Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

Cara, que bacana que Piranhas continua bela! Galera faz bate-volta ao Xingó desde Maceió e acaba perdendo toda aquela beleza e leveza de Piranhas. O cânion e a foz do Velho Chico (e Piranhas e Penedo-AL) são dos lugares mais bonitos que já vi pelo Brasil. E que beleza que é ler a tua viagem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, sensacional esse seu relato! Eu viajo na sua viagem, parabéns! Venho aqui no mochileiros.com só pra ver se tem atualizações suas por aqui!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sensacional, continuo acompanhando aqui.

 

Passei em alguns desses lugares que vc foi inclusive os Quenions do velho Chico...Piranhas, Praia do Gunga, Carro quebrado, Aracaju....demais meu amigo, linda viagem essa sua!

 

Valeu manolo! Piranhas e Carro Quebrado foram dos lugares que mais gostei de estar, que massa que já foi pra lá tbm. Vc foi de barco ou de carro para Carro Quebrado? Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ahhhhhhh... Que sorte a minha ter cruzado seu caminho nessa sua linda jornada!

 

Que sorte a nossa ter compartilhado desses dias intensos e vibrantes!

 

Realmente foram momentos memoráveis.

 

Viajar é isso... É contar com os improvisos da vida, com a magia dos encontros, com as surpresas dos caminhos.

 

Cada um, com nossas peculiaridades, nos tornamos um só destino pela vibração da aventura.

 

Obrigada pelas palavras. Estou acompanhando o relato e sei que ainda falta um bom pedaço.

 

Siga em frente amigo, estamos no aguardo!!!

 

Bjs.

 

Eita, Licka. E pensar que dias antes, eu estava pensando que nunca havia viajado com a liberdade do carro e logo o pensamento se fez presente e vcs apareceram, muito louco isso. Sobre a escrita está acabando, penso em acabar o mais breve possível e agora falta muito pouco. Um beijo grande Li!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Cara, que bacana que Piranhas continua bela! Galera faz bate-volta ao Xingó desde Maceió e acaba perdendo toda aquela beleza e leveza de Piranhas. O cânion e a foz do Velho Chico (e Piranhas e Penedo-AL) são dos lugares mais bonitos que já vi pelo Brasil. E que beleza que é ler a tua viagem.

 

Então, também não consigo entender esse bate e volta. Piranhas vale a pena demais e Penedo já tinha sido alertado antes de ficar um tempo, mas acabou que somente passamos e ficamos poucas horas ali, mas foi o suficiente para querer voltar numa próxima oportunidade. Faz muito tempo que esteve por esses recantos?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Cara, sensacional esse seu relato! Eu viajo na sua viagem, parabéns! Venho aqui no mochileiros.com só pra ver se tem atualizações suas por aqui!

 

Valeu @balysson, fico feliz, de verdade, que esteja gostando. Quando comecei a escrever achei que em menos de um mês eu terminaria tudo, já estou aqui alastrando por mais de seis meses e o fim, ainda, não chegou. Pretendo finalizar o mais rápido possível. Grande abraço e muita paz.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sensacional, continuo acompanhando aqui.

 

Passei em alguns desses lugares que vc foi inclusive os Quenions do velho Chico...Piranhas, Praia do Gunga, Carro quebrado, Aracaju....demais meu amigo, linda viagem essa sua!

 

Valeu manolo! Piranhas e Carro Quebrado foram dos lugares que mais gostei de estar, que massa que já foi pra lá tbm. Vc foi de barco ou de carro para Carro Quebrado? Abraços

 

 

Fui de carro a partir de Maceió, me lembro que tive que atravessar um rio de mini balsa e depois pegamos uma estrada de terra.

 

A praia é linda, água morna e piscinas naturais...sensacional!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ótimo relato!

gostei especialmente das suas divagações e indicações poéticas durante as histórias

parabéns pela linda viagem!

