Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Membros
Obrigado, Herbert. Suas dicas são muito valiosas.

Eu tenho mais dúvidas. Aliás, milhares. São tantas, que acabo esquecendo.

Vi no tópico de sua viagem ao Atacama que você fez Mendoza/Santa Fé.

Vou fazer algo parecido (ao contrário), farei de Rosário à Mendoza.

Inicialmente iria de Reconquista/Córdova e Córdova/Mendoza. Mas, pensei bem e vi que iria ficar muito tempo na estrada e não aproveitar nada em Córdova. Vou ter uma tarde toda em Rosário e no dia seguinte encaro 870km de estrada rumo a Mendoza.

mapa.png

Aqui minha mudança de trajeto.

Outra dica que gostaria é com relação a volta.

Inicialmente meu planejamento era dormir em Mendoza quando retornar de Santiago e encarar 1050km de Mendoza rumo a Buenos Aires, mas é muito.

O que seria melhor?

Sair de Santiago (queria passar no Aconcágua, coisa rápida, meia hora, só tirar fotos e sair) e...

1 - Posar em Mendoza? 363Km

2 - Posar em San Luis? 616Km

3 - Posar em Villa Mercedes? 711Km

Ou ainda...

Saio de Santiago e vou para Mendoza... Poso em Mendoza. No outro dia vou de Mendoza a Junín (descanso e só durmo). No outro dia cedinho vou a Buenos Aires. Ficaria com um dia a menos em Buenos Aires, no entanto, o "primeiro dia" meu em Buenos Aires, estaria vindo de Mendoza... Então, nisso não vai interferir. Pois, se fizer isso, eu estaria saindo de Junín cedinho e 10 da manhã já estaria em BA.

 

Ola Jackson,

 

A pergunta foi pro Herbert mas vou atravessar. kkk

A travessia da fronteira geralmente é bem demorada. Pode demorar até 3 horas.

1050 numa tacada só é complicado, acho que a segunda ou terceira opções mais viáveis. Na verdade a segunda acho melhor por causa da fronteira.

 

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 285
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Olá pessoal, após a leitura de muitos relatos de viajantes que foram ao Peru de carro ou moto e não tiveram maiores problemas, decidimos encarar uma viagem de carro até lá. Foram alguns meses de prepa

Dia 03 - 27/12 - San Ignacio a Salta - AR- 1200km   Esse dia atravessamos o temido Chaco. Saímos do hotel por volta das 9hs da manhã, após o café da manhã onde conhecemos outros viajant

Dia 05 - 29/12 - Tilcara[AR] a San Pedro de Atacama[CH] - 436km   Quinto dia seguido de estrada, já estávamos nos acostumando com a rotina de tirar e colocar as malas e demais coisas to

Posted Images

  • Colaboradores
Obrigado, Herbert. Suas dicas são muito valiosas.

Eu tenho mais dúvidas. Aliás, milhares. São tantas, que acabo esquecendo.

Vi no tópico de sua viagem ao Atacama que você fez Mendoza/Santa Fé.

Vou fazer algo parecido (ao contrário), farei de Rosário à Mendoza.

Inicialmente iria de Reconquista/Córdova e Córdova/Mendoza. Mas, pensei bem e vi que iria ficar muito tempo na estrada e não aproveitar nada em Córdova. Vou ter uma tarde toda em Rosário e no dia seguinte encaro 870km de estrada rumo a Mendoza.

mapa.png

 

Aqui minha mudança de trajeto.

Outra dica que gostaria é com relação a volta.

Inicialmente meu planejamento era dormir em Mendoza quando retornar de Santiago e encarar 1050km de Mendoza rumo a Buenos Aires, mas é muito.

O que seria melhor?

Sair de Santiago (queria passar no Aconcágua, coisa rápida, meia hora, só tirar fotos e sair) e...

1 - Posar em Mendoza? 363Km

2 - Posar em San Luis? 616Km

3 - Posar em Villa Mercedes? 711Km

Ou ainda...

Saio de Santiago e vou para Mendoza... Poso em Mendoza. No outro dia vou de Mendoza a Junín (descanso e só durmo). No outro dia cedinho vou a Buenos Aires. Ficaria com um dia a menos em Buenos Aires, no entanto, o "primeiro dia" meu em Buenos Aires, estaria vindo de Mendoza... Então, nisso não vai interferir. Pois, se fizer isso, eu estaria saindo de Junín cedinho e 10 da manhã já estaria em BA.

