Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Colaboradores

Olás amigos de mochila!

No começo do ano passado nós estivemos de carro no sertão da Bahia com um objetivo bem específico: deixar meu pai (suas cinzas) de volta na sua terra. Foi uma viagem maravilhosa, conciliadora (para o meu coração), conheci uma gente fantástica e minha primeira promessa de ano novo foi: Bahia, sertão, eu volto logo! O relato da viagem de 2019 está AQUI pra quem quiser espiar, pois tb fizemos o circuito histórico de MG e foi MUITO legal! (mas gastamos muito dinheiro tb, kk)

Mas continuando. Voltei da Bahia (e MG) em janeiro de 2019 já focada em voltar pro sertão. Mas tb focada em várias outras viagens, kkk, pq eu sou maníaca overplanning ansiosa e etc. Teríamos disponível o mês de janeiro de 2020... e depois de pensar e pensar no tempo que teríamos pra esta viagem, considerando a altíssima temporada e os preços salgados, a falta de grana e todas estas coisas, resolvemos ficar só no litoral sul: Porto Seguro e arredores, que já é caro o suficiente! Salvador ia ficar pra próxima! E desta vez, minha mãe, que não tem nadinha de mochileira andarilha nem gosta muito de praia, rs, iria conosco! Ela queria conhecer a família do agreste e ver onde ficou o papis!

Emitimos passagens com milhas chegando em Porto Seguro em 04/01/2020 e compramos o trecho de volta bem baratinho desde Vitória da Conquista, já no interior, dia 15/01/2020, pra evitar uma longa viagem de volta até Porto Seguro só pra pegar um avião! E tb pq era bem mais barato, mesmo considerando a taxa de retorno do carro alugado.

 

ROTEIRO

4.jan: Londrina – Porto Seguro (centro histórico)

5.jan: Santa Cruz de Cabrália (praias Mutá e Coroa Vermelha)

6.jan: Porto Seguro (praia de Taperapuã)

7.jan: Arraial D’Ajuda – Praia da Pitinga

8.jan: Praia do Espelho (Trancoso) e Caraíva

9.jan: Trancoso – Praia dos Nativos

10.jan: Praia do Espelho (Trancoso)

11.jan: ida Riacho de Santana (~675km)

12.jan: Riacho de Santana/Caitité/Igaporã

13.jan: Riacho de Santana

14.jan: Riacho de Santana

15.jan: ida VDC e retorno para casa (~315km)

 

Obs.: Este era o roteiro programado, mas a GOL fez o favor de melar a ida mudando os horários várias vezes e atrasando o vôo em algumas horas e DESTRUIU a volta com conexões longuíssimas, nos fez voltar uma dia antes, perdemos uma diária do carro e ainda arcamos com hospedagem em VDC, e transportes e alimentação em SP. Está judicalizado! Uma palhaçada sem fim!

Aliás, temos tido muitos problemas com a GOL ultimamente, ano passado já tivemos um processo (ganho) contra eles... tá difícil... zuado demais!

Mas continuando...

 

HOSPEDAGENS

Oh dúvida cruel! Aqueeeele dilema entre ficar em Porto Seguro ou em Arraial D’Ajuda (onde estão as praias mais bonitas). Até Trancoso cheguei cotar, mas affe! Minha principal preocupação era a balsa de travessia entre as duas, Porto Seguro e Arraial! Dizem que as filas são gigantescas na alta temporada, e o preço para a travessia de carro tb não era dos mais camaradas.

Eu tinha achado opções legais de hospedagem dos dois lados, ambas meio caras... mas aí pensei: Se eu ficasse em Porto Seguro teria que atravessar 4 vezes em direção a Arraial, seriam 8 travessias. Se eu ficasse em Arraial teria que atravessar 3 vezes em direção a Porto Seguro, seriam 6 travessias.

E SE, eu ficasse as duas primeiras noites em Porto Seguro e as cinco seguintes em Arraial d’Ajuda atravessaria SOMENTE duas vezes! E ainda no contra-fluxo! Hein? Hein? Eu não gosto muito de ficar trocando de casa não, mas a economia de tempo e dinheiro falou mais alto.