 

Eita! mmClarisa muito obrigado pelas palavras e sobre os livros foram todos livros que alimentaram a minha vontade de viajar. Muita paz pra ti.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Renataasm
      Oii! Resolvi fazer essa postagem porque tem poucas informações e me senti na obrigação de contribuir, já que consulto tanto o mochileiros.com
      Em janeiro de 2020 visitei o Acre (Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Serra do Divisor e Xapuri).
      Sobre Rio Branco e Cruzeiro do Sul não tem muita novidade, as outras postagens são bem completas e o "o que fazer" do tripadvisor também. A única informação interessante que tenho para adicionar é que a religião União do vegetal (sim, aquela da ayahuasca) é super difundida. Então para quem tiver interesse, é bem simples encontrar um centro (eles têm site, google it) e experimentar uma vivência espiritual.
      Sobre a Serra do Divisor
      Antes leiam esses relatos: 
       
       
       
      Os relatos deles são super completos e vou fazer uma atualização principalmente dos preços, como chegar de ônibus (e sozinha!) e locais que não foram abordados por eles.
      Antes de ir, precisa:
      - Da autorização do ICMBio, que você pode conseguir direto como chefe do Parque que atualmente é Aécio (ele responde pelo insta @parna.serra.do.divisor). É gratuita;
      - Deixar acertado com um barqueiro a data (sugiro MUITO falar com o Márcio 68 999278938 – quanto ele está na Serra, a esposa dele te atende a arruma um barqueiro pra você. Eles são incríveis! Conheci muitos barqueiros, mas o Márcio é o mais gente boa – e olhe que nem fui com ele);
      Preço do translado: o barco de 5 lugares (que consome menos combustível) sai por mil reais e o de 8 lugares sai por mil e trezentos, para passar 4 dias (um indo, dois lá e o de volta). Inclui o barco, o barqueiro para te levar pros lugares e o combustível. Eles podem até melhorar esse preço ou colocar mais dias, é só conversar.
      - Reservar a pousada. Eu fui sem reserva, mas estava sozinha (é mais fácil caber hehehe). A pousada do Miro é incrível (ele e o pessoal dele são maravilhosos). Custa 100 reais a diária por pessoa com todas as refeições inclusas (inclusive no dia que fiz uma trilha longa ele fez uma super marmita pra mim e pro guia e na volta ele também fez uma marmitinha pra eu e o barqueiros comermos no barco). O telefone dele (quem agenda é a filha que fica na cidade, porque na serra não pega telefone) é 68 99972127 e o insta é @pousada_do_miro
      Para chegar:
      Saindo de Rio Branco pra Cruzeiro do Sul tem ônibus 7h e 19h (R$150,70 – transacreana ou petroacre), preferi viajar de madrugada. Peguei o de 19h e cheguei em Cruzeiro 6h do dia seguinte.
      De Cruzeiro do Sul, tem lotação que faz por R$15,00 até Mancio Lima; tem um ônibus que sai de hora em hora (R$7,00) mas como era muito cedo, optei por pegar uma moto que me cobrou R$50,00 (é caro mas eu adoro moto rsrs e não tava afim de esperar dar 8h). Mancio Lima é pertinho, coisa de 30 km – meia horinha. Lá você tem que ir por porto. Precisa chegar antes de 10h, porque depois desse horário tem muito barco no contra fluxo. (IMPORTANTE: não tem barco que faz lotação, precisa chegar lá já com o esquema organizado com o barqueiro). Então são entre 8 e 10h de barco até chegar no paraíso. Embora pareça muito, o caminho é tão lindo que você se entretém.
       O que fazer lá:
      No primeiro dia, eu visitei a cachoeira Central – é um buraco super fundo que a Petrobrás furou e que sai agua quente. É muito bacana (embora seja artificial rsrs). Depois fomos para Pirapora - bem simetrica (com trilha curta pra ver uma queda mais acima) e por fim a cachoeira do Ar condicionado (o nome diz tudo rsrs). Voltamos pra almoçar na pousada e a tarde, depois de um cochilinho, saimos pra cachoeira do amor e trilha pro mirante (foco no repelente!!). a noite combinei com Miro para chamar um guia para irmos amanhã fazer a trilha da cachoeira da formosa (custou 100 reais, os barqueiros não sabem guiar nessa trilha porque é bem longa).
      No segundo dia, o barqueiro me deixou na outra margem, que sai pra trilha. Saímos 7h. são 13 km de trilha, toda sombreada e sem grandes subidas. Não é difícil, mas é longa. Gastamos 3h (mas confesso que ando rápido e como só tinha eu e o guia, flui melhor). O caminho é lindo, vimos pegadas de antas, veados, onças e vimos muitas aves, nambus, e um bando de macacos cara de sola, endêmico da região. Comemos frutas de Breu no caminho. Basta levar uma garrafinha pra beber, porque dá pra ir enchendo pelo caminho com água do rio que é bem limpinha (não é barrenta feito o Moa) e levem comida (levamos a super marmita deliciosa que Miro fez pra gente). A cachoeira é simplesmente linda!!!! Vale a caminhada.
       