 

 

 

Ola Jackson,

 

A pergunta foi pro Herbert mas vou atravessar. kkk

A travessia da fronteira geralmente é bem demorada. Pode demorar até 3 horas.

1050 numa tacada só é complicado, acho que a segunda ou terceira opções mais viáveis. Na verdade a segunda acho melhor por causa da fronteira.

 

Abraço.

Jackson, eu faria igual o Marcelo disse, ficaria com a segunda opção: Dormir em San Luis. Mesmo pq durante a travessia além da demora na aduana, há muitas paradas para fotos e a trilha no parque do Aconcágua leva cerca de uma hora. Não fiz o caminho Mendoza - Buenos Aires completo, mas percorri o caminho até San Luis e é basicamente de retas. Dai no outro dia fica mais tranquilo chegar em Buenos Aires. Mas nada impede de fazer em uma tacada só Mendoza-Buenos Aires, já vi muita gente fazendo isso, saindo cedo da pra chegar ao anoitecer.

 

Lembro que quando fiz o trecho Santiago-Mendoza, sai de Santiago umas 9hs e cheguei em Mendoza as 17hs, mas fiquei parado em uma obra na época nos caracoles por uns 30min, mas a aduana foi rápida.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Obrigado, Herbert. Suas dicas são muito valiosas.

Eu tenho mais dúvidas. Aliás, milhares. São tantas, que acabo esquecendo.

Vi no tópico de sua viagem ao Atacama que você fez Mendoza/Santa Fé.

Vou fazer algo parecido (ao contrário), farei de Rosário à Mendoza.

Inicialmente iria de Reconquista/Córdova e Córdova/Mendoza. Mas, pensei bem e vi que iria ficar muito tempo na estrada e não aproveitar nada em Córdova. Vou ter uma tarde toda em Rosário e no dia seguinte encaro 870km de estrada rumo a Mendoza.

mapa.png

Aqui minha mudança de trajeto.

Outra dica que gostaria é com relação a volta.

Inicialmente meu planejamento era dormir em Mendoza quando retornar de Santiago e encarar 1050km de Mendoza rumo a Buenos Aires, mas é muito.

O que seria melhor?

Sair de Santiago (queria passar no Aconcágua, coisa rápida, meia hora, só tirar fotos e sair) e...

1 - Posar em Mendoza? 363Km

2 - Posar em San Luis? 616Km

3 - Posar em Villa Mercedes? 711Km

Ou ainda...

Saio de Santiago e vou para Mendoza... Poso em Mendoza. No outro dia vou de Mendoza a Junín (descanso e só durmo). No outro dia cedinho vou a Buenos Aires. Ficaria com um dia a menos em Buenos Aires, no entanto, o "primeiro dia" meu em Buenos Aires, estaria vindo de Mendoza... Então, nisso não vai interferir. Pois, se fizer isso, eu estaria saindo de Junín cedinho e 10 da manhã já estaria em BA.

 

Ola Jackson,

 

A pergunta foi pro Herbert mas vou atravessar. kkk

A travessia da fronteira geralmente é bem demorada. Pode demorar até 3 horas.

1050 numa tacada só é complicado, acho que a segunda ou terceira opções mais viáveis. Na verdade a segunda acho melhor por causa da fronteira.

 

Abraço.

 

Opa!!! Já que meu xará "invadiu" o tópico do colega Herbert vou dar um pitaco tb. ::lol4:: Até porque segui uma dica do Herbert e valeu a pena. Concordo com o Xexelo em relação a travessia, pode ser bem demorada, de Santiago até Mendoza demoramos quase 9 horas nestes 363km, paramos para um lanche na Puente Del Inca e tocamos para Mendoza. Em relação a fazer o 1050 até BA nós fizemos e foi tranquilo(dica do Herbert), após Mendoza tem um longo trecho duplicado e mesmo a pista simples é muito boa e não tem muito o que se ver, acho que fizemos duas paradas apenas, é uma longa reta e ainda pegamos um bom trecho com chuva. Valeu a pena porque no outro dia já acordamos em BA, se tiver disposto a dirigir dá pra fazer. Uma observação em relação a Mendoza que já li de outros viajantes, não sei se já olhou hotel, mas tivemos muitas dificuldades lá, os hotéis são caríssimos(pelo menos os que eu fui) e outros estavam lotadas, estava quase desistindo e indo para San Luis, quando entrei na ruta 7 encontrei o hostel Los Andes, paguei 200,00 a diária num chalé razoavelmente bom, banho privativo, ar condicionado, frigobar e tinha até piscina, meio antigo mas serviu bem. Só pra confundir um pouquinho :roll: , acho as opções 1 e 2 melhores, a 2 depende do cansaço de todo o trajeto, se estiver pregado ficaria com a 1, na verdade, sentimos mais de Santiago a Mendoza do que de Mendoza a BA. Mas isto depende de cada um. Boa sorte na decisão. ::otemo::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Opa, beleza Herbert e Marcelo.