Pegamos 2 airbnbs que recomendo, um SENSACIONAL, em Porto Seguro, e um normal em Arraial. Vou deixar mais informações nos relatos por dia, mas seguem os links:

 

Porto Seguro: MARAVILHOSA!!!!!! Pagamos 420,00 em 2 diárias para 4 pessoas (55 reais pr noite por pessoa)

https://www.airbnb.com.br/rooms/31595990?source_impression_id=p3_1580817851_CAUCev%2Bzmp2U93i8

 

Arraial: TRANQUILA! Pagamos 800,00 em 5 diárias para 4 pessoas (40 reais por noite por pessoa)

https://www.airbnb.com.br/rooms/24569640?source_impression_id=p3_1580817866_NfG0ku3oZ505faIT

 

Foram preços bem bacanas considerando a altíssima temporada! Se vc curtiu e ainda não tem cadastro no airbnb, faz com meu link que eu e vc ganhamos descontos de viagem!

https://www.airbnb.com.br/c/jcarneiro3?currency=BRL

 

ALUGUEL DO CARRO

O carro foi alugado com bastante antecedência (pq mais próximo sobe muito o preço e fica sem opção): pegamos um Sandero 1.4 novíssimo pela Localiza, por meio do site rentcars, por 1.400,00 – 11 diárias, com taxa de deslocamento, pois pegamos em Porto Seguro e devolvemos em Vitória da Conquista.

Achei que pagamos um preço bom e valeu muito a pena, pois fizemos viagens longas e durante os dias de estadia no litoral todo dia a gente ia pra um lugar LONGE e diferente. Na real achei fundamental se quiser ir em Trancoso, Caraíva, Espelho, estando em Arraial... a não ser se estiver sozinho, aí os passeios de van podem compensar, mas nem vi os preços.

 

VACINAS

Apensar de ninguém obrigar, vale muito ter vacina contra febre amarela. Em Arraial eu fui picada por TODAAAAS AS PERNILONGAAAAS DO ESTADOOOO DA BAHIAAAA, hahahahauah! Faz parte!

 

E partiu! CONTINUA por cidade.

 

  • Gostei! 3
  • Vou acompanhar! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

@Juliana Champi Relato da Ju venho correndo ver, sei que é completo.Me inspirou a escrever nas horas vagas do confinamento,já está feito o de Andorra e estou na metade do da Carretera Austral,depois vou fazer um do Algarve.

Foi picada por mosquito no meu berço politico?Que azar,frequento Porto e arredores há mais de 15 anos e nunca vi um mosquito.Deve ser a época,pois nunca fui lá durante o verão.

  • Obrigad@! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

O relato já está quase todo escrito, mas tenho que separar algumas fotos, rs, e comecei a montar um quebra-cabeça gigante, então talvez me atrase um pouco.

Sobre pernilongos, é a praga do verão né, tinha muito sim, especialmente em arraial. Mas nada que já não me tenha acontecido antes na minha vida de bióloga, rs!

Logo continuo.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

DO LADO DE PORTO SEGURO

4.jan: Londrina – Porto Seguro, visita ao centro histórico

Saímos de Londrina às 8h30 (e não às 6h00 como havia comprado) da manhã com destino a Guarulhos, onde fizemos conexão pra Porto Seguro. Chegamos em Porto Seguro umas 14h30 (e não às 11h50 conforme tinha comprado) e gentiiiii, que calor, que bagunça, haha! O aeroporto é bem pequeno e tava bem caótico! Mas ok!

1.thumb.jpg.71f0f5c4623a1918498237c1c26dd741.jpg

Aeroporto de Porto Seguro - calor infernal!

Pegamos malas (nós 3 em casa com 1, e minha mãe sozinha com 1 tb, kk) e nos dirigimos ao balcão da Localiza pra pegar o carro. Devido à lambança da Gol com inúmeras trocas de horários dos voos, a reserva do carro tinha sido alterada para retirada às 18h, e na véspera eu quis alterar pras 14h, quando a Gol mudou de novo a passagem, e a rentcars não ajudou em nada!

No Balcão da Localiza consegui resolver e pegar o carro antes! Ponto pra Localiza! Blé pra Rentcars! E eu sei, eu sempre evito os intermediários, mas pela rentcars tava saindo metade do preço que direto na Localiza, por isso peguei por lá!

Fomos então pra casa pra deixar as coisas. Foi bem tranquilo, a casa era perto do aeroporto, que aliás, fica ao lado da rodovia... vc ta lá passando de carro e um avião pousa/decola do seu lado, bem massa.