      Pra voltar, é o mesmo esquema da ida (inclusive os horários e preços dos ônibus).
       
      Sobre XAPURI
       
      Para chegar: de Rio Branco pra Xapuri tem ônibus saindo de 7h e 14:45, custa R$37,60. Demora umas 3 horinhas.
       
      O que fazer lá:
      Confesso que fui sem muita pretensão e me surpreendi. Na cidade tem a casa de Chico Mendes (que está fechada, mas a faixada está preservada e com a placa – é super pertinho da rodoviária, dá pra ir andando até na chegada). Tem um painel lindo com um cristo, um pescador e diversos elementos (fica na praça do painel, ao lado da rodoviária) e pasmem: tem festa de quinta a domingo hahahaha.
      Fiquei na pousada Ayshawa (não tem muitas opções, essa é bem ajeitadinha. Paguei R$60,00 com ar, chuveiro elétrico e café da manhã. Tem umas araras lá – moram lá, mas vivem soltas. A pousada do seringal estava fechada, e é longe pra ir a noite (não tem transporte público e a estrada é lamacenta – só de 4x4 ou de moto, quando chove).
      Chamei um moto taxi pra ir comigo no dia seguinte até a casa de seu nilson (que é um guia INCRÍVEL que sabe tudo das plantes e dos animais) pra fazer uma trilha no seringal. Gente, esse passeio com ele é MUUUUITO maravilhoso). O moto taxi se chama Rubens (gostei! Gentil, prestativo e disposto) o telefone/zap dele: 68 992308190 - ele me cobrou R$70 pra ir e R$70 pra me buscar no final do dia (é por estrada de terra - eles chamam de ramal, 33 km; eu chorei e ele acabou fazendo por R$120,00).
      Ao chegarmos na casa de Nilson, bebemos bacaba e tomamos suco de Araçá. Depois almoçamos carne de caça (porquinho) com um feijão delicioso. E seguimos para a trilha. Mastiguei meio mundo de folha que era comestível; conheci pra que serve cada planta, o que é envíria, como tirar do tronco; comi a fruta do breu (uma frutinha delícia!!!), catamos castanha do Brasil (não chamem de castanha do pará, pelamooooor), abrimos e comemos na hora; abracei as árvores gigantes; Seu Nilson tirou látex de uma seringueira (gente, que lindo! Nunca tinha visto rs); vimos muitas pegadas de onças, veados, antas e vimos muitas aves, insetos e um bando de macaco da noite. Ele disse que eu pagasse quanto quisesse, não cobrou um valor. Deixei R$100,00, não sei dizer se foi pouco. Depois pensei que deveria dar mais porque a gente comeu na casa dele.
      Os. Quem tiver mais tempo, sugiro se hospedar na casa de seu Nilson: é bem rústico, a comida é deliciosa e regional. O telefone de seu Nilson Mendes é 68 999658513 (mandem texto, ele não escuta áudio)
      Para voltar: tem ônibus saindo de Xapuri pra Rio Branco às 7h e 12h, custa R$35,00.
       