Então, é um longo caminho. Eu pretendia sair de Santiago bem cedinho, tipo umas 6 da manhã.

Mas eu pensei e achei melhor fazer a última opção, não fica mais tranquila?

 

Inicialmente era:

22/12 saída de Santiago a Mendoza.

23/12 saída de Mendoza a Buenos Aires (só estrada)

24/12 acordaria umas 10h de tanto cansaço.

 

Reorganizando:

 

Dia 22/12 - Quinta-feira

Sairia de Santiago 13h00. Passaria pela aduana e tiraria fotos no Aconcágua. Mesmo na pior das hipóteses, chegaria a Mendoza umas 20h00. (sendo bem pessimista).

 

Dia 23/12 - Sexta-feira

Sairia de Mendoza 08h00 e chegaria a Junín 18h00.

 

Dia 24/12 - Sábado

Sairia de Junín 06h00 e chegaria a Buenos Aires 09h00. Umas 10h no hotel. Teria Buenos Aires a tarde toda do dia 24, dia 25 (natal), 26 e a manhãzinha do dia 27, depois partiria para o Uruguai.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Opa!!! Já que meu xará "invadiu" o tópico do colega Herbert vou dar um pitaco tb. ::lol4:: Até porque segui uma dica do Herbert e valeu a pena. Concordo com o Xexelo em relação a travessia, pode ser bem demorada, de Santiago até Mendoza demoramos quase 9 horas nestes 363km, paramos para um lanche na Puente Del Inca e tocamos para Mendoza. Em relação a fazer o 1050 até BA nós fizemos e foi tranquilo(dica do Herbert), após Mendoza tem um longo trecho duplicado e mesmo a pista simples é muito boa e não tem muito o que se ver, acho que fizemos duas paradas apenas, é uma longa reta e ainda pegamos um bom trecho com chuva. Valeu a pena porque no outro dia já acordamos em BA, se tiver disposto a dirigir dá pra fazer. Uma observação em relação a Mendoza que já li de outros viajantes, não sei se já olhou hotel, mas tivemos muitas dificuldades lá, os hotéis são caríssimos(pelo menos os que eu fui) e outros estavam lotadas, estava quase desistindo e indo para San Luis, quando entrei na ruta 7 encontrei o hostel Los Andes, paguei 200,00 a diária num chalé razoavelmente bom, banho privativo, ar condicionado, frigobar e tinha até piscina, meio antigo mas serviu bem. Só pra confundir um pouquinho :roll: , acho as opções 1 e 2 melhores, a 2 depende do cansaço de todo o trajeto, se estiver pregado ficaria com a 1, na verdade, sentimos mais de Santiago a Mendoza do que de Mendoza a BA. Mas isto depende de cada um. Boa sorte na decisão. ::otemo::

::otemo::

 

Opa, beleza Herbert e Marcelo.

Então, é um longo caminho. Eu pretendia sair de Santiago bem cedinho, tipo umas 6 da manhã.

Mas eu pensei e achei melhor fazer a última opção, não fica mais tranquila?

 

Inicialmente era:

22/12 saída de Santiago a Mendoza.

23/12 saída de Mendoza a Buenos Aires (só estrada)

24/12 acordaria umas 10h de tanto cansaço.

 

Reorganizando:

 

Dia 22/12 - Quinta-feira

Sairia de Santiago 13h00. Passaria pela aduana e tiraria fotos no Aconcágua. Mesmo na pior das hipóteses, chegaria a Mendoza umas 20h00. (sendo bem pessimista).

 

Dia 23/12 - Sexta-feira

Sairia de Mendoza 08h00 e chegaria a Junín 18h00.

 

Dia 24/12 - Sábado

Sairia de Junín 06h00 e chegaria a Buenos Aires 09h00. Umas 10h no hotel. Teria Buenos Aires a tarde toda do dia 24, dia 25 (natal), 26 e a manhãzinha do dia 27, depois partiria para o Uruguai.

Jackson, as dicas ali do MARCELO.RV são muito boas também. O que você pode fazer é não deixar esse trecho fixo, se vc ver que ainda tem tempo e não está cansado após a travessia Chile-Argentina ou caso esteja com dificuldades em encontrar hotel em Mendoza pode seguir direto para uma próxima cidade e adiantar o trecho do próximo dia.