Os anfitriões moram no local e são MUITO gente fina! Um casal – ele chileno, ela brasuka, 2 filhos adolescentes (que estavam viajando) e 6 dogs fofíssimos.

O terreno é imenso e contém duas casas, a deles e a de hóspedes. No verão eles se mudam pra casa de hóspedes e alugam a deles. A deles é composta por 3 quartos, todos com banheiros: um de casal (o deles) e dois de solteiro (dos filhos), mas em ambos tem cama auxiliar – minha mãe e filho preferiram ficar em um só.

A cozinha nos fundos é PERFEITA e compartilhada com eles! A Darci (dona) é paisagista, então tudo é mega lindo e bem cuidado, cheio de planta, a gente endoidou. No terreno tb temos acesso à piscina, casa na árvore e até um mini lago com peixes! Fala sério, 50 pila por noite por pessoa, a gente amou! Vou deixar algumas fotos abaixo:

2.thumb.jpg.ed56095d22e231dcc17fbc1a6c122240.jpg

3.thumb.jpg.1e188a703f64969fea92cd67109bd275.jpg

Casa maravilhosa, anfitriões perfeitos!

Mas a gente veio pra passear afinal! Partimos pro centro histórico achar algo pra comer e passear!

O centro histórico de Porto Seguro é o primeiro núcleo habitacional do Brasil. Destaque para o Marco do Descobrimento, trazido de Portugal por Gonçalo Coelho em 1503; a Igreja de Nossa Senhora da Pena (padroeira da cidade) com torre em louça de Macau; e a Casa de Câmara e Cadeia, que abriga o Museu de Porto Seguro, totalmente restaurado. Só vi por fora! Tudo fica numa área pequena, sem trânsito de carros, super sussa fazer a pé! Cheio de lojinhas de artesanatos e bugigangas!

4.thumb.jpg.ceee01f489b8e9c9d0e528f60521e4f7.jpg

5.thumb.jpg.db47ff27e918ec85c11bc85ed04d02f4.jpg

6.thumb.jpg.daed4b54b6676f127e38b5a31abfcd2f.jpg

Gatinho meu no marco do descobrimento!

 

7.thumb.jpg.9ee5e750c893d9ea01ccc26761f0f2c9.jpg

Foto no letreiro, brega mas a gente ama!

 

8.thumb.jpg.00938b4a61154e00bf3050d44e17d738.jpg

Gatinho fofo!

Mais tarde fomos à passarela do descobrimento, ou passarela do álcool, rs... cheia de lojinhas e bares/restaurantes pra todo gosto. É onde a noite vira! Vc pára o carro bem antes dela, numa rua lá perto, pagando flanelinha, ninguém ou zona azul, e desce a pé! Bem muvucado!

Jantamos porções de qualquer coisa em qualquer lugar e voltamos pra casa. Antes passamos num mercado bem grande que tem bem perto da casa pra comprar umas coisinhas de café da manhã e petiscos! E vinho! Kk

 

5.jan: Santa Cruz de Cabrália e Coroa Vermelha

Acordamos cedinho (pq acordar tarde nas férias é pros fracos), tomamos nosso café da manhã rumamos ao norte, para direto pro Centro Histórico de Santa Cruz de Cabrália, e depois ficamos na praia de Mutá em Coroa Vermelha, numa barraca chamada “Colher de Pau”. Tem várias, a anfitriã nos recomendou esta, mas achei cara pra kct e não tinha nada de diferencial... pro meu ver tava igual as outras!

Mutá é uma praia tranquila, com mar calmo e águas azuis. Demos uma passeada e tiramos fotos, é bem bonita.

9.thumb.jpg.ed7e3ba742931c512d1c93478e497b32.jpg

Tomando café da manhã com vista, rs

 

10.thumb.jpg.f8d18a826d48f1b6d42c23d857abcb03.jpg

Centro histórico de Santa Cruz Cabrália

 

11.thumb.jpg.9637098c1e0132bff6972b80f86a53e9.jpg

Ruínas - Centro histórico de Santa Cruz Cabrália

 

12.thumb.jpg.6932eac711c12b220e06c78ebdfd3cd8.jpg

Barraca "Colher de Pau" - Coroa Vermelha

 

13.thumb.jpg.2fc0840358613387f23f64773471485a.jpg

Blogueirinha plus size, hahahauaha!