      Voltei pra casa encantada. O Acre é incrível ❤️ IMG_9383.HEIC (cachoeira do ar condicionado - serra do divisor) 
      Central (perfuração com água termal que forma uma cachoeira à frente- Serra do Divisor)
      IMG_9361.MOV
      (cachoeira Pirapora - a parte mais baixa, tem mais pra cima- Serra do Divisor)
      IMG_9378.MOV
      (Cachoeira do amor- Serra do Divisor)IMG_9387.HEIC (mirante- Serra do Divisor)
      IMG_9430.HEIC ( frutinha do Breu- Serra do Divisor)
       (
      (cachoeira da formosa- Serra do Divisor)
      IMG_9501.HEIC (Xapuri - painel)
      IMG_9502.HEIC(Xapuri - Casa de Chico Mendes)
      IMG_9523.HEIC(Xapuri - Araras na pousada Ayshawa)
      IMG_9554.HEIC (Xapuri - Trilha no seringal)
      IMG_9558.HEIC(Xapuri - Com Rubens e Nilson)
       
       
       
    • Por Bruno GNR
      Fala galera beleza?
      Gostaria de compartilhar com vocês a viagem que fiz ano passado saindo do interior de SP, da cidade de Limeira, com destino final em Jericoacoara no CE, passando pelos Lençóis Maranhenses.
      Como eu li aqui no fórum muita coisa que me ajudou e também muitos usuários solícitos que sempre foram muito prestativos, queria deixar aqui minha contribuição.
      Quem quiser conferir todas as fotos: https://maladaminhamae.blogspot.com/
      Valeu.
      Depois de maravilhosa e inesquecível viagem por parte da América do Sul, resolvemos partir para uma nova road trip, dessa vez a ideia era chegar até o Ceará, mais precisamente em Jericoacoara, porém, antes passando pelos Lençóis Maranhenses.
      O planejamento foi feito novamente pensando numa trip de baixo custo, no entanto, não passando nenhuma "necessidade", não abrindo mão de lugares que tivessem ar-condicionado e estacionamento.
      Nossa viagem foi feita no seguinte roteiro:

      28/06 - Saída de Limeira (SP)
      29/06 - Brasília (DF)
      30/06 - Palmas (TO)
      01/07 - Grajaú (MA)
      02/07 - Santa Rita (MA)
      03/07 - Santo Amaro do Maranhão (MA)
      04/07 - Santo Amaro do Maranhão (MA)
      05/07 - Santo Amaro do Maranhão (MA)
      06/07 - Jijoca de Jericoacoara (CE)
      07/07 - Jericoacoara (CE)
      08/07 - Jericoacoara (CE)
      09/07 - Jericoacoara (CE)
      10/07 - Teresina (PI)
      11/07 - Bom Jesus (PI)
      12/07 - Barreiras (BA)
      13/07 - Brasília (DF)
      14/07 - Limeira (SP)
       