 

Digo isso, por que muitas vezes eu planejei ir até uma cidade x, mas como a viagem rendeu resolvi ir até a cidade y. Depende muito do dia, se está com sol e pouco movimento na estrada a viagem rende muito, principalmente na Argentina onde tem trechos de longas retas. É que no Brasil como tem muito trânsito nas estradas, a viagem parece que demora uma eternidade, digo isso por que de Foz a Curitiba levamos entre 9-10hs e na Argentina e Chile normalmente a mesma distância eu conseguia fazer em 7-8hs no máximo.

 

Se puder, compre um colete reflexivo, não sei se é obrigatório na Argentina agora, mas no Chile parece que sim.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Opa, beleza Herbert e Marcelo.

Então, é um longo caminho. Eu pretendia sair de Santiago bem cedinho, tipo umas 6 da manhã.

Mas eu pensei e achei melhor fazer a última opção, não fica mais tranquila?

 

Inicialmente era:

22/12 saída de Santiago a Mendoza.

23/12 saída de Mendoza a Buenos Aires (só estrada)

24/12 acordaria umas 10h de tanto cansaço.

 

Reorganizando:

 

Dia 22/12 - Quinta-feira

Sairia de Santiago 13h00. Passaria pela aduana e tiraria fotos no Aconcágua. Mesmo na pior das hipóteses, chegaria a Mendoza umas 20h00. (sendo bem pessimista).

 

Dia 23/12 - Sexta-feira

Sairia de Mendoza 08h00 e chegaria a Junín 18h00.

 

Dia 24/12 - Sábado

Sairia de Junín 06h00 e chegaria a Buenos Aires 09h00. Umas 10h no hotel. Teria Buenos Aires a tarde toda do dia 24, dia 25 (natal), 26 e a manhãzinha do dia 27, depois partiria para o Uruguai.

 

Na verdade nós tb tínhamos a opção de parar em Junín, não paramos porque chegamos lá bem cedo e não tinha nada pra fazer e estávamos inteiros(saímos às 7 de Mendoza), então resolvemos tocar direto para BA e já amanhecer por lá, evitaria tirar bagagem ajeitar o carro e tudo mais. Acho que não gastamos 12 horas até BA a viagem rende muito, dá pra andar numa boa velocidade e com segurança. Como estamos(digo estamos porque a família está junto) acostumados a longos trechos não chegamos assim tão destruído em BA. Acho que pode considerar parar em Junín, chegando lá se estiver tranquilo acho que vale a pena seguir direto para BA, senão para por lá mesmo.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

::hahaha:: Muito bom Marcelo!!!

Primeiro, obrigado.

Quanto as reservas dos hotéis, fiz no Íbis Mendoza. Saíram em média R$150,00 com estacionamento incluso. Fiz 2 reservas para a ida (chegando de Rosário) e uma para a volta (vindo de Santiago). Acho que para o tipo de viagem que farei, a rede Accor Hotels, principalmente o Íbis atende bem do que preciso. Cama, banho, segurança e estacionamento.

Não sou acostumado a pegar a estrada tão longe assim. O maior trecho que já fiz em um único dia foi de Jacareí/SP à Astorga/PR (700km). Mas, eu AMO carro, estrada e dirigir. Só estará eu e minha mulher na viagem. Ela tem habilitação, mas não dirige, ou seja, eu serei o único motorista, a não ser que precise muito em um trecho isolado.

 

 

Eu pensei nessa solução de Junín, pois poderia sair de Santiago depois do almoço e aproveitar alguma coisa pela manhã na cidade.

 

Indo direto de Mendoza a Buenos Aires (saindo umas 6h) chegaria umas 19h no máximo acredito, ai pensei também em ser meio complicado rodar dentro da cidade a essa hora e achar hotel a noite.

 

As dicas são muito boas. Ta tudo anotado.

Logo volto com mais alguma duvida. Hoje faltam exatamente 2 meses para o início da viagem. Não vejo a hora de chegar logo. Eu estou atrás ainda de um cambão. Vocês compraram? Mandaram fazer?

Muito obrigado

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
::hahaha:: Muito bom Marcelo!!!

Primeiro, obrigado.

Quanto as reservas dos hotéis, fiz no Íbis Mendoza. Saíram em média R$150,00 com estacionamento incluso. Fiz 2 reservas para a ida (chegando de Rosário) e uma para a volta (vindo de Santiago). Acho que para o tipo de viagem que farei, a rede Accor Hotels, principalmente o Íbis atende bem do que preciso. Cama, banho, segurança e estacionamento.