 

Vc vai vendo ao longo da rodovia que margeia todas estas praias uma infinidade de barracas e comércio, tem que pesquisar e parar no que mais agrada!

Uma coisa que eu achei foda no litoral sul da Bahia é que não existe, praticamente, acesso público às praias. Tem a rodovia, e aí a praia fica do lado de dentro, numa barraca. Vc é obrigado a pagar 20-30 reais pra estacionar, que é um valor bem alto ao meu ver.

Caso vc consuma uma fortuna na barraca não paga estacionamento.

Ninguém é obrigado a ficar nas barracas, mas a gente acabava ficando por causa da minha mãe, que já tem uma certa idade e não conseguiria ficar sentada no chão por exemplo, numa canga!

Já sabíamos antes de ir que seria uma viagem mais cara por este fator, mas os preços eram ABSURDOS. Os mais caros que já paguei no Brasil. Mas enfim... segue o baile, rs!

Voltamos pra casa no fim da tarde, aproveitamos a piscina e voltamos à passarela do álcool, desta vez pra comer o macarrão na chapa que vimos no dia anterior e tomar sorvete “tailandês”.

14.thumb.jpg.b62033951ccbe1edc517bcf5672aa734.jpg

Mar é bom, mas piscina é doce, rs!

 

15.thumb.jpg.c0870a1fab8f973d4946e18c894cd91f.jpg

Macarrão na chapa - Passarela do Álcool

 

16.thumb.jpg.d70083d830c57db499e2b9ddf08dd107.jpg

O tal do macarrão!

A porção de macarrão é 10 pila e serve bem, mas é ok, nada de mais. O sorvete, daqueles que o cara congela na hora e vai fazendo os rolinhos, achamos bem gostoso! Não lembro o preço.

Na hora de ir embora tava rolando maior pancadão, hahahahauaha, ainda comemorando o ano novo! Foi divertido ver minha mãe naquela muvuca toda, kkkkk!

Voltamos pra casa, ficamos mais horas de papo com os anfitriões e fomos descansar, dia seguinte a gente trocava de casa! :(

 

6.jan: Porto Seguro: praia de Taperapuã? Não, rs

Neste último dia em “Porto Seguro” (do lado de cá da balsa, rs) a gente tinha programado ir na agitada e famosa praia de Taperapuã, com aquelas barracas grandes e caras (Axé Moi e Tôa Tôa), mas acabamos desistindo. Tínhamos passado por elas no dia anterior e definitivamente eram agitadas e turísticas demais pro nosso gosto.

Optamos por ficar deboas em casa curtindo a piscina e o sol da manhã, almoçamos pizza de mercado e depois partimos – com dor no coração de deixar aquela casa, kk – pra Arraial!

17.thumb.jpg.6fa3f26df99710de1602e2028c35989e.jpg18.thumb.jpg.cea2d90b7f3ab48c6758ceacfe9176ff.jpg

Despedida da casa perfeita!

 

A travessia de Balsa foi 20 reais o carro e o motorista, + 5 reais cada (eu e João, mamis não pagou pela idade).

Ficamos uns 40 minutos na fila e depois descobrimos que poderíamos ter pego uma preferencial por causa da minha mãe tb... mas achei bem sussa até 40min. Considerando horário nada a ver no contrafluxo, claro. 

19.thumb.jpg.af2baf10970565e72915a597f6077b25.jpg

E esses outdoor? Morri! kkkkk

 

20.thumb.jpg.a545778ba3e1a45d3fcbf1761777295b.jpg

Um pior que outro, que vergonha desse!

 

21.thumb.jpg.98e11d259d821d376777dff018beaff0.jpg

Fila da balsa!

 

22.thumb.jpg.46f62a30270497aa936cd4f7f479a70f.jpg

Travessia!

 

Nossa hospedagem de Arraial era BEEEM mais humilde, pq deste lado tudo é mais caro. O anfitrião morava embaixo e alugava dois “aptos” em cima. O nosso tinha um quarto com ar (onde mamis e João dormiram), sala e cozinha conjugada (onde eu e Gui dormimos, sem ar), um mezanino (onde era pra eu Gui termos dormido, mas sem chance, o calor era demais) e uma varandona!