    • Por Gleiseane Martins
      Porto Alegre, Gramado e Canela 3 dias no Rio grande do Sul com R$800,00
      Meu nome é Gleiseane e estou desde 2016 conhecendo o Brasil, as vezes acompanhada e as vezes sozinha, nestas viagens já tenho na bagagem 10 estados brasileiros e algumas cidades, dessa vez eu embarquei para o Rio grande do Sul, aproveitei o feriado prolongado para a cidade do Rio de janeiro e sai do trabalho na sexta dia 17/01/20 direto para o Aeroporto Santos Dumont com a passagem trocada em pontos multiplus só paguei a taxa de embarque R$32,95, fiz uma conexão em Congonhas e cheguei em Portol Alegre as 22:30 como já havia acabado o trem tive que pegar um uber e sem saber fui passada para traz logo de cara paguei R$40,00 no uber depois descobri que se tivesse pedido no aplicativo pagaria no máximo R$20,00...😏. Cheguei no Express hotel, localizado no centro de Porto Alegre com 3 diárias fechada com pontos livelo. No sábado dia 18/01/20 tomei café reforçado no hotel e fui até a rodoviária comprar a passagem para Gramado R$97,40 ida e volta comprei para o primeiro horário de domingo, de lá da rodoviária comecei meu dia na conhecer a cidade de Porto Alegre, andei pelo Centro de Porto Alegre, visitei o Mercado Municipal, Catedral, Museu Júlio de Castilho, caminhei até a Orla do Rio Guaíba, lá quando estava admirando aquela imensidão do Rio encontrei Solange que também estava de viagem sozinha, ficamos amigas, tiramos varias fotos e marcamos de voltar ali à noite. Fui até o Beira Rio o estádio do internacional lá a visitação para ir até o campo custa R$40,00 mas como sou guia de turismo entrei na gratuidade, essa visita é muio legal, conta a história das conquistas do Internacional, da construção do Beira Rio, passamos pelo Museu, pela sala de imprensa, vestiários, áreas vips e camarotes até chegar a beira do campo, peguei um ônibus R$4,70 fui até o Parque Farroupilha muito lindo lugar cheio de árvores, espaço para pratica de exercícios físicos e para realizar piqueniques, foi na hora que ví que meu cartão de memória queimou e tive que comprar outro R$40,00😔. voltei para o hotel de ônibus R$4,70 e me arrumei para me encontrar com minha nova amiga Solange e irmos para a Orla do Rio Guaíba, chegando lá tinha um bloco 🤩 me diverti bastante, conversamos, tiramos fotos e lembrei que tinha que comer kkk comprei pipoca R$5,00 por volta de meia noite pegamos um Uber que nos levou até o hotel R$10,00. No domingo acordei cedo tomei café e parti para rodoviária ás 7h30min sai o ônibus e as 10h20min já estava em Gramado... cheguei lá tudo muito lindo, organizado, limpo 😍 fiquei meio perdida kkkk tive a ideia de pegar o ônibus de turismo para quem é mochileiro como eu meio carinho mas valeu a pena pois tinha pouco tempo para conhecer tudo que queria conhecer R$69,00 embarquei no ônibus e fui até Canela, soltei na estação do Trem, andei até a Igreja Matriz, subi na Torre a entrada para Torre com 12 sinos custa R$15,00, vi o sino tocar ás 12h bem lá de cima da torre foi uma experiência diferente e muito interessante. Desci e almocei no restaurante atrás da Igreja, Casa de Pedra Mineira R$22,90 buffet livre, peguei o ônibus de turismo e fui até o Parque dos Caracóis, que cachoeira perfeita 🙀 o Parque é muito estruturado, com lugar para acampamento, várias trilhas sinalizadas, restaurantes, lojas, estacionamento entrada do Parque R$20,00, peguei novamente o ônibus de turismo e fui até o Lago Negro mais um lugar perfeito para atividades físicas, admirar a natureza, fazer piquenique, tirei várias fotos super legais neste lugar, voltei até a Rodoviária de Gramado para voltar a Porto Alegre nessa hora que me arrependi de não ter feito a reserva desse dia em Gramado mas tudo bem foi ótimo o que pude aproveitar. Cheguei em Porto Alegre ás 22h, pedi um lanche no hotel R$25,00 e fui descansar. Na segunda feira arrumei as coisas, tomei café da manhã, a mala ficou no hotel, fiz check out e depois fui até o Morro do Osso fazer um trilha R$4,70 estava um calor que nem parecia que eu estava no Sul do país fiz a trilha e depois peguei o uber até a Praia de Ipanema R$7,00 andei pela orla tirei algumas fotos e retornei ao hotel para pegar a mala e ir para o aeroporto, de dia é super tranquilo chegar até ao aeroporto só pegar o trem R$4,05 e em 20min estava lá retornando ao Rio de Janeiro, a passagem de volta eu gastei R$380,00.
       
      Foram 3 dias super intenso que valeu a pena e super indico estes passeios citados acima, tem alguns vídeos no meu canal do youtube dessa viagem maravilhosa.
       