Não sou acostumado a pegar a estrada tão longe assim. O maior trecho que já fiz em um único dia foi de Jacareí/SP à Astorga/PR (700km). Mas, eu AMO carro, estrada e dirigir. Só estará eu e minha mulher na viagem. Ela tem habilitação, mas não dirige, ou seja, eu serei o único motorista, a não ser que precise muito em um trecho isolado.

 

 

Eu pensei nessa solução de Junín, pois poderia sair de Santiago depois do almoço e aproveitar alguma coisa pela manhã na cidade.

 

Indo direto de Mendoza a Buenos Aires (saindo umas 6h) chegaria umas 19h no máximo acredito, ai pensei também em ser meio complicado rodar dentro da cidade a essa hora e achar hotel a noite.

 

As dicas são muito boas. Ta tudo anotado.

Logo volto com mais alguma duvida. Hoje faltam exatamente 2 meses para o início da viagem. Não vejo a hora de chegar logo. Eu estou atrás ainda de um cambão. Vocês compraram? Mandaram fazer?

Muito obrigado

 

Vc fez bem em reservar em Mendoza, paguei o preço por não ter feito isto antes, ::toma:: mas tudo bem. Em relação a sair de tarde de Santiago eu particularmente não gosto, no dia de pegar a estrada saio o mais cedo possível, se tiver algum imprevisto durante o dia as coisas são muito mais fáceis(mas isto é uma opção pessoal, até porque estou com criança). BA é até tranquilo de rodar, chegamos em horário de pico, vacilei com o GPS e ficamos rodando em círculo um tempo ::putz:: , mas fomos para a Av. Independência que é bem localizado e ficamos no hotel Quatro Reyes, se ainda não reservou é uma opção, hotel bom e excelente preço, perto do metro e tudo mais. Quanto ao cambão comprei no mercadolivre e paguei 130,00.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por Altair Emiliano
      Finalmente, o dia da viagem chegou!! 13 de novembro 2019, uma viagem longa e programada e o destino final é Cabo Frio-RJ com parada obrigatória em Petrópolis-RJ.
      Eu, a Nathi (Nathália) minha linda companheira e copiloto e a Majú (Maria Júlia) nossa filha de 2 anos e, claro, não poderíamos deixar de fora o Bibi - nossa Toyota Bandeirante - 81.
      Foi a nossa viagem mais longa, embora viajamos para Tiradentes e Ouro Preto-MG no 1° ano da Majú, mas será um post para outra história.
      Planejamos, calculamos, discutimos, mudamos planos e chegamos no acordo. Eu cuido do transporte e a Nathi das hospedagens e o trajeto cuidamos juntos.
      O Bibi ficou em melhorias o ano todo de 2019 e bem na véspera da viagem apresentou problema na embreagem. Partiríamos no dia13/11 as 6:00 e o mecânico entregou o Bibi no dia 12/11 as 17:30 sem trocar a embreagem, pois não daria mais tempo de comprar e trocá-la. Decidi não adiar a partida e partimos no dia e horário marcado.


      Nossos planos eram parar a cada 2:30 para relaxar e não tornar uma viagem cansativa, mas quem disse que a Maju acordava? Dormiu 4 horas seguidas, que benção!!!! Seguimos viagem! O destino final era Cabo Frio, mas resolvemos ficar uns dias em Petrópolis.
      “Acordouuuuu …. ahhh graças a Deus!!!! vamos parar no próximo posto fazer pipi e lanchinho”

       
      Levamos um cooler térmico com sucos, lanchinhos e água e paramos no estacionamento do posto e ficamos um pouco mais afastados do movimento e lanchamos ali mesmo; a Majú sentou no para-choque do Bibi, peguei um bloco de cimento para sentarmos, pois, o posto estava em reforma e tinha 2 blocos dando sopa ali.
      Pegamos estrada novamente e com bastante chuva, aliás desde o início. Mas a viagem foi tranquila e fomos pegos em movimento por paparazzo do grupo de toyoteiro que participo. As 13:00 paramos para almoçar, descansar e abastecer. Seguimos a viagem destino à Petrópolis.