23.thumb.jpg.6007f5f06fc358631cd72f20f508d7bd.jpg

Escada de acesso a casa, acho que não tenho fotos decentes dentro! rs

 

O dono foi bem tranquilo e nos auxiliou com o que precisamos. Achei que a conservação em geral, limpeza, ficou a desejar, mas não chegou a atrapalhar. Sugeri na avaliação que ele providencie um micro-ondas e um varal de chão, pq as toalhas e roupas de banho voavam da sacada!

Eu e Gui sofremos um pouco com os pernilongos, mas já sabíamos desta condição antes, o anfitrião foi honesto. Eu estava afinal recebendo pelo preço diminuto que paguei!

Apertadinho até dava pra gente enfiar os colchões no quarto e dormir todo mundo lá, mas eu sou bem intolerante com barulho (no caso ronco, hahahauaha) e não consigo dormir com minha mãe, hahahahahauaha!

No fim das contas deu tudo certo e não pegamos nenhuma doença transmitida por mosquitos!

E ah, antes que pensem que não nos protegemos, saibam: passávamos repelente, tomei vitamina B (repelente natural) e usávamos ventilador no modo ciclone! As bichinha de lá são foda, não davam bola pra nada disso e comiam a gente assim mesmo, kkk

Depois de deixar as coisas fomos conhecer o centrinho de Arraial, já era perto das 17h acho. MU-VU-CA. Tinh lugar cobrando de 20-30 pra estacionar, para véi! Que exploração!

Andamos por ali até achar um lugar “grátis”, na rua mesmo.

O centro é bem agitado, tem as ruas mais famosas (como a Mucugê) e restaurantes pra todos os gostos e bolsos. MUUUITA lojinha de artesanato e etc!

24.thumb.jpg.7f6077ebc04465396e05f84ffb5fb3eb.jpg

Centro Histórico de Arraial

 

25.thumb.jpg.931e3d86aa9f4aeaef99060164b1e897.jpg

Detalhes do goró!

CONTINUA

  • Gostei! 3
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
22 horas atrás, D FABIANO disse:

@Juliana Champi Não gosto de Arraial, posto sempre isso aqui,sobretudo porque aquela balsa demora.Chegando a noite,é terrível. Com certeza você viu,mas não foi falado o porque de ali não ter uma ponte.Rsrs

Na verdade com o planejamento que fiz não tive nenhum problema com a balsa, fiquei uma parte do tempo em Porto Seguro e outra parte em Arraial, e assim só cruzei uma vez, foi tranquilo. Arraial é bem mais muvucada mas tem mais coisa pra fazer, gostei  bastante apesar de não curtir muvuca! Mas se eu viajei em janeiro pra Bahia eu fui sabendo o que ia encontrar, haha!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

@Juliana Champi No resto do ano não há nada disso, só turista CVC. 

Fez bem em não ir no Axé Moi e no Toa Toa,por sinal pertence a representante da CVC,como vários hotéis e uma agência. Por isso o valor alt,junto cobram a comissão do guia.

A colher de pau recebe outras agências, como também a minha preferida,a Barraca do Gaúcho, que não falou nisso. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • Colaboradores

Olá pessoal! Dei uma sumida, eu acabei tendo que me submeter a uma cirurgia de emergência e fiquei off da vida, rs, e tb... que desânimo de ano para viajantes não? 

Mas prometo continuar aqui em breve, quem sabe ano que vem seja possível voltar a viajar! :)

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por dnmiura
      Eu e meu marido estamos indo para Trancoso - BA esse fim de ano para trabalhar e conseguir juntar dinheiro para comprar uma casa para nós. Porem queremos algum local simples (pode ser somente o quarto) que possamos passar esse final de ano, ajudando com despesas e trocando a hospedagem por trabalhos.

