ou Jeri em Novembro 2020? Preciso de algumas dicas tbem ☺️
    • Por Ricardo Bueno
      Oi pessoal, tudo bem? Somos um casal que ama viajar pelo Brasil e pelo mundo e compartilhamos tudo em nossas redes sociais.
      Estivemos em Jeri este ano e ficamos encantados com esse lugar. Vamos deixar aqui 2 vídeos que mostram como foi nosso rolê por lá. Demos dicas de onde ficar hospedado, onde comer e o que fazer na vila e nos arredores. Usamos o drone para fazer algumas imagens... Esperamos que gostem!
      Caso queriam tirar alguma dúvida sobre Jeri só escrever um comentário nos vídeos do Youtube (aproveitem e se inscrevam) ou nos escrever pelo Instagram: https://www.instagram.com/ossaboresdomundo/
      Obs: não exploramos muito o lado oeste, tem passeios de 4x4 ou buggy pra lá, se vocês tiverem tempo super recomendamos fazer. Não tivemos!
      Vídeo 1:
       
      Vídeo 2:
       

×
×
  • Criar Novo...