      Já na serra chegando a Petrópolis a embreagem resolveu se manifestar lembrando que não estava se sentindo bem …
      Eu: - ai ai ai … teremos emoções
      Nathi: O que foi?
      Eu: não estou conseguindo mudar de marcha … é preciso bombear o pedal umas 3 ou 4 vezes.
      Nathi: Bem agora amor … estamos chegando, mas aqui é serra e já está noite !!!
      A Nathi havia reservado hospedagem de 2 dias pelo site aluguetemporada.com e estávamos perto se não fosse um pequeno erro de navegação, que nos fez descer a serra e tivemos que subir novamente … uns 40 minutos a mais para um casal desesperado … parecia uma eternidade hahahaha.
      Chegaaaaamoooosss !!!
      A Nathi fez reserva no condomínio Vale do Sol em Itaipava. Que lugar lindo!!!!
      Um frio que não esperávamos, chovendo, cansados, mas aliviados.
      -Vamos ligar para o Sandro e avisar que chegamos e amanhã cedo iremos ao seu encontro.

      Café da manhã na pousada Vale do Sol
      Sandro Leite, um AMIGO, amizade esta, feita por meio de grupo de zap de toyoteiros. Foi quem me incentivou a comprar uma Toyota Bandeirante, residente de Petrópolis; cidade que minha esposa tanto sonhou em conhecer e que ficava no caminho indo à Cabo Frio.
      Resolvemos parar ali por 2 dias. Como se fosse possível só 2 dias, acabamos ficando 3 dias e caberia muito mais se não tivéssemos feito reserva de hospedagem em Cabo Frio.
      Esse meu amigo se encarregou de nos mostrar Petrópolis e indicamos conhecê-la, vale cada centímetro da cidade. Foram 3 dias inesquecíveis de nossa vida, ficou muito acima de nossas expectativas e era só o começo de nossa viagem.
       

      Palácio de Cristal

       

       

      Praça da liberdade

      Vista de um mirante 

       

       

      Sesc Quitandinha - Petrópolis

      Catedral São Pedro de Alcântara - Petrópolis

       

      Depois de 3 dias em Petrópolis, partimos para Cabo Frio e Arraial do Cabo
       
       
      https://www.youtube.com/watch?v=LNYLI12u0zE
      https://www.youtube.com/watch?v=G1NPWNMjiEI
       
       
       
    • Por naja.trip
      Olá!
      Somos Diana, Polly e Naira. Depois de muitos planos, viagens adiadas e canceladas, em junho realizaremos um viagem curta on the road pelo sul do Brasil. Um sonho compartilhado.
      Vcs nos acompanham?
      Nos sigam no IG: @naja.trip
      "Nosso destino nunca é um lugar, mas uma nova maneira de olhar para as coisas."  (Henry Miller)

    • Por Macieltk
      Alguém tem informações sobre a fronteira Brasil x Peru? Estou programado para ir ao Peru, via Acre, dia 06 de Julho, estou com medo da fronteira não abrir. 
    • Por Natália C. Santos
      Eu estou devendo esse relato a anos por aqui (3 anos para ser mais exata), pois foi graças a vários relatos que li que eu pude criar o meu roteiro, conferir o dinheiro necessário e quais lugares poderiam me interessar mais ou menos
       
      Eu quero dizer que viajar ao Peru era um sonho de infância. Não sei dizer exatamente quando isso começou, mas era o meu sonho de anos e anos.
      Até chegar ao roteiro de fato, por anos criei vários roteiros, onde a maioria incluía não só o Peru, mas como a Bolívia também e depois Chile... mas quanto mais eu pesquisava, mais adicionava lugares e/ou passeios e menos tempo dava de fazer tudo, então resolver dividir por países.
      Primeiro foi ao Chile, por achar mais seguro para a minha primeira viagem internacional sozinha e só incluía duas cidades, Santiago e Atacama e menos tempo também – Relato: Viagem Chile - Santiago e Atacama - 10 dias
      Cada pessoa tem um estilo de viajar e suas preferência.. essa época eu buscava paisagens incríveis, história, amizades, hostel animados e um pouco de diversão. Então fiz um roteiro extenso e intenso, pois queria poder conseguir fazer tudo e sem correria, com dias livres para acordar sem compromisso. Resumidamente ficou assim:
      2 dias inteiros em Lima
      2 dias inteiros em ICA
      5 dias inteiros em Arequipa
      10 dias em Cusco / Machu Picchu (água calientes) / Ollantaytambo
      3 dias inteiros + 1 manhã em Huaraz
      1 noite e 1 dia em Lima – Volta para casa
       