    • Por eog1978
      Cheguei no aeroporto JJD as 03:30 da manha de domingo para segunda e o aeroporto fica deserto minutos apos o desembarque deste unico voo da madrugada. Fui ao banheiro trocar de roupa pois o calor está sempre presente e tambem por que notei que nao havia chance de eu ir para meu destino que nao era a vila de jericoacoara... Ja estive em Jeri 3x e em Parnaiba somente 1x e apostei no Piaui novamente... Fiquei sentado aguardando amanhecer e um  rapaz que trabalha no aeroporto (acho que na lanchonete) me ofereceu uma "carona" ao custo de 30,00 para 13,5km ate Jijoca, coisa que os taxistas queriam de 80,00 a 100,00 !!!
      No posto 24h de Jijoca (o unico da cidade rsrs) aguardei amanhecer e com sorte havia uma canja, alem de paes, bolos etc etc porem de comida eram duas opcoes.
      As 7h quando abriu o posto de atendimento da Fretcar eu que era o primeiro ja tinha que enfrentar uma fila pois fica desnecessario explicar rs quando foi minha vez a resposta era de que o onibus de Jijoca para Camocim partiria as 11:45 ! La fui eu na av seguir de van ate camocim por 17,00 2h de viagem. Chegando em Camocim descobri que o onibus que vai para Parnaiba sairia as 15h e ainda eram 09:30..... 11:40 partiu um microonibus ao custo de 26,00 com tempo de viagem 2:30.
      Em Parnaiba fiquei em hostel que tem um ano de funcionamento e estrutura bem simples ao custo de 38,00 reais a diaria pelo booking (conversei com outras pessoas hospedadas la e estavam pagando 25,00 sem o tal cafe (que era pao frances margarina e cafe c leite)
      Para se locomover utilizei de microonibus que os locais chamam de van ao custo de R$ 2,40 que me deixava perto da ponte (ponto banco bradesco) que dava acesso a Praia Pedra do Sal e Porto dos Tatus de onde parte o passeio de barco pelo Delta do Parnaiba com lencois piauienses por 70,00 podendo ser pago com cartao de credito na agencia que fica abaixo da ponte ainda do lado da cidade creio que seja possivel pelo fone +5586994648589 Humberto.
      Conheci varios locais etc porem o melhor para almoco e jantar era o Flavao (fica de esquina na av principal que os locais chamam de pistao) com 12,00 incluso a bebida voce come muito bem!
      Na volta eu utilizei o transporte da Yvone Tur +558633231541 (nao sei se tem telefone celular, tenho somente este fixo) sai de Parnaiba passa por varios municipios parando em jijoca para almoço (faça sua refeiçao aqui pois no aeroporto JJD so ha uma lanchonete rs) e seguindo para Fortaleza passando pela entrada do aeroporto de Jeri (caminhei menos de 350 metros) o trajeto Parnaiba ate o acesso aeroporto Jeri custou 40,00 !
      Os onibus desta empresa sao confortaveis porem pontualidade não é o forte deles! Cheguei na garagem da empresa que fica atras da rodoviaria faltando 5 minuto para as 6:00 por que me foi dito que haveria onibus das 06:00 e das 07:00 entretanto saiu somente o das 07:00 com quae 50min de atraso kkkkk
      A estadia na Praia Pedra do Sal é muito caro se comparado a Parnaiba (pedem 100,00 a diaria com cafe da manha -- cafe com pao e vento) recomendo ir pela manha e voltar no onibus das 19h pois ficar la nao compensa. (depende pois eu fiquei uma noite para dormir escutando as ondas)
      Creio que valha a pena passar uma ou duas noites em Ilha Grande (de onde sai passeios ao Delta) pois é possivel percorrer as dunas que tem acesso muito facil mesmo que va no bate e volta de onibus R$ 3,00 a partir de 01/02/2020 (antes era 2,50)
      Pra mim o maximo do passeio é os lencois piauienses e certamente ficaria hospedado em Ilha Grande cujos locais se oferecem para nos guiar pelas dunas (serviço pago porem creio que 20 a 40 reais no maximo - combinar ANTES)
      Este foi um breve resumo de 01 semana e minha 2a vez nos cofins do Piaui :.)))
       
       
       


×
×
  • Criar Novo...