      Somos simples e estamos buscando ganhar a vida ariscando em outras possibilidades, se alguém puder nos dar essa oportunidade serei grata.
      Entrar em contato por WhatsApp (11) 96525-5815 - Daniella
    • Por Balneário Camboriú
      Alguém conhece Balneário Camboriú SC ?! Bem vindos ela é incrível. 😍 Imagens, vídeo da cidade aqui ▶️
      https://www.youtube.com/BielpeloMundo https://www.youtube.com/BielpeloMundo


    • Por Iana Briaca
      Vou falar aqui no meu relato sobre formas de transporte que usei, hospedagem, duração da viagem e valores. Porque eu acho que é isso que uma pessoa procura quando busca informações sobre Mochilão. Sendo que na maioria das vezes é a primeira experiência da pessoa com um; 
      Resumo: 
      Tipo de transporte: ID JOVEM e carona pelas br da vida.  
      Hospedagem: Couchsurfing e voluntariado em hostel.
      Alimentação: Fazia compras para preparar minha própria comida ou às vezes eu comprava PF (mas comprar PF sai mais caro)
      Valor em dinheiro que levei: R$ 550,00.
      Duração da viagem: 54 dias.
      Quantidade de estados: 3 Estados e uma pequena parada em Brasília.
       
      SOBRE HOSPEDAGEM, TRANSPORTE PARA SAIR DO MEU ESTADO E ALIMENTAÇÃO NO PRIMEIRO DESTINO; PERNAMBUCO: Então, meu mochilão começou quando eu saí de Belém, que é a cidade que eu moro, no dia 04/07/2019, ruma à Pernambuco. Fui de ônibus usando o ID jovem, de passagem de Belém para Recife eu paguei 3,50. Isso, três reais e 50 centavos. Esse valor corresponde à taxa de pedágio que é cobrado pela empresa de ônibus, apenas. Quando eu cheguei em Recife fiquei hospedada na casa de um casal que consegui estadia pelo Couchsurfing. O tempo que passei na casa deles foi incrível, pessoas super legais. Com o mesmo aplicativo consegui estadia para passar um final de semana em Olinda, em uma pousada localizada bem no centro histórico. Também não paguei nada para ficar hospedada, apenas tinha que ajudar a moça que trabalhava na cozinha com serviços bem simples pela parte da manhã. Ah, e sobre alimentação, essa era por minha conta. (Talvez o seu anfitrião não tenha problema em ajudar nesse quesito com algumas coisas, mas também ninguém gosta de gente folgada né, se tu tiver condições de comprar a tua comida é muito melhor, caso contrário é bom você avisar à pessoa que vai te receber que vais precisar de alimentação também).
      OBS: Couchsurfing é uma plataforma que possibilita a troca de hospedagem em qualquer lugar do mundo. Na época era totalmente gratuita quando usei, agora o app tá cobrando uma contribuição de R$ 4,99 mensal ou R$ 29,99 anual por conta da crise do corona vírus.
      ROTEIRO: Quando estive em Pernambuco conheci Recife, Olinda, Porto de Galinhas, Praias do litoral de Cabo de Santo agostinho: Calhetas e Gaibu (caara, as praias mais lindas que conheci até hoje, e por não serem tão famosas quanto Porto de Galinhas, elas não são taão movimentadas, o que eu acho ótimo) e vila de Nazaré. Isso em uma semana, que foi o tempo que passei em Pernambuco. 
      TRANSPORTE PÚBLICO: Como eu fui com um amigo que sabia tocar banjo e eu enrolava no Maracá, optamos por não pagar passagens em transporte público e sim pedir para os motoristas deixarem a gente subir e tocar Carimbó nos ônibus. E assim, essa ideia deu super certo, tanto que a galera até ajudava com uns trocados, o que ajudou muito a gente na viagem. Sobre o valor de passagem de ônibus urbano não vou saber falar do custo, pois não tive essa experiência. Porém, fica a dica: Toquem nos ônibus ou subam pra vender algo. 
      SAÍDA DE PERNAMBUCO RUMO À BAHIA:  Saí de Pernambuco de carona, com a intenção de descer até a Bahia. Porém, no primeiro dia consegui carona com um caminhoneiro que tinha como destino Maceió, aceitei porque isso ia me deixar mais próxima do meu destino, né. Tive que ficar uma noite em Maceió para poder partir no outro dia. 
      Fiquei em uma Pousada de beira de estrada que custou R$ 40,00 no total pra dormir eu e meu amigo em um quarto com duas camas. 
      Jantei em um Restaurante que o PF custava R$ 10,00.
      No outro dia peguei mais duas caronas Alagoas-Sergipe Sergipe-Bahia e cheguei na Bahia, finalmente.  Passei uma semana em Salvador, consegui hospedagem no Couchsurfing, alimentação por minha conta, fazendo compras e preparando minha própria comida, de transporte usei o mangueio kk pedindo pra subir e tocar. Depois de uma semana, saí da bahia e voltei à br para pegar carona. Consegui diversas caronas no mesmo dia e cheguei na Chapada Diamantinaa. 
      NA CHAPADA DIAMANTINA:  Não consegui estadia com o couchsurfing na Chapada, tive que pagar uma semana de Hostel. 
      VALOR DO HOSTEL: 15 Reais a diária (pedindo desconto)
      ALIMENTAÇÃO: Comprava minha comida e preparava. 
      GUIA: É necessário guia apenas em algumas trilhas em outras tem como fazer de boas usando o gps. 
      DICA DE APP: MAPS ME Nele tem como usar o gps da localidade que tu se encontra sem internet. 
      SAINDO DA BAHIA RUMO GOIÂNIA: Saí da Chapada Diamantina de carona com inumeráveis pessoas, carona com caminhoneiro e carro particular, e passei perrengues, porque a Bahia é imensa. Levei 4 dias pra chegar em Goiânia.
      Nesse percurso nem sei quantas caronas peguei, foram muitas. Em nenhum momento precisei pagar pousada, até porquê nem tinha como, pois a grana já tava curta. Na primeira noite dormi na casa da família de um rapaz que me deu carona quando ainda estava indo para Chapada, Na segunda passei a noite em um posto de gasolina, Na terceira noite dormi na casa de um amigo que conheci com a experiência de carona também, isso em Brasília. (aproveitei pra comprar logo minha passagem de volta pra belém quando eu estava em Brasília) E por fim, no quarto dia consegui a carona para Goiânia. Em Goiânia passei quase algumas semanas, fiquei na casa de um amigo, apenas ajudando com a alimentação, no trasporte também não gastei nada.
      GOIÂNIA ATÉ A CHAPADA DOS VEADEIROS: De Goiânia até a Chapada dos Veadeiros, por muita sorte, tive só uma carona. Consegui carona com um fazendeiro que tinha uma propriedade próximo da cidade que eu ia ficar. Ele me deixou até a cidade que era meu destino, lá eu fiquei hospedada em um hostel onde trabalhei como voluntária em troca de estadia. Nos dias eu que trabalhava as minhas refeições eram por conta do hostel. A dinâmica de trabalho era a seguinte, eu trabalhava um dia e folgava dois. Passei uma semana na Chapada do Veadeiros, conheci a cidade de Cavalcante e Alto Paraíso. 
      FINAL DA VIAGEM: Saí da chapada dos Veadeiros de carona também, e fui até Brasilia. Lá eu passei apenas uma noite e no outro dia embarquei de volta pra Belém. A passagem que eu comprei foi com o ID Jovem, paguei apenas R$ 5,00. Ah, eu comprei com antecedência, sempre tens que comprar a passagem com usando o id com antecedência, não deixa pra comprar na hora senão vais te ferrar. 
      Enfim, minha experiência foi essa, espero ajudar em alguma coisa, é nooós!