      Cronograma:
      Cheguei no Peru as 9:30 da manhã de 04/05/2018 – Sexta-feira e saí de Lima as 21h do dia 27/05/2019 num domingo. Ou seja, conseguimos aproveitar bem todos os dias, incluindo os de chegada e saída.
      04/05 – Chegada em Lima e passeio por Miraflores e Parque das águas
      05/05 – Passeio em Lima, fiz minha primeira tatuagem, participei de uma festa no hostel e partir para ICA (Huacachina)
      06/05 – Chegada em Huacachina, Bug e Sandboard nas dunas do Oásis
      07/05 – Passeio pelas Ilhas Ballestas e Reserva Nacional – Ônibus noturno para Arequipa
      08/05 – Chegada em Arequipa, conhecer a cidade e fechar passeios (e minha amiga perdeu o celular) 🤦‍♀️
      09/05 – Passeio City Tour e comprar um celular novo para ela 🤷🏼‍♀️
      10/05 – Canions del Colca, tirolesa e águas termais com pernoite no vale
      11/05 – Valle dos condores + volta para Arequipa, reencontrar amigos + PICANTERIA e festa no hostel!
      12/05 – O MELHOR RAFFITING DA VIDA + ônibus para Cusco
      13/05 – Chegada em Cusco, Circuito I - Museu qorikancha, Saqsaywaman, Qenqo, Pukara e Tambomanchay
      14/05 – Maras, Moray e Salineiras
      15/05 – Van + trilha para águas clientes - Aja estômago e perna
      16/05 – Enfim MachuPicchu + Pernoite em Ollanta
      17/05 – Dia em Ollanta e volara para Cusco - hostel sem água e descanso para laguna Humantay
      18/05 – Laguna Humantay + primeira balada de Cusco fora de hostel
      19/05 – Descansoe City Tour pelo centro e arredores de Cusco + Competição de shot de bebida no hostel
      20/05 – Montanhas coloridas – Winicunca
      21/05 – Passeio pela cidade, compras, despedida da Babi e última balada em Cusco
      22/05 - Mais um dia de ressaca + vôo para Lima com ônibus noturno para Huaraz
      23/05 – Chegada em Huaraz, café da manhã e partiu ver Glaciar - Altitude não é brincadeira não, galera
      24/05 – Laguna Paron - Uma das coisas mais bonitas que já vi a olhos nus
      25/05 – Quase desisti, mas enfim cheguei a maravilhosa laguna 69 😍 e valeu cada ar que faltou
      26/05 – Volta para Lima e passeio pela cidade a noite
      27/05 – Mais uma tatuagem (sim, fiz uma segunda 🤣), museu das catacumbas e voo de volta!
       
      Usamos avião somente de Cusco para Lima (para ganhar tempo), pois o restante foi de ônibus. Comprei somente o de Lima para Ica do Brasil, o restante compramos durante a viagem.
      O de Ica para Arequipa comprei numa agência de turismo (o ônibus foi da Cruz de Sul). O de Arequipa para Cusco comprei na rodoviária de Arequipa assim que chegamos e compramos pela Excluciva. O de Lima para Huaraz fomos de Cruz del Sur, compradas por nossos amigos que chegaram antes em Lima.
      Segue o mapa do nosso trajeto:

       
      Fiz dessa maneira pois estava muito preocupada com a altitude dos passeios em Cusco (Laguna Humantay e Montanhas coloridas) e em Huaraz. Então, fui subindo aos poucos para aclimar, fiquei bastantes dias em Cusco e deixei os passeios de altitude para os últimos dias e a última cidade foi Huaraz. Eu não teria aguentado fazer a laguna 69 se não estivesse aclimada, pois foi muito difícil, mesmo a tanto tempo acima do nível do mar...
      CUSTOS: 
      Infelizmente não tenho mais os custos detalhados durante a viagem, acho que perdi meu caderno. Como guardei vários recibos e anotei muita coisa nas minhas planilhas eu consigo dar uma boa ideia dos meus custos.
      Antes da viagem eu contratei o seguro da Mondial por R$ 150,00
      Custos pagos ainda no Brasil com vôos, trem, ônibus e Machu Picchu (MP + montanha)
      ·         Vôo Rio – Lima – Rio pela Avianca= R$ 1.299,21
      ·         Ônibus Lima – Ica pela Cruz del Sur (único ônibus que comprei antecipado) = S/ 33,00 = R$ 35,00
      ·         Trem Água Calientes – Ollantaytambo pelo Peru Rail = US$ 70,00 (facada) = R$ 255,00
      ·         Vôo Cusco – Lima pela Peruvian = US$ 69,15 = R$ 255,00
      ·         Machu Picchu + Montaña = S/ 208,06 = R$ 230,00
       