    • Por Kondellian
      Salve [email protected] Sou de Sergipe e pretendo sair num mochilão por todas as praias desse meu belíssimo estado, sozinho e levando apenas o ESSENCIAL na mochila.
       Qual o tamanho ideal de mochila pra mim? 40L? Barraca ou saco de dormir?
       Valeu, obrigado, namastê, gratidão!
    • Por Lordy Apophis
      Olá pessoal 
      Sou leigo e preciso da ajuda de vocês. Preciso de uma barraca até R$ 450, no maximo 500 R$ que aguente possiveis chuvas e ventos de praia. 
      Uso: pretendo usar para acampar na praia com a namorada  só para passar o dia e a noite 
      Olhem essas barracas qual delas vocês me indicam? 
      Venus Ultra 4 pessoas, Coluna de água 2500mm, R$ 464, 24, na Loja Americana frete incluso. 
      Arpenaz 3 pessoas Fresh e Black, Quechua, Coluna de água 2000 mm, R$ 429 + 58, 59 frete 
      Amazon 4 pessoas, Coluna de água 1200 mm, R$ 300 + 11 frete 
      Falcon 4 pessoas, Coluna de água 1000mm 
      Considerando a minha finalidade e custo beneficio, qual vocês me indicam?
×
×
  • Criar Novo...