      Eu levei 1.250,00 dólares com câmbio médio de 3,46 dólares e gastei tudo, até os últimos centavos hahahaha
      Não me arrependo em nada de ter levado dólar, pois o Brasil teve uma crise durante a viagem e o valor do real despencou, enquanto o dólar ficou o mesmo.
      O câmbio em soles teve a seguinte média em maio de 2018:
      1 dólar = 3,25 soles
      1 real = 0,85 soles
      Vamos aos cálculos para exemplificar:
      US$ 1.250,00 * 3,46 = R$ 4.325,00 reais
      US$ 1.250,00 = 1250 * 3,25 = S/ 4062,50
      R$ 4.325,00 * 0,85 =  S/ 3.676,25
      O Câmbio do real para sol levando dólar ficou de aproximadamente 1 real = 0,94 sol
      Dessa forma, levando dólares eu tive 386,25 soles a mais com a mesmo quantia se tivesse levado em real
       
      Hospedagens com custos
      Cidade
      Noites
      Hostel
      Valor R$
      Valor S/
      Informações
      Lima
      1
      Pariwana
      R$ 67,00
      63,00
      Boa localização e estrutura ótima, reservado no Rio e pago na hospedagem - Recomendo
      Ica
      1
      Mayo
      R$ 32,00
      30,00
      Suíte privativa para 2 pessoa com banheiro por 60$ - 30 CADA
      Arequipa
      4
      Wild Rover
      R$171,00
      160,00
      Quarto compartilhado com 4 camas - banh externo
      Cusco
      2
      Loki
      R$125,00
      112,50
      Suíte privativa para 4 – Pago do Brasil
      Águas Calientes
      1
      Machupicchu Guest house
      R$40,00
        Suíte privativa para 4 – Reservado pelo Airbnb pago no Brasil
      Ollantaytambo
      1
      Panay Valle
      R$17,00
        Suíte privativa para 2 – Reservado pelo Airbnb e pago no Brasil - Super recomendo
      Cusco
      5
      Milhouse Hostel
      R$250,00
      65 USD
      Quarto compartilhado 6 camas – reservado e pago ainda no Brasil
      Huaraz
      3
      Scheler
      R$80,00
      75,00
      Suite privativa para 2 – Reservado, mas pago na hospedagem
      Lima
      1
      The Point
      R$49,50
      45,00
      Quarto privativo para 2 – HORRÍVEL NÃO RECOMENDO
       Total hospedagem: R$ 835,00 
      Custo Passeios:
      Infelizmente não lembro dos custos dos passeios em Huacachina, mas lembro que andei bastante e fui pesquisando preço. Comprei na mesma agência que comprei minha passagem de ônibus para Arequipa pela Cruz Del sur. Mas lembro que foi bem barato.
      ·         Arequipa – Agência Sol Naciente Travel - Na praça de Arequipa
      Ônibus turismo pela cidade e arredores (City Tour) – S/ 15 
      Canion del Colca 2 dias -  incluso 2 almoços buffet, hospedagem em suíte dupla e café da manhã – S/ 120
      Raffiting (suuuper recomendo) – S/ 50 + S/10 (fotos e vídeos)
       
      ·         Cusco – Fechei com o Fermin pelo whatsapp – quem quiser, passo o contato, é só pedir
      Maras, Moray e Salineras -  S/ 35,00
      Laguna Humantay – S/ 70,00
      Montanhas Coloridas – S/ 70,00 + ingresso S/ 10
      Van para MP – S/ 45
      Circuito I – S/ 30
      Guia privado em português em MP – 30 soles para cada
       
      ·         Huaraz – Sheller
      Glaciar – s/ 35,00
      Laguna Paron – S/ 35,00
      Laguna 69 – S/ 60,00
       
      Todos os preços são por pessoa!
       
      Depois vou fazer postagens detalhando melhor a viagem e experiências, esse poste introdutório foi mais técnico sobre roteiro e custos!
      Deus me ajude a escrever isso tudo! hahahaha
       
    • Por Thays Soares
      Ola , boa tarde galera . Em agosto estarei de ferias e gostaria de fazer uma road trip de sp a minas gerais , porem to em duvida sobre as paradas . Terei disponivel cerca de 8 dias ao todo para realizar a viagem de ida e volta , queria sugestoes de paradas . gosto de trilhas, rios , cachoeiras , se possivel um roteiro que incluisse capitolio ! desde ja agradeço pela ajuda 

×
×
  • Criar Novo...